conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Ruas da Vila Operária terão asfalto revitalizado

Publicado

Foto: Assessoria

Região mais populosa de Rondonópolis, com mais de 80 mil moradores, a Grande Vila Operária terá as vias pavimentadas revitalizadas pela prefeitura de Rondonópolis. Durante coletiva de imprensa, na tarde desta sexta-feira (23), no Palácio da Cidadania, o prefeito Zé Carlos do Pátio assinou a ordem de serviço para aplicação de 380.772.64 metros quadrados de microrrevestimento (lama asfáltica). O recurso investido nesta obra, que significará a restauração da malha viária pavimentada da região que congrega mais de 80 bairro, é de R$ 4.613 milhões.

Grande parte do montante é proveniente da economia que a Câmara de Vereadores conseguiu no ano passado fazer do valor repassado mensalmente pelo Executivo Municipal, o chamado duodécimo, que chegou a mais de R$ 26 milhões em 2018. O valor economizado devolvido pelo legislativo municipal foi de R$ 4,441,138,88. Para ampliar o serviço de revitalização na Vila Operária, o município deu “um plus’ no recurso, segundo o prefeito Zé Carlos do Pátio.

A assinatura da ordem de serviço pelo Zé Carlos do Pátio foi nas presenças dos atuais presidente e primeiro secretário da Câmara, vereadores Cláudio da Famárcia e Vilmar Pimentel, respectivamente, que estavam acompanhados dos colegas Fábio Cardozo, Adonias Fernandes, Oreste Miraglia, Beto do Amendoin, Roni Magnani, Reginaldo, Professor Silvio Negri, Professor Sidnei. A Secretária Municipal de Infraestrutura, Ingrid Tomazele, também esteve presente.

Veja Mais:  Sincomroo realiza Assembleia e define propostas para feriados de 2020

“É uma grande alegria assinar a ordem de serviço desta obra de revitalização da malha asfáltica que, atendendo a sugestão de todos os vereadores e do movimento comunitário, beneficiará a população desta importante região, que é a Vila Operária”, disse Pátio, que aproveitou para parabenizar a Câmara por dar exemplo nesse momento em que passa o país, onde se cobra a conduta ética do segmento político.

“(A Câmara), após a economia nos seus gastos, devolveu aos cofres municipais um recurso importante para ser investido na melhoria da cidade”, destacou o chefe do executivo municipal, observando que a Prefeitura tem investido na restauração da malha viária pavimentada da cidade.

“Estamos gradativamente melhorando as condições das nossas vias asfaltadas, que contam com um pavimento envelhecido. Além do recapeamento do quadrilátero central, vários bairros da cidade já foram contemplados com a lama asfáltica. No momento, estamos com a Coder (Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis) trabalhando em duas frentes para irmos revitalizando o pavimento asfáltico. Hoje, uma frente está na região Salmem e outra nas proximidades do Conjunto São José”, ressaltou o prefeito.

O vereador Claudio da Farmácia, presidente do legislativo municipal, destacou a importância desta parceria entre o executivo e o legislativo, que resultará em uma obra que significará melhorias das condições da malha viária da região da Vila Operária. “É isto que a população espera dos seus representantes políticos, que eles trabalhem conjuntamente para devolver com serviços os impostos pagos. Neste caso, como a Câmara não pode executar obras, devolveu para prefeitura os recursos do duodécimo economizados pelos vereadores, que, desta feita, irá retornar em uma obra de melhoria de infraestrutura de uma importante região da nossa cidade”.

Veja Mais:  Partido Democracia Cristã municipal reuniu com filiados para debater projeto para eleições 2020

Atual vice-presidente da Câmara, o vereado Roni Magnani, que mora na região, ressalta que esta benfeitoria vem numa boa hora, já que a Vila Operária vem recebendo vários investimentos empresariais de diversos econômicos, atraídos pela sua grande população. “Muitos empresários estão instalando na região de olho no grande potencial da nossa região. Esta obra, que há muito tempo era necessária, portanto irá dar uma nova cara e vem num momento em que os olhos do comércio estão voltados para lá”.

Integrante da mesa diretora da Câmara até o ano passado e morador da região, o vereador Beto do Amedoim lembrou que esta restauração do pavimento asfáltico é uma demanda antiga da região. Ressaltou a sensibilidade do prefeito em acatar a sugestão da Câmara em atender os moradores da Vila Operária com esta melhoria, que é resultado dos recursos do duodécimo economizados devolvidos pela Câmara.

Outro parlamentar morador da Vila Operária, o vereador Reginaldo destacou, também, que a região mais populosa de Rondonópolis há muito tempo necessitava deste serviço de restauração da malha asfáltica, “que está bastante envelhecida”. Ele ressaltou, ainda, que toda a cidade sairá ganhando com este investimento. “Além de corrigir as imperfeições do pavimento, o microrrevestimento ainda prolonga do tempo de vida útil do asfalto, o que fará o município economizar recursos com tapa buracos”.

Veja Mais:  Feriado Corpus Christi, Câmara Municipal de Rondonópolis suspende as atividades no dia 21

Comentários Facebook

Rondonópolis

Sonho antigo dos moradores do Jardim Europa, praça de lazer caminha para se tornar realidade

Publicado

 

Antigo sonho dos moradores do Jardim Europa irá se tornar realidade.  A praça, que a Prefeitura de Rondonópolis está construindo, com recursos próprios, no terreno onde por muitos anos era um ecoponto, na rua Dinamarca, Lotes 1 e 10, caminha para a transformação em mais um completo espaço de lazer e de integração social à população da região. Iniciada em dezembro do ano passado, a obra estimada em R$ 769.853,16 avança a cada dia e está com o seu cronograma de trabalho adiantado.

“É a realização de um antigo dos moradores do bairro, que não conta com uma área de lazer. A praça de lazer, construída no espaço que por muitos anos funcionou um ecoponto, que foi desativado por não atender mais as necessidades, vai proporcionar aos moradores do Jardim Europa e região mais qualidade de vida”, salientou a secretária Municipal de Infraestrutura, Claudine Logrado.

Com 8.537, 30 metros quadrados de área construída, a praça no Jardim Europa contará com pista de caminhada, campo de futebol com alambrado, iluminação, bancos, estacionamento e calçadas com acessibilidade. Também será implantada uma academia popular para a prática de exercícios físicos e playground para as crianças, além de um projeto de jardinagem e paisagismo, onde está previsto o plantio de palmeiras e espécies de árvores nativas, tais como ipês, flamboyants e oitis.

“A obra está com o cronograma de trabalho adiantado, com a construtora contratada, após concluir a preparação do terreno, trabalhando, no momento, na parte de fundação do campo de futebol”, contou a fiscal da obra, a engenheira da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), Ednailma Lopes.

Veja Mais:  Partido Democracia Cristã municipal reuniu com filiados para debater projeto para eleições 2020

A criação de novas áreas de recreação faz parte do pacote de medidas adotadas pela Prefeitura de Rondonópolis com o objetivo de promover o embelezamento da cidade e mais qualidade de vida para o cidadão rondonopolitano, com a construção de espaços verdes voltados para a preservação, o lazer, a convivência, a pratica de esportes e exercícios físicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Saúde entrega carteirinha a portadores de fibromialgia em palestra motivada pelo Fevereiro Roxo

Publicado

Inspirada pelo slogan “Se não houver cura que, no mínimo, haja conforto” do Fevereiro Roxo, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) embarcou na campanha nacional, que salienta os cuidados com a fibromialgia. Dessa forma, com o escopo de divulgar as providências necessárias para reduzir as mazelas desencadeadas por essa doença e chamar a atenção do público em geral sobre a relevância do diagnóstico precoce para que se possa aplacar ao máximo seu impacto na qualidade de vida das suas vítimas e, ainda, de apontar os sintomas para que a patologia seja identificada o mais cedo possível e difundir os tratamentos disponíveis, a SMS desenvolveu o projeto FibroRondonópolis.

Culminando com a entrega de carteirinhas produzidas pela Saúde aos portadores de fibromialgia, o FibroRondonópolis realizou, na tarde desta quinta-feira (20), no auditório do Paço Municipal, um encontro que contou também com a palestra do reumatologista do Centro de Especialidades, Apoio e Diagnóstico Albert Sabin (Ceadas) Maurício Raposo, que falou sobre o tema traçando os distúrbios que a fibromialgia acarreta e as medidas de que se pode lançar mão para administrá-la.

Expedida pela SMS, a carteira de identificação para os pacientes de fibromialgia tem como fundamento a lei municipal 10.303/2019, que estabelece que empresas privadas e públicas, órgãos e concessionárias de serviços públicos e, ainda, aquelas que executam atividades comerciais devem conceder atendimento preferencial aos que sofrem de fibromialgia assim como o dispensam a idosos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e portadores de deficiência.

Veja Mais:  Partido Democracia Cristã municipal reuniu com filiados para debater projeto para eleições 2020

Unidos na campanha e somando forças para ofertar um tratamento adequado e específico em sociedade aos portadores de fibromialgia, estiveram no seminário o prefeito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio, o vereador Silvio Negri – que é o autor da lei -, a secretária de Saúde, Izalba Albuquerque, e a gerente do Departamento de Ações Programáticas da SMS, Mariúva Valentim.

Zé do Pátio ressaltou que a lei 10.303/2019 é providencial ao momento que o município vive. “O que está acontecendo em Rondonópolis é um aprimoramento das políticas públicas na área da saúde. Nós estamos ampliando os serviços prestados nesse setor e não medimos esforços para ofertá-los com qualidade”, afirmou o prefeito e completou: “Essa lei vem a calhar com nosso governo e eu peço rigor no seu cumprimento”.

Izalba mostrou-se solidária às vítimas dessa enfermidade que, mesmo não apresentando marcas visíveis no corpo, causa dores físicas, emocionais e psicológicas àqueles que são acometidos pela síndrome. “Só sabe o que é conviver com fibromialgia quem tem a doença. Nossa intenção, ao entregar as carteirinhas, é facilitar as condições de vida dessas pessoas”, compartilhou.

Patologia cujo maior número de vítimas são mulheres, a fibromialgia tem como principal sinal indicativo dor crônica no corpo e percepção exacerbada a um estímulo físico. Para dar uma ideia o quadro clínico e explicar a hipersensibilidade que toma conta dos fibromiálgicos, Maurício fez analogias: “Na fibromialgia falta produção de determinadas substâncias químicas em estruturas específicas do cérebro. Com isso, a sensação de dor é potencializada. Podemos comparar a um diabético que não tem insulina”, observa o médico ao fazer um paralelo com a falta de elementos necessários no organismo.

Veja Mais:  Com instalação de aduelas, obra de drenagem que vai beneficiar Jd. Oásis, Paineiras e Pq. Universitário avança

Ele ainda cita outra situação para demostrar a dimensão da resposta do organismo a um simples toque ou pressão muscular nos que são afetados por essa enfermidade: “Podemos imaginar um microfone com o botão de volume no nível mais alto. Ele, certamente, vai captar o som ambiente que está em um tom normal e reproduzi-lo de maneira superamplificada. Essa situação se assemelha à reação dos fibromiálgicos aos estímulos recebidos em seu corpo”.

Esses e outros fatores ensejam um tratamento específico aos portadores de fibromialgia que, não apenas merecem receber atendimento preferencial, mas, principalmente, atenção e diálogo, já que, como enfatizou o reumatologista, como a doença não se manifesta com marcas concretas, é comum que, ao relatar seus sintomas ele seja desacreditado.

“O paciente fibromiálgico, muitas vezes, vai sendo isolado e cai no descrédito pelos que convivem com ele por causa da falta de evidências. Então, até receber o diagnóstico, ele já foi desamparado e frustrado. E, de acordo com seu quadro clínico, ele fica extremamente vulnerável”, alertou o doutor.

Além da exposição do reumatologista, na ocasião também estiveram presentes a equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), profissionais de psicologia e fisioterapia prestando atendimento e ofertando auriculoterapia e massoterapia aos participantes do evento.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Mais de 600 pessoas se divertiram no Baile Carnavalesco da 3ª Idade

Publicado

 

Mais de 600 pessoas integrantes dos Grupos de Convivência dos sete Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) da cidade, participaram na tarde desta quinta-feira (20), do Baile Carnavalesco da 3ª idade promovido pela Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, nas dependências da Vila Olímpica.

Músicos da Banda Musical de Rondonópolis, animaram a festa que começou por volta das 13h e se estendeu até por volta das 17h, quando então os foliões foram transportados para casa.

Durante o Baile de Carnaval, a banda animou a festa tocando sambas e marchinhas antigas que animaram os velhos carnavais de salões; e que para muitos foliões, proporcionou uma viagem no tempo, despertando velhas reminiscências de outrora, na trilha sonora de suas juventudes.

Durante a festa, os participantes degustaram deliciosos caldos de feijão e de frango, com refrigerantes, que reanimaram as baterias e os ânimos de cada um, completando a festa.

De acordo com a secretária Iriana Aparecida Cardoso, equipes da secretaria, da própria Vila Olímpica e, dos sete CRAS da cidade trabalharam durante 15 dias organizando a festa, que foi um sucesso!

A confirmação, podia ser vista facilmente através da alegria estampada nos rostos das pessoas que se divertiram a valer durante o baile de carnaval.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Vereador fiscaliza obras de drenagem e pavimentação asfáltica
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana