conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

PF desarticula organização que fraudava o INSS

Publicado

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã, 06/12, a operação *Crotalus, com o objetivo de desarticular organização criminosa que fraudava os cofres públicos por meio de fraudes em benefícios do INSS. As fraudes chegam aos R$ 2 milhões até o momento.

Policiais Federais estão cumprindo seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais, Cascavel e Marechal Cândido Rondon no Paraná e em Bombinhas, em Santa Catarina, além de um mandado de prisão em nome de um dos investigados, porém relacionado a outra investigação em crime de moeda falsa.

A investigação teve início em 2017 em razão da suspeita de recebimento indevido de um benefício previdenciário de pensão por morte, em decorrência do suposto óbito da esposa. Investigações mostraram que ambos não existiam: o viúvo e a suposta esposa morta.

Após as diversas diligências realizadas foi possível constatar a existência de um sofisticado sistema de criação de pessoas fictícias, criação de pessoas jurídicas em nome de pessoas fictícias, falsificação de documentos públicos diversos, abertura de contas bancárias, aquisição de financiamentos de veículos em nome de pessoas fictícias, entre diversas outras práticas criminosas.

As diversas pessoas físicas e jurídicas criadas pela organização eram utilizadas para dificultar o rastreamento dos reais autores das fraudes.

Em razão desse fato foram analisados centenas de registros financeiros dessas pessoas que não existem, o que auxiliou a Policia Federal na identificação dos integrantes da organização.

Além da análise das movimentações financeiras, os integrantes também foram acompanhados veladamente durante meses por policiais federais, sendo identificados os locais onde realizavam os saques, além de outros integrantes da organização ainda desconhecidos até aquele momento.

Os quatro benefícios indevidos começaram a ser recebidos por volta de 2008/2009. O total do prejuízo aproximado até agora nesses benefícios já identificados, em valores atuais, é de cerca de 2 milhões de reais. Os benefícios fraudados eram os do limite do INSS, R$ 5.645,00.

Foram identificadas diversas empresas de fachada criadas e mantidas pelos integrantes da organização para movimentar os valores obtidos através das fraudes em face do INSS.

Com a deflagração desta operação, foram suspensos imediatamente os benefícios obtidos mediante fraude, o bloqueio de ativos de 6 pessoas físicas relacionadas direta ou indiretamente às fraudes, restrição de transferência de veículos, bloqueio dos ativos de aproximadamente 20 pessoas físicas fictícias e empresas de fachada, assim como a indisponibilidade de quaisquer outros bens e valores sob guarda, depósito ou administração de instituições financeiras no Brasil.

*Crotalus é um gênero de serpentes. A operação tem esse nome em alusão ao local onde residia um dos principais alvos e local de forte atuação da organização criminosa.

Não haverá coletiva de imprensa. Informações no telefone abaixo.

 

Veja Mais:  PF apreende 600 kg de cocaína na Ilha do Marajó/PA

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba-PR

Contato: 41-3251-7809
cs.srpr@dpf.gov.br

 

Comentários Facebook

Policia Federal

PF prende homem por clonar placa de veículo oficial em Umuarama/PR

Publicado

Naviraí/MS – A Polícia Federal deflagrou hoje (15/2) a Operação Car Fake, a qual investigou a clonagem de um veículo oficial da Receita Federal do Brasil.

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juiz da I Vara Federal de Naviraí/MS, sendo um deles em uma conveniência na cidade de Umuarama/PR, onde se localizou grande quantidade de produtos objetos de descaminho.

O proprietário do estabelecimento, de 51 anos, foi preso em flagrante por apresentação de documento falso à Policiais Federais e por adulterar sinal de veículo automotor, uma vez que utilizava placa pertencente à carro oficial da RFB.

A operação contou com o apoio da Receita Federal. O preso e o carro foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal de Naviraí/MS.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul

Contato: (67) 3368-1105
E-mail: cs.srms@dpf.gov.br

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF e MPF deflagram operação contra fraudes em licitações na UFJF
Continue lendo

Policia Federal

Operação Flickr combate pornografia infantil na internet

Publicado

Florianópolis/SC – A Polícia Federal deflagrou nessa quinta-feira (14/2) a Operação Flickr, para reprimir a exploração sexual de crianças e adolescentes na internet. Na operação, uma pessoa foi presa na Região Metropolitana de Florianópolis, por armazenar imagens e vídeos de pornografia infantil. O mesmo indivíduo também é investigado pela divulgação internacional desse material pela web.

Oito policiais federais participaram diretamente da deflagração dessa operação, que foi realizada em Biguaçu/SC. Após diligências de busca em dois imóveis naquele município, a ação resultou na prisão em flagrante de um indivíduo com 28 anos de idade, assim como a apreensão de equipamentos eletrônicos utilizados na prática delitiva.

As investigações foram iniciadas em cooperação com autoridades norte americanas e resultaram na identificação de um usuário da “Deep Web” (zona da internet que tenta garantir privacidade e anonimato para os seus navegantes). Ele realizou a transmissão e o download de diversos arquivos contendo cenas de sexo explícito envolvendo menores de idade, especialmente meninas entre 8 e 11 anos.

As penas somadas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente para os crimes de posse e transmissão desses arquivos ilegais podem chegar a 10 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Santa Catarina

cs.srsc@dpf.gov.br

Contato: (48) 3281- 6694

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  Polícia Federal investiga grupo de extermínio com atuação em Goiás
Continue lendo

Policia Federal

Polícia Federal apreende cédulas falsas encomendadas pela internet

Publicado

Juazeiro do Norte/CE – A Polícia Federal apreendeu, nessa quinta-feira (14/2), 80 cédulas falsas de reais e uma nota de 100 dólares, no Ceará.

As cédulas foram encomendadas por meio de um aplicativo de troca de mensagens para serem entregues via correios. No momento da entrega, uma mulher foi presa em flagrante.

A pessoa foi encaminhada à Delegacia de Polícia Federal, em Juazeiro do Norte, e responderá pelo crime de aquisição e guarda de cédula falsa, com pena de 3 a 12 anos de prisão.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Juazeiro do Norte

Contato: (88) 3311-3232

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF instalará Centro Integrado de Comando e Controle das Eleições 2018
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana