conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

PM segue com operação ‘Fronteira Fechada II’ na região de Tangará da Serra

Publicado

Está em andamento nesta terça–feira (14) a operação da Polícia Militar “Fronteira Fechada II” deflagrada pelo 7º Comando Regional da PM na região de Tangará da Serra.

A operação visa por meio de ações de abordagem a passageiros e checagem de bagagens em transportes intermunicipais e interestaduais, principalmente ônibus e vans que trafegam nas principais vias da região. O objetivo da ação é coibir e combater o tráfico de drogas, o porte ilegal de arma de fogo e também recapturar foragidos da justiça.

Mais de 45 policiais militares integram a operação “Fronteira Fechada II”, que também conta com o apoio de quatro guarnições do canil, duas do Canil Integrado de Fronteira (Canil- Fron); do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e duas equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope); os cães são empregados na localização de drogas em bagagens e suspeitos.

Equipes da operação em Barra do Bugres recapturaram três pessoas foragidas da justiça. Dois suspeitos foram localizados em um ônibus da empresa Viação Juína. O passageiro L.C.D.S. (37) foi detido após policiais constatarem a existência de um mandado de prisão preventiva em aberto da Comarca de Santo Antônio de Leverger.

Foi preso na mesma ação J.C.A.T. (43), contra ele foram encontrados dois mandados de prisão em aberto, sendo um expedido pela Comarca de Paranatinga e outro de São José dos Quatro Marcos. Já em abordagem a uma van, a operação da PM também prendeu J.M.S. (54), contra ele foi apontado um mandado de prisão preventiva. Os dois passageiros foram encaminhados à delegacia.

Veja Mais:  Polícia Civil vai responsabilizar criminalmente todos os envolvidos em ameaças a escolas

A ação acontece simultaneamente nos municípios de Tangará da Serra, Denise, Nova Olímpia, Barra do Bugres, Porto Estrela e Campo Novo do Parecis para coibir a entrada de entorpecentes e armas de fogo oriundos de países vizinhos que fazem fronteira com a região. A operação “Fronteira Fechada II” segue sem data definida para terminar.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil prende mulher com quase 4 quilos de droga

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher envolvida com o tráfico de drogas na região de fronteira foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na noite de sexta-feira (24.05), após ser flagrada com quase quatro quilos de entorpecentes em Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). A ação integra o trabalho investigativo de combate a criminalidade no município.

Laila Caroliny Silva Moura, 25, foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. A suspeita possui condenação a oito anos de reclusão, decretada pela Comarca de Barra do Garças, pelo mesmo crime.

A suspeita vinha sendo investigada por participar de ações criminosas junto a seu esposo. Após informações que o casal estaria com certa quantidade de entorpecentes, os policiais civis foram até o endereço dos suspeitos, onde ao se aproximarem do imóvel Laila gritou para seu marido, o qual conseguiu correr e empreender fuga pelos fundos da casa, que da acesso para um terreno baldio. 

Durante buscas no local, foi localizada uma sacola branca com várias porções grandes e pequenas de maconha e pasta base de cocaína, uma balança de precisão, bem como uma arma de pressão possivelmente adaptada para calibre 22, entre outros materiais utilizados para traficância.     
  
Diante do flagrante, a suspeita foi conduzida à Delegacia de Pontes e Lacerda, interrogada e autuada em flagrante por tráfico de drogas. A arma de pressão apreendida será periciada e sendo confirmada a adaptação para o calibre 22, a presa responderá também por posse ilegal de arma de fogo.

Veja Mais:  Menino de 6 anos pula muro do vizinho para tomar banho de piscina e morre afogado em MT

As diligências continuam para localizar o esposo da suspeita, que conseguiu escapar do cerco policial.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil identifica menores autores de furto e recupera objetos furtados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Dois adolescentes autores de vários furtos a residência praticados no município de Primavera do Leste (231 km ao Sul) foram identificados pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de sexta-feira (24.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). Os menores, ambos de 16 anos, irão responder por ato infracional análogo aos crimes de furto e receptação. A ação resultou na recuperação de grande parte dos objetos furtados.

Os policiais civis da Derf durante diligências para apurar os furtos a residências, ocorridos na região do bairro Ponche Verde, conseguiram identificar os menores envolvidos. Inicialmente os dois suspeitos foram abordados por uma guarnição da Força Tática da Polícia Militar. Na ocasião uma das vítimas reconheceu as roupas que os adolescentes vestiam e de imediato procurou a Polícia Civil para relatar os fatos.

Com base nas informações os investigadores da Derf conseguiram localizaram os infratores em suas respectivas residências, onde foram apreendidas muitas peças de roupas, tênis de marca, perfumes, celulares e aparelhos de notebooks. Em entrevista, a mãe de um dos menores informou que seu filho tem levado para casa diversos objetos que ela desconhece a origem.

Diante dos flagrantes, os dois adolescentes foram conduzido à Derf, ouvidos e responderão pelo ato infracional. Até o momento já se apurou que os dois são responsáveis por cometer quatro furtos. As investigações continuam com objetivo de identificar outras possíveis vítimas.
 

Veja Mais:  Polícia Civil prende homem por tentar matar três pessoas em Tangará da Serra

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil realiza curso de Socorrista Operacional para profissionais do Samu

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol) realizou o primeiro módulo do Curso Básico de Socorrista Operacional (CBSO), na quinta-feira (23.05). Voltado aos profissionais que trabalham no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o curso  é uma parceria da Acadepol com a Superintendência Estadual de Saúde (SES).

A capacitação, com oito horas/aula foi ministrada para 20 profissionais do Samu, pelos investigadores de polícia Joelson de Almeida e Weverson Vieira Oliveira, sendo abordado no primeiro módulo o tema “Gerenciamento de Crise”.

O policial civil e organizador do curso, Ojier Augusto Castro de Almeida,  ressaltou o acordo de cooperação entre a Acadepol e o Samu, para capacitar todos os profissionais que trabalham com primeiros socorros. “A capacitação é voltada para médicos, enfermeiros, técnicos, condutores, passando orientações principalmente nas situações de riscos que enfrentam no dia-a-dia”, frisou o investigador.

O curso, formado por sete módulos, acontece no período de 23 de maio a 11 de junho, totalizando 56 horas/aula, que serão ministradas a todos os profissionais que trabalham no Samu. “Finalizando esta turma em junho, mais 20 alunos farão o curso, até que todos tenham participar”, acrescentou Ojier.

Os próximos módulos aplicados aos alunos terão como tema: “Técnicas e Tecnologias de Menor Potencial Ofensivo e Doutrina do Uso Diferenciado da Força”; “Noções Básicas com Explosivos”; “Defesa Pessoal”;  “Noções de Armamento e Tiro (Revólver)”;  “Rapel Básico” ; “Atendimento Pré-Hospitalar”.    

Veja Mais:  Onze pessoas são presas e 28 carros e motos recolhidos em operação neste domingo

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana