conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Saúde

Remédios importados para tratamento de HIV e câncer ficam mais baratos no Brasil

Publicado

O setor farmacêutico teve uma boa notícia nos últimos dias. Os medicamentos importados para o tratamento de hiv e de alguns tipos de câncer tiveram suas tarifas de importação reduzidas de 18% para 0%. Em outras palavras, os remédios ficaram mais baratos para compra.

remédios arrow-options
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Remédios importados para o tratamento de hiv e câncer tiveram suas alíquotas zeradas

Leia também: Seu remédio perdeu o efeito? Saiba o que fazer seguindo dicas da Anvisa

A mudança veio graças a uma medida tomada pela Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, do Ministério da Economia, e está em vigor desde o último dia 07 de agosto. Além dos medicamentos para tratamento de HIV  e câncer outros 11 produtos da Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) do Mercosul tiveram redução de alíquotas.

Confira abaixo todos os remédios que estarão mais baratos nas farmácias:

  • Etravirina: indicado para tratamento de pessoas soropositivo ;
  • Darunavir: indicado para o tratamento da infecção pelo HIV em pacientes adultos previamente expostos a tratamento e que apresentaram falha a tratamentos anteriores com outros inibidores de protease;
  • Ibrutinibe: indicado para o tratamento de pacientes adultos em recidiva ou regratários com Linfoma de Células do Manto (LCM) e para aqueles com Leucemia Linfoide Crônica (LLC);
  • Cloridrato de Nilotinibe: indicado para o tratamento de pacientes adultos com Leucemia Mieloide Crônica (LMC) Cromossomo Philadelphia positivo em fase crônica ou em fase acelerada após falha ou intolerância a pelo menos uma terapia previa;
  • Cloridrato de Pazopanibe: indicado para o tratamento de carcinoma de células renais (RCC) avançado e/ou metastático, uma forma de câncer nos rins;
  • Nusinersena: indicado para o tratamento de pacientes com Atrofia Muscular Espinhal (AME) com deleção ou mutação no gene SMN1 localizado no cromossomo 5q.
Veja Mais:  4 exercícios para aliviar as dores e o estresse no ambiente de trabalho

Além disso, bisturis elétricos usados para cirurgias de alta complexidade como transplantes e incisões em tecidos moles, também tiveram suas tarifas zeradas .

Outros produtos também tiveram redução como absorventes, tampões higiênicos, fraldas de bebe, cueiros e semelhantes que reduziram de 16% para 12%.

Leia também: Saiba quais são os principais erros na hora de tomar remédio

O Ministério da Economia acredita que a redução das taxas de importação em remédios para tratamento de HIV  e câncer deve reduzir os gastos de R$ 150 milhões anuais para empresas privadas e o governo federal.

Comentários Facebook

Saúde

Uma pessoa infectada pode transmitir coronavírus para outras três, diz estudo

Publicado


source

Cada pessoa infectada com o coronavírus espalha a doença para outras duas ou três, em média, nas taxas de transmissão atuais, segundo duas análises científicas da epidemia. Para conter a epidemia e mudar de rumo, as medidas de controle teriam que interromper a transmissão em pelo menos 60% dos casos.

Leia também: China tem 1,9 mil infectados por coronavírus e 56 mortes; Canadá confirma caso

coronavírus arrow-options
shutterstock

A doença respiratória causada pelo coronavírus já atinge 13 países em quatro continentes; 56 pessoas morreram na China


O número de mortos pelo surto de coronavírus aumentou para 56 neste domingo (26), com mais de 2 mil pessoas infectadas em todo o mundo, a grande maioria na China. “Ainda não está claro se esse surto pode ser contido na China”, disse Neil Ferguson, especialista em doenças infecciosas do Imperial College de Londres, que liderou um dos estudos.

A equipe de Ferguson sugere que até 4 mil pessoas em Wuhan já estavam infectadas antes de 18 de janeiro e que, em média, cada caso estava infectando mais duas ou três.

Leia também: Coronavírus pode ter vindo de mercado de animais silvestres

Um segundo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Lancaster, na Grã-Bretanha, também calculou a taxa de infecção em 2,5 pessoas, em média, para cada infectado.

“Se a epidemia continuar incessantemente em Wuhan, prevemos que será substancialmente maior até 4 de fevereiro”, escreveram os cientistas.

Veja Mais:  Canelite dói e pode evoluir para fratura, mas é possível preveni-la; saiba como

Eles estimaram que na cidade de Wuhan, onde o surto começou em dezembro, haverá cerca de 190 mil casos antes de 4 de fevereiro e que “a infecção se instalará em outras cidades chinesas e as importações para outros países serão mais frequentes”.

Leia também: França, Austrália e Malásia confirmam novos casos de coronavírus

Raina MacIntyre, diretora do Programa de Pesquisa em Biossegurança do Instituto Kirby da Universidade de New South Wales, na Austrália, disse no sábado (24) que é muito preocupante que a infecção tenha se espalhado nos últimos dias. “Quanto mais disseminada a infecção em outras partes da China, maior o risco de maior disseminação mundial”, afirmou MacIntyre.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

China tem 1,9 mil infectados por coronavírus e 56 mortes; Canadá confirma caso

Publicado


source

O governo chinês informou no sábado (25) que o número de mortes causadas por coronavírus aumentou para 56 no país. Segundo informações da agência Reuters , 1.975 pessoas foram diagnosticadas com a doença na China, 49 estão curadas. Neste domingo (26), o ministro da Comissão Nacional de Saúde da China, Ma Xiaowei, disse que a capacidade de transmissão do vírus está se fortalecendo.

Leia também: Coronavírus pode ter vindo de mercado de animais silvestres

coronavírus na china arrow-options
shutterstock

Na China, o número de pessoas infectadas por coronavírus chegou a 1.975

Também no sábado, o Canadá registrou o primeiro caso de coronavírus e, de acordo com as autoridades locais, o homem foi infectado após viajar de Wuhan, na China, para Toronto, onde está em isolamento. 

Leia também: ‘Coronavirus é como uma pandemia termonuclear’ diz epidemiologista

Com a confirmação, sobe para 13 o número de países afetados pela doença respiratória. Além do Canadá e da China, também há casos de  coronavírus  confirmados nos Austrália, França, Malásia , Estados Unidos, Nepal, Tailândia, Japão, Vietnã, Arábia Saudita, Coreia do Sul e Singapura.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Veja Mais:  Presidente recebe cubanos que deixaram Brasil após ruptura com o Mais Médicos
Continue lendo

Saúde

Com ilustrações divertidas, campanha pede que homens lembrem de lavar o pênis

Publicado


source

Women's Health

Os números não mentem: homens não têm o hábito de lavar o pênis. Cerca de 1,6 mil homens amputam o pênis por ano, no Brasil, por conta do  câncer de pênis  . E um dos principais fatores que podem levar a doença é a má higiene íntima.

lave o dito cujo arrow-options
Reprodução/Instagram/@laveoditocujo

Uma das ilustrações do Instagram “Lave o Dito-Cujo”, que busca conscientizar homens da importância de lavar bem o pênis

Leia também: Cúrcuma poderia ajudar no combate a diversos tipos de câncer, aponta estudo

Diante disso, os artistas Leonardo Telles, Guilherme Serato, Marcelo Marui e Saulo Vinheiro desenvolveram uma ação para a campanha de Novembro Azul “Lave o Dito Cujo”, do Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL). Por meio do perfil um perfil @laveoditocujo , o grupo compartilha ilustrações diárias para que os homens não esqueçam de lavar a genitália.

Leia também: Teste genético pode impedir o surgimento do câncer; veja quem deve fazê-lo

O projeto

O projeto está no ar desde o dia 1º de janeiro de 2020. A ideia é publicar ilustrações de diferentes artistas, utilizando os nomes e imagens popularmente relacionadas ao órgão genital masculino . Dentre os termos: bilau, banana, cobra, rola etc. A ideia é passar a mensagem de um jeito divertido e evitar tantos casos de câncer de pênis . O perfil funciona como um calendário: serão 366 avisos!

Confira algumas das artes: 





Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Veja Mais:  Canelite dói e pode evoluir para fratura, mas é possível preveni-la; saiba como
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana