conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Presidente da VW diz que picape Tarok chega em pouco mais de um ano

Publicado


VW Tarok no Salão do Automóvel 2018. Versão que será produzida em série deverá ser lançada até metade de 2020
Caue Lira/iG

VW Tarok no Salão do Automóvel 2018. Versão que será produzida em série deverá ser lançada até metade de 2020

A picape-conceito VW Tarok foi a grande surpresa deste Salão do Automóvel. Moldada para rivalizar com a Fiat Toro, ela apareceu sem aviso, e também chamou a atenção por estar praticamente pronta para ser produzida. AutoBuzz participou ontem de uma pequena coletiva de imprensa com o presidente da VW do Brasil, Pablo Di Si, e apurou que a novidade chega logo, mas não em menos de um ano. Embora não tenha falado de datas, dá para apostar que o modelo, totalmente projetado no Brasil, chegue às lojas no primeiro semestre de 2020.

LEIA MAIS:  Você de lembra das estrelas do Salão do Automóvel de 2008?

Além da VW Tarok , Di Si confirmou ainda para 2020 o lançamento do SUV Tarek, de porte médio, que virá da Argentina para desafiar o Jeep Compass. Portanto, os dois próximos anos representarão uma ofensiva sem precedentes da VW nos segmentos que mais crescem (em volume e margens de lucro) no Brasil e no mundo, o dos SUVs e picapes.


VW Tarok tem traseira arrojada com logo da marca com iluminação de LED, entre outros detalhes
Caue Lira/iG

VW Tarok tem traseira arrojada com logo da marca com iluminação de LED, entre outros detalhes

Questionado por AutoBuzz se a picape Tarok será produzida no Paraná, Di SI não confirmou, embora reconheça fazer sentido, não só pela plataforma em comum com o SUV compacto T-Cross (que será paranaense), mas também por ser a fábrica menos ocupada do Grupo na América do Sul, por enquanto. “Temos três turnos em São Bernardo e na fábrica de motores de São Carlos, dois turnos em Taubaté e uma fábrica Argentina repleta de modelos. A do Paraná trabalha em um turno, mas irá para dois em abril”. A fábrica paranaense produz ainda o Fox, o Golf e algumas unidades do Audi Q3 e do Audi A3 Sedan. Nos bastidores, especula-se que a montadora não terá pudor em tirar alguns deles de linha, em detrimento de modelos com forte potencial de vendas no país.

Veja Mais:  Mercedes-Benz CLA aparece em teaser antes da estreia no CES 2019

LEIA MAIS: Pesquisa mostra que, em 2030, híbridos e elétricos terão até 30% do mercado

Além da VW Tarok nos planos da marca alemã


VW T-Cross é o novo SUV compacto da marca, que chega em abril de 2019, com a mesma base da picape VW Tarok
VW T-Cross

VW T-Cross é o novo SUV compacto da marca, que chega em abril de 2019, com a mesma base da picape VW Tarok

Quanto ao T-Cross, grande lançamento da marca no Salão, Di Si afirmou que ele vem para disputar a liderança com os quatro modelos mais vendidos hoje, HR-V, Creta, Renegade e Kicks. “Temos a grande vantagem de entrar num segmento que estamos completamente fora, por isso deveremos ter pouca canibalização interna, e muita migração de clientes de outras marcas”. Segundo o presidente, a VW vai crescer 36% este ano, mais que o dobro da média da indústria.

Mas para ele, o ano-chave será 2019, com a chegada do T-Cross. “Este segmento SUV ainda tem forte potencial de crescimento, e nos permitirá dar outro salto de patamar em 2019.” Embora não admita, a briga será pela liderança geral do mercado até 2020, hoje nas mãos da Chevrolet como marca e da FCA (Fiat-Jeep) como grupo.


Pablo Di Si se diz confiante no Brasil e confirma lançamentos como a versão de produção da VW Tarok
Divulgação

Pablo Di Si se diz confiante no Brasil e confirma lançamentos como a versão de produção da VW Tarok

AutoBuzz também questionou se não é um exagero ter quatro hatches compactos na gama. “Para uma marca global como a VW, não, embora esse mercado esteja evidentemente perdendo espaço para os SUVs”. Segundo Di Si, várias marcas estão abrindo mão de ter modelos de entrada. “Não será o nosso caso, já temos a próxima geração do Gol confirmada, e o novo Polo é um sucesso absoluto”. Di Si não comentou sobre o futuro dos modelos Fox e Up.

Veja Mais:  Anfavea prevê alta  de11,4% nas vendas de veículos em 2019

O executivo também foi questionado sobre a parceria global com a Ford, inicialmente na área de veículos comerciais, e até sobre a possibilidade de aproveitar a ociosidade da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, que poderia ser aproveitada para fazer modelos da VW. “Não posso comentar nada, apenas que há muitas discussões de alta cúpula, que em breve se tornarão públicas.”

LEIA MAIS: Ford quer recuperar território entre os SUVs no Brasil

Finalmente, Di Si se mostrou muito otimista com os rumos até agora apontados pela futura equipe econômica do governo brasileiro, o que implicará em alguns lançamentos, inclusive da VW Tarok . “Independentemente de questões sobre Rota 2030 e Mercosul, tudo sinaliza para um fortalecimento dos fundamentos econômicos do país”, declarou. “Estamos animados não só aqui no Brasil. Nossa matriz viu com bons olhos as escolhas ministeriais, em especial do futuro Ministro da Justiça Sérgio Moro”.

Comentários Facebook

Carros e Motos

Chevrolet Cruze 2020 terá seis airbags em todas as versões

Publicado

source

Motor Show

Chevrolet arrow-options
Divulgação

Chevrolet Cruze 2020 se enquadra melhor, a partir de agora, nas regulamentações de segurança

Os retoques no visual e o sistema de wi-fi à bordo foram as principais novidades divulgadas para o Chevrolet Cruze 2020. Mas não as únicas: a outra é a oferta dos airbags de cortina em todas as configurações do modelo médio.

LEIA MAIS: GM mostra Cruze 2020 com retoques no visual e internet a bordo

A informação foi divulgada pelo Latin NCAP em sua última bateria de testes de colisão. Para justificar a nova avaliação do médio da Chevrolet — a última foi no ano passado — a organização informou que todos os Chevrolet Cruze produzidos na Argentina a partir de 21 de maio deste ano estão equipados com as seis bolsas infláveis.

LEIA MAIS: Por que o Chevrolet Cruze não empolga os brasileiros?

Outra pista para o sedã médio vem da numeração de chassi (8AGBB69S0LR100117) dos carros produzidos a partir de 21 de maio. A letra “L” do décimo algarismo identifica os carros de ano/modelo 2020. A Chevrolet foi procurada para confirmar a informação e a nota será atualizada assim que obtivermos a resposta da montadora sobre o Chevrolet Cruze .

LEIA MAIS: Honda Civic 2020 ganha equipamentos e perde versão manual

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Veja Mais:  Aceleramos o icônico Toyota Supra, de segunda geração.  Assista ao vídeo
Continue lendo

Carros e Motos

Salão Duas Rodas 2019 abre pré-venda com ingressos promocionais

Publicado

source
Salão Duas Rodas arrow-options
Divulgação

Salão Duas Rodas: o evento é um dos maiores da categoria na América Latina

O Salão Duas Rodas 2019 anunciou os preços dos ingressos. A entrada para terça-feira, abertura do evento, custa R$ 35,00 (meia R$ 17,00). Para quinta, sexta-feira e domingo, o valor é de R$ 45,00 (R$ 22,50 a meia) e, para quarta-feira, sábado e domingo, o valor é R$ 55,00 (R$ 27,50 a meia). Esses preços são promocionais referentes ao primeiro lote de vendas (primeiro lote válido até 31 de agosto ou enquanto durar o estoque).

LEIA MAIS: Harley-Davidson apresenta os novos modelos da linha 2020

Além disso, a organização do Salão Duas Rodas 2019 também anunciou também que abrirá as vendas de outras categorias especiais de ingressos para todos os gostos e bolsos. Entre eles, para motoclubes, caravanas e outros grupos, além do famoso Kit Fã e experiências VIP.

LEIA MAIS: Novo scooter Honda ADV 300 será mostrado em novembro com mais custo-benefício

Salão Duas Rodas arrow-options
Divulgação

Áreas de test-ride serão a oportunidade dos entusiastas verem na prática as motos dos estandes

No evento, marcas como a Triumph, Dafra, Kawasaki , Honda, Yamaha , Suzuki, Haojue e Kymco — que juntas compõem mais de 98% do mercado nacional — estarão no evento. Com isso, serão lançados alguns modelos no evento. Entre eles, a naked Kawasaki Z400, a esportiva de entrada Yamaha YZF-R3 e chances da Ducati chegar com a super esportiva Panigale V4. Mas, sem esquecer da Honda, a líder de mercado, que virá com a CB 500X, com roda de 19 polegadas na dianteira. A Harley-Davidson não estará presente.

Veja Mais:  Mercedes-Benz CLA aparece em teaser antes da estreia no CES 2019

LEIA MAIS: Ducati terá duas novas Scrambler 2020 que chegam em outubro nos EUA e Europa

E os visitantes poderão não só vê-las, como testá-las. O grande diferencial deste ano será a área de experimentação de modelos. Serão mais de 10 km de pista com test-rides on/off-road, mobilidade urbana, além de um test-ride VIP, somente com as supermáquinas. Vale lembrar que o evento está entre os maiores da América Latina, o que significa que mais de 270 mil pessoas são aguardadas para a edição 2019 do Salão Duas Rodas .

Datas e endereço

18 de novembro – Avant Première: 18h às 23h
De 19 a 24 de novembro (terça-feira a sábado): 14h às 22h.
Dia 19 de novembro (domingo): 11h às 19h, com entrada até às 17h.
São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 – São Paulo/SP).

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Harley-Davidson apresenta os novos modelos da linha 2020

Publicado

source
Novas Harley-Davidson da linha 2020 arrow-options
Divulgação

Modelos da linha 2020 como a Road Glide Limited (foto) chegam para ditar novos parâmetros de tecnologia na marca

A Harley-Davidson acaba de anunciar sua linha de modelos para o ano de 2020, com a apresentação oficial agendada para a segunda semana de setembro na Califórnia (EUA). Além da primeira moto elétrica da marca, LiveWire, a Low Rider S — com o motor Milwaukee-Eight 114, que passa a integrar a família Softail — e a CVO Tri Glide — com novas tecnologias, como o controle de tração, e o sistema HD Connect, que permite o pareamento da central da moto com o smartphone (também presente na elétrica — são as maiores novidades. A Harley-Davidson diz que ainda não há data para a LiveWire ser lançada no Brasil.

LEIA MAIS: Harley-Davidson de Elvis Presley deverá ser a moto mais cara do mundo em leilão

Ainda assim, a nova  Road Glide Limited também compõe os maiores destaques, substituindo a  Harley-Davidson Road Glide Ultra para 2020 no segmento das motos de luxo, voltadas a grandes viagens. Quanto ao modelo, agora está disponível com uma nova Opção de acabamento preto, também integrado ao pacote de opcionais da linha Ultra Limited 2020. Vale destacar, além disso, que o sistema ABS Brembo da Harley, que anteriormente era uma opção disponível em alguns modelos de turismo, agora é padrão em todos os modelos dessa categoria.

Veja Mais:  Aceleramos o icônico Toyota Supra, de segunda geração.  Assista ao vídeo

O centro das atenções

Harley-Davidson arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson LiveWire segue a mais chocante, por representar uma revolução no line-up da fabricante

A LiveWire é, definitivamente, a grande divisora de águas na história da marca. O novo design futurista não é só parte da estratégia da Harley-Davidson de renovar seus negócios nos EUA até 2027, mas também de estabelecer a marca como líder na eletrificação do transporte em duas rodas. É com isso que, a partir dela, a marca revelou que outras motocicletas elétricas deverão chegar logo em seguida.

LEIA MAIS: Ducati terá duas novas Scrambler 2020 que chegam em outubro nos EUA e Europa

Dados oficiais de desempenho revelam que é capaz de acelerar até 100 km/h em 3 segundos e sua autonomia é de 235 km. O propulsor elétrico não faz uso de embreagem, nem troca de marchas, simplificando a condução para novos pilotos. Além disso, as frenagens regenerativas de energia adicionam carga à bateria,

Através do sistema Connect, o piloto se informa sobre o status da carga de bateria, autonomia disponível, locais onde há estações de recarga para a bateria, alerta de violação e localização do veículo, notificações de atendimento e lembretes de revisões. Entre outros equipamentos, também se encontram os que auxiliam a condução. Entre eles, o controle eletrônico de chassi, freios ABS e controle de tração.

LEIA MAIS: Novo scooter Honda ADV 300 será mostrado em novembro com mais custo-benefício

Veja Mais:  Anfavea prevê alta  de11,4% nas vendas de veículos em 2019

Ainda quanto ao controle, o seu motor está localizado na parte inferior da motocicleta para baixar o centro de gravidade, ajudando na agilidade da moto em todas as velocidades e tornando mais fácil o controle quando parada. Por fim, para não deixar a desejar no quesito ronco, o motor promete, segundo a fabricante “um novo som característico da Harley-Davidson ao acelerar e ganhar velocidade”.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana