conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

PF investiga irregularidades na concessão de títulos de terras públicas

Publicado

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (8/2) a Operação Patrola*, com a finalidade reforçar investigação em andamento de combate à prática de grilagem de terras públicas da União, no Amapá.

Na ação, resultante de trabalho em conjunto com o Ministério Público Federal, policiais federais cumprem dois mandados de busca e apreensão em Macapá/AP. No momento da busca, um homem foi preso em flagrante por supressão de documentos públicos.

A operação de hoje é um desdobramento da Operação Miríade, deflagrada em novembro de 2018, que desarticulou organização criminosa especializada em praticar fraudes para obter regularização em títulos de terras públicas da União, bem como exploração de minério e madeira ilegal.

Com o decorrer das investigações, ficou evidenciado que, além de servidores do Programa Terra Legal, também servidores do Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (IMAP) estariam agindo de forma ilícita para beneficiar a prática de grilagem. Eles emitiram laudos ideologicamente falsos, pareceres sem fundamento legal e expediram licenças ambientais em desconformidade com a lei.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e falsidade ideológica.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Contato: (96) 3213-7602/7500

* O termo Patrola vem do verbo patrolar, o mesmo que devasta, dizima. Foi escolhido em referência a prática escusa utilizada por um dos investigados para expulsar famílias de baixa renda de suas moradas.

Veja Mais:  PF deflagra Operação Sindicus para desarticular esquema de criação de sindicatos de fachada no Amapá

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook

Policia Federal

PF combate exploração sexual infantojuvenil pela internet

Publicado

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (23/8) a Operação Pega Pega III, para combater a veiculação de conteúdo de exploração sexual de crianças e adolescentes pela internet.

Foram cumpridos quatro mandados judiciais de busca e apreensão, todos expedidos pela 35ª Vara Federal de Belo Horizonte/MG. Dois mandados foram cumpridos em Belo Horizonte, um em Mateus Leme/MG e um em Guanhães/MG.

Foram apreendidos telefones celulares e algumas mídias computacionais. Não houve prisões em flagrante.

A deflagração de hoje decorre de investigações relativas a materiais apreendidos nas duas fases anteriores da Operação, desencadeadas em 13 de março e 24 de abril deste ano.

 

cs.srmg@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF prende homem que tentava embarcar em voo internacional com cocaína
Continue lendo

Policia Federal

PF deflaga a 2ª fase da Operação Tríplice Aliança

Publicado

Maceió/AL – A Polícia Federal desencadeou nesta sexta-feira (23/8) a segunda fase da Operação Tríplice Aliança, com o objetivo de apurar a prática de crimes de lavagem de dinheiro, tráfico de entorpecentes e organização criminosa. Estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão, todos em Maceió, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

Até o momento, foram apreendidos 18 veículos, realizado bloqueio de contas até o valor de R$ 420 mil, bem como sequestro de outros 6 veículos.

RELEMBRE
A Polícia Federal, conjuntamente com a Polícia Civil (Divisão Especial de Investigações e Capturas – DEIC/AL) e a Polícia Militar de Alagoas (Batalhão de Operações Especiais – BOPE/PMAL), deflagrou em maio de 2019 a fase ostensiva da Operação Tríplice Aliança, para desarticular um grupo criminoso voltado à prática de delitos de tráfico de drogas, organização criminosa, lavagem de dinheiro, roubo de veículos, assalto a banco e estelionato em Maceió/AL, Arapiraca/AL e Jaboatão/PE.

 

Contato: 3216-6723 / 82-99327-7671

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF combate crimes financeiros, falsificação de documentos públicos e comércio de cédulas falsas na Região Metropolitana de Recife
Continue lendo

Policia Federal

PF apura fraudes na obtenção de Benefício de Amparo Social ao Idoso

Publicado

Natal/RN – A Polícia Federal, juntamente com o NUINT – Núcleo de Inteligência da Previdência Social, deflagrou nesta quinta-feira (22/8) a Operação Reiteração, na cidade de Canguaretama/RN, com o objetivo de coibir a atuação de grupo criminoso que se utiliza de documentos falsificados com a finalidade de obter Benefício de Amparo Social ao Idoso.

Policiais federais prenderam em flagrante uma mulher, quando intentava requerer o benefício junto a APS (Agência da Previdência Social) da cidade de Canguaretama /RN, utilizando documentos falsos.

As investigações, que iniciaram em 2016, apontou que, atuando em todo o Estado, a mesma pessoa utilizava nomes diferentes em vários requerimentos, com vistas a obter maior número de benefício LOAS possível. Há indícios, inclusive, que a mulher tentou auferir concessórios em mais duas localidades no Estado do Rio Grande do Norte.

Segundo dados do NUINT, a ação possibilitou uma economia estimada de R$ 430 mil, em pagamentos futuros que seriam realizados, caso tivesse havido a concessão dos benefícios e considerando a expectativa de vida e a idade atual da pretensa beneficiária, conforme tabela de mortalidade do IBGE (2016).

A Operação foi denominada REITERAÇÃO visto que a mesma pessoa se repete em vários requerimentos, utilizando-se de nomes diferentes.

 

cs.srrn@dpf.gov.br | @pfnorn | www.pf.gov.br

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  Operação Tori desmancha garimpo ilegal em Roraima
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana