conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Rondonópolis registra criação de 1.347 novos empregos com carteira assinada

Publicado

Rondonópolis acumula superávit de 1.347 postos de trabalho formais nos doze meses terminado em fevereiro, com uma variação positiva de 2,49% em relação ao mesmo período anterior. É o que revela os números do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged) do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), que foram divulgados recentemente. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

Conforme os números do Caged, o saldo também é positivo na geração de empregos formais nos primeiros dois meses de 2019. No período foram admitidas 5.297 pessoas e 5.268 demitidas, resultando em 29 empregos a mais.

No acumulado de fevereiro, Rondonópolis apresentou o saldo positivo de 51 postos de trabalhos formais, ou seja, com carteira assinada. Ao todo foram admitidas 2.672 pessoas e 2.621 desligadas, saldo de 51 vagas.

O maior responsável pelo salto positivo na geração de empregos na cidade é o setor de serviços, que no período de 12 meses, terminado em fevereiro, admitiu 11.732 e demitiu 11.126, dando um superávit de 606 postos de trabalhos formais.

No primeiro bimestre de 2019 o setor obteve um saldo positivo de 43 empregos, com 2.132 admissões contra 2.089 demissões. O Caged apontou, também, saldo positivo de 203 vagas em fevereiro. No total, 1.148 pessoas foram contratadas com carteira assinada e 945 desligadas.

O setor de comércio aparece no balanço do Caged como o segundo maior gerador de postos de trabalho em Rondonópolis nos últimos 12 meses.  A cidade teve 428 empregos a mais, já que o total de pessoas admitidas foi de 9.113 e 8.685 desligadas.  A variação positiva é de 2,70% em relação ao acumulado do mesmo período anterior.

Veja Mais:  Sétima edição do O Rio é Nosso recolhe 26 toneladas de lixo do Arareau

O saldo positivo do comércio no acumulado dos últimos 12 meses, porém, não se verifica quando se olha o comportamento do setor nos dois primeiros meses de 2019. O Caged aponta saldo negativo, com 40 vagas perdidas. Foram abertas 1437 e fechadas 1.477.

O comércio da cidade também registrou mais demissões do que admissões em fevereiro. Segundo o Caged, ao todo são oito postos de trabalho formais a menos, já que foram contratadas 730 pessoas e demitidas 738.

Todavia, esta variação negativa entre contratações e demissões, registrada no setor, neste primeiro bimestre de 2019, tradicionalmente ocorre, no início de ano, por causa do fim das contratações temporárias para as vendas de Natal.

A construção civil é terceiro setor que mais gerou empregos em Rondonópolis no acumulado dos últimos 12 meses e o que apresenta a maior variação positiva em comparação ao período semelhante anterior: 3,18%. O saldo positivo é 148 novos postos de trabalho formais, pois foram contratadas 3.895 pessoas e demitidas 3.747.

Rondonópolis também registrou na agropecuária e serviços industriais de utilidade pública saldo positivo no acumulado do período de 12 meses analisado pelo Caged. No primeiro foram 161 novos postos e 28 no segundo.

Este ano o saldo é positivo nestes dois setores. Na agropecuário o saldo é de 197 vagas e 38 no setor de serviço industrial de utilidade pública.  Só em fevereiro estes dois setores somam oito e 20, respectivamente.

Veja Mais:  Eventos movimentam Espaço Cultural Casario no fim de semana

Nos setores de indústria de transformação e da extração mineral o saldo é negativo em Rondonópolis. O número de empregos perdidos no período de 12 meses é de nove e 15, respectivamente. Já no primeiro bimestre foram, respectivamente, 233 e quatro, sendo que em fevereiro o Caged revelou 171 e dois empregos a menos.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Com apoio da Prefeitura, Magazine Luiza se instala em Rondonópolis e gera dezenas de empregos

Publicado

Foto: Assessoria

Rondonópolis passou a contar nesta sexta-feira (23) com uma das maiores lojas varejista do Brasil. Com 62 anos de mercado e considerada a melhor empresa do varejo para trabalhar em 2019, a Magazine Luiza chega à cidade ofertando 50 empregos diretos. A inauguração da filial na região central foi prestigiada pelo prefeito Zé Carlos do Pátio, pela primeira dama Neuma de Morais, secretários municipais e assessores.

Com as portas abertas para o investimento, a chegada da loja a Rondonópolis vai contribuir ainda mais alavancar o desenvolvimento da cidade e promover a geração de empregos.

“Quando eu vejo a Magazine Luiza em uma posição estratégica aqui na cidade abrindo seu comércio não tenho dúvidas nenhuma que estamos avançando. Nós estamos olhando para o futuro e a Magazine Luiza não teme em acreditar no progresso e desenvolvimento do nosso povo,” ressaltou Pátio.

A população compareceu em peso para conferir a loja no centro da cidade, consumidores formaram fila enquanto aguardavam a abertura da unidade para conferir as ofertas. Com a abertura da loja em Rondonópolis e de outras filiais em Mato Grosso, a Magazine Luiza ultrapassa mil lojas em todo país.

A loja está instalada na Avenida Amazonas na esquina com a Rua Otávio Pitaluga no Centro de Rondonópolis.

Comentários Facebook
Veja Mais:  UPA e PSFs têm responsabilidades diferentes no atendimento à população
Continue lendo

Rondonópolis

Conselho da Mulher retoma atividades em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Essa quarta-feira (21) foi marcada pela retomada dos trabalhos do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. O primeiro dia de trabalho foi intenso, teve eleição da presidência e posse das conselheiras e também diversos assuntos para serem deliberados pelas integrantes do novo grupo de trabalho em defesa da mulher em Rondonópolis.

Após dois anos sem atuação, o Conselho da Mulher reabre as portas sobre a presidência de Mariuva Valentin e sua vice-presidente Francileide Fontenelle. O atendimento está sendo feito no Núcleo de Conselhos que fica na avenida Tiradentes 1904, antigo Nilmo Júnior, no centro da cidade.

A novidade desta gestão é que o Conselho funcionará como uma extensão da delegacia da mulher, onde poderão ser feitas denúncias de maus tratos, agressão, violência, assédio contra crianças mulheres e idosos e também confeccionados boletins de ocorrência eliminando a necessidade do denunciante até uma delegacia.

Estiveram em discussão durante o primeiro encontro a reorganização das tarefas entre os conselheiros, o alinhamento sobre o atendimento das vítimas de violência que terão agora a parceria da Polícia Militar e as vítimas receberão visita em casa e também orientação para o encaminhamento das vítimas para tratamento de saúde caso identificada necessidade.

A presidente Mariuva Valentin comentou que ainda essa semana serão agendadas reuniões com entidades que trabalham com esse tipo de público para alinhar os atendimentos e como poderão ser feitos encaminhamentos para acolhimento das vítimas.

Veja Mais:  Centro Pop faz campanha para arrecadar roupas e agasalhos

A secretária de Promoção e Assistência Social do município Iriana Cardoso também participou da primeira reunião ordinária do Conselho. O funcionamento da Casa Abrigo também entrou na pauta e a informação é que o município está trabalhando para encontrar um imóvel para realocar o Cras que hoje ocupa o local onde deverá ser a Casa Abrigo.

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher é composto por 24 conselheiros, indicados por instituições governamentais e não-governamentais igualitariamente e vai realizar reuniões ordinárias mensais sempre na última quarta-feira de cada mês.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

27ª Edição do Costelão da Apae fecha Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2019

Publicado

Foto: Assessoria

Com o slogan “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”, a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 2019, onde ocorre uma série de ações para ecoar a mensagem de que todos podem participar do esforço para promover o bem estar e a melhoria da qualidade de vida de quem precisa de apoio e solidariedade. Em Rondonópolis para fechar a semana, o Rotary Clube Rondonópolis Rondon realiza o 27º Costelão da Apae, no dia 25 de agosto (domingo) no salão de eventos do Caiçara Tênis Clube.

Segundo a diretora da Apae de Rondonópolis, Karla Paes o Costelão é o principal evento do calendário da entidade para angariar fundos para a continuidade dos trabalhos. “Toda a renda do Costelão é revertida para a Apae onde usamos para a manutenção, hoje nós atendemos 296 pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Nós temos o orgulho de dizer que a Apae é a única instituição do Brasil que atende as três áreas, saúde, educação e assistência social, então convidamos a todos que venham participar conosco do Costelão da Apae e faça uma ato de solidariedade e ainda saborear um delicioso churrasco”, disse.

O evento iniciará às 11h30 da manhã com o almoço servido apenas no local, sendo necessário levar pratos e talheres. O cardápio terá costela bovina assada, acompanhada de arroz, salada verde, farofa, mandioca, maionese, pão e venda de bebidas. A festa também vai contar com música ao vivo.

Veja Mais:  Programação variada marca 65º ano de emancipação política de Rondonópolis

O ingresso está sendo vendido a R$ 50, crianças de sete a 12 anos pagam meia entrada e menores de seis anos não pagam. Os convites podem ser adquiridos na Apae, que fica situada na Av. Padre Anchieta, 890 – Vila Aurora, Rondonópolis. Outras informações pelo telefone (66) 3422-2985.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana