conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

Polícia Federal investiga ameaças feitas em rede social

Publicado

Varginha/MG – A Polícia Federal cumpriu, ontem (01/12), dois mandados judiciais de busca e apreensão, nas cidades mineiras de Três Corações e Alfenas, expedidos pela Justiça Federal, a fim de apurar crime contra a segurança nacional (artigo 20 da Lei n. 7170/83).

A investigação teve início após um homem ser detido, na última sexta-feira (29/11), por ter feito menção, em rede social, postando fotos e vídeos de suposto plano que visava a atentar contra o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro.
Na data, o Presidente estava em visita oficial à Escola de Sargentos das Armas (ESA), de Três Corações, por ocasião de solenidade de formatura do Curso de Sargentos. O suspeito trabalhava como terceirizado na ESA e aparecia em vídeos postados em redes sociais.

O crime investigado tem pena de 3 a 10 anos de reclusão. A investigação tramita em segredo de Justiça.

  

Comunicação Social da Polícia Federal em Varginha/MG
www.pf.gov.br
Contato: (35) 3229-4101

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF apreende 11 fuzis no Aeroporto Santos Dumont
publicidade

Policia Federal

PF, em operação conjunta com a PM, PC e FN, desarticula grupos criminosos de Capanema e região

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – Nesta sexta-feira (13/12), foi deflagrada uma operação conjunta entre as Polícias Federal, Militar, Civil, e Força Nacional, para desarticular grupos criminosos que atuam na região praticando os crimes de tráfico de drogas, de armas, entre outros ilícitos.

A Vara Criminal de Capanema expediu 10 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão para serem cumpridos nas cidades de Capanema, Planalto e Pérola do Oeste.

Como resultado da operação, foram cumpridos 10 mandados judiciais busca e apreensão, 5 pessoas foram presas, uma menor de idade foi apreendida e liberada em seguida. Foram apreendidos 31 pinos de cocaína, maconha, uma quantia em dinheiro, uma munição de fuzil 7,62, um revólver calibre 32 e aparelhos celulares.

Os celulares e demais mídias eletrônicas apreendidas foram enviadas à Polícia Científica para análise pericial.

A operação foi denominada de MBARETE, que em tradução livre do Tupi Guarani quer dizer “lei do mais forte”. 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45) 3576-5515

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF desarticula rede de casas de apoio à facção criminosa em Campo Grande/MS
Continue lendo

Policia Federal

PF desarticula esquema de fabricação e venda de armas e munições em Roraima

Publicado

Boa Vista/RR – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (13/12) a Operação K’daai Maqsin*, que tem o objetivo de desarticular organização criminosa que seria responsável pela fabricação ilegal de armas e munições que abasteceria garimpos, facções criminosas e outras atividades ilegais em Roraima. As investigações contaram com o apoio do Ministério Público do Estado de Roraima e da 1ª Brigada de Infantaria de Selva.

Mais de 80 policiais federais cumprem 10 mandados de prisão preventiva e 20 de busca e apreensão nos estados do Amazonas e Roraima. Os mandados foram expedidos pela Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas da Justiça Estadual de Roraima.

O inquérito policial foi instaurado após diligências constatarem que um galpão, localizado em Boa Vista/RR, poderia estar sendo utilizado como oficina para a fabricação e comercialização de armas de fogo e munições de forma irregular. Com o avanço das investigações, a PF identificou uma rede de armeiros irregulares que estariam operando no estado, inclusive contando com o apoio de um estabelecimento comercial familiar que operaria com aparente legalidade. Os indícios apontam que os principais suspeitos, além de abastecerem garimpos e outras atividades ilegais da região com os armamentos, operariam diretamente a exploração ilegal de ouro em terras indígenas.

Os principais crimes investigados são a participação em associação criminosa ou organização criminosa e o comércio ilegal de arma de fogo.

*O nome da operação faz referência a uma divindade maligna da cultura iacuta (turcomanos que habitam região próxima à Sibéria), K’daai Maqsin, que seria o ferreiro-chefe do submundo e associado às perversões da arte da forja.

 

Veja Mais:  Operação Segurança Legal III encerra atividades de 105 empresas clandestinas no país

Comunicação Social da Polícia Federal em Roraima
cs.srrr@dpf.gov.br
Contato: (95)3261-1500.

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF combate corrupção e fraudes à licitação no Paraná

Publicado

Foz do Iguaçu/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (13/12) a operação Águas Claras, com o objetivo de investigar condutas envolvendo pessoas ligadas à Companhia de Saneamento do Paraná.

Policiais federais  cumprem 8 (oito) mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba/PR e Cascavel/PR.

Em uma das vertentes, são apuradas supostas fraudes em licitações de obras de esgoto sanitário, com o favorecimento de uma empresa cujos representantes teriam pago vantagens indevidas, no patamar de R$ 700 mil, a um funcionário aposentado da Sanepar.

Em outra linha investigativa, são investigados supostos pagamentos de propina pela mesma empresa, num montante de aproximadamente R$ 200 mil, dissimuladas como investimento em publicidade e patrocínio.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu
Contato: (45) 3576-5515

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF combate fraudes a benefícios previdenciários na Bahia
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana