conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Produtor utiliza fungo para controlar praga da bananeira

Publicado

Para controlar a broca da bananeira ou moleque da bananeira, considerada a principal praga que ataca os bananais, o produtor rural Magdo Cristian Soares, do Assentamento Rio Santana, localizado no município de Nortelândia (253 km a Médio-Norte de Cuiabá), utilizou a técnica de controle biológico com o fungo Beauveria bassiana. Com o plantio de meio hectare com as variedades de banana maçã e da terra, a infestação já estava causando a diminuição do tamanho dos cachos, amarelecimento das folhas e tombamento das plantas.

O fungo Beauveria bassiana é um inseticida microbiológico indicado para controle de insetos e pragas em diversas culturas. O técnico agropecuário da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Rafael Simões, explica que o fungo proporciona efeito de supressão da população de diversos grupos de insetos, contribui para o manejo de resistência e para a redução no uso dos defensivos químicos. O produto é ideal para o manejo integrado de pragas, promovendo uma agricultura mais sustentável, preservando os inimigos naturais e o equilíbrio do ecossistema.

Para controlar a infestação da praga no bananal foram utilizadas dois tipos de armadilhas, as iscas tipo “queijo” e “telha”. O técnico explica que antes de realizar o controle no bananal foi feito uma amostragem da praga para conhecer a população e saber o risco de a mesma aumentar. As amostragens periódicas são necessárias para saber se há a necessidade de controlar a praga e quando ela atinge níveis ideais para controle.

Veja Mais:  Seplag capacita órgãos e secretarias de Estado para a elaboração do PPA 2020-2023

De acordo com Rafael, as iscas tipo “telha” foram feitas com pedaços do pseudocaule da bananeira com aproximadamente 50 centímetros, já as iscas tipo “queijo” com pedaços do pseudocaule com altura entre cinco e dez centímetros, cortada transversalmente. Na propriedade foram utilizadas dez iscas, na área de meio hectare. “As iscas foram colocadas dentro e fora do bananal, e também próximas às touceiras”, enfatiza.

Fungo indicado para o controle dos insetos no bananal

Para apresentar a técnica ao produtor, foi realizada uma Demonstração de Métodos (DM), sendo que ele não queria utilizar produtos químicos e o uso de fungos para o controle biológico das pragas foi um alternativa para reduzir os impactos ambientais. “Foi realizada a primeira aplicação e o produtor recebeu uma demonstração de como utilizar o fungo. Poderá ser feita outra aplicação conforme a infestação, nos próximos três a seis meses”, explica.

Na área de meio hectare foi realizada a primeira colheita que produziu 2,5 toneladas de banana, uma média de cinco quilos por cacho, abaixo do esperado devido à incidência da broca da bananeira. Mesmo assim, o produtor teve um lucro de R$ 6.250,00 e conseguiu vender toda produção por R$ 2,50 o quilo da banana.  A previsão era colher aproximadamente quatro toneladas de banana.

O Assentamento Rio Santana é formado por 50 famílias que possuem em média 1,5 hectares de terra e produzem para subsistência. O produtor Magdo possui também um plantio de mandioca e já colheu 6,5 toneladas, com previsão de oito toneladas ao final da colheita. Vendendo no comércio da cidade o quilo ao preço de aproximadamente R$ 0,75 pode faturar com a cultura da mandioca R$ 6.000,00 por colheita.

Veja Mais:  Justiça Eleitoral disponibiliza aplicativo que exibe a totalização de votos durante a eleição

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Palestra sobre violência nas escolas é proferida pela Polícia Civil a alunos de escola estadual

Publicado

Mais de 600 estudantes do ensino médio da Escola Estadual Fernando Leite de Campos, localizada no centro de Várzea Grande, participaram, nesta quarta-feira (20), de uma palestra sobre prevenção da violência nas escolas, proferida pela Polícia Civil. A palestra faz parte das ações do Programa de Bem Com a Vida, desenvolvido pela Polícia Civil, que fazem um trabalho preventivo.

Os alunos ouviram atentamente o policial civil Ademar Torres de Almeida, que destacou o tema “ameaça de violência nas escolas”. Por cerca de duas horas e meia, o policial detalhou as implicações jurídicas nos atos de violência física e patrimonial dentro de uma unidade escolar.

A diretora da escola, Leyde Laura de Souza, lembrou que nos útlimos dias, notícias falsas sobre ameaças a escolas, que circularam em redes sociais, deixaram pais e professores preocupados com a segurança dos alunos e a presença dos policiais e das viaturas na unidade tranquilizou a todos. “O que poderia ser feito caso a escola sofresse uma invasão? Diante dessa preocupação, conseguimos trazer até a escola uma palestra preventiva que serviu de alerta”, frisa. Segundo a diretora os alunos serão multiplicadores do que ouviram.

O servidor público Magnon Pinto acredita que a presença da polícia nas escolas se faz necessária e é de extrema importância. “Seja através de rondas, projetos específicos, palestras, debates. As forças de segurança também têm função educativa na sociedade”, ressalta.

Veja Mais:  Escola de Rosário Oeste recebe reparos e adequações na estrutura

Estiveram presentes também três conselheiros tutelares, representantes do Conselho de Segurança Pública, além de 10 policiais e um viatura blindada da Gerência de Operações Especias (GOE).

As palestras podem ser agendas com a Coordenadoria de Polícia Comunitária da Polícia Civil pelo telefone 3901- 5651. Ou pelo e-mail coordpcom@pjc.mt.gov.br 

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo abre período de trabalho técnico do Plano Plurianual

Publicado

A solenidade de abertura do Plano Plurianual (PPA) foi o pontapé inicial para o trabalho de todos os órgãos estaduais na formulação do documento estratégico, que estabelece diretrizes, objetivos e metas da administração pública para os próximos quatro anos. O evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (21.03), no Auditório Cloves Vettorato.

Em discurso, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, pediu empenho e compromisso dos mais de 200 servidores de todo o Estado envolvidos diretamente na elaboração do PPA (2020-2023). Ele destacou que o planejamento estratégico será a base para a oferta de serviços melhores para o cidadão.

“Não vamos fazer desta ferramenta o simples cumprimento de um dispositivo constitucional. Vamos fazer deste momento uma oportunidade de realmente pensarmos, planejarmos, criarmos soluções, e nos lançarmos ao desafio, e, daqui há quatro anos, vermos que Mato Grosso cresceu, se desenvolveu, e que participamos desta história”, orientou o chefe do Executivo.

O secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Basílio Bezerra, ressalta que o principal objetivo é que as metas sejam realistas e reflitam o que governo pretende executar, elencando o que é mais importante de forma estratégica para Mato Grosso, e principalmente, para contemplar a necessidade da sociedade.

“O nosso planejamento, a partir deste momento, será feito de forma diferenciada. É importante os gestores trabalharem com a percepção de que o planejamento deverá ser efetivamente cumprido pelo Estado. As metas serão monitoradas de forma permanente pela equipe para auxiliar o Estado a entregar o resultado esperado”, afirmou o gestor.

Veja Mais:  Novo Datacenter vai melhorar atendimento da Sema

O trabalho será coordenado pela Seplag, que conforme o coordenador geral do PPA e secretário adjunto de Planejamento e Gestão de Políticas Públicas, Anildo Cesário Correa, já capacitou em fevereiro deste ano a equipe para atuar como multiplicadora da metodologia dentro dos órgãos que farão parte do processo de elaboração do documento.

O trabalho será executado em oito grandes grupos temáticos, divididos entre educação, saúde, segurança pública, desenvolvimento social, desenvolvimento econômico sustentável, gestão pública I e II, e os poderes.

Cada secretaria ou órgão deverá elencar suas metas, ações e programas para integrar o Plano, que norteará a elaboração anual da Lei de Diretrizes Orçamentarias (LDO). O cronograma de ações foi estabelecido pela portaria nº18 de2019 da Seplag.

Entre as etapas de elaboração estão a capacitação das equipes, diagnóstico e propostas de intervenção, análise das orientações estratégicas de governo, e, por fim, consolidação e validação das propostas e ações. O prazo legal para que o Executivo estadual encaminhe o documento para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso é 30 de agosto deste ano.

Prestigiaram a solenidade os secretários de Segurança Pública, Alexandre Bustamante; Cultura, Esporte e Lazer, Allan Kardec; Assistência Social e Cidadania, Rosamaria Carvalho; Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda; Saúde, Gilberto Figueiredo; Fazenda, Rogerio Gallo; Procurador Geral, Francisco de Assis Lopes; Controlador, Emerson Hideki Hayashida; presidentes de autarquias e secretários adjuntos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Homem é detido com documento falso e veículo adulterado

Publicado

Homem de 28 anos é detidos por policiais do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTRAN), nesta quarta-feira (20.03), em Cuiabá, por uso de documento falso, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.

Os policiais foram acionados quando M.M.F.J. apresentou a documentação de um Gol,  no Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e o servidor observou indício de adulteração. Os policiais foram acionados e, em consulta, foi confirmado que havia uma queixa de furto com base no documento apresentado, na cidade de Jangada, em 2016.

Os policiais ainda realizaram uma vistoria minunciosa e descobriram que o motor é de um outro Gol, também com queixa de roubo. O suspeito e o veículo foram encaminhados à Central de Flagrante.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Veja Mais:  Sesp-MT publica edital para implantação de videomonitoramento de vias urbanas
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana