conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Culinária

Pudim gelado mais prático do mundo: sem ovo, com 5 ingredientes e não vai ao forno

Publicado

O verão está chegando, as temperaturas começam a aumentar e nós trazemos aqui para você uma receita esperta para os dias quentes.

Uma sobremesa gelada que pode ser preparada num instante com poucos ingredientes e sem precisar levar ao fogo.

A receita que vamos lhe ensinar é a do pudim gelado em que os ingredientes são todos misturados no liquidificador.

Receita de pudim gelado de liquidificador

O que você vai precisar

  • 1 lata de leite condensado
  • 2 caixas de creme leite
  • 1/2 xícara leite morno
  • 1 sachê de gelatina sem sabor
  • 10 colheres de açúcar

O que fazer

  1. Preparar uma calda de caramelo com o açúcar e colocar na forma de pudim
  2. Bater o creme de leite e o leite condensado no liquidificador
  3. Dissolver a gelatina no leite e acrescentar à mistura do liquidificador
  4. Bater por 5 minutos e a seguir colocar na forma em cima da calda
  5. Levar ao freezer ou congelador por 2 horas no mínimo
  6. Para tirar o pudim da forma, esquentar rapidamente a forma na boca do fogão

Se você gostou da nossa sugestão para os dias quentes do verão, partilhe a receita com seus amigos e familiares

Comentários Facebook
Veja Mais:  Espaguete ao curry de laranja com lulas

Culinária

7 receitas veganaspara colocar em prática no almoço de Páscoa

Publicado

É tradição em muitos lares brasileiros reunir a família para desfrutar de um almoço nos feriados, e um deles é a Páscoa. A ocasião é perfeita para colocar em prática um cardápio repleto de variedades, o que inclui receitas veganas.

Leia também: Receitas para Semana Santa e dicas para passar esses dias sem comer carne

receitas veganas
shutterstock

A chef Malu Lobo, especializada em Gastronomia Funcional, fez 7 receitas veganas especiais

Malu Lobo, chef especializada em gastronomia funcional, lista sete receitas veganas saborosas para uma Páscoa sem nenhum ingrediente de origem animal. “Com os temperos certos, o prato fica quase igual ao original”, diz Malu.

Como um dos símbolos da data, o chocolate não pode ficar de fora. A chef alerta para a importância de comprar um chocolate 70% cacau e sem traços de leite. “Tem que verificar o rótulo, pois algumas marcas burlam e trazem leite em sua composição”, enfatiza.

Outro destaque fica por conta da alga Nori. Além de ser rica em nutrientes como proteína vegetal, cálcio e ferro, proporciona um sabor de mar, o que substitui o bacalhau. Veja as receitas:

  1. Brownie cremoso vegano
  2. Mousse vegano de chocolate
  3. Torta de creme de chocolate vegano
  4. Batatalhau cremosa
  5. Palmito em escamas com farofinha de queijo vegano
  6. Batatalhau confitada
  7. Bolinho de bacalhau vegano assado

Leia também: Anitta diz que perdeu 4 kg após virar vegana; veja como aderir essa alimentação

1. Brownie cremoso vegano

receitas veganas
Malu Lobo

Brownie cremoso vegano é fácil de fazer e possui chocolate 70% cacau

Ingredientes:

  • 1 kg de batata doce cozida em purê;
  • 250 gramas (mais ou menos 24 unidades) de tâmaras sem caroço hidratadas;
  • 120 gramas ou 8 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 90 gramas ou 5 colheres de sopa de melado;
  • 150 gramas de farinha de amêndoas;
  • 1 pitada de sal marinho;
  • 120 gramas de nozes picadas;
  • 60 gramas de chocolate 70% cacau picado.
Veja Mais:  Molho de tomate: como fazer dele um aliado para sua dieta

Modo de preparo:

  • Em um processador, bata as batatas doces com as tâmaras até obter um creme homogêneo. Adicione os demais ingredientes (exceto as nozes) e misture bem;
  • Por último, adicione as nozes;
  • Leve ao forno e deixe assar em 180º por 25 minutos;
  • Espere esfriar e desenforme.

Rendimento: 6 porções.

2. Mousse vegano de chocolate

receitas veganas
Malu Lobo

Malu ensina a fazer um mousse de chocolate vegano

Ingredientes:

  • 450 gramas de chocolate 70% cacau;
  • 300 ml de água do cozimento do grão de bico;
  • 1 pitada de sal marinho;
  • 60 gramas de açúcar demerara ou mascavo;
  • 1 colher de sobremesa de suco de limão;
  • Nibs de cacau para enfeitar;
  • Cacau em pó para polvilhar.

Modo de preparo:

  • Derreta o chocolate no micro-ondas ou em banho Maria;
  • Bata a água do grão de bico com a pitada de sal ,açúcar e o suco de limão até virar clara em neve. O processo é demorado, mas ela acaba firmando;
  • Incorpore a clara batida ao chocolate derretido;
  • Coloque na geladeira;
  • Sirva enfeitando com nibs de cacau e cacau em pó polvilhado.

Rendimento: 4 porções.

3. Torta de creme de chocolate vegano

receitas veganas
Malu Lobo

Torta de creme de chocolate vegano é uma opção para o cardápio de Páscoa

Ingredientes:

  • 500 gramas de castanha de caju demolhada;
  • 200 ml de leite de coco;
  • 1 e 1/2 xícara de xylitol ou açúcar demerara;
  • 150 a 200 ml de água ou leite vegetal;
  • 3 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 1 inhame pequeno cozido;
  • 120 gramas de chocolate 70% cacau picado para enfeitar.

Modo de preparo:

  • Deixe as castanhas de molho por, no mínimo, 4 horas ou de um dia para outro;
  • Escorra e bata todos os ingredientes (exceto o chocolate 70% cacau) até obter um creme liso e espesso;
  • Coloque em uma forma e enfeite com as raspas;
  • Leve à geladeira por 3 a 4 horas.
Veja Mais:  Aprenda como fazer farofa

Rendimento: 6 porções.

4. Batatalhau cremosa

receitas veganas
shutterstock

A alga Nori é rica em nutrientes e serve para substituir o bacalhau

Ingredientes:

  • 1 kg de batatas cozidas descascadas e cortadas em rodelas grossas;
  • 2 xícaras de carne de jaca temperada previamente (refogada com alho e cebola );
  • 1 xícara de azeitonas pretas em rodelas;
  • 1 cebola grande em rodelas;
  • 3 pimentões vermelhos em rodelas;
  • 3 a 4 dentes de alho picados;
  • 6 tomates maduros picados;
  • 2 folhas de alga Nori picadas;
  • 2 xícaras de leite de castanhas ou amêndoas;
  • 2 colheres de sopa de farinha de grão de bico;
  • Sal marinho;
  • Pimenta do reino;
  • 1 colher de sopa de azeite extra virgem.

Modo de preparo:

  • Em uma assadeira, arrume as batata cozidas no fundo, a jaca desfiada e as azeitonas picadas;
  • Coloque as cebolas, o pimentão vermelho, a alga Nori picada e os tomates por cima;
  • Misture o leite de castanhas com o alho, a farinha de grão de bico, o azeite, o sal e a pimenta do reino. Regue as batatas com essa mistura e leve ao forno pré-aquecido até assar e dourar.

Rendimento: 6 porções.

5. Palmito em escamas com farofinha de queijo vegano

receitas veganas
shutterstock

Palmito com farofa de queijo vegano é uma opção para variar o cardápio

Ingredientes:

  • 6 talos de palmito aferventados (In natura) em rodelas;
  • 1 cebola grande em rodelas;
  • 2 dentes de alho;
  • 2 colheres de sopa tahine;
  • 3 xícaras de leite vegetal;
  • 1/2 xícara de salsinha;
  • Sal a gosto.

Farofinha de queijo vegano

  • 2 colheres de sopa farinha de amêndoas;
  • 2 colheres de sopa pão ralado;
  • 1 colher de chá fermento em pó;
  • 1 colher de sopa azeite;
  • 1 pitada de sal;
  • Só misturar.

Modo de preparo:

  • Afervente por 2 minutos os talos de palmito e corte em rodelas;
  • Corte a cebola em rodelas;
  • Bata o leite vegetal com o alho, o tahine e o sal marinho;
  • Corrija o sal se necessário;
  • Arrume as rodelas em um refratário baixo, apoiando as rodelas uma na outra. Coloque em cima das fatias e, por cima, coloque a farofa de queijo vegano;
  • Leve ao forno 180° por 30 a 40 minutos até assar e dourar.
Veja Mais:   Receitinha para o café da tarde

Rendimento: 6 porções.

6. Batatalhau confitada

receitas veganas
shutterstock

Cozinhar batata com sal é um dos processos para fazer um “batatalhau”

Ingredientes:

  • 1 kg de batata cozida com sal e cortada em rodelas;
  • 2 cebolas cortadas em rodelas;
  • 1 pimentão vermelho em rodelas;
  • 1 pimentão verde em rodelas;
  • 1 pimentão amarelo em rodelas;
  • 1 xícara de azeitonas pretas;
  • 15 dentes de alho descascados;
  • 6 tomates cortados em gomos;
  • 2 folhas de alga Nori picadas;
  • Azeite de oliva;
  • Sal marinho;
  • Pimenta do reino.

Modo de preparo:

  • Cozinhe a batata até que fique firme, mas não mele. Depois, corte em rodelas;
  • Monte camadas em um refratário. A primeira é de batata e pimentões;
  • Espalhe os dentes de alho, os gomos de tomate e as azeitonas e tempere com sal marinho e pimenta do reino;
  • Adicione as algas picadas e cubra com azeite de oliva;
  • Tampe com papel laminado e cozinhe até que borbulhe;
  • Retire o laminado e deixe mais uns minutos para dourar.

Rendimento: 6 porções.

7. Bolinho de bacalhau vegano assado

receitas veganas
Malu Lobo

O bolinho de bacalhau vegano é uma alternativa da chef para manter o sabor característico da Páscoa

Ingredientes:

  • 1/2 kg de batata cozida e assada;
  • 1 folha de alga Nori;
  • 200 gramas de shimeji branco (uma bandeja);
  • 1 colher de sopa suco de limão;
  • 1 dente de alho amassado;
  • 1/2 xícara de farinha de grão de bico (mais 1/2 xícara para empanar);
  • 3 colheres de sopa de salsinha picada;
  • 1 pimenta dedo de moça sem sementes picada;
  • Sal marinho a gosto;

Modo de preparo:

  • Asse as batatas. Dica: asse a batata no forno ou no micro-ondas. Se cozinhar na água, ela ficará mais úmida e precisará colocar mais farinha;
  • Amasse as batatas e depois reserve;
  • Pique a alga Nori;
  • Coloque o cogumelo no processador e triture levemente. Cuidado para não virar uma pasta;
  • Coloque o shimeji junto com a batata, adicione os demais ingredientes e misture até obter uma massa moldável e homogênea. Experimente e acerte o sal marinho, se necessário;
  • Molde os bolinhos, passe na farinha de grão de bico e vá colocando em uma assadeira;
  • Asse em forno aos 180° por 25 a 30 minutos.

Rendimento: 15 unidades.

Leia também: 10 receitas com chia para turbinar a sua dieta e te ajudar a emagrecer

Com essas receitas veganas é possível aproveitar uma refeição sem nenhum ingrediente de origem animal e sem abrir mão dos sabores característicos dessa ocasião.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Culinária

Receita de peixe ao molho

Publicado

Ingredientes

  • 2 filés de peixe
  • 1 cebola
  • 1 tomate
  • 1 pimentão
  • cheiro verde
  • extrato de tomate
  • salsinha

Modo de Preparo

  1. Tempere o peixe com sal e limão,depois coloque em uma panela e corte a cebola,tomate,pimentão e cheiro verde,e deixe cozinhar por 10 minutos, depois de cozido adicione o extrato de tomate a quantidade necessária. É só servir bem quentinho e decorar com salsinha

Comentários Facebook
Veja Mais:  Aprenda como fazer farofa
Continue lendo

Culinária

Como acertar na escolha na hora de comprar peixe fresco ou congelado

Publicado

posta de bacalhau
shutterstock

Saiba no que prestar atenção na hora de comprar peixe, seja ele fresco ou congelado

Seja porque para o almoço da Sexta-feira Santa ou para o encontro de Páscoa da família, ou apenas para diminuir o consumo de carne vermelha no dia a dia, o peixe é uma opção bem-vinda no cardápio. Mas você sabe como comprar peixe fresco sem errar? E quando o peixe é congelado?

Leia também: Bacalhau é prato nutritivo e saudável se preparado a maneira certa; aprenda

Para saber dicas simples e práticas de como comprar peixe , conversamos com dois chefs. É importante prestar atenção a detalhes que vão da condição de olho e escamas ao cheiro do animal.

Como comprar peixes frescos

Mulher em uma banca de peixe
shutterstock

Olhar guelras, escamas e olhos é importante na hora de comprar peixe fresco

Se a ideia é usar um peixe fresco em sua receita, olhar a aparência dele é fundamental. “A primeira e mais importante dica é verificar se os olhos do peixe estão transparentes e a guelra vermelha. Em peixes frescos, os olhos ocupam toda a cavidade, são brilhantes e salientes”, ressalta o chef Koji Yokomizo, do tradicional restaurante japonês by Koji.

A também chef e ex-feirante Miriam Marcatti completa, dizendo que as guelras amareladas e muco são maus sinais em um peixe. Segundo a profissional, isso indica que não se trata de um peixe fresco.

Veja Mais:  6 dicas para comer os alimentos do jeito certo e ter uma dieta saudável de fato

Além disso, ela indica avaliar as escamas, que precisam estar transparentes, firmes e resistentes. Koji concorda e comenta que ter a escama soltando com facilidade é sinal de alerta. “A escama deve estar firme, assim como a carne, além de parcialmente transparentes e brilhantes”, explica ele.

Outro ponto atenção é em relação ao cheiro. Como brinca Miriam, peixe cheira a peixe. Se o odor for diferente disso ou forte demais, desconfie.

O ambiente no qual ele é exposto também deve ser observado. “Todo peixe fresco deve estar em ambiente refrigerado. Verifique a qualidade (cor e aroma) do gelo onde ele está depositado”, orienta a chef e ex-feirante.

Leia também: 6 dicas para comer os alimentos do jeito certo e ter uma dieta saudável de fato

Como comprar peixe congelado

Mulher escolhendo um peixe no mercado
shutterstock

Para comprar peixe congelado ou já embalado, preste atenção ao rótulo e à temperatura do local onde ele está armazenado

Nem sempre há a disponibilidade – ou tempo – para comprar um peixe fresco. Mas saiba que é possível comprar peixe congelado de qualidade e fazer ótimas receitas.

Para garantir que está levando um bom produto para casa, atenção a embalagem e alguns detalhes. Não compre, por exemplo, se os peixes congelados estiverem amolecidos no pacote ou mesmo com um acúmulo de líquido.

“Esses são dois sinais que indicam que o peixe foi descongelado, seja porque o local do armazenamento foi desligado ou porque, em algum momento, a temperatura sofreu alteração. Dessa forma, ele não estará totalmente próprio para consumo”, afirma Koji.

Veja Mais:  Aprenda como fazer farofa

Também para assegurar a qualidade do item, observe se ele está sendo armazenado na temperatura indicada pelo fabricante na embalagem.

E se a ideia é apostar no bacalhau já embalado, Miriam indica procurar no rótulo as informações de prazo de validade, país de origem, importador e selo de inspeção federal.

Receitas para variar o cardápio

posta de salmão
shutterstock

Além do salmão em postas, você pode optar por outros cortes do peixe, como o buri Kama

Koji ainda separa duas ideias para incrementar o cardápio usando peixes como astro principal. A primeira é com salmão. Segundo o profissional do by Koji, é possível economizar optando pelo corte kuri kama.

“Esse corte fica na parte de trás da cabeça do salmão e pode ser temperado apenas com sal refinado e preparado na grelha”, sugere o chef.

Leia também: Receitas e dicas para variar o cardápio na Semana Santa

A outra ideia é optar pelo Pargo, um peixe mais nobre que uma tilápia e facilmente encontrado nos mercados. De acordo com Koji, ele sai por aproximadamente R$ 30/ kg, uma opção com bom preço na hora de comprar peixe .

Para usar o Pargo, o profissional ensina uma receita com pegada oriental:

Pargo empanado
Divulgação

Receita com pargo empanado é simples e tem um toque oriental

Ingredientes

  • 40 gramas de peixe Pargo
  • 1 folha de shisô (Folha aromática, conhecida como manjericão japonês, que tem a propriedade de trazer frescor a temperos)
  • sal
  • pimenta
  • molho de pimenta “Sriracha”.
  • farinha para tempurá (Tempura ko)
Veja Mais:  Mousse de chocolate proteica e dicas para consumir chocolate sem sair da dieta

Modo de preparo: prepare, à parte, a farinha para tempurá (adicione 1 xícara do tempura ko, juntamente com 2/3 xícara de água fria. Misture bem até obter consistência homogênea).

Enrole o peixe já temperado com sal, pimenta e molho de pimenta na folha de shisô, passe na farinha preparada e leve para fritar a 180 graus.

Faça um molho, à parte, feito de suco de 1 limão e meia laranja.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana