conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Secel reúne profissionais da música para pensar políticas públicas ao setor

Publicado

O Palácio da Instrução, em Cuiabá, receberá nesta quinta-feira (19.12) mais um evento voltado ao mercado da música, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). O ‘Seminário Afinados’ faz parte de uma decisão institucional de criar, em conjunto com os profissionais do setor, um plano setorial para o desenvolvimento da cadeia da música em Mato Grosso.

O evento começará às 15h, e a participação é gratuita. Porém, é preciso fazer inscrição prévia. “Além de propiciar que os profissionais estabeleçam uma rede de contatos e compartilhem conhecimentos, o seminário busca essencialmente criar um ambiente para que o mercado da música seja discutido de forma a pensar em soluções para atender as demandas e sanar gargalos na cadeia. É o início de um debate que subsidiará a elaboração do Plano Setorial da Música de Mato Grosso e, consequentemente, as políticas públicas voltadas ao setor”, destaca a superintendente de Economia Criativa da Secel, Keiko Okamura.

Keiko ressalta a importância do plano setorial, principalmente, para impulsionar esse segmento que possui tantos profissionais atuando no Estado. “Temos uma grande diversidade musical e somos reconhecidos pelo trabalho de artistas com projeção nacional e até mesmo internacional. Além da música ser um setor com representatividade na economia criativa mundial, ela dialoga e integra outros segmentos como o cinema, o teatro, a TV, gerando renda e empregos para milhares de pessoas”.

Veja Mais:  Governo quita 79% da folha de pagamento dos servidores no dia 10

Voltado para músicos, compositores, produtores, empresários, técnicos, professores de música, arte educadores e demais profissionais envolvidos no setor produtivo, o Seminário contará com dois painéis, sendo um deles conduzido por dois nomes reconhecidos no meio criativo: André Lira e Cláudio Nascimento, que irão abordar o mercado da música.

O outro painel será sobre legislação, que será conduzido pelo presidente da Ordem dos Músicos do Brasil de Mato Grosso, Jhonny Everson, e pela presidente da Associação dos Artistas, Músicos, Produtores e Compositores de Mato Grosso, Clair Veloso.

O primeiro evento voltado ao mercado da música promovido pela Secel foi uma roda de conversa, no mês passado, na qual foi diagnosticada a necessidade de realização de um seminário para reunir, capacitar e promover o debate entre os profissionais.

Roda de Conversa ‘Negócios criativos, cultura e inovação’

Aproveitando o conhecimento e experiência dos consultores em Economia Criativa, André Lira e Cláudio Nascimento, que estarão em Cuiabá para o evento Afinados, a Secel irá promover uma roda de conversa, no mesmo dia, 19 de dezembro. Também no Palácio da Instrução, mas às 19h.

A roda de conversa ‘Negócios criativos, cultura e inovação’ é voltada a todos os artistas, produtores culturais e empreendedores criativos que estejam a fim de trocar conhecimentos e experiências sobre o tema do encontro. As inscrições são gratuitas, mas também é preciso fazer inscrição antecipadamente.

Veja Mais:  Secretário de Saúde assina termo de compromisso voltado à oferta de segurança do paciente

Serviço:

Afinados – Seminário ‘O Mercado da Música em Mato Grosso’, às 15h.

Roda de Conversa sobre negócios criativos, cultura e inovação, às 19h.

Data: 19/12

Local: Palácio da Instrução – rua Antônio Maria, 151, Centro de Cuiabá. 

Inscrições: Gratuitas pelo link: https://www.sympla.com.br/matogrossocriativo

Informações: Superintendência de Economia Criativa da Secel – (65) 3613-0240

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governador lamenta morte do pai do presidente da Assembleia Legislativa

Publicado


O governador Mauro Mendes lamentou a morte de Benedito Caetano Botelho, pai do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho, nesta sexta-feira (17.01).

“Foi com profundo pesar que recebemos essa notícia. Quero externar meus sentimentos ao presidente da Assembleia e a toda a família, desejando força nesse momento difícil da passagem do patriarca”, disse Mauro Mendes.

Conhecido em Santo Antônio de Leverger como Seo Chinhô, tinha 95 anos e lutava contra um câncer.

O velório está previsto para esta sexta-feira (17.01), a partir das 16h30, na funerária Capela Jardins, sala Orquídeas, em Cuiabá.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Estão abertas inscrições para apresentação de trabalho na 2ª Feira Estadual MT Horticultura
Continue lendo

Mato Grosso

Cridac paralisa atendimento nesta sexta-feira (17); serviços serão retomados na segunda-feira (20)

Publicado


O Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Correa (Cridac) comunica que não terá atendimento ao público no período da tarde desta sexta-feira (17.01). Os serviços serão retomados normalmente na segunda-feira (20.01).

A paralisação se dá em razão da necessidade de dedetização, desratização e descupinização na unidade, a partir das 15h.

Serviço

O Cridac é uma unidade especializada no atendimento de pessoas com deficiência. O prédio fica localizado na Rua G, s/n – Bloco A – Centro Político Administrativo. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (65) 3613-1928.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Futuros bibliotecários conhecem rotina de trabalho do Arquivo Público de MT
Continue lendo

Mato Grosso

Economia agrícola de Mato Grosso cresce e volta a ser a maior do país

Publicado


Mato Grosso é destaque nacional e internacional na agropecuária e, em 2019, assume novamente o primeiro lugar no Valor Bruto da Produção (VBP) superando o Estado de São Paulo.

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Estado arrecadou 30% a mais que São Paulo – o VBP mato-grossense foi de R$ 101,8 bilhões, enquanto o segundo arrecadou R$ 78,1 bilhões.

O VBP é a soma de tudo o que foi arrecadado com a produção no Estado. Em Mato Grosso, o destaque é para a soja, com 46,19% da composição do VPB, seguido do algodão (33%) e do milho (16,12%).

“Mato Grosso se destaca principalmente porque a agropecuária é a aptidão do Estado. Há anos, o setor vem se organizando e usando a tecnologia e modelos de gestão a seu favor. O Governo do Estado colabora buscando desburocratizar, modernizar e trabalhar as demandas do setor, como infraestrutura e conectividade”, afirma Walter Valverde, secretário adjunto de Investimentos e Agronegócio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

O Estado havia perdido posições nos últimos dois anos. De acordo com Sérgio Leal, coordenador do Observatório do Desenvolvimento da Sedec, os preços externos foram responsáveis por esta oscilação. “Nossos produtos são quase todos vendidos em dólar. Então, se cai o dólar, o VBP também diminui”, explica.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Escola Especial de Cuiabá confecciona materiais didáticos de baixo custo
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana