conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

PF prende líder de organização criminosa em Macapá/AP

Publicado

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira (2/12), a Operação Coactio, com objetivo de cumprir um mandado de prisão preventiva em desfavor de líder de uma organização criminosa investigada pela Operação Ex tunc, no estado do Amapá.

As investigações iniciadas em 2016 apuram fraudes em documentos para obtenção de benefícios indevidos de auxílio-reclusão e pensão por morte junto ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

A prisão decorreu de representação feita pela Polícia Federal, após detectar que o líder da organização criminosa (ORCRIM), que já foi preso anteriormente no curso das investigações relacionadas à Operação Ex tunc, estava coagindo os envolvidos e embaraçando as investigações originárias.

O investigado poderá responder, na medida de sua responsabilidade, pelo crime de obstrução à investigação. Se condenado, poderá cumprir pena de até 8 anos de reclusão, sem prejuízo das outras penas previstas para os crimes investigados.

 

* Coactio: significa a coação em latim

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(96) 3213-7500

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF deflagra a 56ª fase da Operação Lava Jato
publicidade

Policia Federal

PF, em operação conjunta com a PM, PC e FN, desarticula grupos criminosos de Capanema e região

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – Nesta sexta-feira (13/12), foi deflagrada uma operação conjunta entre as Polícias Federal, Militar, Civil, e Força Nacional, para desarticular grupos criminosos que atuam na região praticando os crimes de tráfico de drogas, de armas, entre outros ilícitos.

A Vara Criminal de Capanema expediu 10 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão para serem cumpridos nas cidades de Capanema, Planalto e Pérola do Oeste.

Como resultado da operação, foram cumpridos 10 mandados judiciais busca e apreensão, 5 pessoas foram presas, uma menor de idade foi apreendida e liberada em seguida. Foram apreendidos 31 pinos de cocaína, maconha, uma quantia em dinheiro, uma munição de fuzil 7,62, um revólver calibre 32 e aparelhos celulares.

Os celulares e demais mídias eletrônicas apreendidas foram enviadas à Polícia Científica para análise pericial.

A operação foi denominada de MBARETE, que em tradução livre do Tupi Guarani quer dizer “lei do mais forte”. 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45) 3576-5515

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF deflagra a Operação Cacimba para combater crimes previdenciários
Continue lendo

Policia Federal

PF desarticula esquema de fabricação e venda de armas e munições em Roraima

Publicado

Boa Vista/RR – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (13/12) a Operação K’daai Maqsin*, que tem o objetivo de desarticular organização criminosa que seria responsável pela fabricação ilegal de armas e munições que abasteceria garimpos, facções criminosas e outras atividades ilegais em Roraima. As investigações contaram com o apoio do Ministério Público do Estado de Roraima e da 1ª Brigada de Infantaria de Selva.

Mais de 80 policiais federais cumprem 10 mandados de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão nos estados do Amazonas e Roraima. Os mandados foram expedidos pela Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas da Justiça Estadual de Roraima.

O inquérito policial foi instaurado após diligências constatarem que um galpão, localizado em Boa Vista/RR, poderia estar sendo utilizado como oficina para a fabricação e comercialização de armas de fogo e munições de forma irregular. Com o avanço das investigações, a PF identificou uma rede de armeiros irregulares que estariam operando no estado, inclusive contando com o apoio de um estabelecimento comercial familiar que operaria com aparente legalidade. Os indícios apontam que os principais suspeitos, além de abastecerem garimpos e outras atividades ilegais da região com os armamentos, operariam diretamente a exploração ilegal de ouro em terras indígenas.

Os principais crimes investigados são a participação em associação criminosa ou organização criminosa e o comércio ilegal de arma de fogo.

*O nome da operação faz referência a uma divindade maligna da cultura iacuta (turcomanos que habitam região próxima à Sibéria), K’daai Maqsin, que seria o ferreiro-chefe do submundo e associado às perversões da arte da forja.

 

Veja Mais:  PF combate o tráfico de drogas em São Mateus/ES

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima
cs.srrr@dpf.gov.br
Contato: (95)3261-1500.

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF combate corrupção e fraudes à licitação no Paraná

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (13/12) a operação Águas Claras, com o objetivo de investigar condutas envolvendo pessoas ligadas à Companhia de Saneamento do Paraná.

Policiais federais  cumprem 8 (oito) mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba/PR e Cascavel/PR.

Em uma das vertentes, são apuradas supostas fraudes em licitações de obras de esgoto sanitário, com o favorecimento de uma empresa cujos representantes teriam pago vantagens indevidas, no patamar de R$ 700 mil, a um funcionário aposentado da Sanepar.

Em outra linha investigativa, são investigados supostos pagamentos de propina pela mesma empresa, num montante de aproximadamente R$ 200 mil, dissimuladas como investimento em publicidade e patrocínio.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45) 3576-5515

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF prende dupla venezuelana com cápsulas de cocaína no estômago
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana