conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Nacional

São Paulo terá sexta-feira 13 com chuva, raios e alagamentos

Publicado

CGE arrow-options
Reprodução/CreativeCommons

CGE alerta sobre chuvas fortes e possibilidade de alagamentos

A previsão do tempo para esta sexta (13), na capital paulista é de muitas nuvens e tempo abafado devido à alta umidade, que permanece durante todo o dia acima de 60%.  A temperatura mínima será de 19ºC e a máxima de 25ºC. A informação é do Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas ( CGE ).

Leia também: Imagens mostram momento em que vereador é sequestrado; veja

Uma frente fria vinda do oceano trará áreas de instabilidades que provocam pancadas de chuvas generalizadas, raios e rajadas de vento por São Paulo . O CGE alerta riscos de queda de árvores, alagamentos, deslizamento e transbordamento de rios e córregos.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Câmara aprova pacote anticrime sem as principais propostas de Moro

Nacional

Maia diz que é inaceitável o discurso nazista de secretário da Cultura

Publicado


Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia: “O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu agora há pouco o afastamento imediato do secretário de Cultura, Roberto Alvim. Alvim publicou na madrugada desta sexta-feira vídeo em que copia trechos do discurso do ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels, sobre o que seria o ideal artístico do governo Bolsonaro.

Em suas redes sociais, Maia afirmou que o governo deve afastá-lo do cargo:

“O secretário da Cultura passou de todos os limites. É inaceitável. O governo brasileiro deveria afastá-lo urgente do cargo”, criticou o presidente.

Segundo Alvim, “a arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada”, disse ele.

Goebbels havia dito que “a arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada”, afirmou.

No vídeo, Alvim coloca como música de fundo uma ópera de Wagner, compositor preferido do líder nazista, Adolph Hitler.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Roberto Seabra

Veja Mais:  Moro fala sobre o futuro da Lava Jato e o pacote anticrime em evento em SP

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Prisão em segunda instância poderá ser votada até março; entenda a proposta

Publicado


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, acredita que a proposta de emenda à Constituição que permite a prisão de réus condenados em segunda instância será votada pelo Plenário até março. Entenda a proposta.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Bandido atira em carro que levava deputada do Rio; motorista é baleado na perna
Continue lendo

Nacional

Projeto anula decreto que criou política de promoção da qualificação profissional

Publicado


Michel Jesus/Câmara dos Deputados
José Guimarães: o decreto criou um conselho sem representantes da sociedade civil

O Projeto de Decreto Legislativo (PDL) 698/19 anula decreto do presidente Jair Bolsonaro que criou a Estratégia Nacional de Qualificação para a Produtividade e o Emprego, política voltada para a apresentação de programas e ações de qualificação profissional e empregabilidade. O projeto tramita na Câmara dos Deputados.

Publicado em novembro de 2019, o Decreto 10.110/19 também instituiu o Conselho de Desenvolvimento do Capital Humano para a Produtividade e o Emprego, instância responsável pela governança da Estratégia Nacional.

O projeto foi apresentado pelo deputado José Guimarães (PT-CE), que questiona o fato de o conselho não possuir representantes da sociedade civil. Conforme o decreto, o conselho será formado apenas por representantes dos ministérios da Economia, Educação, Cidadania, e Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

“O texto retira da sociedade o direito de participar das decisões do Estado, atacando frontalmente a Constituição”, diz Guimarães.

Tramitação
A proposta será inicialmente analisada nas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, passará pelo Plenário da Câmara.

Reportagem – Janary Júnior
Edição – Pierre Triboli

Comentários Facebook
Veja Mais:  Eduardo Bolsonaro se diz pronto para embaixada: “Já fritei hambúrguer nos EUA”
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana