conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Rondonópolis investe em saúde praticamente o dobro que lei determina

Publicado

Investimento na saúde é prioridade em Rondonópolis. A Prefeitura aplicou no ano de 2018 o montante de R$ 137.605.899,77, o que corresponde a 29,20 % do orçamento total do município. O valor investido no setor é praticamente o dobro do que a legislação determina. O mínimo constitucional exigido é de 15%.

A priorização dos investimentos para melhorar o atendimento na saúde pública do rondonopolitano fez com que o município lançasse ainda em 2017 o programa “Fila Zero”.

Quase um ano depois do seu lançamento, os números apresentados no final do ano passado foram significativos. Em abril de 2017, por exemplo, 25.298 pessoas aguardavam por algum tipo de exame em Rondonópolis. No final do ano, os dados da secretaria municipal de Saúde apontavam apenas 4.482 agendamentos. Isto representa uma redução na demanda reprimida de mais de 80%.

Além disso, exames que antes eram feitos em Cuiabá passaram a ser realizados em Rondonópolis, dando mais comodidade ao paciente da cidade, que não mais precisa enfrentar uma cansativa viagem até a capital mato-grossense. Como por exemplo, tomografia computadorizada, cintilografia e ressonância magnética, que tiveram, inclusive, uma longa fila zerada.

Outros exames que também tiveram a demanda reprimida zerada em Rondonópolis foram ultrassonografia, mamografia, endoscopia, ecocardiograma, biópsia de próstata e eletrocardiograma.

Os números do programa também mostram avanços na realização de cirurgias eletivas, que reduziu mais de 70% a demanda reprimida. Em março de 2017 estavam na fila de espera: 9.409 pessoas. No final de 2018, conforme os números da secretaria, eram 2.870.

Veja Mais:  Educação realiza evento para encerramento de formações

O município, também, zerou as filas de espera por vários tipos de cirurgias: ginecológica, hérnia, vesícula, cabeça e pescoço, varizes, próstata, hemorroidas e otorrinolaringologia.

Ao final do último ano, Rondonópolis apresentou avanço na realização de procedimentos de angioplastia e cateterismo, além das cirurgias cardíacas “de peito aberto” pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que antes não eram realizadas na cidade, somente em Cuiabá. Em 2018, segundo os dados da secretaria municipal de saúde, ocorreram no município 210 cirurgias deste tipo.

A prefeitura também investiu na ampliação da rede de atenção básica de saúde do município, na aquisição de novas ambulâncias, equipamentos e uma nova van para transportar com mais comodidade os pacientes da nefrologia. Também foram adquiridos novos veículos para o melhor atendimento de toda a rede.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Policiais Penais realizam parto de visitante no presidio da Mata Grande

Publicado

Foto no local do parto e samu no atendimento da paciente

Policiais Penal do Presidio Major Eldo de Sá ‘Mata Grande’ realizaram neste domingo (26), o parto de uma visitante na unidade prisional.

A visitante apresentou os primeiros sinais de contração quando a bolsa estourou. Diante a situação, os policiais penal Elvis Barezi que também é enfermeiro e Fernando Bento, estavam no plantão foram acionados e realizaram o parto. A equipe atendeu mulher até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) que conduziu a paciente até o hospital.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Prefeito participa de solenidade em homenagem ao Dia Nacional dos Surdos
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeitura segue recuperando as canaletas de escoamento no Centro da cidade

Publicado


Das 17 canaletas de escoamento de águas dos cruzamentos de vias urbanas do centro da cidade que apresentavam problemas, pelo menos cinco, já foram recuperadas e liberadas para o tráfego.

Uma das mais problemáticas; a canaleta localizada no cruzamento da Rua Rio Branco com Avenida Cuiabá foi a primeira a ser restaurada. A seguir, a Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis, -CODER, responsável pelas obras, iniciou e concluiu as obras das canaletas dos cruzamentos da Rua Otávio Pitaluga com Avenida Rui Barbosa, e, Pitaluga com a Avenida Cuiabá. A quarta foi no Cruzamento da Cuiabá com Marechal Dutra, próximo a ACIR.

Atualmente está sendo reparada a canaleta da Rua Treze de Maio com Avenida Bandeirantes, que também era considerada problemática, em razão da sua largura e profundidade que expunha a danos os veículos que passavam pelo local.

De acordo com informações dos técnicos da Coder, esta obra deverá ser concluída até este sábado (25), se as condições do tempo permitirem.

AS PRÓXIMAS

Conforme o cronograma de planejamento de execução das obras de recuperação das canaletas, as próximas prioridades são as travessias dos cruzamentos das Ruas: Treze de Maio com Marechal Dutra, e, Cuiabá com Dom Pedro II.

As demais, serão recuperadas paulatinamente até serem todas restauradas, garante a administração municipal.

Fonte:

Comentários Facebook
Veja Mais:  Presidente da Câmara recebe futuros presbíteros
Continue lendo

Rondonópolis

CODEUR, Núcleo Gestor, MP e entidades da Sociedade Organizada se reuniram na prefeitura para validar minutas do Plano Diretor

Publicado


Toda a equipe da Comissão Permanente de Desenvolvimento Urbano de Rondonópolis (CODEUR), Ministério Público, Núcleo Gestor de Acompanhamento do Plano Diretor, gestores públicos e secretários municipais de pastas afins; bem como, representantes da sociedade civil organizada; ACIR, CDL Rotarys, etc.; entidades públicas e privadas, e Câmara de Vereadores se reuniram na sala de reuniões do paço municipal na tarde de quinta-feira (23), para juntamente com técnicos especializados, fazer uma análise técnica e validação do produto final; “mobilidade urbana”, que é uma das oito minutas que compõem o escopo do novo Plano Diretor de Desenvolvimento da cidade.

Na verdade, esses estudos e levantamentos para atualização do PD, foram iniciados em 2017, e sua coordenação esteve a cargo do Ministério Público Estadual, que realizou 19 audiências públicas com as comunidades, ouviu sugestões para compor a minuta e os códigos de leis que deverão nortear o desenvolvimento da cidade para os próximos 10 anos.

Segundo o presidente da Codeur, as oito linhas ou minutas do Plano Diretor; serão sistematizadas em: Código de Obras e Código de Posturas: Lei do Zoneamento; Lei do Perímetro Urbano ; Lei do Uso e Ocupação do Solo; Lei do Parcelamento do Solo Municipal; Lei de Vazios e Lotes Urbanos; Código Ambiental; Lei do Sistema Viário, e, Lei dos Polos Geradores de Tráfego, que compõem a minuta da mobilidade urbana.

Veja Mais:  Prefeito participa de solenidade em homenagem ao Dia Nacional dos Surdos

Após as discussões e avaliações, o grupo se reuniu a noite numa audiência pública no auditório da Câmara Municipal, onde foi apresentado a população, todo o trabalho e avaliações realizadas pelos técnicos, sobre as propostas, sugestões e definições das minutas do PD. 

Paulo José acredita que assim que forem finalizadas as minutas, o prefeito deverá encaminhar o projeto final com as oito minutas já definidas para apreciação e votação da Câmara municipal; e que isso deverá ocorrer no mais tardar até o mês de maio. 

Vale lembrar que nessa etapa de avaliação política, os parlamentares ainda poderão apresentar emendas e sugestões de alteração ao projeto do Plano Diretor, para incrementar a proposta, tornando-a mais condizente com as necessidades imediatas da população.

20 ANOS SEM ATUALIZAÇÃO
Uma coisa importante a ser destacada é que o município já vinha sem uma atualização do Plano Diretor há mais de 20 anos, e isso de certa forma engessava ou dificultava o ordenamento do desenvolvimento estratégico da cidade, que hoje, conta com mais de 230 mil habitantes e, cresce a uma taxa considerável de 2,8% ao ano. Por isso, esse novo Plano Diretor deverá ordenar e disciplinar esse desenvolvimento de forma equilibrada e sustentada.

Fonte:

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana