conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

PF deflagra a Operação Octopus no interior de Pernambuco

Publicado

Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou na quinta-feira (8/8) a Operação Octopus, visando apurar a prática dos crimes de frustração e fraude ao caráter competitivo da licitação, peculato e lavagem de dinheiro. A ação é um desmembramento da Operação Chofer, realizada em maio deste ano, que cumpriu mandados de busca e apreensão na Prefeitura do município de Cedro/PE e na residência do prefeito da cidade.

Policiais federais cumpriram três mandados de busca e apreensão, sendo um na Câmara Municipal de Cedro/PE e os outros dois nas residências do vereador e de uma pessoa interposta, bem como dois mandados de prisão temporária. Foi determinado, ainda, o afastamento do cargo do vereador pelo período de 30 dias. 

Após o interrogatório dos presos e o cumprimento das diligências determinadas pelo Poder Judiciário, eles foram liberados.

O nome da operação, Octopus, refere-se ao polvo que possui oito braços, em alusão às ramificações, oriundas das investigações apuradas na Operação Chofer.

 

Contato: (81) 2137-4076
E-mail: cs.srpe@dpf.gov.br

Comentários Facebook
Veja Mais:  PF deflagra 2ª fase da Operação Reboot para investigar fraudes em licitação

Policia Federal

PF cumpre mandados de busca e apreensão em SP e prende uma pessoa por contrabando de cigarros

Publicado


Jales/SP – A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta sexta-feira (17/1), mandados de busca e apreensão para apurar o crime de contrabando de cigarros provenientes do Paraguai, Jales/SP.A PF recebeu informações que relatavam que um morador da cidade de Santa Fé do Sul/SP vendia em seu estabelecimento comercial grande quantidade de cigarros de procedência paraguaia.

Foi aberta uma investigação para apurar a veracidade destas informações e, depois de diversas diligências, a autoridade policial representou pela expedição de três mandados de busca e apreensão, um para o estabelecimento comercial e dois para endereços residenciais vinculados ao investigado, os quais foram expedidos pela Justiça Federal em Jales/SP.

 Ao darem cumprimento ao mandado no estabelecimento comercial, os policiais federais localizaram 56 maços do cigarro de procedência paraguaia, além de material para apostas do jogo do bicho.  Diligenciando na residência do investigado foram localizados mais 47) caixas de cigarro, 26 pacotes de cigarro de outra marca, também de procedência paraguaia, e mais material para a comercialização de apostas de jogo do bicho. Diante disso, o proprietário foi preso em flagrante pelo crime de contrabando.

Todo o material foi apreendido e posteriormente os cigarros serão encaminhados para a Receita Federal. O preso foi indicado pelo crime de contrabando, cuja pena pode chegar a cinco anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Jales/SP

Veja Mais:  Operação Fim de Festa prende jovem por tráfico de drogas na Paraíba

Contato: (17) 3122 – 6090

Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

Jampa Verde 2 combate extração ilegal de minérios em município paraibano

Publicado


João Pessoa/PB – A Polícia Federal deflagrou hoje (17/1), em conjunto com a SUDEMA e o Ministério do Trabalho, a Operação Jampa Verde 2, com objetivo de combater extração de recursos minerais, sem a competente autorização da ANM e da SUDEMA, bem como condições degradantes de trabalho.

A Operação conjunta contou com a participação 20 servidores, entre policiais federais e funcionários públicos dos demais Órgãos.

ENTENDA O CASO

A investigação apura a exploração ilegal de recursos minerais em pedreira situada no bairro Mandacaru, mais precisamente em área sem autorização ambiental. Relembra-se que, na data de 31/7/2019, a Polícia Federal, em parceria com a SUDEMA, o Batalhão Ambiental e a Agência Nacional, deflagrou a Operação JAMPA VERDE 1, a qual teve também teve como escopo a repressão de extração de recursos minerais, sem a competente autorização, nos municípios de Santa Rita/PB e Conde/PB.

CRIMES INVESTIGADOS

Os investigados serão indiciados nos crimes do art. 55 da Lei 9.605/1998, combinado com o art. 2 da Lei 8.176/1991, cujas penas somadas poderão ultrapassar 5 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba

Telefone: (83) 3269-9422

Comentários Facebook
Veja Mais:  Operação Vintena reprime esquema de contrabando de cigarros
Continue lendo

Policia Federal

PF promove sequestro de mais de R$ 650 milhões do tráfico de drogas em 2019

Publicado


Brasília/DF –  No ano de 2019, a Polícia Federal conseguiu atingir mais uma vez uma cifra expressiva de solicitações de sequestro de valores que circulavam no crime organizado. Em decorrência de investigações de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas, foi possível bloquear mais de R$ 650 milhões, dinheiro que deixou de financiar ações criminosas em vários países.

Os números confirmam o empenho da Instituição em promover a descapitalização financeira de organizações criminosas. O trabalho da PF consiste na identificação dos fluxos desses capitais provenientes de crimes e, em decorrência disso, posterior sequestro de bens e bloqueio de contas bancárias dos integrantes desses grupos.

O foco do trabalho da PF na descapitalização financeira de grupos envolvidos com lavagem de dinheiro do tráfico de drogas rendeu, nos últimos cinco anos, a retirada de circulação de mais de R$ 2 bilhões.

 

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal

Contato: 61 2024-8142

 

Montantes, em reais, de sequestros de bens e valores solicitados pela PF, entre 2010 e 2019.

2010: R$ 18,9 milhões
2011: R$ 40,4 milhões
2012: R$ 38 milhões
2013: R$ 83,3 milhões
2014: R$ 323,2 milhões
2015: R$ 233,5 milhões
2016: R$ 250 milhões
2017: R$ 665 milhões
2018: R$ 451,5 milhões
2019: R$ 653,9 milhões

Comparativo entre os anos de 2010 e 2019.

Veja Mais:  PF combate fraudes a licitações no interior de São Paulo

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana