conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Sanear conta com serviço gratuito de recolhimento de animais mortos em vias públicas

Publicado

Muitos são os animais abandonados ou de rua que morrem na nossa cidade, bem como, muitos são os que descartam, depois de mortos, seu animal de estimação em terrenos ou a beira das estradas. Esse descarte incorreto pode gerar alguns prejuízos para a população, pois se esse animalzinho estiver doente, com leishmaniose, brucelose, raiva e bactérias desconhecidas, essas são facilmente espalhadas, por isso a importância da destinação correta deles.

O serviço de recolhimento de animais mortos da Prefeitura de Rondonópolis, funciona por meio do Serviço de Saneamento Ambiental da cidade (Sanear), que além de responsável pela rede de abastecimento de água e de esgoto, também responde pela coleta e triagem dos diferentes tipos de resíduos da cidade. Este serviço não é muito conhecido pela população, tanto que a empresa de coleta tem recolhido cerca de 15 animais por mês, um número pequeno, segundo o Diretor Técnico da autarquia, Hermes Ávila.

“Poucos sabem onde procurar quando se deparam com animais mortos em via pública ou em outros pontos da cidade, como terrenos baldios. O Sanear não consegue identificar todos os casos, por isso pedimos que a população nos ajude neste sentido, pois a coleta com menos de 24 horas facilita o serviço da empresa e o descarte correto do animal, que deve ser feito em um espaço reservado no Aterro Sanitário. Após esse período de 24 horas, a decomposição avançada do animal gera dificuldade no manejo e transporte, obrigando, muitas vezes, a equipe a enterra-lo no local encontrado”, explicou.

Veja Mais:  Rondonópolis recebe a Caravana Fecomércio MT

Ele lembrou ainda que o Sanear só recolhe animais encontrados em locais públicos. “Essa é a finalidade, zelar pelo bem-estar de todos. Não podemos recolher animais em residências particulares. Neste sentido, pedimos que o dono do animal procure clínicas particulares que auxiliem neste descarte. O Sanear também não recolhe animais vivos, soltos nas vias públicas. Para isso, há outros órgãos da prefeitura”.

Caso veja um animal morto, o serviço de remoção do Sanear é contatado por meio do número 0800 647 2442, pelo WhatsApp (66) 9 9984-9090, pelo site oficial (http://sanearmt.com.br/ouvidoria/) ou em uma das quatro agências comerciais da autarquia: bairro Parque Universitário, Vila Operária, Caixa D’agua e no Ganha Tempo, região central.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Exames e esclarecimentos sobre parto humanizado serão oferecidos em encontro no ESF Caic

Publicado

Falar sobre o parto humanizado e as melhores posições, não apenas na hora de dar à luz, mas também durante os meses de gestação, além de apontar os exercícios apropriados para a gravidez. Assim será a roda de conversa conduzida pela fisioterapeuta Valéria Ferreira de Souza e pela doula Mirian Constantino, que acontece na próxima quinta-feira (25), das 8h às 10h, no ESF Caic, aberta a gestantes tanto do ESF quanto a mulheres grávidas da população em geral.

“Durante o encontro vamos destacar a importância das atividades físicas para a gestante e indicar exercícios para aliviar as dores a partir do terceiro mês e também para a hora do parto. Ainda vamos abordar os cuidados que a futura mãe deve ter com o corpo, como hidratações e massagens”, detalha Valéria.

Ela também vai orientar sobre posicionamento do corpo ao longo de todo o período gestacional. “A mulher deve adotar posturas adequadas para sentar, dormir e, até, andar nessa fase. Uma grávida que anda encurvada, por exemplo, pode impedir um trabalho de parto e recuperação pós-parto tranquilos”, explica a fisioterapeuta.

Aberto com um café da manhã, o evento também proporcionará às mulheres presentes exames para o acompanhamento pré-natal e atendimento odontológico.

O ESF Caic fica na Rua Belém 1401, Jardim Gramado.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Rondonópolis recebe a Caravana Fecomércio MT
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeitura e Sesc levam atendimento odontológico para mais de 400 pessoas

Publicado

Foto: Assessoria

Um convênio entre a Prefeitura de Rondonópolis e o Sesc por meio da carreta da odontologia vai permitir o atendimento de 400 pessoas, entre adultos e crianças, classificadas pelo Cras como em situação de extrema pobreza no bairro Alfredo de Castro por 90 dias. Os serviços já foram disponibilizados e estão em andamento.

O coordenador da Odontologia do Município, Fabrício Amâncio de Carvalho, explica que a carreta odontológica conta com quatro consultórios, com dois dentistas disponibilizados pelo município e outros dois pelo Sesc.

Nos 90 dias do convênio, na carreta serão feitos os atendimentos básicos em odontologia, como limpezas, restaurações, tratamentos de gengiva e extrações. Os pacientes que necessitarem de atendimentos secundários, como cirurgias, extração de ciso, próteses dentárias e crianças de zero a cinco anos que precisarem de atendimento especializado, serão encaminhados para as consultas nos centros odontológicos do município, localizados em algumas unidades básicas de saúde.

A definição dos serviços a serem ofertados, segundo o coordenador da odontologia, foi feita com apoio da própria comunidade que ajudou a organizar as prioridades da região com relação aos atendimentos odontológicos que serão ofertados.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Processo licitatório da duplicação da Avenida Poguba teve início
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeito encaminha demandas com a comunidade da zona rural

Publicado

Foto: Assessoria

Famílias de pequenos produtores e lideranças de comunidades rurais de Rondonópolis estiveram na tarde desta quinta-feira (18) com o prefeito Zé Carlos do Pátio. Na pauta da reunião estavam diversos pedidos de melhorias das estradas rurais e também solicitações nas áreas da saúde e da agricultura familiar na região dos Assentamentos Dom Oscar Romero, Tietê e João do Feiche.

Liderados pelo vereador Bilu do Depósito de Areia, os pequenos produtores aproveitaram o encontro com o prefeito para pedir melhorias e também dar encaminhamento em alguns pedidos que são considerados urgentes porque estão prejudicando, por exemplo, a comunidade escolar da região. Em um dos pontos reclamados o prefeito solicitou reparo que será feito já na semana que vem.

Melhorias nas condições das estradas, perfuração de poços artesianos, construção de tanques para criação de peixes foram alguns dos pedidos feitos pelos representantes das comunidades, além da manutenção de pontes, como é o caso do córrego Begarel e do Chico da Égua, uma delas teve os pilares destruídos pela força das águas na última chuva.

O prefeito acionou o secretário de Infraestrutura e de Agricultura e Pecuária, a presidente da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), além de representantes das Secretarias Municipais de Saúde e de Planejamento para acompanharem a reunião e fazer os devidos encaminhamentos.

O pedido pela reforma no posto de saúde na região do Tietê também foi atendido pelo prefeito que determinou a colocação de mais um médico para atender na unidade a cada 15 dias. Essa mesma comunidade também solicitou cursos de artesanato para ensinar, principalmente as mulheres, a fazerem artesanato.

Veja Mais:  Nova diretoria do Caiçara Tênis Clube toma posse nesta segunda feira

Famílias de pequenos produtores e lideranças de comunidades rurais de Rondonópolis estiveram na tarde desta quinta-feira (18) com o prefeito Zé Carlos do Pátio. Na pauta da reunião estavam diversos pedidos de melhorias das estradas rurais e também solicitações nas áreas da saúde e da agricultura familiar na região dos Assentamentos Dom Oscar Romero, Tietê e João do Feiche.

Liderados pelo vereador Bilu do Depósito de Areia, os pequenos produtores aproveitaram o encontro com o prefeito para pedir melhorias e também dar encaminhamento em alguns pedidos que são considerados urgentes porque estão prejudicando, por exemplo, a comunidade escolar da região. Em um dos pontos reclamados o prefeito solicitou reparo que será feito já na semana que vem.

Melhorias nas condições das estradas, perfuração de poços artesianos, construção de tanques para criação de peixes foram alguns dos pedidos feitos pelos representantes das comunidades, além da manutenção de pontes, como é o caso do córrego Begarel e do Chico da Égua, uma delas teve os pilares destruídos pela força das águas na última chuva.

O prefeito acionou o secretário de Infraestrutura e de Agricultura e Pecuária, a presidente da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), além de representantes das Secretarias Municipais de Saúde e de Planejamento para acompanharem a reunião e fazer os devidos encaminhamentos.

O pedido pela reforma no posto de saúde na região do Tietê também foi atendido pelo prefeito que determinou a colocação de mais um médico para atender na unidade a cada 15 dias. Essa mesma comunidade também solicitou cursos de artesanato para ensinar, principalmente as mulheres, a fazerem artesanato.

Veja Mais:  Rondonópolis recebe a Caravana Fecomércio MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana