conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Primeira-dama é homenageada por trabalho em apoio à adoção

Publicado

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, foi homenageada na tarde desta terça-feira (14), na Câmara Municipal de Cuiabá, pelo trabalho e apoio prestados à rede de adoção da Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara).

Durante o seu discurso, Virginia que também é madrinha da Ampara, compartilhou com os participantes uma parte da sua história de vida, destacando como foi a chegada da sua filha caçula [Maria Luiza] no seio familiar.

“Ela chegou pra gente após cinco anos de espera, eu estava recém operada, e minha filha até comentava: “mãe, você acabou de fazer uma cirurgia, como você vai adotar agora?”. Porém, antes de ser casada, eu já pensava na adoção, sempre imaginei que teria dois filhos e o terceiro seria adotado. Graças a Deus, meu pensamento e meus sonhos se realizaram”, disse Virginia.

Na ocasião, a primeira-dama destacou que “não existe amor maior do que o amor de adoção, pois com os filhos biológicos a coisa é natural, afinal, são seu sangue, flui mais fácil. Já com os filhos adotivos o amor nasce no olhar, no convívio, no cuidado e no coração. O primeiro momento que olhei para minha filha caçula, me apaixonei por ela. E ela é a benção da nossa casa e da nossa família”, disse.

A sessão solene foi requerida pelo vereador Marcelo Bussiki.  “A gente homenageia pessoas que são destaques em prol da adoção, como a primeira-dama Virginia Mendes, que fez um excelente trabalho como primeira-dama de Cuiabá e, agora, como primeira-dama do Estado, continua trilhando no mesmo caminho”, ressaltou Bussiki.

Veja Mais:  Dia da bandeira haitiana é celebrada na Escola Heliodoro com carnaval e comida típica

A presidente da Ampara, Lindacir Rocha Bernardon, destacou que o processo de adoção é muito importante. “Somos parceiros do Poder Judiciário, no acolhimento de pretendentes à adoção para conscientizar a sociedade e também no rompimento de mitos e preconceitos que ainda existem com relação ao assunto”, pontuou a presidente.  

Leia mais

Primeira-dama de Mato Grosso é empossada madrinha afetiva da Ampara

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Bombeiro dá água no copo para tatu em área queimada em MT

Publicado

Foto: CBM/MT

Uma foto viralizou e tem comovido milhares de pessoas em Mato Grosso, que sofre com diversas queimadas nos últimos dias. Na imagem um bombeiro dá água a um tatu, encontrado em uma fazenda de Campo Novo do Parecis (396 km ao Nordeste).

Sem ter onde se esconder, diante da área de fazenda consumida pelo fogo, o pequeno animal se rende ao militar e bebe a água no copo que o bombeiro lhe oferece.

O capitão Eraldo Moura explicou que os militares faziam a perícia no local quando perceberam a aproximação de dois filhotes de tatu.

Os animais eram um dos poucos sinais de vida em uma área de 766 hectares que foi devastada por um incêndio no dia 18 de julho.

O retrato foi feito na manhã de sábado (17), enquanto os militares combatiam o incêndio em um milharal da cidade.

Comentários Facebook
Veja Mais:  MT planeja empregar uso controlado do fogo para prevenção de incêndios
Continue lendo

Mato Grosso

Sema resgata 12 tartarugas nas Regiões do Araguaia e do Xingu; 8 pessoas foram presas

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em parceria com a Diretoria de Unidade Desconcentrada de Confresa, ONG aliança da Terra e Polícia Militar, resgatou 12 tartarugas durante operação de 10 dias, realizada no fim de julho, que  abrangeu 13 municípios de Mato Grosso. A ação envolveu áreas de preservação permanente e do Parque Estadual do Xingu.

As tartarugas foram devolvidas ao seu habitat natural. Também foram apreendidos 110 quilos de peixes das espécies matrinchã, pacu, ferrada, piau, sardinha e pirarucu, carnes de caça e apetrechos proibidos de pesca como redes, espinhéis, arpão e bóias.

A operação ocorreu nos seguintes municípios: Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova, Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara, Santa Teresinha, Vila Rica, Confresa, Porto Alegre do Norte, Cana brava do Norte, Alto Boa Vista, Santa Cruz do Xingu e São José do Xingu.

Além das ações contra a pesca predatória, os fiscais atuaram também contra as queimadas florestais, ao se depararem com um foco de incêndio de grande porte em Jacaré Valente, Distrito de Confresa, atingindo cerca de 60 hectares de mata.

Ao final da operação oito pessoas foram conduzidas para delegacia e os peixes apreendidos foram doados para o Hospital de São Félix do Araguaia.

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Veja Mais:  Diretoria da MTI reúne servidores para alinhar ações da empresa

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Curso de Técnicas de Controle da Rotam termina nesta segunda-feira (19)

Publicado

Depois de 27 dias, encerra nesta segunda-feira (19.08), às 9 horas, no auditório Comando Geral da Polícia Militar, o 2º Curso de Técnicas de Controle e Submissão, promovido pela Ronda Ostensiva Tático Metropolitana (Rotam). Os 17 alunos do aprimoramento receberam instruções de alternativas do uso da força, através de métodos de artes marciais adaptados para a atividade policial.

O objetivo do curso foi preparar os agentes públicos para situações críticas de manutenção da ordem, onde é necessário o emprego de técnicas, táticas e meios diferenciados de uso da força. Além de proporcionar aos alunos, maior capacidade técnica de resolução de conflitos, dentro dos princípios da legalidade, proporcionalidade, moderação e conveniência, resguardando os direitos e garantias fundamentais dos cidadãos. 

Participaram do curso policiais da Rotam, do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Cavalaria, Força Tática do 1º CR, militares do 24º Batalhão,  Grupo Especial de Fronteira (Gefron), agentes penitenciários e investigadores da Polícia Judiciária Civil.

Na grade curricular, por exemplo, foram destacadas noções sobre Direitos Humanos; Legislação sobre o uso da força; História das algemas; Física aplicada à técnica policial; Sobrevivência policial; Defesa pessoal; Instrumentos de menor potencial ofensivo; Fundamentos de técnicas de solo e procedimentos de algemação tática, entre outros.

Serviço

Encerramento do 2º Curso de Técnicas de Controle e Submissão

Data e hora: segunda-feira (19.08), às 9h

Local: Auditório do Comando Geral da Polícia Militar

Veja Mais:  MT planeja empregar uso controlado do fogo para prevenção de incêndios

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana