conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Regras administrativas podem deixar jogador de futebol “desempregado” no Brasil

Publicado

É de conhecimento geral que algumas transações são feitas nas famosas janelas de transferências. Citarei um caso real, uma trágica situação da realidade futebolística. Mas, em decorrência da confidencialidade que permeia as negociações, os nomes das partes não serão revelados.

Um atleta brasileiro obteve a rescisão do seu contrato de forma unilateral pelo não recebimento de salários de um clube turco. Tudo de acordo com a legislação daquele país e com base no Regulamento de Status e Transferências de Jogadores da FIFA .

O jogador regressou ao seu país para procurar emprego e um clube brasileiro se interessou e o “contratou”. Entretanto, para sua surpresa, obteve a seguinte resposta da entidade máxima do futebol nacional ao tentar registrá-lo em setembro de 2018:

“Conforme informado pela Federação Turca. Foi uma rescisão unilateral do atleta. Por conta disso a transferência só pode ser feita na próxima janela em janeiro [de 2019]”.

Apenas para refrescar a memória: o atleta não recebia salários na Turquia desde o início de 2018 e conseguiu a rescisão de seu contrato em maio do mesmo ano. Ao retornar ao Brasil foi “contratado” por um clube nacional, mas não conseguiu ser registrado.

Tudo isso significa dizer que, por questões meramente administrativas, o atleta em questão está em condição idêntica a de um desempregado, posto que impedido de exercer sua profissão.

Veja Mais:  Cuiabá perde para o Bragantino, já classificado aguarda adversário para o mata-mata da Série C

A negativa de registro se deu pelo previsto no artigo 47 do Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas de Futebol da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que possui a seguinte redação:

Artigo 47 – O pedido de transferência no TMS (Transfer Matching System – *que é o sistema internacional de transferência de atletas) só pode ser feito em um dos 2 (dois) períodos anuais de registro definidos pela CBF.

Parágrafo Único – Só é admitida a solicitação de transferência fora desses períodos caso seja comprovada a rescisão por mútuo acordo ou encerramento do contrato de trabalho desportivo no exterior antes do término da janela de transferência anterior, nos termos do artigo 6º do Regulamento da FIFA sobre o Status e a Transferência de Jogadores.

Na nossa leitura, o artigo 6º do Regulamento da FIFA, mencionado no regulamento nacional, protege a rescisão por justa causa e não por mútuo acordo, senão vejamos:

Os atletas poderão ser registrados em apenas um dos dois períodos anuais de registro fixados pela Associação competente. As Associações podem fixar diferentes períodos de registro para suas competições masculinas e femininas. Como uma exceção à esta regra, um profissional cujo contrato tenha expirado antes do final do período de registro poderá ser registrado fora deste período. As associações estão autorizadas a registrar tais profissionais desde que seja dada a devida consideração à integridade esportiva da respectiva competição. Nos casos em que um contrato tenha sido rescindido por justa causa, a FIFA poderá adotar medidas provisórias visando evitar o abuso, sujeito às previsões do artigo 22 – (tradução livre)

Veja Mais:  Messi e Cristiano Ronaldo irão ao Bernabéu ver final da Libertadores, diz jornal

Note que não existe a previsão de “mútuo acordo” na regra internacional, porque ela protege aquele o atleta que não teve culpa na rescisão antecipada do seu contrato de trabalho. No entanto, nossa entidade nacional ao redigir seu regulamento, assim não entendeu.

Desta feita, um atleta que não recebia salários (alimentos) na Turquia é punido duplamente já que, em sua pátria, por interpretação e regulamentação equivocada da entidade nacional, ficou impossibilitado de exercer seu ofício até 10 de janeiro de 2019– quando da abertura da janela de transferências.  


Algumas transações são feitas nas famosas janelas de transferências
Reuters

Algumas transações são feitas nas famosas janelas de transferências

Detalhe, para piorar a situação, as inscrições para a competição estadual encerram-se dia 11 de janeiro de 2019. Considerando o fuso horário da Turquia (+ 5 horas) a efetivação de sua inscrição pode restar prejudicada para a primeira rodada do campeonato, ou seja, o problema se perpetua.

É lamentável que situações como a descrita acima ocorram no futebol. Como a entidade maior do futebol brasileiro não abre os olhos para a situação delicada de um atleta que simplesmente pleiteia o exercício de sua profissão e é punido duplamente? Esperamos que a interpretação transcrita no regulamento seja revista em breve para que outros atletas não sejam mais impedidos de atuar em situações análogas.

Leia também:

Profissionalização dos árbitros de futebol: o que diz a Justiça?

Veja Mais:  Uefa denuncia Romênia por cantos racistas de torcedores na Liga das Nações

Comentários Facebook

Esportes

Amanda Nunes promove campeonato de futebol feminino em sua cidade natal

Publicado

Primeira mulher campeã em duas categorias diferentes do UFC, a lutadora Amanda Nunes faz bonito também fora do octógono. Na última quinta-feira, por meio de suas redes sociais, ela anunciou que a cidade de Pojuca, na Bahia, receberá um torneio de futebol feminino que leva seu nome.

Leia também: Técnico revela: “Amanda Nunes treina com homens, bate forte e alguns não gostam”


Amanda Nunes com os dois cinturões do UFC, o último conquistado no fim de 2018
Divulgação

Amanda Nunes com os dois cinturões do UFC, o último conquistado no fim de 2018

“Alô, meninas da cidade de Pojuca e região. Eu estou pra falar pra vocês do primeiro torneio ‘ Amanda Nunes ‘ de futebol feminino “, disse a dona dos cinturões peso-galo (61kg) e peso-pena (66kg) do UFC.

“Será realizado nos dias 23 e 24 de fevereiro. As inscrições estarão abertas entre os dias 21 a 25 de janeiro, na secretaria de Esporte Cultura e Lazer na cidade de Pojuca. Beleza? Conto com a presença de vocês. Vão lá, façam suas inscrições e vamos jogar bola!”, encerra a lutadora.

Leia também: Cyborg admite erros após ser nocauteada por Amanda Nunes: “Agi na emoção”

Assista aos vídeos do convite abaixo

Hoje com 30 anos, a Leoa começou a carreira no MMA em 2008 e com uma derrota para a também brasileira Ana Maria Índia. Depois disso, ganhou seis lutas seguidas e voltou a ser derrotada somente em 2011.

Veja Mais:  Cuiabá perde para o Bragantino, já classificado aguarda adversário para o mata-mata da Série C

Sua estreia no UFC aconteceu em agosto de 2013, com uma vitória sobre Sheila Gaff. NA principal categoria do MMA atualmente, Amanda tem 10 vitórias e somente uma derrota. Entre as suas vítimias estão Miesha Tate, Ronda Rousey e Cris Cyborg.

Leia também: Vídeo mostra desespero do técnico de Ronda Rousey na luta contra Amanda Nunes

Amanda Nunes conquistou seu primeiro título, do peso-galo do UFC, em 2016, contra Miesha Tate. O defendeu três vezes e no fim de 2018 enfrentou Cyborg pelo cinturão do peso-pena e finalizou a compatriota com apenas 51 segundos de luta.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Maradona sobre fim de relacionamento: “Minha vontade era arrancar a cabeça dela”

Publicado

Maradona afirmou que teve vontade de matar sua ex-namorada
Reprodução

Maradona afirmou que teve vontade de matar sua ex-namorada

O ex-craque argentino, e atual técnico do Dorados de Sinaloa, do México, Diego Armando Maradona recebeu alta do hospital recentemente, após ser internado por uma hemorragia no estômago, e já causou polêmica em uma entrevista.

Enquanto Maradona estava sob cuidados médicos, Rocío Oliva anunciou o fim do relacionamento de seis anos com o argentino, e o término não parece ter sido dos mais amistosos.

“O amor com Rocío está morto. Ela não me desperta nada. Há muito tempo que durmo sozinho. Em Dubai, ela esperava que eu fosse dormir para ir tirar fotos, mostrá-las aos amigos e me esconder coisas. A relação já estava terminada”, disse o ex-jogador a um canal de televisão argentino.

De acordo com informações vinculadas por um veículo, o ex-jogador estaria enfrentando uma depressão desde que se separou.

O jornalista Luis Ventura, do programa Involucrados, disse que além do término do relacionamento, Maradona enfrenta outros problemas pessoais. “Diego não está passando por um bom momento. Conflitos pessoais estão se acumulando em sua vida. Ele tem problemas sérios em repouso e foi submetido à terapia do sono”.

Maradona continuou falando sobre a ex-namorada, mas não comentou os boatos de que a mulher, 28 anos mais nova, teria traído ele.

“A verdade é que fui um idiota. Mas ela assinou um papel onde se comprometeu a não dizer nada, está fora da minha vida. Se ela se portou mal? Isso está nas mãos dos advogados”, comentou o ‘Pibe’.

Veja Mais:  Tenista Caroline Wozniacki surpreende ao revelar que sofre de doença incurável
Maradona posa ao lado de sua ex-namorada Rocío Oliva, de 30 anos. O Pibe tem 58
Reprodução

Maradona posa ao lado de sua ex-namorada Rocío Oliva, de 30 anos. O Pibe tem 58

Claramente ainda chateado com Rocío, Maradona foi além e confessou que teve vontade de agredir a ex-namorada: “Não sou violento, mas a minha vontade era arrancar a cabeça dela”, falou. A mulher exige ainda ficar com uma das casas do ex-craque, mas ele não parece disposto a ceder: “Lamento, mas não sou o Pai Natal. Eu trabalho, como toda a gente”, disse.

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Juara não apresenta laudos do estádio Danilo Pagot, e jogo contra o Cuiabá é transferido para Sinop

Publicado

Foto: Assessoria

A Federação Mato-grossense de Futebol divulgou na tarde desta quinta-feira a Portaria 005/2019 alterando o local da partida entre Juara e Cuiabá válido pela 2ª rodada do Campeonato Mato-grossense Martinello 2019. O confronto estava marcado para domingo (27), às 16h, no estádio Danilo Pagot, na cidade de Juara.

Por falta de apresentação dos laudos necessários para a liberação do estádio em tempo hábil, a partida será transferida para o estádio Gigante do Norte, em Sinop, com data e horário mantidos.

Para estar apto a sediar jogos, os responsáveis terão que apresentar os laudos de Segurança (Polícia Militar), Condições Sanitárias e Higiene (Vigilância Sanitária), Prevenção Combate, Incêndio e Pânico (Corpo de Bombeiros) e Engenharia, Acessibilidade e Conforto (CREA).

Caso sejam apresentados, o estádio Danilo Pagot poderá receber as partidas do Mato-grossense Martinello 2019 normalmente. O Juara será mandante em mais três rodadas ainda nesta 1ª fase.
Confira o anexo abaixo em PDF.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Ronaldinho Gaúcho sobre jogar com Messi: “Só extraterrestres para nos parar”
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana