conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil promove debates sobre violência contra a mulher nesta sexta-feira (07/12)

Publicado

Foto: Assessoria

mobilização social da agenda de atividades dos 16 Dias de Ativismo, a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, em parceria com a Coordenadoria de Polícia Comunitária da Polícia Judiciária Civil, promove nesta sexta-feira (07.11), o “I Painel de Debates sobre Violência Contra a Mulher”.

O evento ocorrerá  no auditório da sede da Polícia Civil, em Cuiabá, das 13h às 18h, com exposições sobre violência sexual infanto-juvenil, ministrada pelo delegado coordenador de Polícia Comunitária, Gênison Brito Alves Lima; feminicídio com a promotora de Justiça Sasenazy Soares da Rocha Daufhenbach, do Núcleo  das Promotorias de Violência Doméstica de Cuiabá; acolhimento às Vítimas de Violência, com a psicóloga Isabel Silveira, que é diretora geral da Univeritas e ex-superintendente de Políticas Públicas para Mulheres de Mato Grosso.

O evento é direcionado à capacitação de servidores da Polícia Judiciária Civil, preferencialmente, aos policiais que atuam nas unidades especializadas de defesa da mulher da  região metropolitana e interior, DEDDICA, Plantões de Cuiabá e Várzea Grande, assistentes sociais e psicólogos da PJC, além do Conselho Estadual dos Direitos da  (CEDM) e os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), dos Direitos da Mulher (CMDM), dos Direitos da Pessoa Idosa (COMDIPI), e ainda Conselhos de Segurança (Consegs) e Clube de Mães.

Todos os participantes receberão certificado, que será enviado nominal por email, para aqueles que tiverem assinado a lista de presença.

Veja Mais:  Operação integrada prende bolivianos com pasta base de cocaína na fronteira de Cáceres

A mobilização mundial dos 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra as mulheres acontece em vários países no período de 25 de novembro a 10 de dezembro. No Brasil as atividades começaram na última terça-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

As atividades da Polícia Civil, coordenadas pela Delegacia da Mulher e Polícia Comunitária, iniciaram no dia 23 de novembro, com mutirão de atendimentos, palestras dos projetos sociais da PJC, na escola Do Betinho, no bairro  Cinturão Verde, região do Pedra 90. No dia 30 de novembro o bairro Altos da Serra foi atendido com os trabalhos.

As ações da Polícia Civil finalizam com o “I Painel de Debates sobre Violência Contra a Mulher, que ocorre nesta sexta-feira (07).

“A Delegacia da Mulher de Cuiabá está satisfeita em poder contribuir proporcionando mais uma oportunidade para aquisição de conhecimento, troca de experiências e a compreensão do que a sociedade espera do nosso trabalho e, assim, possamos fazer a diferença na vida de milhares de vítimas que atendemos”, disse a delegada Jozirlethe Magalhães Criveletto.

Capacitação

A delegada frisa que a Especializada em 2018 vem trabalhando arduamente, não somente com o seu papel repressivo, mas, especialmente, na prevenção da violência doméstica.

Começamos o ano apresentando o anuário 2017 justamente visando desvendar o perfil das vítimas atendidas na Delegacia da Mulher, o que muito pôde contribuir em nossas demais ações ao longo do ano, inclusive embasando os trabalhos de outras instituições.

Veja Mais:  Após roubo em residência e perseguição aos suspeitos PM recupera veículo em Rondonópolis

“Encerramos 2018, focalizando o trabalho no cenário da capacitação,  a qual muito tem sido objeto de reivindicação dos movimentos de mulheres e da sociedade feminina em Cuiabá,  as quais reconhecem que a porta de entrada para atendimento quanto a violência é a Delegacia. Desta forma,  essa porta de entrada deve ser  acolhedora, receptiva, não eivada de preconceitos, eficaz no atendimento ofertado e de pronta-resposta às necessidades ali pleiteadas”, pontua Jozirlethe.

“Cremos que essa melhoria e excelência em atendimento só conseguimos  por meio da capacitação dos profissionais que atendem as vítimas nesse primeiro momento, como preconiza o Art. 8º VII. da Lei 11340/06”, completou a delegada.

Comentários Facebook
publicidade

Policial

PRF apreende 2 mil pacotes de cigarros contrabandeados em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Na tarde desta quarta-feira (12) por volta das 14h30  a equipe PRF estava em ronda em frente a uma fábrica de cerveja, no KM 116 da BR 163, no município de Rondonópolis-MT, quando visualizou um veículo suspeito FIAT/FIORINO FLEX,  cor branca, de placas de Campo Grande/MS.

De pronto, a equipe deu ordem de parada ao citado veículo.

O veículo era conduzido por  A. P. B., de 49 anos, que  ao ser abordado, aparentou bastante nervosismo.

Quando indagado o que transportava  no baú do veículo, informou que transportava cigarros oriundos do Paraguai. Ao abrir o baú, a equipe encontrou aproximadamente 2.000 pacotes de cigarros paraguaios. Questionado a respeito, informou que pegou a carga em Ponta Porã/MS, que iria entregá-la em Rondonópolis/MT.

Diante dos fatos o homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal de Rondonópolis/MT, assim como o veículo e a carga para os procedimentos que o caso requer.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Jovem foragido do Estado do Alagoas é preso em Barra do Bugres
Continue lendo

Policial

Caminhoneiro encontra médico pedindo socorro e com as mãos feridas no Anel Viário em Rondonópolis

Publicado

Médico Edno Nogueira- Foto: Aquivo pessoal

O médico Edno Nogueira, desaparecido desde a manhã desta quarta-feira (12), foi encontrado por um motorista de um caminhão boiadeiro por volta das às 21 horas de hoje, as margens do anel viário, em Rondonópolis.

De acordo com informações iniciais o médico está bem, consciente, apenas com ferimentos em uma das mãos.

O motorista do caminhão se deparou com um homem pedindo socorro com as mãos feridas, as margens do anel viário. Após isso, ele entrou em contato com a Polícia Militar (PM) que encaminhou o médico para uma unidade hospitalar.

O Caso

O Médico havia desaparecido pela manhã e seu veículo uma caminhonete, foi encontrada com vestígios de sangue no bairro Lucia Maggi. Na residência da vitima também havia vestígios de sangue.

A Policia Civil investiga o caso.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Corretor que atuava ilegalmente na venda de imóveis é conduzido em operação
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende dois homicidas por crime praticado em outubro na Capital

Publicado

Dois suspeitos de cometerem um homicídio em 03 de outubro deste ano foram presos na terça-feira (11) pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Judiciária Civil.

O crime ocorreu no bairro Nova Esperança (estrada de Santo Antônio), por volta das 23h.

Na ocasião, suspeitos armados renderam a vítima Hugo Adolfo Artivo, 41, quando chegava em sua residência e efetuaram diversos disparos de arma de fogo. Os autores fugiram e a vítima veio a óbito ainda no local.

De acordo com as informações obtidas no dia do crime, algumas horas antes do fato, os criminosos teriam ido até a casa da vítima em busca de seu filho, um adolescente de 15 anos que não estava no local. Segundo testemunhas, eles estariam armados e ameaçaram a vítima e seu filho de morte.

Após a ameaça, a vítima teria saído de casa à procura do filho, e quando retornava em sua motocicleta, foi surpreendida pelos autores do crime que o aguardavam na porta da residência.

As investigações, conduzidas pelo delegado da DHPP Frederico Murta, apontaram para a identidade dos suspeitos, que tiveram as prisões temporárias decretadas pelo Judiciário.

Odelson Morais da Costa, conhecido como “Fumaça” e Mikael Maycon de Almeida Gomes foram presos na mesma residência no bairro Nova Esperança.

Os dois investigados possuem diversas passagens policiais anteriores por roubo e tráfico de drogas. Ambos foram encaminhados para audiência de custódia e seguirão para a Penitenciária Central do Estado (PCE).

Veja Mais:  Polícias Civil e Militar fecham comércio de drogas e prendem traficante em São Pedro da Cipa

O trabalho de investigação prossegue no sentido de esclarecer a motivação do crime. Indícios apontam para provável envolvimento de uma facção criminosa à qual pertencem os dois homens presos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana