conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mulher

Será que é seguro? Tire suas dúvidas sobre suspender a menstruação

Publicado

Vamos admitir: sangrar todo mês não é uma das coisas mais legais de ser mulher. Além da preocupação em conter o sangue, seja com absorventes internos, externos, calcinhas especiais ou coletor, a menstruação ainda envolve sintomas nada agradáveis, incluindo TPM, inchaço, cólicas
e outras dores no corpo. 


Absorvente com bolinhas vermelhas que representam sangue e ilustram a ideia de quem quer suspender a menstruação
shutterstock

Suspender a menstruação não é, necessariamente, algo ruim para o organismo da mulher, segundo médico

Apesar de ser um processo natural e sinal de desenvolvimento do corpo feminino, o fenômeno gera alguns desconfortos que, sinceramente, muitas mulheres não gostariam de ter. É por isso que muitas delas acabam considerando suspender a menstruação

A decisão, no entanto, vem sempre cercada de muitas dúvidas, afinal, o assunto “menstruação”  por si só já é um tabu
e tanto e a discussão sobre o tema nunca é aberta e clara. “Será que é seguro?”, “Qual é o melhor método?” e “Há risco de eu ficar infértil?” são alguns dos questionamentos que pairam sob a cabeça de quem pensa em cortar esse processo. 

O ginecologista e infertileuta da clínica Criogênesis Renato de Oliveira garante que foi-se o tempo em que a menstruação era o melhor termômetro do bom funcionamento do organismo e um sinal evidente que não ocorreu gravidez.

Ele ainda defende que “desde o momento que ocorreu uma mudança no papel da mulher na sociedade, aumenta-se o número de pacientes que desejam suspender a menstruação”.

Veja Mais:  Como tarefas simples – como lavar louças – te ajudam na evolução interior

Seja por simplesmente querer parar de menstruar
ou para evitar sintomas como cólicas, mudanças de humor, enxaqueca, alergias, endometriose, sangramento intenso ou irregular e até a descamação do endométrio, parede interna do útero, o fato é: bloquear o sangramento pode ser uma opção e as mulheres devem começar a falar sobre isso. 

Atualmente, a medicina conta com diversos itens para a realização dessa ação. Entre os mais utilizados estão os anticoncepcionais orais de progesterona ou combinados de estrogênios e progesterona, DIU ou implante de progesterona, injeção de progesterona de depósito, anel vaginal e adesivos contraceptivos 

“O bloqueio da menstruação não é causador de nenhuma doença e não afeta a fertilidade
da mulher, já que após a sua interrupção os ciclos menstruais se restabelecem normalmente em períodos de semanas ou meses, dependendo do método utilizado. Porém, a maioria dos métodos podem provocar algum efeito colateral, como aumento de peso e retenção de líquido”, explica a ginecologista de São Paulo, Dra. Maria Elisa Noriler. 

Tira-dúvidas sobre como parar de menstruar


Imagem mostra um absorvente, um absorvente interno, um relógio, calendário e cartela de anticoncepcionais
shutterstock

Fazer o uso contínuo do anticoncepcional é um dos métodos mais tradicionais para suspender a menstruação

Para esclarecer algumas dúvidas sobre esse assunto, o ginecologista Renato de Oliveira respondeu algumas das questões mais comuns levadas ao seu consultório. Confira.

  • Todas as mulheres podem suspender a menstruação?

Sim, porém qualquer método que possua estrogênio não deve ser utilizado por mulheres com hipertensão não controlada, que tenham passado por cirurgia de grande porte com imobilização prolongada, que tenham antecedente de acidente vascular cerebral, doenças cardíacas isquêmicas, enxaquecas severas, tumores hepáticos ou hepatites agudas.

  • Quem tem mioma e/ ou endometriose pode se beneficiar com a suspensão?
Veja Mais:  Vídeo de criança cadeirante pulando em cama elástica emociona; assista

Sim, bloquear a menstruação também pode ser tratamento para algumas doenças como mioma e/ ou endometriose. Para o mioma, por exemplo, o possível sangramento intenso pode ser controlado ao parar de menstruar.

“No caso da endometriose, que caracteriza-se pela presença de tecido endometrial implantado fora da cavidade uterina, pode cursar, para algumas pacientes durante sua menstruação, com intensas dores, diarreia e até mesmo sangue na urina. Nesta situação, a suspensão seria uma excelente alternativa para diminuir esses sintomas, porém lembrando que, essa técnica pode tornar a chance de gravidez praticamente nula”, explica Oliveira.

  • Parar de menstruar causa infertilidade?

Não, os métodos hormonais não causam infertilidade permanente. “A interrupção do método e o retorno aos ciclos menstruais sugere o retorno à fertilidade. No entanto, há outros fatores que podem associar-se à dificuldade de engravidar, como a idade, por exemplo”.

“Dessa forma, não é o fato de ter usado 10 a 15 anos de anticoncepcional, que dificulta a gravidez, mas sim o fato da paciente ter perdido esses anos de vida reprodutiva”, esclarece o especialista. 


Mulher está em um consultório médico, conversando com uma ginecologista
shutterstock

Antes de qualquer decisão, o ideal é conversar com um ginecologista para sanar qualquer dúvida que tenha ficado


  • Como parar de menstruar?

O método mais comum é o uso contínuo da pílula anticoncepcional. Neste caso, a paciente toma o medicamento, que pode ser uma combinação dos hormônios estrogênio e progesterona, ou somente a progesterona, sem interrupções.

Veja Mais:  Fuja do branco no Ano Novo! 5 cores que você pode usar na virada e arrasar

Dentre os outros métodos estão: DIU liberador de levonorgestrel, opção que pode evitar a menstruação e a gravidez, sendo aconselhado mantê-lo por até cinco anos; Implante subcutâneo – um pequeno bastão flexível, mais fino que um palito de dente, é fabricado à base de progesterona e deve ser colocado sob a pele no antebraço; e a Injeção trimestral de acetato de medroxiprogesterona.   

  • Como escolher o melhor método?

A suspensão da menstruação
deve ser indicada por um especialista. “A prescrição de qualquer método deve considerar a segurança para cada paciente conforme os critérios de elegibilidade da Organização Mundial de Saúde (OMS). Assim, a consulta médica é fundamental para evitar os riscos da automedicação”, finaliza.

Leia também: Como a pílula anticoncepcional e do dia seguinte influenciam o ciclo menstrual?

É importante ressaltar que antes de interromper a menstruação ou tomar qualquer atitude que envolva a saúde do seu corpo, converse com um especialista para saber qual o método mais adequado para seu organismo.

Comentários Facebook

Mulher

Não sabe por que foi traída? Veja o que pode levar à infidelidade

Publicado


source

É fato: a infidelidade é uma realidade em muitos relacionamentos. Não são raros os casos de traição que abalam os casais e resultam em término. Segundo a psicóloga e sexóloga Bete Monteiro, do Instituto Ser+, falar em um perfil dos infiéis é algo limitador, afinal, existem vários motivos que levam alguém a trair.

Leia também: Como descobrir uma traição? Veja 10 sinais podem indicar infidelidade

homem e mulher arrow-options
shutterstock

A infidelidade é mais comum nos relacionamentos do que as pessoas imaginam

Embora existam muitas variáveis, a especialista diz que geralmente há alguma questão emocional envolvida em uma traição ou micro traição – termo que ela usa para definir o que não é contato físico propriamente dito, mas indica omissão no relacionamento ou desejo por outra pessoa.

“Antigamente era comum, por exemplo, os homens tirarem a aliança. Isso é uma forma de micro traição. Ela é motivada pelo desejo do flerte”, explica.

Leia também: Quer saber se ele está te traindo? Ex-amante revela 10 sinais de traição

Por que as pessoas traem?

casal mexendo no celular arrow-options
shutterstock

Especialistas dizem que os motivos que levam à traição são muito variáveis

A psicóloga fala que as pessoas costumam buscar elementos novos fora do relacionamento. Para muitos, isso é mais fácil do que investir na criatividade para salvar ou apimentar uma relação que já existe. Por isso, a diversão é justificativa comum para a traição.

Veja Mais:  Quebrando padrões: 5 vezes que modelos plus size recriaram fotos de famosas

No caso dos homens, Bete também explica que alguns buscam relações extraconjugais apenas para reforçar a masculinidade e manter a posição de “galanteador”. “Podemos pensar em pessoas que precisam se reafirmar e buscam possibilidades fora do relacionamento justamente para saber se ainda possuem o poder de sedução, da paquera…”, exemplifica.

Ela ainda comenta sobre o papel dos aplicativos de relacionamento na traição. “A sexualidade começa na construção mental, na imaginação. Quando eu estou em um app com alguém, essa pessoa pode ser o que eu quiser – é uma fantasia – muito mais estimulante que o real”, comenta.

Leia também: Traição tem a ver com amor? Veja o que mulheres que já traíram têm a dizer

Essas relações se mostram como algo mais excitante e prático, já que não há o “drama” do namoro ou do casamento envolvido. “E se eu resolvo, por exemplo, desinstalar o aplicativo e bloquear alguém eu termino essa questão. Não me implico de uma forma real como eu preciso fazer numa relação diária. Envolve também praticidade”, fala.

A reprogramadora Ivana Cabral também pontua que os motivos da traição são muito relativos, mas várias pessoas traem para se reafirmar e por se sentirem inseguras dentro do relacionamento. “A pessoa trai às vezes, por estar passando por uma dificuldade no relacionamento e busca em outra pessoa aquela chama que acha que não existe mais dentro de si”, fala.

Veja Mais:  Como tarefas simples – como lavar louças – te ajudam na evolução interior

Para a profissional, inclusive, é possível ainda amar o parceiro e trair, dependendo do desejo que sente pelo outro. “Você vai sentir desejo por outra pessoa, mesmo amando o seu parceiro, a diferença é você conseguir controlar esse desejo, entrar no equilíbrio. Depende dos valores de cada um”, diz.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Quarto romântico ou uma cena de crime? Estampa de lençol choca a web

Publicado


source

Às vezes as pessoas querem inovar na decoração da casa, mas acabam errando a mão. Esse foi o caso de John Donoghue, que comprou um lençol branco com rosas vermelhas para sua cama, mas o resultado não ficou nada bonito.

lenoç arrow-options
Reprodução/ Twitter

Lençol de rosas vermelhas parece respingos de sangue

Leia também: Bolo de casamento bizarro mostra noivos como se estivessem mortos

A disposição das rosas no lençol parecia mais respingos de sangue, o que deixou a decoração muito assustadora. John achou graça e compartilhou a imagem da cama no Twitter com a legenda. “Aquele momento embaraçoso em que você percebe que o seu novo conjunto de cama ‘branco com botão de rosa’ faz seu boudoir parecer uma cena de crime particularmente horrível …”.

O post viralizou nas redes sociais e chegou a 3.000 curtidas. A maioria dos usuários da rede social levou o “desastre decorativo” em tom de brincadeira. “Roupa de cama nova, sim, sim. Confie, onde você a enterrou?”.

Outro escreveu “Perfeito para o quarto de hóspedes quando você realmente não quer que as pessoas fiquem”. Teve até quem questionasse o gosto do comprador. “É o conjunto de cama de instinto básico!!”.

Veja Mais:  Após ser chamada de vaca, mulher diz como venceu bullying por mancha de nascença

Leia também: Tem até buraco em tronco de árvore. Veja 17 banheiros bizarros

O que achou da decoração de cama de John? Compraria um lençol desses para assustar alguém?

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Nutrição e bronzeado: quais alimentos ajudam a cuidar da pele no verão?

Publicado


source

Women's Health

O verão, marcado por altas temperaturas e sol intenso, é uma estação que exige cuidados com a pele. Para proteger a cútis dos danos causados pelos raios solares, o protetor solar e hidratantes são aliados importantes, mas não são os únicos recursos que podem ser usados. Além dos cosméticos, uma alimentação balanceada proporciona uma pele mais saudável.

mulher na praia arrow-options
shutterstock

Ter uma pele bem cuidada no verão envolve itens como hidratante e protetor solar e também os alimentos certos

Leia também: 15 alimentos que ajudam a prolongar o bronzeado

Para ajudar os interessados a manterem ou turbinarem o ” skin care ” neste verão, a Mônica Symphoroso, nutricionista que atende pelo GetNinjas, aplicativo de contratação de serviços da América Latina, selecionou os alimentos que ajudam a pele nutrida na estação mais quente do ano. Confira:

Aveia e água

Ter uma saúde intestinal adequada é essencial já que o corpo todo é impactado por esse equilíbrio (ou desiquilibrio), inclusive a cútis. “Se a pessoa não tiver um intestino que funcione diariamente, há uma absorção de toxinas que influenciam na pele e na saúde como um todo”, explica Mônica.

Além disso, a profissional pontua que o bom funcionamento do órgão proporciona uma melhor absorção de nutrientes que farão bem a pele. A solução é adotar o consumo de fibras, presente na aveia, além de beber mais água.

Veja Mais:  Fuja do branco no Ano Novo! 5 cores que você pode usar na virada e arrasar

Gelatina incolor

Além de matar a “vontade de comer doce”, a gelatina incolor é rica em colágeno, substância que ajuda a manter a pele firme. O consumo da gelatina, somada a uma alimentação saudável, diminui os efeitos negativos dos raios solares e previne o aparecimento de rugas precoces.

Leia também: 8 alimentos antirrugas para você incluir agora em seu cardápio

Espinafre

Conhecido pela alta concentração de ferro, o espinafre também é rico em antioxidantes e vitaminas. No caso de acne, a vitamina A presente no vegetal diminui a produção de sebo facial, o que resulta na queda de inflamações. Por conta da vitamina K e de folato, o alimento melhora o aspecto da pele e minimiza manchas como contusões e olheiras. Para a nutricionista, o ideal é que o espinafre seja consumido cru para que os nutrientes não se percam no cozimento.

Cenoura

Para aqueles que não abrem mão de um bronzeado na estação , o consumo de cenoura é recomendado. A concentração de betacaroteno presente na cenoura contribui para a produção de melanina e age como refletor de raios UVA e UVB, protegendo a pele.

Tomate

Ao citar o tomate, Mônica o descreve como “protetor dos radicais livres”, isso por conta do licopeno. A substância antioxidante é a responsável pela coloração avermelhada da fruta e retarda o aparecimento de rugas e manchas, além de agir como protetor solar natural.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana