conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

PF e CGU combatem irregularidades na prestação de serviço à unidade de pronto atendimento

Publicado

Porto Alegre/RS – A Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU) deflagram nesta quarta-feira (9/10) a Operação Autoclave, que apura supostas irregularidades na prestação de serviço por uma organização social (OS) em contrato firmado para atuação em uma Unidade de Pronto Atendimento no município de São Leopoldo.

Cerca de 50 policiais federais e cinco servidores da CGU cumprem 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Alegre (4), São Leopoldo (5) e Venâncio Aires (2).

Conforme a investigação, iniciada em julho de 2018, a organização social não estaria fornecendo todos os serviços estabelecidos em contrato e não cumpria a obrigação de prestar contas de forma adequada. Desde que a OS foi contratada, em março de 2017, o valor total recebido foi de aproximadamente R$ 21 milhões. Durante a execução, várias falhas na prestação do serviço foram apontadas ao gestor do contrato pela Comissão de Fiscalização e pelo Tribunal de Contas do Estado e, mesmo assim, houve renovação em novembro de 2018.

As informações coletadas no inquérito policial indicam a possibilidade de que a organização social investigada mantenha contatos espúrios com representantes municipais, que podem indicar favorecimento em certames ou prejuízos à competitividade de licitações em outras cidades do Rio Grande do Sul e de outros estados.

A Operação Autoclave apura crimes da Lei de Licitações, peculato e associação criminosa.

Veja Mais:  Operação Dia do Saci combate a disseminação de pornografia infantil pela internet

Comentários Facebook

Policia Federal

PF apreende máquinas caça-níqueis em camarote no Sambódromo do Rio de Janeiro

Publicado


Rio de Janeiro/RJ  – Na tarde de hoje (27/2), a Polícia Federal apreendeu seis máquinas caça-níquel em um camarote corporativo na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro/RJ.

No local, os agentes encontraram, além das máquinas, equipamentos e mesas que supostamente indicam que o ambiente estaria sendo utilizado para jogos clandestinos.

A ação aconteceu a partir de uma denúncia anônima, e as investigações prosseguirão para apurar condutas de suspeitos de participarem dos fatos apurados pela PF.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro
cs.srrj@dpf.gov.br | www.pf.gov.br
(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Comentários Facebook
Veja Mais:  PF combate fraudes na concessão de seguro desemprego em Alagoas
Continue lendo

Policia Federal

PF apreende 23 kg de cocaína em Pelotas/RS

Publicado


Pelotas/RS – Ação integrada entre a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Brigada Militar resultou na apreensão de 23 quilos de cocaína e na prisão em flagrante de um homem por tráfico de drogas, nesta quinta-feira (27/2).

Policiais abordaram um ônibus de linha interestadual regular – Florianópolis/Rio Grande – em atividade de rotina realizada no posto da PRF, na rodovia BR 116, em Pelotas. A fiscalização teve a utilização de cães farejadores, que indicaram a presença da droga na mochila e na bagagem de um dos passageiros.

O homem, de 24 anos e natural de Santo Amaro da Imperatriz (SC), foi conduzido à delegacia da Polícia Federal em Pelotas e será encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça Estadual.

 

Comunicação Social da Delegacia de Polícia Federal em Pelotas

Fone: (53) 3309.9000

Comentários Facebook
Veja Mais:  PF prende mulher desembarcado com mercadorias não declaradas
Continue lendo

Policia Federal

PF apura atividade clandestina em operações de câmbio

Publicado


Recife/PE – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (27/2) a Operação Aqua, que apura suspeita de atividade clandestina em operações de câmbio, evasão de divisas ao exterior, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal em Recife, destinados a endereços de pessoas e empresas, nos bairros do Pina e Ibura, em Recife, além de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes.

Segundo os dados obtidos pela Polícia Federal até então, os investigados atuam há vários anos como doleiros na capital pernambucana. A maior parte dos dados que constam no inquérito instaurado foi alcançada por meio de cooperação internacional com os Estados Unidos da América.

Se condenados por todos os crimes investigados, os suspeitos podem cumprir penas de até 24 anos de reclusão.

O nome da operação decorre de alusão a empresas de distribuição de água mineral pertencentes a indivíduos sob investigação, em nome das quais teriam sido abertas contas bancárias para realização de movimentações financeiras ilícitas. 

 

Contato: (81) 2137-4076
E-mail: cs.srpe@dpf.gov.br

Comentários Facebook
Veja Mais:  Operação Dia do Saci combate a disseminação de pornografia infantil pela internet
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana