conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

Regime previdenciário do Piau visita Cuiabá-Prev

Publicado

Detentor do selo ISO 9001, que certifica a qualidade de serviços e administração de recursos financeiros, o Cuiabá-Prev continua atraindo a atenção de órgãos previdenciários Brasil. Na última semana, o superintendente de Gestão e Previdência Complementar do Piauí Prev, Marcos Steiner, esteve na Capital para conhecer os resultados da administração e falar sobre à bem sucedida experiência de seu estado com o regime de previdência complementar.

O modelo, que faz parte da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 06 de 2019, já está sendo utilizado pela gestão piauiense, que observa bons resultados. “Antes da mudança, estávamos revendo essa questão, que, a partir da publicação da emenda constitucional, deverá ser feita em dois anos. Saímos na frente. Lá, até o momento, já aderiram os poderes Executivo, Legislativo e o Tribunal de Constas do Estado. Já estamos com tudo montado”, diz.

Marcos explica que o Piauí-Prev também está correndo atrás do selo pró-gestão, obtido este ano pelo Cuiabá-Prev. Para ele, além das boas práticas de gestão, as ações como integração com a perícia, atendimento e espaço físico pensando para melhor receber os aposentados e pensionistas.

“A visita se deve especialmente à qualidade que o Cuiabá-prev tem, fato reconhecido por duas certificações importantes. É esse controle de transparência e excelência que almejamos. Isso é verificado inclusive na estrutura física da entidade, adequada para receber o cidadão. Neste caso, é preciso considerar que são pessoas com mais idade, fragilizados pela perda de alguém ou aposentados por invalidez, pessoas que precisam ser bem acolhidas.”

Veja Mais:  Faleceu, nesta quinta-feira, o servidor de carreira Jurandir Queiroz Monteiro

O secretário-adjunto de Previdência de Cuiabá, Fernando Jorge Mendes, lembra que o órgão é o único do Estado a possuir a certificação internacional. “Administramos quase 15 mil vidas. Então todos os nossos processos são mapeados, desde controle de registros até o planejamento de comunicação. Se houver qualquer problema, podemos apontar se é falha no processo ou de quem o elaborou”, disse.

A celeridade e transparência nos processos já resultaram na visita de vários outros órgãos previdenciários, que buscam no Cuiabá-Prev, a receita para o desenvolvimento. “Para nós é motivo de orgulho e satisfação receber esses representantes. Isso se deve à maneira de como gerimos nossas demandas diárias. Quando se tem organização, o resultado é produtividade”, reforça o secretário. 

Comentários Facebook

Na Capital

Cursos do Qualifica 300 elevam autoestima e ajudam na recuperação de doenças

Publicado

Vicente Aquino Cruz

Os cursos ofertados pelo Programa Qualifica 300, nas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), que visam oferecer capacitação profissional às mulheres de baixa renda na Capital, estão contribuindo na recuperação de doenças e devolvendo a autoestima das participantes.

Maria Aureni é uma das alunas do curso de salgados que está sendo ministrado por instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Para ela, o curso que está sendo oferecido de forma gratuita pela Prefeitura de Cuiabá, foi “uma coisa que caiu do céu”. “Estava passando por um momento difícil na vida, pois fui vítima de violência doméstica. Por conta disso, estava em depressão e não tinha mais ânimo pra nada. Agora não, tudo é diferente. Já estou trabalhando, recebendo muitas encomendas e já obtendo meu próprio lucro. Só tenho a agradecer. O meu muito obrigado. Hoje sou uma nova mulher”, declarou.  

Dinaí Souza, 65 anos, natural do Belém do Pará, mudou para Cuiabá com o objetivo de tratar de um câncer no baço. Hoje, está na fase da recuperação, pois já alcançou a cura. “Esse curso tem me ajudado muito a enfrentar o tratamento e me recuperar cada vez mais. Antes desse curso, queria ir embora e abandonar o cuidado com a saúde. Agora não saio mais daqui, estou muito feliz por tudo que aprendi e já estou colocando em prática. Voltei a ter vontade de viver”, comentou.

Veja Mais:  Rede Comunitária pede ajuda ao prefeito para retomar as atividades de inclusão social

Euvilany Melgueiro da Silva chegou de Manaus e também participou do curso de qualificação de salgados. Ela contou que está em Cuiabá há pouco mais de um ano e já estava preocupada por não conseguir uma oportunidade de trabalho. “No começo achei que não ia conseguir. Mas, graças a Deus cheguei até o fim e muitas portas já se abriram. Já estou conseguindo tirar uma média de R$ 600,00 por semana com pedidos e encomendas de empadas e salgados. Que Deus abençoe a vida da primeira-dama Márcia Pinheiro e do prefeito Emanuel Pinheiro”, reforçou.

Para a coordenadora do Cras Jardim Araçá, Maria Aparecida Martins, a qualificação profissional é essencial. “Por conta da renda per capita dessas mulheres atendidas no Cras, não teriam condições de custear esses cursos profissionalizantes por falta de condições finaceiras. Essa oportunidade veio a calhar, pois estão possibilitando a essas mulheres aprenderem uma nova profissão”, declarou.

Na oportunidade, Maria Aparecida informou que uma nova turma será aberta para o curso de depilação, onde já foram ofertados cursos de salgados e designer de sobrancelha, com as atividades encerradas.  Em andamento está o curso de manicure. “Toda essa variedade de cursos e benefícios é muito gratificante a toda nossa comunidade que vem em busca de novas oportunidades. Estamos muito satisfeitos com os resultados que estão sendo atingidos”, comentou.

Veja Mais:  Jogos de futsal e queimada movimentam a 3ª Confraternização Esportiva e Cultural dos Servidores da Educação

O curso faz parte do Programa Qualifica 300 – Edição Mulher, idealizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro e coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

2ª EDIÇÃO – Para dar continuidade aos cursos profissionalizantes oferecidos às mulheres de baixa renda do Município, a 2ª Edição do Programa Qualifica 300 foi lançada na semana passada.

O número de vagas em relação ao ano passado mais que dobrou, subindo de 1,2 mil para 3 mil vagas destinadas a pessoas em vulnerabilidade social.

Outra inovação está na inclusão da população imigrante (venezuelanos, haitianos, entre outros) e da população em situação de rua no grupo prioritário. Os critérios para o acesso ao ensino é possuir registro no Cadastro Único, porta de entrada para os programas sociais, e ter o Número de Inscrição Social (NIS).

Na unidade do Cras Jardim Araçá já estão abertas as inscrições para o curso de Recursos Humanos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Prefeitura participa de mutirão social que atendeu mais de 1,5 mil pessoas no Novo Colorado

Publicado

Assessoria

A Prefeitura de Cuiabá apoiou o projeto “Ação MT 300 Anos”, realizado na Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, no bairro Novo Colorado, no último sábado (13), que atendeu mais de 1,5 mil pessoas da região. 

A ação faz parte do projeto da Associação de Mulheres Empreendedoras do Estado de Mato Grosso (Arvend), em parceria com a Prefeitura de Cuiabá e várias entidades para a prestação de serviços junto à centenas de famílias expostas a riscos sociais e vulnerabilidade.

Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, os serviços ofertados pelo Município são levados aos bairros mais distantes para atender a população mais carente.   

Os moradores da região contaram com serviços e informações de diferentes entidades: Defensoria Pública, agentes do Zoonoses, representantes da empresa Águas Cuiabá, Polícia Comunitária, cadastro do Bolsa Família, Secretaria de Mobilidade Urbana, Serviços Urbanos, Saúde, Procon Municipal, Energisa, Avaliação médica e psicológica, corte de cabelo, bazar dentre outros serviços oferecidos gratuitamente para a população.

Coordenado pelo assessor especial da Prefeitura, Ralf Leite, a ideia de realizar esse mutirão, surgiu depois de um estudo criterioso, onde foram detectados quais eram as principais necessidades dos moradores daquela região. Dentro desse demanda, foi em busca das parcerias que culminaram com um grande número de parceiros que levaram variedades em serviços e atendimentos aos moradores.

Veja Mais:  Rede Comunitária pede ajuda ao prefeito para retomar as atividades de inclusão social

“Após esse estudo, fomos em busca de parceiros para a realização da ação, batemos de porta em porta, fizemos o convite, explicamos como seria o mutirão e que gostaríamos de certa forma contribuir com aquela região, devido ao resultado do estudo. Fomos bem recebidos pelos parceiros e fechamos a parceria, o que culminou na realização dessa primeira ação”, pontuou Ralf.

Uma das beneficiadas pela ação foi a Rafaela Macedo, que estava com problemas no benefício que recebe da filha pequena e quando ficou sabendo que no colégio iria acontecer e a ação, aproveitou para tirar todas as dúvidas e ficou satisfeita com os atendimentos. “Como estou desempregada e não tinha dinheiro para o ônibus, esta ação me ajudou muito, porque não precisei ir até o centro para resolver minha situação, resolvi aqui no bairro mesmo’’, ressaltou Rafaela.

“A expectativa é que outras ações como essa sejam realizadas uma vez por mês ou uma vez por semana nos bairros mais carentes. Tivemos a oportunidade de ver a satisfação dos moradores que passaram pela escola em ver sua situação resolvida”, frisou o coordenador.

Para Maria Aparecida Souza, moradora do bairro Colorado, esta iniciativa mostra que ainda existem pessoas que se preocupam com os bairros mais carentes. Ela destaca que é moradora do bairro há 15 anos e foram poucas vezes que aconteceram ações como esta. “Só posso agradecer por terem olhado pelo nosso bairro e feito esta parceria, que trouxe tantos serviços pra perto de nós’’, afirma Maria. 

Veja Mais:  Secretaria entrega uniformes a equipes inscritas no Bola Cheia; campeonato começa hoje

A ação contou com a colaboração de mais de 150 pessoas trabalhando voluntariamente no mutirão. 

(Com informações do site Página News)

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Prefeitura em parceria com a AMA fortalece educação especial com construção de Centro de Apoio ao Autista

Publicado

Jorge Pinho

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Educação amplia e fortalece a educação especial na capital, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, com a implantação do Centro de Atendimento ao Autista de Cuiabá (CAA), que ofertará serviços e atendimento ao público autista. A partida para mais essa conquista, foi dada na manhã desta segunda-feira (15), com a Assinatura do Contrato de Sessão de Uso com a Associação de Pais e Amigos do Autista de Mato Grosso (AMA). O prédio, onde funcionava a antiga Escola do Moinho, no bairro Santa Cruz II (Região Sul), desativada há dois anos, irá receber o novo Centro de Atendimento.

O contrato de cessão de uso tem validade de 10 anos e poderá ser prorrogado por um termo aditivo. Kelly Cristina Viegas, presidente da Associação dos Amigos Autistas do Estado de Mato Grosso, disse que este é um momento inesquecível. A AMA, entidade com 500 associados, vinha trabalhando junto ao poder público pela efetivação do plano e do projeto do CAA e, para chamar das pessoas para a questão do autista e sua inserção na sociedade. “É uma grande conquista, que vai melhorar a qualidade de vida dos autistas e a sua inserção na sociedade”, salientou Kelly.

De acordo com a presidente da AMA o local que irá abrigar a unidade de atendimento é tranquilo, um ambiente ideal para receber a clientela. Ela falou do esforço dos associados para viabilizar o projeto de construção do CAA, realizando promoções e bazares, e da parceria com a Prefeitura de Cuiabá, a Secretaria Municipal de Educação, a Construtora Plaenge, a Câmara Municipal e muitos outros parceiros, sensibilizados com a causa e a luta dos autistas.

Veja Mais:  Faleceu, nesta quinta-feira, o servidor de carreira Jurandir Queiroz Monteiro

Na solenidade foi apresentada uma perspectiva do projeto do novo prédio que terá consultórios, áreas de recreação, convivência e de lazer, salas de treinamento entre outros espaços. “Vimos esse terreno durante uma caminhada de final de semana, fomos conhecer e achamos o ambiente tranquilo e ideal. Além disso, a comunidade é aconchegante e receptiva, e pensamos agora vamos começar a caminhada pela concessão do terreno”, contou Kelly Viegas.

Com a efetivação da concessão as obras no prédio terão início em breve e a expectativa é de que estejam concluídas na metade do ano que vem.  O Centro de Atendimento ao Autista terá capacidade para atender, num primeiro momento, em torno de 100 crianças e jovens com aspectos autistas por mês.

Representando o prefeito Emanuel Pinheiro, a secretária de Gestão, Ozenira Felix Soares de Souza elogiou a iniciativa da Secretaria Municipal de Educação em encampar o projeto, ampliando de vez o atendimento da educação especial da capital. “Hoje estou aqui e não vou falar como Secretária de Gestão, mas como militante da causa. Só quem tem um filho autista sabe da luta do dia a dia e do esforço”, destacou Ozenira Félix, que é mãe de André, de 18 anos que é autista.

Para Ozenira Félix, que faz parte da diretoria da AMA, a pareceria entre o Município e a AMA, que vem sendo construída e fortalecida ao longo dos últimos anos, representa uma mudança de paradigma e uma conquista para a Educação Especial. O Município está expandindo esse serviço e sendo um exemplo de trabalho efetivo para todo o estado. “Hoje o autista tem a sua patologia reconhecida. Para todos nós, da família, isso é de extrema importância. O que a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Educação está fazendo, é mais do que um avanço”, destacou ela.

Veja Mais:  Air Praeiro recebe moradores do Jardim Vitória e trata sobre pautas de ordenamento da região

O secretário de Educação, Alex Vieira Passos disse que o espaço vai passar por uma ampla reforma que será feita pela AMA em parceria com a Prefeitura e outras empresas e que no local irá funcionar também uma Clínica Escola Modelo, a primeira de Mato Grosso, para dar suporte ao serviço de saúde do município, no atendimento especializado ao autista. O secretário contou que a ideia de apoiar a construção da unidade surgiu quando foi encaminhado para a rede pública municipal de Educação um grande número de crianças com autismo. “Nós nos tornamos referência em quantidade e agora queremos ser referência em qualidade. Atualmente já atendemos mais de duas mil crianças com deficiência e o número não para de crescer. A Educação tem que se preparar receber essas crianças”, destacou Alex Vieira Passos.

O secretário lembrou que além da estrutura física a Secretaria de Educação se preocupa com a qualificação técnica dos profissionais para atender de forma efetiva a demanda por isso a criação da Clinica Escola Modelo que funcionará com o apoio da Secretaria de Saúde. “É uma super etapa que está sendo vencida, e isso nos torna uma referência em Mato Grosso e até para o país”, salientou Alex Vieira Passos exemplificando com a iniciativa que está em fase inicial na cidade de Várzea Grande, onde foi criado um núcleo de trabalho com a educação especial.

Veja Mais:  Jogos de futsal e queimada movimentam a 3ª Confraternização Esportiva e Cultural dos Servidores da Educação

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana