conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Seduc faz "roda de conversas" e palestras para tratar de saúde mental com servidores

Publicado

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da Coordenadoria de Aplicação, Desenvolvimento, Saúde e Segurança, realizou uma palestra com uma equipe da Saúde Mental da Regional de Medicina Psicossomática de Mato Grosso tendo como público servidores da Seduc. O tema “Setembro amarelo: combate ao suicídio”, foi debatido no auditório da Seduc, nesta terça-feira (10.09).

Equipes de psiquiatras e psicólogos fizeram uma “roda de conversa” com os servidores que tiraram dúvidas do assunto que é considerado delicado. Para o docente em psiquiatria Cristiano Santos, que faz parte da equipe da Coordenadoria de Aplicação da Seduc, especialistas em doenças mentais reforçam a tese de que a depressão é uma das causas do suicídio.

“A psicanálise é necessária, pois é preciso se preocupar com a integridade psíquica e biológica do sujeito. Trouxemos psiquiátricas e psicólogos porque o assunto precisa ser debatido com seriedade”, frisa.

Na lista dos debatedores estiveram a psicóloga e psicanalista Cleiri de Souza, a psicanalista Zildiney Dias, a psicóloga Helen Binde, a psicanalista e coaching Viviely Santos e o doutor em psicopatologia Marcelo Pitter. Participou também a representante do Centro de Valorização da Vida (CVV), Ana Rosa.

A coordenadora de Aplicação da Seduc, Zilda Alves da Silva avalia como positiva a palestra, principalmente a participação dos servidores que fizeram várias perguntas esclarecedoras aos palestrantes.

“Essa interação foi uma surpresa agradável. Muita gente tirando dúvidas sobre um assunto que ainda é difícil de abordar. Vivemos um momento em que é preciso ouvir para ajudar as pessoas. E a palestra foi tão ótima que as pessoas entenderam a mensagem dos palestrantes”, assinala.

Veja Mais:  Projeto de escola reúne comunidade para discussões sobre transtornos emocionais

Setembro amarelo é uma campanha de sensibilização sobre a prevenção do suicídio.  No Brasil, foi criado em 2015 pelo CVV, Conselho Federal de Medicina (CFM), Associação Brasileira de Psiquiatria ABP. A proposta é de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Tapurah renova participação no PDI

Publicado


 ADESÃO AO PDI
 Prefeito de Tapurah, Irado Ebertz, Volmir Manhabosco, a secretária da SAI, Cassyra Vuolo e assessores da Prefeitura Municipal de Tapurah

O prefeito municipal de Tapurah, Irado Ebertz, foi o primeiro do ano a renovar junto ao Tribunal de Contas de Mato Grosso, o Termo de Adesão ao Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado – PDI desenvolvido pelo TCE-MT desde 2012. O município participa do programa desde 2015 e nos últimos anos tem apresentado bons resultados na execução das metas previstas no Planejamento Estratégico como também em ações que potencializam a gestão de políticas públicas como educação e saúde. Atualmente participam do PDI 23 municípios mato-grossenses.


Os conselhos municipais de políticas públicas em Mato Grosso: mapeamento, desempenho e perspectivas

Este livro traz o diagnóstico da atuação dos Conselhos Municipais de Políticas Públicas, realizado em parceria com TCE-MT e a Universidade Federal de Mato Grosso. A pesquisa, aplicada aos conselheiros de políticas públicas dos 40 maiores municípios mato-grossenses.

ACESSE O LIVRO VIRTUAL

O PDI foi instituído pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso com o objetivo de contribuir com a gestão pública, melhorando a prestação de serviços, com um modelo de administração orientada para os resultados à sociedade. O foco do programa é o desenvolvimento integrado e permanente do TCE-MT e de todas as instituições públicas fiscalizadas, a partir da transferência de conhecimento, tecnologias e boas práticas de gestão.

Veja Mais:  TCE acolhe recurso e retira servidor da Sema como parte em processo

Nos últimos quatro anos, Tapurah vem apresentando excelente resultados mantendo-se todos os anos com desempenho estratégico sempre acima de 70% das metas alcançadas. Segundo avaliação técnica da equipe do PDI no TCE-MT o PDI forneceu a administração municipal de Tapurah um planejamento estratégico das ações, aumentado a eficiência operacional em todas as áreas. No ano passado o município alcançou o segundo lugar em gestão de frotas do Estado, gerando economia de 14,93% nos gastos com pneus, diminuição do consumo de combustíveis em 5.263 litros em média por mês, aumento na eficiência da frota com o aprimoramento nos processos de manutenção preventiva e corretiva.

Equipe do PDI prepara ciclo de visitas aos municípios adesos ao programa institucional

Outro ponto em destaque foi a diminuição de 40, 62% no consumo de material de expediente, com a implantação dos processos digitais, planejamento das compras e unificação do estoque no almoxarifado central. Na área de Educação, foi criada a avaliação diagnóstica nas escolas atingindo 100% dos estudantes, elevando de 52,30% para 78,85% em portuquês e de 52,80% para 84,21% em matematica os percentuais de alunos com aprendizado adequado. Ainda na Educação, houve a economia de 10% nos custos da merenda escolar mesmo com a inclusão do café da manha.

Conforme Volmir, “Tapurah é uma cidade em constante crescimento. Acompanhamos mensalmente as metas e objetivos de casa secretaria, proporcionando segurança na execução dos projetos e um melhor desempenho”.

Veja Mais:  Mais de 100 profissionais da Saúde são capacitados em auriculoterapia

Tapurah é uma cidade em constante crescimento. Acompanhamos mensalmente as metas e objetivos de casa secretaria, proporcionando segurança na execução dos projetos e um melhor desempenho”
_____
VOLMIR MANHABOSCO, Assessor da SAI/TCE-MT

Estes resultados fortalecem o compromisso de administrarmos a nossa cidade pautada na ética e na transparência. Com o PDI podemos observar muitos avanços, no embelezamento da cidade, asfalto, na educação, saúde”
_____
IRALDO EBERTZ, Prefeito do município de Tapurah

Para o Prefeito Iraldo Ebertz, os Resultados obtidos em 2018 refletem a boa situação que se encontra a administração Pública de Tapurah. “Estes resultados fortalecem o compromisso de administrarmos a nossa cidade pautada na ética e na transparência. Com o PDI podemos observar muitos avanços, no embelezamento da cidade, asfalto, na educação, saúde”, finalizou o prefeito.

Os municípios que participam do PDI recebem gratuitamente do TCE- MT vários produtos e sistemas tais como o Diário Oficial de Contas, Plenário Virtual, do Protocolo Virtual, do Portal de Serviços, dos sistemas GPE Cidadão, GeoObras, Radar de Controle Público entre outros. Todas as atividades do PDI são executadas pela Secretaria de Apoio às Unidades Gestoras – SAUG.

São adesos ao PDI os seguintes municípios: Alta Floresta, Sinop, Água Boa, Querência, Cáceres, Diamantino, Cuiabá, Campo Verde, Várzea Grande, Confresa, São Félix do Araguaia, Tangará da Serra, Nortelândia, Tapurah, Lucas do Rio Verde, Sapezal, Primavera do Leste, Juscimeira, Jaciara, São José dos Quatro Marcos, Juína, Itiquira e Rondonópolis.

Veja Mais:  Nova empresa assume contrato e obra será retomada na região de Denise
Fonte: TCE MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Conheça a história de superação do reeducando apaixonado por livros

Publicado


Marcos Loote de Souza, 42 anos, reeducando, logo em breve será calouro do curso de Tecnólogo em Edificações, pelo Instituto Federal de Mato Grosso – IFMT. Responsável pela limpeza da Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça, no Palácio da Instrução, Marcos é um desses exemplos de superação que não se vê por aí todos os dias.   

Hoje, Marcos carrega um sorriso tímido no rosto, mas se o tempo voltasse um ano e meio antes, a história seria completamente diferente. Ao invés do ambiente salutar onde trabalha, na Biblioteca Estevão de Mendonça, Marcos estaria dividindo com outros homens uma das celas apertadas na Penitenciária Central do Estado.  

Para compreender melhor a história do auxiliar de serviços gerais da Biblioteca Estevão de Mendonça, é preciso saber que ele é o mais velho de três irmãos, nasceu em Cuiabá e passou a infância na região do CPA. Lá concluiu o ensino fundamental em 1993 e parou de estudar. Entrou para o errático mundo do crime e foi preso por assalto a mão armada, tendo ficado um ano e oito meses preso.  

Mais tarde, em 2017, concluiu o ensino médio dentro da penitenciária por meio de uma prova certificadora. Hoje está longe da criminalidade, há um ano trabalhando na Biblioteca Pública. Buscando uma forma digna de superar os desafios que a vida impõe, Marcos se apegou as chances que lhe foram oferecidas.

Veja Mais:  Escola de Governo inicia novo ciclo de cursos na área de aquisições

“Eu não teria conseguido sequer enxergar essa oportunidade se não estivesse trabalhando dentro de uma biblioteca, um ambiente voltado para o estudo e para o conhecimento. Aqui fui muito incentivado a voltar a estudar e assim o fiz. Trabalhar na Biblioteca foi fundamental para essa grande conquista na minha jornada. Além de tudo, sou apaixonado por livros, adoro ler, leio tudo que posso”, diz Marcos.

Sobre as perspectivas para o futuro, Marcos explica que começa agora uma nova fase de sua vida e que, daqui para frente, com mais estudo, espera ter melhores condições e uma vida mais virtuosa. Confiante e seguro de seus objetivos, Marcos assegura:

“Com estudo e mais conhecimento, poderei ingressar novamente na sociedade de cabeça erguida. O tempo que passei na cadeia foi péssimo, mas me ajudou a refletir. Agora que estou livre, vou fazer de tudo para garantir uma vida melhor e mais produtiva. Daqui para frente, a tendência é melhorar cada vez mais”.  

Marcos explica ainda que foi acolhido com muito respeito pelas pessoas que trabalham na Biblioteca, as quais ele chama de família, e com o incentivo de seus companheiros e companheiras de trabalho, voltou a estudar, aproveitando o tempo livre entre a limpeza dos salões. Uma das grandes incentivadoras de Marcos foi Helena Maria da Costa, gerente de livros e leitura da Biblioteca Estevão de Mendonça.

Veja Mais:  Projeto de escola reúne comunidade para discussões sobre transtornos emocionais

“A Biblioteca tem um papel social dentro da comunidade, e esse é um deles, ajudar as pessoas a crescerem. Marcos começou no curso de informática, tomou gosto, prestou vestibular e obteve sucesso. Para nós da Biblioteca Estevão de Mendonça é um orgulho muito grande ver que é possível transformar vidas pelo conhecimento. Mas é claro que é todo dele o mérito, sem a força de vontade de Marcos, nada disso seria possível, nada”, explica Helena.

É bem verdade que a Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça tem muitas atividades voltadas para a capacitação com intuito de melhorar a vida das pessoas. Além do curso de informática, a biblioteca oferece, gratuitamente, curso de braile, pintura, colônia de férias – esta última, que a propósito, começa no próximo dia 29 de janeiro (saiba mais aqui!). De acordo com Helena, a história de Marcos é uma entre tantas que virão.

“Creio que outros casos como o dele surgirão. Ele acaba sendo uma inspiração para outras pessoas. Com a vitória dele, muitos outros já estão pensando em voltar a estudar também. O próprio ambiente da Biblioteca é responsável por essa sementinha do conhecimento plantada em Marcos. Aqui, trabalhamos sempre em equipe, até na hora de incentivar (risos). Um ajudou com o curso de informática, outros auxiliaram sanando dúvidas. Ele quis e aproveitou a oportunidade. Nada disso seria possível se ele não quisesse. O mérito é todo dele. Ele é merecedor”, recorda emocionada Helena.

Veja Mais:  TCE acolhe recurso e retira servidor da Sema como parte em processo

Dentre muitas ajudas, outra grande incentivadora de Marcos foi a professora de linga portuguesa Francisca Galvão, que também trabalha na Biblioteca Estevão de Mendonça.  

“Nosso papel foi incentivar. Ele me pediu e eu preparei uma apostila com vários textos e exercícios. Acredito que o conhecimento é a arma que nós temos para mudar o mundo. Ele é um rapaz muito inteligente. Teve momentos difíceis na vida que o ajudaram a crescer. Agora aproveitou bem uma nova etapa da vida. Todos nós da Biblioteca estamos muito felizes por isso”.

Marcos começará o curso no IFMT já no próximo mês de fevereiro, no período da noite, e continuará trabalhando todos os dias na limpeza da Biblioteca Pública. Enquanto isso, outros colaboradores do Palácio da Instrução já começaram a trilhar os mesmos passos vitoriosos de Marcos. Um belo exemplo a ser seguido mesmo!

Serviço

A Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça está localizada no Palácio da Instrução, na Rua Antônio Maria, 151, Centro de Cuiabá. O funcionamento ao público é de segunda a sexta, das 8h às 18h. Telefone: (65) 3613-9240/9230.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Agentes penitenciários fazem parto de visitante dentro da Mata Grande

Publicado


Por volta das 13 horas deste domingo (26.01), uma mulher começou a passar mal durante a visita ao marido na Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis (218 km ao Sul), e os agentes penitenciários a tiraram da ala, quando entrou em trabalho de parto.

Apesar do Samu ter sido acionado pela direção, a mulher já estava em fortes contrações. Os agentes penitenciários Elvis Presley Santos da Silva e Fernando Bento de Souza ajudaram a mulher no parto, realizado no corpo da guarda da penitenciária.

Fernando é enfermeiro e Elvis, técnico de enfermagem e atua no Samu. Ambos trabalham na área de saúde nos dias de folga da unidade prisional.  

A equipe do Samu chegou 20 minutos depois e a levou para o hospital na cidade. O bebê é um menino.

“Nunca tínhamos tido uma ocorrência como essa na unidade. Ainda bem que deu tudo certo e tínhamos profissionais capacitados no momento”, comentou o subdiretor da penitenciária, Paulo Rufino.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  TCE acolhe recurso e retira servidor da Sema como parte em processo
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana