conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Polo e Virtus ficam mais completos na linha 2020; veja detalhes

Publicado


source
VW Polo Beats arrow-options
Divulgação

VW Polo: pacote Beats continua sendo opcional para a versão Highline; veja os detalhes

A Volkswagen faz sua primeira movimentação do ano anunciando que a dupla Polo e Virtus ficou mais completa na linha 2020/2020. Seguindo os incrementos que foram adotados no ano passado, onde ambos ganharam controle de estabilidade e tração de série, os compactos chegarão às lojas ao lado das novas versões GTS .

LEIA MAIS: Veja os preços da linha 2020 da Volkswagen Amarok

As versões Highline 1.0 turbo ganham rodas aro 17 (antes opcionais), bancos revestidos de couro, câmera de ré, painel de instrumentos digital, GPS nativo e sensores de estacionamento. O motor de três cilindros desenvolve 128 cv de potência e 20 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas. Com a adesão dos novos equipamentos, o antigo pacote Tech High deixa de existir.

LEIA MAIS: Fiat Argo Trekking ganha nova versão 1.8 automática por R$68.990

Os modelos Comfortline , os mais em conta com motorização turbo, tiveram novos equipamentos agregados ao pacote Comfort Tech, como rodas de liga leve, sensor de estacionamento e bancos de tecido sintético. Também há aletas para trocas de marcha atrás do volante multifuncional.

Descendo um nível, as versões equipadas com motor 1.6 MSI perdem todos os opcionais e ficam mais completas. A partir da linha 2020, os modelos que antes surgiam com rodas de calota passam a integrar liga leve de aro 15 como equipamento de série. Sensor de ré, central multimídia e volante multifuncional também virão de fábrica. O motor 1.6 MSI entrega 117 cv de potência e 16,5 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas, ou automático de seis.

Veja Mais:  Toyota registra patente do novo RAV4 no Brasil

O modelo mais em conta do Polo , 1.0 MPI aspirado perde o pacote de opcionais Connect Pack II (que somava volante multifuncional, central multimídia e sensores de ré). O pacote Pack I, por outro lado, continua disponível, agregando rodas de liga leve de 15 polegadas e retrovisores com ajustes elétricos.

LEIA MAIS: Confira as impressões ao volante do Chevrolet Onix Plus

De acordo com a última tabela de preços enviada pela Volkswagen  , o Polo parte de R$ 53.590 na versão MPI, atingindo R$ 83.030 na versão Highline. O Virtus parte de R$ 68.415 na versão MSI, atingindo R$ 90.075 na versão Highline.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros e Motos

Falta de baterias faz Audi interromper produção de veículos elétricos

Publicado


source

Olhar Digital

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade arrow-options
Divulgação

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade

Com o objetivo de resolver problemas de produção, a  Audi  interrompeu temporariamente a fabricação do E-Tron SUV, seu veículo elétrico. Uma das principais dificuldades enfrentadas pela empresa foi o fornecimento das baterias usadas pelos veículos.

LEIA MAIS: Nissan terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja detalhes

Essa interrupção pode ser decisiva para os negócios da Audi, que se preparava para começar a investir no modelo que, aliado a uma proposta mais esportiva, poderia acirrar a competição pelo mercado de carros elétricos, dominado atualmente pela Tesla.

De acordo a um porta-voz da empresa, a produção foi interrompida na última quinta-feira (20), com previsão de ser retomada na próxima terça-feira (25). Ano passado, a Audi vendeu 26.400 mil carros elétricos – devido à interrupção, eles se recusaram a comentar as estimativas para este ano.

Esse não é o primeiro problema enfrentado pela linha E-Tron da Audi . No ano passado, a empresa teve de tirá-lo de circulação devido a problemas que poderiam causar o incêndio dos primeiros modelos.

LEIA MAIS: Veja como anda o novo Audi Q3 2020, com motor de 150 cv

Mesmo com a interrupção de produção, a empresa parece manter os planos para o lançamento de dois novos veículos elétricos este ano: o  E-Tron Sportback e o E-Tron GT. Ambos com arquitetura aprimorada em uma estratégia da empresa para tentar restaurar a vantagem tecnológica da marca.

Veja Mais:  Toyota registra patente do novo RAV4 no Brasil

Esse problema pode afetar diretamente a chegada do modelo ao Brasil. Anteriormente, a Audi anunciou que o veículo elétrico seria lançado por aqui em abril. Por enquanto, devemos esperar que a empresa se manifeste sobre a interrupção da produção e sobre as entregas previstas do carro. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Ford planeja inaugurar serviço de carros autônomos em 2021

Publicado


source

Olhar Digital

ford arrow-options
Flávio SIlveira

Ford Ranger XLS

A Ford anunciou que pretende lançar um serviço comercial de carros autônomos nos Estados Unidos em 2021. Por enquanto, a montadora está realizando testes do que ela acredita ser um facilitador do acesso a transportes, mercadorias e empregos.

Leia também: Carregamento sem fio deve ser o futuro dos carros elétricos

O principal foco da companhia é priorizar a experiência do cliente para que os usuários se sintam confiantes para repetir as viagens “Não há atalhos quando se trata do lançamento de um serviço de veículos autônomos. Precisamos que as pessoas confiem o bastante na nossa tecnologia para entrar no veículo e, depois, amem a experiência o bastante para voltar”, explicou Jim Farley, presidente de Novos Negócios, Tecnologia e Estratégia da Ford .

Para garantir que o serviço tenha procura, será necessário atender às expectativas dos usuários quanto à limpeza, manutenção, recuperação e durabilidade dos veículos autônomos utilizados.

Para isso, a Ford contratou Scott Griffith, ex-CEO da Zipcar, empresa de compartilhamento de carros, para comandar sua divisão de veículos autônomos . “Scott está assumindo o papel crítico de liderar o desenvolvimento e a execução de nossa estratégia de entrada nesse mercado. Ele conhece os desafios de lançar um novo serviço de mobilidade com operações em larga escala, que envolvem uma mudança fundamental no comportamento do consumidor: a troca da propriedade do carro pelo seu compartilhamento”, acrescentou Farley.

Veja Mais:  BMW G310 R e G 310 GS ganham novas cores na linha 2020

Agora, durante o período de testes, o serviço funcionará apenas em algumas cidades estadunidenses, mas a intenção da montadora é expandir o segmento futuramente. “Operar em um número limitado de cidades nos permitirá definir o modelo de negócios, a experiência do cliente e ter uma compreensão ampla das parcerias necessárias para lançar um serviço totalmente novo. Vencida essa etapa inicial, o avanço nas próximas cidades será muito mais fácil”, afirmou Farley.

Via: TI Inside

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Primeiro SUV elétrico da Audi chega ao Brasil em abril

Publicado


source
audi arrow-options
Divulgação

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade

Olhar Digital

Com a onda dos carros elétricos chegando ao Brasil, a Audi anunciou, na última quinta-feira (20), que estreará seu segmento no país com o E-Tron, primeiro SUV da marca à base de eletricidade.

Leia também: Nissa terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja o teaser

Além de divulgar que o e-tron está prestes a chegar ao país, a montadora alemã apresentou as informações técnicas e preços do veículo. Para começar, a autonomia do carro elétrico é bem alta e não deve deixar seus usuários na mão. Com uma carga completa, o SUV pode percorrer até 436 km.

Quanto à eletricidade, o e-tron pode receber cargas de até 80% em um intervalo de 30 minutos se estiver conectado a estações rápidas com potência de 150 kW. O usuário pode optar, também, por utilizar a Wallbox, sistema de carregamento incluso no preço do veículo, que possui 22 kW e demora quatro horas e meia para fornecer uma recarga completa.

O veículo, que já está em pré-venda por R$ 490 mil desde novembro de 2019, conta com emissão neutra de CO² em seus dois motores elétricos com potência de 300 kW, o equivalente a 408 cavalos e velocidade máxima de 200 km/h.

Seus retrovisores externos são, na verdade, câmeras. Chamados de retrovisores virtuais, os dispositivos permitem melhor visualização durante qualquer período do dia, se destacando, inclusive, em viagens noturnas.

Veja Mais:  Citroën faz 100 anos com versões especiais e promete três lançamentos no Brasil

Diferentemente das especificações, o preço não é dos mais atrativos: o modelo de entrada custa R$ 459.990. Para quem já tem um Audi, a boa notícia é que podem ser descontados até R$ 20 mil do valor integral como bônus pela valorização do usado.

E quanto à recarga do veículo? A Audi informou que investirá R$ 10 milhões para criar 200 estações pelo país até 2022. 

Leia também: Audi Q3 retorna totalmente renovado para enfrentar os rivais

O modelo será vendido em 14 concessionárias do país, dentre elas: nas cidades de Barueri (SP), Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Londrina (PR), Florianópolis, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Vitória, além de três apenas na capital paulista. Segundo a assessoria, as lojas estarão preparadas com atendimento de técnicos especializados em venda e manutenção.   

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana