conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Secretaria Estadual de Saúde alerta sobre anúncio falso de vagas oferecidas pelo Samu em MT

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) emitiu um comunicado alertando sobre um falso anúncio que está circulando em redes sociais para supostas vagas de emprego oferecidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Segundo a SES, a mensagem traz um endereço eletrônico no qual o interessado pode se inscrever para participar do processo seletivo simplificado.

“Computadores que possuem filtros de proteção alertam que a página que se pretende acessar é um “site enganoso à frente”. Embora não indique local nem endereço, o anúncio traz o símbolo do Samu e também o número de telefone 192, que atende casos de emergência”, diz trecho da nota.

Comentários Facebook
Veja Mais:  CBM finaliza avaliação da Temporada de Incêndios Florestais 2018

Mato Grosso

Diretor da Politec apresenta aos servidores nova equipe de diretores

Publicado

A equipe de diretores da atual gestão da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi apresentada aos servidores pelo Diretor Geral da Politec, Rubens Sadao Okada, nesta quinta-feira (17.01).

Compõem o quadro atual os diretores adjunto, Renato Barbosa Guanaes Simões; de Suporte Institucional, Sérgio Giraldelli de Freitas; de Criminalística, Emivan Batista de Oliveira; Medicina Legal, Eduardo Andraus; de Laboratório Forense, Alessandra Paiva Puertas; de Interiorização, Marcos Antonio Contel Secco; a corregedora geral, Flávia Deisiani Trindade; e o Diretor Metropolitano de Identificação Técnica, Ailton Silva Machado.

“É com essa equipe que trabalharemos nos próximos anos, sempre buscando a máxima qualidade dos nossos produtos e serviços. Esta vai ser a linha mestra da Politec nesta nova missão que assumi, desde a ponta até a entrega final dos produtos à sociedade. Claro que a qualidade envolve inúmeras variáveis e todas elas serão tratadas com a devida importância, como capacitação, modernização de equipamentos e formação’’, salientou o Diretor Geral em seu discurso.

Diretoria Adjunta

Renato Barbosa Guanaes Simões é perito criminal desde 2011 e possui formação em Engenharia Civil. Foi Diretor de Suporte Institucional (2016-2017) e Chefe de Gabinete (2015- 2016).

Diretoria de Suporte Institucional

Sérgio Giraldelli de Freitas é perito oficial criminal desde 2015, com formação em Ciências da Computação, e também já foi papiloscopista. Ele ocupou o cargo de Diretor de Suporte Institucional (2017-2019) e de Coordenador de Informações Institucionais, entre 2012 e 2015.

Veja Mais:  Menores são apreendidos por arrombamento e furto de R$ 30 mil em roupas

Diretoria Metropolitana de Criminalística

Emivan Batista de Oliveira é perito criminal há sete anos, com graduação em Engenharia Civil, e esteve à frente da Gerência de Perícias de Balística (2015-2019). Tem experiência nas áreas de Análise de Cenários e Riscos e Análise Criminal .

Diretoria Metropolitana de Medicina Legal

Eduardo Andraus Filho é perito oficial médico legista há quatro anos, tendo ocupado o cargo de Coordenadoria de Perícias em Vivos e Gerente de perícias em Vítimas de Violência Sexual e de Gênero, na Diretoria Metropolitana de Medicina Legal.

Diretoria Metropolitana de Laboratório Forense

Alessandra Paiva Puertas é perita oficial criminal e possui graduação em Farmácia e Bioquímica, mestrado em Saúde e Ambiente e Pós-graduação em Genética Forense. Ocupou os cargos de Diretora Geral Adjunta (2016-2019), Diretora de Suporte Institucional (2015-2016) e de Diretora Metropolitana de Laboratório Forense (2003-2014).

Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica

Aílton Silva Machado é papiloscopista há 17 anos. Possui formação em Ciências Contábeis e especialização em Gestão Pública. Ocupa o cargo de Diretor Metropolitano de Identificação Técnica desde 2014.

Diretoria de Interiorização

Marcos Antonio Contel Secco possui bacharelado em Física, e mestrado em Física Aplicada – Ciência de Materiais. É perito criminal desde 2011, com lotação na Gerência de Criminalística de Barra do Garças (MT). Ocupou os cargos de gerente e de coordenador de Criminalística de Barra do Garças, também é Diretor de Interiorização desde 2018.

Veja Mais:  Central de monitoramento amplia estrutura de trabalho

Corregedoria Geral

Flavia Deisiane Trindade Ozolio possui formação em Física e é mestre em Física Teórica. Ainda é perita criminal desde 2011 e ocupa o cargo de Corregedora Geral desde 2018.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

CGE vai fiscalizar suspensão de despesas

Publicado

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) vai fiscalizar junto aos órgãos estaduais o cumprimento do decreto (nº 08/2019) que estabelece medidas de contenção de despesas no Governo de Mato Grosso pelo período de seis meses, especialmente em relação à suspensão das despesas de custeio especificadas nos artigos 7 e 8 da normativa.

O monitoramento será executado com o auxílio da inteligência da informação. É que a CGE possui estrutura de tecnologia que permite aos auditores do Estado cruzar dados (trilhas de auditoria) e obter paineis de comportamento de situações sensíveis no exato momento em que ocorrem, o que possibilita mais agilidade na identificação de riscos.

Com isso, os auditores podem alertar de maneira célere os gestores das secretarias sobre eventuais práticas inadequadas logo no início dos trâmites para a execução das despesas, contratações e folha de pagamento.

Outra frente de atuação será indicar aos gestores as recomendações de redução de despesas já emitidas pela própria CGE em trabalhos anteriores de auditoria e controle, mas que não foram implementadas à época.

A CGE também vai auditar as licitações e os contratos na hipótese da identificação de indícios de irregularidades quando da reavaliação dos contratos vigentes estabelecida no Decreto Estadual nº 08/2019.

Pode ser que o contrato em questão já tenha sido objeto de auditoria pela CGE. Neste caso, o trabalho será reencaminhado ao atual gestor da pasta a que se refere o contrato para auxiliar nas decisões administrativas. 

Veja Mais:  Ouvidorias Setorial e Especializadas da Sesp atendem 3,2 mil pedidos em 2018

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Recursos vão auxiliar no transporte escolar e em programas sociais de MT

Publicado

O transporte escolar é um dos direitos básicos do aluno e sua manutenção está entre os desafios do poder público. A secretária de Estado de Educação, Marioneide Angélica Kliemaschewsk, afirma que com os repasses do novo Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), proposto pelo Governo do Estado, será possível assegurar a melhoria da prestação desse serviço em Mato Grosso.

“A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) se sente honrada em poder colaborar no processo de conclusão da cidadania e o Fethab será importante para isso”, frisa Marioneide. A secretária explica que implementar o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE) ainda é um obstáculo à administração pública e que precisa ser superado.

“Esse serviço custa hoje R$ 102 milhões (ano em MT) e apenas pouco mais de R$ 4 milhões vem do governo federal. O restante é proveniente da Fonte 100 do Estado (receita própria), que tem capacidade limitada e isso dificulta os repasses aos municípios”.

Os recursos do Fundo vêm justamente para assegurar o transporte escolar, fazendo com que o aluno chegue em tempo hábil à escola. “Sem o Fethab nós não conseguiremos realizar de forma satisfatória esse serviço”, ponderou Marioneide.

Assistência Social

O dinheiro do Fethab também chegará em boa hora e dará respaldo aos programas da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência social, que atendem principalmente cidadãos em situação de grande vulnerabilidade social.

Veja Mais:  Técnicos do Indea participam de curso em Educação Sanitária

“É um recurso de fundamental importância e que vem a contribuir muito com nossos projetos e programas, impactando diretamente na vida da população mato-grossense”, afirmou a secretária da pasta, Rosamaria Carvalho.

Jane Barros Reis e os filhos estão hoje entre os beneficiados pela política de assistência social do Governo. Foto: José Medeiros/Gcom MT

Conforme a secretária, está sendo conduzida uma avaliação de todas as ações da pasta para definir as prioridades da gestão. “O Fethab vai fortalecer financeiramente a secretaria como um todo”.

Projeto de Lei

O Governo do Estado enviou na segunda semana de janeiro à Assembleia Legislativo uma proposta que altera a Lei do Fethab. Na prática, a mensagem propõe ampliação da arrecadação com mudanças nas alíquotas que incidem sobre a comercialização de produtos do agronegócio, incluindo as operações voltadas à exportação.

Pelo Projeto de Lei, 65% dos repasses ao Fethab serão destinados ao Tesouro Estadual, visando investimentos em ações nas áreas de segurança pública, educação e assistência social. A mensagem integra o pacote de leis denominado “Pacto por Mato Grosso”, que busca estabelecer parâmetros legais para conter as dificuldades financeiras enfrentadas atualmente pelo Estado.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana