conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Sem Castán e Marrony, Vasco viaja à Brasília para enfrentar CSA

Publicado

source

O Vasco viaja hoje (8) para Alagoas, onde enfrenta o CSA no domingo (10) dentro do Estádio Rei Pelé, às 19h (horário de Brasília).

O time carioca vai ter a volta de Bruno Gomes. Suspenso, o volante não participou do último jogo da equipe, na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, em São Januário. Desta vez, Bruno promete evitar faltas desnecessárias.

“Marquei bobeira em alguns lances, entrei mais forte do que devia, mas a gente vai aprendendo, ganhando experiência”, pontuou o jovem, revelado da base vascaína.

Ouça na Rádio Nacional

O técnico Vanderlei Luxemburgo tem dois desfalques contra o CSA: o zagueiro Leandro Castán (expulso contra o Palmeiras) e o atacante Marrony (suspenso pelo terceiro cartão amarelo).

“São grandes jogadores, mas o Luxemburgo vai saber armar o time da melhor maneira pra gente buscar a vitória”, garantiu o volante.

Quem apareceu no último coletivo do Vasco, no CT do Almirante, antes da viagem para Alagoas, foi Thalles Magno. O atacante estava servindo à seleção brasileira no mundial sub-17, mas sofreu um estiramento muscular e dificilmente volta a jogar nesta temporada.

“É triste vê-lo mancando, mas só desejo o melhor pra ele”, disse Bruno.

Sem vencer há quatro jogos, o Vasco encara o ferido CSA. O time comandado pelo técnico Argel Fucks vem de uma derrota por 2 a 1 para o Grêmio, em Porto Alegre, e luta desde o início do campeonato para fugir do rebaixamento.  

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Mais:  Diretor-executivo da Roma pede demissão e aumenta crise no clube italiano
publicidade

Esportes

Hugo Calderano disputa torneio em Singapura com melhores do mundo

Publicado

source

O mesa-tenista carioca Hugo Calderano, atual sexto melhor do mundo, estreia nesta quinta-feira (21), no T2 Diamond, torneio em Singapura que reúne apenas os 15 primeiros no ranking mundial, e mais um atleta escolhido pela organização. A partida terá início às 11h (horário de Brasília) e o primeiro adversário do brasileiro será o japonês Koki Niwa, 11º no ranking, que no último sábado foi derrotado por Calderano nas quartas de final do Aberto da Austrália. A partida será transmitida ao vivo pelo site oficial da competição.

Esta é a segunda etapa do T2 Diamond. Na primeira, em julho, em Johor Bahu (Malásia), o brasileiro perdeu nas oitavas de final para o atual número um, o chinês Fan Zhendong.  Além da premiação de US$ 100 mil – o equivalente a quase R$ 420 mil reais – o vencedor do torneio conquista mil pontos. Se Calderano faturar o título em Singapura, ficará bem próximo do quinto colocado no ranking mundial, o japonês Tomokazu Harimoto.

Já classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o mesa-tenista carioca colecionou conquistas importantes nesta temporada. Em maio, ele alcançou um resultado histórico para o clube Ochsenhausen, que defende na Alemanha, ao faturar o título do Campeonato Alemão de Clubes, uma das ligas mais competitivas do mundo, pondo fim a um jejum de 14 anos sem o título nacional. A equipe de Calderano contava também com o francês Simon Gauzy, o polonê Jakub Dyjas, o sul-coreano Jang Woojin e o austríaco Stefan Fegerl.

Veja Mais:  Son lamenta ausência no Tottenham para defender seleção: “às vezes é triste”

Em agosto, o carioca conquistou o bicampeonato no Pan-Americano de Lima (Peru) – a segunda medalha de ouro seguida – e, de quebra, garantiu a vaga nas Olimpíadas de Tóquio 2020.  E no último domingo (17), Calderano foi medalha de bronze no Aberto da Austrália ao perder a semifinal para o chinês Zhao Zihao. Apesar do revés, este foi o melhor resultado do brasileiro este ano em torneios platinum, os mais importantes do circuito mundial de tênis de mesa.

Edição: Guilherme Neto

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Coluna – O Dia da Consciência Rubro-Negra

Publicado

source

A contagem regressiva está em andamento. Nesse dia de celebração dos 50 anos do milésimo gol de Pelé, o torcedor do Flamengo está de olho no fim de um jejum de 38 anos sem disputar a final da Copa Libertadores, e de outro, de dez anos sem a conquista de um campeonato brasileiro. Não é pouco, muito menos se levarmos em consideração que os dois jejuns podem acabar no próximo fim de semana.

Mas é hora, também, de lembrarmos de como o Flamengo e sua torcida chegaram a essa situação. Não foi de janeiro para cá, quando a atual administração tomou posse. Na verdade, temos de voltar no tempo, ao dia 02 de janeiro de 2013, quando Eduardo Bandeira de Mello assumiu a presidência, decretando que as prioridades seriam a organização administrativa do clube, o pagamento de dívidas e a “limpeza” do nome na praça, deixando de lado a sede de títulos, pelo bem do futuro da instituição.

Foi o Dia da Consciência Rubro-Negra.

E o preço não foi barato. É verdade que logo no primeiro ano a nova administração festejou uma Copa do Brasil. Que não estava nos planos. Mas que acabou sendo o principal título até o fim do segundo mandato, em 2018. Além dela, vieram dois campeonatos estaduais e três vice-campeonatos importantes – na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana de 2017 e no Campeonato Brasileiro de 2018. Como gostavam de dizer os torcedores rivais, ficou “no cheirinho”. Mas já era a sinalização de que tempos melhores viriam.

Veja Mais:  Não quer ver em casa? Saiba onde assistir a final da Champions pelo Brasil

E chegamos a 2019, manchado pelo incêndio no Ninho do Urubu, com dez vítimas fatais. Nos campos, porém, os resultados comprovam o acerto da decisão lá de 2013 e recompensam o sacrifício de quem entrou para a história do clube, se não como grande campeão, mas como um dos melhores administradores. Com erros, é claro, como todos os outros, mas que não pode ser esquecido.

O caminho do Flamengo está sedimentado. Para se confirmar como um dos, se não o principal, clube do país. Ainda distante dos europeus, mas num patamar acima da grande maioria dos clubes brasileiros e sul-americanos. Se os títulos virão, é outra questão, pois o que acontece dentro de campo foge da capacidade dos dirigentes.

De certo que o clube vai se fortalecer. Vai faturar, encher o cofre. Que tal pensar nos garotos que tiveram a vida interrompida no dia 8 de fevereiro? Que tal botar a mão na consciência e fechar o ano com uma chave, não de ouro, mas rubro-negra?

Edição: Verônica Dalcanal

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vasco folga na rodada e só volta a jogar dia 28 contra o São Paulo

Publicado

source

O Vasco da Gama só volta a campo dia 28, quando enfrenta o São Paulo no Morumbi. Até lá, a última lembrança do torcedor vai ser o empate de 1 a 1 contra o Goiás, em pleno São Januário, diante de 18 mil torcedores. Fred Guarín marcou para os vascaínos e a vitória estava garantida até o último minuto dos acréscimos, quando outro colombiano, Oswaldo Henríquez, marcou contra para os Esmeraldinos.

“Faltou segurar a bola no ataque, mastigar a bola mais na frente para que naturalmente saísse um segundo gol. Nós não conseguimos fazer isso e eles ficaram cruzando, cruzando, até que numa falha acontece o gol”, analisou Vanderlei Luxemburgo.

Ouça na Rádio Nacional

O técnico deu folga para o elenco até quinta-feira (21) e reclamou de todo esse tempo parado. “Neste contexto de reta final de temporada, a gente fica meio pirado, porque a gente quer mais é jogar para acabar logo o campeonato”.

Depois do São Paulo, o Vasco retorna ao Rio de Janeiro, onde encara o Cruzeiro novamente dentro de casa. O clube não joga esta semana, pois já enfrentou o Flamengo, na última quarta (13), em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato .  O jogo foi antecipado em virtude da final da Libertadores, entre os rubro-negros cariocas e os argentinos do River Plate, no próximo sábado (23), em Lima (Peru), às 17h (horário de Brasilia).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Mais:  Ricardo Goulart lesiona o joelho e desfalcará o Palmeiras por dois meses
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana