conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Polícia Civil representa pela prisão de estudante que aparece em vídeo abusando de cadela

Publicado

A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), da Polícia Judiciária Civil, representou pela prisão do homem que aparece em imagens mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo circulou esta semana nas redes sociais e causou revolta na sociedade e em diversas Ongs de proteção aos animais.

O rapaz das imagens é o estudante, Emerson Fernandes Pedroso, morador de um residencial, no bairro Pedra 90, que deverá responder por crimes de maus tratos e associação criminosa. Ele já foi indiciado nos delitos praticados.

A Polícia Civil acredita que Emerson seria membro de um grupo de zoófilos – pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies. Os integrantes desse grupo ainda estão em processo de identificação.

O delegado Gianmarco Paccola Capoani informou que a Especializada tomou conhecido dos fatos na tarde de quarta-feira (19.04), via vídeo que circulou no aplicativo WhatsApp e notícias veiculadas na imprensa. “Imediatamente iniciamos as diligências para identificação da pessoa do vídeo. Os trabalhos se prolongaram por toda a noite de ontem até a manhã desta quinta-feira (20), com a representação do pedido de prisão do rapaz, que não foi localizado pelas equipes policiais”, disse o delegado.

Nas diligências, a Polícia Civil recebeu informações de que Emerson, após ter a notícias da divulgação de seus vídeos e de que era procurado pela Polícia, teria fugido de sua casa.

Veja Mais:  Jovem embriagado tenta esganar avó de 65 anos em Várzea Grande

No pedido de prisão, o delegado ponderou a repercussão social das “cenas criminosas filmadas pelo próprio indiciado e publicadas posteriormente nas redes sociais, que geraram repugnância maciça na sociedade”, inclusive extrapolando os limites locais.

Um testemunha localizada nas diligências da Dema confirmou indícios de envolvimento de outras pessoas na prática criminosa. Também há postagens de redes sociais, vinculadas ao indiciado Emerson.

Por fim, na representação, o delegado reforça a gravidade dos fatos. “Além da proteção integral à fauna, no crime de associação criminosa é a paz pública. Esta, conforme a doutrina, é entendida como o necessário sentimento de tranquilidade e segurança coletiva que a ordem pública deve proporcionar”, argumenta.

Maus tratos

O crime de maus tratos foi vislumbrado pelas imagens do vídeo, que demonstram que Emerson está se referindo aos membros do grupo. A Polícia Civil também destacou a necessidade mandado de busca e apreensão para coleta de provas, como eventuais computadores e/ou celulares, bem como do resgate de animais que possam estar no endereço do indiciado, para maior profundidade do resultado das investigações.

Denúncias 

Denúncias do paradeiro do rapaz procurado e de outros crimes contra animais e o meio ambiente podem ser feitas no 197 ou 181 da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

Comentários Facebook

Policial

Motorista é preso pela PRF após mulher saltar de carro

Publicado

Vítima diz que pegou carona na BR 364 e cometeu atitude para escapar de estupro

Um homem de 40 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (23) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Várzea Grande/MT. Ele teria cometido tentativa de estupro contra uma mulher, que saltou do carro em movimento para escapar da agressão.

Um caminhoneiro viu o momento em que a mulher pulou de um Palio, no Trevo do Acorizal, na BR 364, em Jangada. O motorista anotou as placas do veículo e acionou o socorro.

A PRF foi comunicada e iniciou as buscas ao suspeito. Ele foi localizado já em Várzea Grande, por volta das 11h, dando carona para outra mulher. G.F.S. foi conduzido à Polícia Militar de Jangada.

A vítima precisou ser encaminhada para atendimento médico em Jangada. Ela contou que pegou carona com o suspeito na rodovia e ao perceber que seria estuprada, decidiu saltar do veículo mesmo em movimento para escapar.

O caso deve ser conduzido pela Polícia Civil de Rosário do Oeste.

Texto: Neocleciana Gonçalves – NUCOM PRF MT Fotos e vídeo: PRF

Confira o vídeo:

Fonte: PRF MT
Comentários Facebook
Veja Mais:  Jovem embriagado tenta esganar avó de 65 anos em Várzea Grande
Continue lendo

Policial

Veículo é recuperado logo depois de ter sito roubado em MT

Publicado

Policias militares do 3º BPM recuperaram nesta quarta-feira (22.05) um veículo Saveiro que minutos antes havia sido roubado no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá.

A ação aconteceu quando policiais que faziam rondas foram parados pela vítima que se identificou como policial civil aposentado. Ele disse que os suspeitos roubaram seu veículo e que dentro tinha uma mochila com uma arma de fogo e pertences pessoais.

Os militares então intensificaram rondas na região até que localizaram o veículo abandonado no bairro Tancredo Neves com a mochila, mas o revolver calibre 38 havia sido levado. O carro foi entregue para a vítima que foi à delegacia especializada registrar o fato.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Veja Mais:  Veículos são recuperados por PM de General Carneiro-MT
Continue lendo

Policial

Sesp deflagra operação e cumpre 31 mandados contra grupo criminoso

Publicado

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) deflagrou na manhã desta quinta-feira (23.05), a operação “Passo Marcado”. A ação integrada é para cumprir 31 ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão domiciliar. A operação tem como alvo um grupo criminoso atuante na região oeste do Estado nos crimes de roubos majorado, associação criminosa armada, posse e porte de arma de fogo e comércio ilegal de arma de fogo.

Os mandados judiciais, cumpridos nas cidades de Pontes e Lacerda e Figueirópolis D’Oeste, foram representados pela Polícia Civil, sendo expedidas seis ordens de prisão preventiva contra os suspeitos, Magdieldo dos Santos Silva, Arlindo Portilho Sobrinho, Josue Xavier da Silva, Eliazar Daniel da Silva, Marcio da Silva Santos e Vagner Leonel Garcia.

Com base nas investigações da Polícia Civil, a Justiça também decretou 25 mandados de busca e apreensão domiciliar, nos endereços dos investigados, de familiares e de outras pessoas que tem relação com o grupo criminoso. O material apreendido durante as buscas ainda está sendo contabilizado pelas equipes policiais.

O secretário Adjunto de Integração Operacional, coronel PM Paulo Victor Fortes, destacou que a operação na Região Integrada de Segurança Pública (Risp 6), que abrange os municípios onde foram cumpridos os mandados na manhã desta sexta, começou no dia 16 de maio.

Durante o período, as ações policiais repressivas resultaram em 948 pessoas e 459 veículos abordados, 13 armas de fogo apreendidas, seis veículos recuperados e 67 fiscalizações do Corpo de Bombeiros Militar a estabelecimentos comerciais.

Veja Mais:  Jovem embriagado tenta esganar avó de 65 anos em Várzea Grande

“É uma operação muito importante para deter a criminalidade na fronteira. Os resultados obtidos fazem parte do trabalho conjunto das unidades policiais de Mato Grosso para a repressão da criminalidade na região de fronteira”, enfatizou.

Foram empregados na ação profissionais da Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

INVESTIGAÇÃO

O grupo criminoso é investigado há cerca de 6 meses pela Polícia Civil, tendo o trabalho iniciado após a ocorrência de três roubos de caminhonetes modelo Toyota Hilux, na cidade de Figueirópolis D’ Oeste. Foram identificados como líderes do grupo, Magdieldo dos Santos Silva, Arlindo Portilho Sobrinho e Thiago Soares Nascimento, que tiveram mandados de prisão expedidos Justiça.

Ainda durante as investigações, foram presos em flagrante pela Polícia Militar, Alessandro Cesar Santos Veiga, Thiago Soares Nascimento, Elton Douglas Ferreira dos Santos e Cristovão Oliveira dos Santos (executor de três roubos), além de identificada a participação de Tiago Fhellype Ney de Almeida (que continua foragido).

Segundo apurado, os suspeitos com emprego de arma de fogo subtraíram uma caminhonete Hilux no dia 28 de março também na cidade de Figueirópolis D’Oeste, cuja prisão foi realizada já na cidade de Pontes e Lacerda. Atuando da mesma forma, os integrantes do grupo foram identificados como autores de um crime idêntico no dia ocorrido no dia 16 de março, em Pontes e Lacerda, ocasião em que as vítimas foram mantidas em cativeiro até o amanhecer.

Veja Mais:  Policia Militar lança a 'Operação 100 Dias' em Rondonópolis

Foi descoberto na investigação, que Magdieldo, conhecido como Magno, é segurança particular/noturno na cidade e o responsável por identificar as vítimas e repassar a informação ao grupo criminoso, além de dar todo apoio logístico às ações. Também apurou-se que ele goza de suposta credibilidade na cidade tendo sido candidato a vereador e ficando como 1º suplente nas eleições de 2016.

Além dos roubos de veículos, a Polícia Civil apura o envolvimento de Thiago Soares do Nascimento em, pelo menos, dois crimes de furto a banco com a utilização de explosivos, fatos ocorridos em dezembro de 2018 na cidade de Jauru e fevereiro de 2019 na cidade de Figueirópolis D’ Oeste.

Participaram da operação, policiais civis de Jauru, Polícia Militar, ARI do 12 CR, Força Tática , DeFron, policiais civis de Comodoro, Campos de Júlio, Nova Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Delegacias Regional e Municipal de Pontes e Lacerda, Policiais Civis de São José dos Quatro Marcos, Rio Branco e Mirassol d Oeste.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana