conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Prefeitura leva “Ouvidoria Itinerante” para unidades de Saúde com proposta de ouvir usuários e melhorar o atendimento

Publicado


A Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está disponibilizando mais um canal de comunicação para que o cidadão usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) possa dar sugestões, elogios, reclamações ou apresentar reivindicações quanto ao atendimento prestado nas unidades, trata-se do projeto Ouvidoria Itinerante.

Segundo a coordenadora da Ouvidoria Sus Rondonópolis, Claudiane Martins da Silva, a Ouvidoria Itinerante percorrerá todas as unidades de Saúde do município para atender a população. Ela explica que toda semana, a equipe se deslocará para uma determinada unidade e ouvirá os cidadãos usuários do Sus.

Com o projeto nas unidades, além de divulgar o trabalho realizado pela Ouvidoria será um momento de aproximar e melhorar o serviço a população, através da comunicação com o usuário. 

A coordenadora explica que o objetivo é melhorar continuamente o atendimento e o serviço a população, especialmente, a partir da visão dos usuários, por isso é importante que procurem o atendimento da Ouvidoria Itinerante. 

Desde que iniciou neste mês, a Ouvidoria Itinerante já esteve presente nas unidades básicas de Saúde do Conjunto São José e na Vila Rica. Segundo Claudiane, com a presença da Ouvidoria nas unidades e a divulgação das ações, houve um maior contato dos usuários diariamente através do canal de atendimento pelo 0800 646 5100. 

Além deste número, o cidadão que necessitar da Ouvidoria pode entrar em contato também pelo whatsapp (66) 98413-1385.

Veja Mais:  Obras de construção das Avenidas Binário Norte e Binário Sul, seguem em ritmo acelerado
Fonte:

Comentários Facebook

Rondonópolis

Prefeitura e Obra Kolping ofertam 1200 vagas para cursos gratuitos de qualificação profissional

Publicado


Por meio da parceria firmada entre a Prefeitura de Rondonópolis e a Obra Kolping, a população de Rondonópolis, principalmente a mais vulnerável, será beneficiada ao longo deste ano com 1200 vagas para cursos de qualificação profissional em diversas áreas, como por exemplo: informática, beleza, culinária e estética. As inscrições para os cursos do “Projeto Transformando Vidas” serão realizadas nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro e os interessados devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência, informa a Secretária Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Neiva de Col.

“Os cursos de qualificação profissional, que são gratuitos, foram organizados em três blocos de oferta, sendo realizados em diversas datas durante o ano. A primeira oferta, chega ao número de 450 vagas e as inscrições começam nesta quarta-feira (19) e prossegue até sexta (21)”, comenta a secretária.

Ela ressalta que o objetivo desta parceria do município com a obra Kolping é “oferecer para a nossa população mais vulnerável socialmente a oportunidade de aprender uma nova atividade profissional e, com isso, desenvolver atividades que podem gerar renda, melhorando assim a qualidade de vida da população menos favorecida”.

Salienta, ainda, que os cursos do “Transformando Vidas” concretizam uma ótima chance para quem busca vaga no mercado de trabalho. “Através de qualificação, o profissional tem mais garantias de um emprego e uma renda melhor”, explica

Veja Mais:  Obras de construção das Avenidas Binário Norte e Binário Sul, seguem em ritmo acelerado

Neiva destaca que os cursos são gratuitos e para se inscrever é necessário ao interessado se dirigir até ao CRAS mais próximo de sua residência. Ele deverá apresentar comprovante de residência e documentos de identificação pessoal. “Lá (nos CRASs) terão informações dos diversos cursos que serão oferecidos e poderão escolher qual tem interesse de fazer”.

Fonte:

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Município convoca portadores de fibromialgia para buscarem carteirinha

Publicado


A Secretaria Municipal de Saúde já concluiu a confecção das carteiras dos portadores de fibromialgia de Rondonópolis e vai fazer a entrega na próxima quinta-feira, 20 de fevereiro. Os pacientes que já se cadastraram devem retirar o documento às 14 horas no auditório da Prefeitura.

Como o município está realizando a campanha Fevereiro Roxo, destinada a conscientização da Fibromialgia, Alzheimer e Lúpus, o evento da entrega das carteiras está na programação oficial. Além de receber a carteia, os portadores vão assistir a uma palestra com o médico reumatologista Maurício Raposo.

Ainda não existe cura para a doença e o essencial é que os pacientes vivam melhor, para isso a Secretaria vai prestar orientações sobre exercícios que melhoram o bem-estar do portador de fibromialgia com os profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

As técnicas da auriculoterapia e massoterapia são algumas práticas que auxiliam na redução das dores, por isso o município vai oferecer atendimento gratuito durante o evento aos portadores que participarem do evento.

BENEFÍCIO DA CARTEIRINHA

Em reconhecimento as dificuldades de quem convive com a fibromialgia, Rondonópolis criou a Lei nº 10.303 de junho de 2019, que dispõe sobre o atendimento preferencial ás pessoas com fibromialgia. Para garantir esse direito os portadores dessa síndrome devem apresentar a carteirinha nos estabelecimentos.

Quem ainda não se cadastrou deve procurar o departamento de Ações Programáticas da Secretaria Municipal de Saúde portando originais e cópias de laudo médico ou atestado com o CID, comprovante de residência atualizado; RG e CPF, e Cartão Nacional do SUS. A carteirinha é emitida gratuitamente. 

Veja Mais:  Após roubos de cabos, Semma fica sem telefone e internet em Rondonópolis
Fonte:

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Promoção e Assistência Social reúne profissionais para tratar de recursos do FIA

Publicado


Com a proximidade do período de declaração do imposto de renda, os profissionais e pessoas ligadas à área da assistência social do município estiveram reunidos para tratar da aplicação correta dos recursos do Fundo para Infância e Adolescência (FIA), provenientes das doações de pessoas físicas e jurídicas deduzidas do imposto devido.

A técnica da Associação para o Desenvolvimento dos Municípios, Fátima Dragoni, foi a responsável por liderar o encontro e repassar o conhecimento aos profissionais da Secretaria de Promoção e Assistência Social do município e também do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Iriana Cardoso que está à frente da pasta da Promoção e Assistência Social do município, destacou a importância da correta aplicação desses recursos que chegam no FIA e beneficiam diversos projetos governamentais e não governamentais, por meio das ONGs. Ela acredita que isso pode contribuir para que mais pessoas aproveitem a facilidade de fazer a doação do imposto devido e beneficiar diretamente os projetos sociais de Rondonópolis.

Os profissionais da contabilidade são grandes parceiros do projeto de abriu a possibilidade da doação para o FIA e podem ajudar alertando aos clientes que têm imposto devido para fazer a doação. Fátima Dragoni que também é contadora e coordena a campanha de fortalecimento dos FIAs ressaltou que quanto mais correta for a aplicação dos recursos provenientes do IR maior deverá ser a adesão dos doadores a cada ano.

Veja Mais:  Com identidade visual renovada, Rondonópolis Hawks enfrenta o Sorriso Hornets

A intenção da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social é que esse projeto se fortaleça e com isso mais pessoas possam ser atendidas pelos projetos do município.

Fonte:

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana