conecte-se conosco


Mato Grosso

Sinfra adere à campanha e estima receber 700 quilos de alimento

Publicado

Os servidores da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra-MT) aderiram à campanha “Natal para Todos”, que visa arrecadar alimentos não perecíveis para transformar o final de ano de famílias carentes. No âmbito da Sinfra, o Dia “D” da campanha será na quarta-feira (09.12), às 9h, em evento que contará com a presença da primeira-dama de Mato Grosso, Samira Martins, que coordena o Núcleo de Ações Voluntárias (NAV). Só na Sinfra, a expectativa é arrecadar 700 quilos de alimentos.

Nos postos de coleta localizados nas secretarias, as primeiras doações já foram feitas e a arrecadação continua a todo vapor. Só em Mato Grosso, cerca de 500 mil famílias vivem em situação de extrema pobreza. “Se cada pessoa se solidarizar e se sensibilizar com a campanha, vai perceber que existem muitas pessoas ao lado que necessitam destes alimentos. Por isso contamos com a ajuda de todos os servidores da Sinfra”, conclamou Samira.

Onde doar?

Um carrinho de supermercado foi colocado na entrada do prédio Sinfra e caixas foram posicionadas nas recepções de cada setor. Os servidores podem contribuir espontaneamente com alimentos não perecíveis, como: arroz, feijão, óleo, açúcar e macarrão.

Segundo a Coordenadoria de Gestão de Pessoas, a expectativa é que a pata supere a estimativa de 700 quilos de alimentos. “Acreditamos que os servidores estão sensibilizados com a causa. Por isso nós esperamos uma coleta efetiva de alimentos”, disse a Gerente de Aplicação Desenvolvimento Saúde e Segurança, Soyanne Almeida Santana.

Veja Mais:  Indea informa sobre feriados e ponto facultativo

Famílias que precisam

De acordo com dados levantados pelo NAV, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), 511.311 famílias estão cadastradas no Cadastro Único do Estado. Deste número, 162.811 possuem a renda per capita de R$ 77 a R$ 154.

Ainda conforme o estudo, 125.362 famílias sobrevivem com a renda entre R$ 154,01 a meio salário mínimo, e outras 110.046 contam com a renda acima de meio salário mínimo, que corresponde a R$ 788. “Mais ou menos um terço da população se encontra em situação de vulnerabilidade. E a partir desta campanha de arrecadação de alimentos esperamos mudar para melhor o Natal de cada uma delas”, destacou a primeira-dama. 

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Saúde realiza nesta semana atividade voltada à atenção primária e ambulatorial

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) realizará entre quarta e sexta-feira (21 a 23.11) a Oficina “Mãe” Redes de Atenção à Saúde: Integração entre Atenção Primária e Atenção Ambulatorial Especializada, que ocorrerá na Escola de Saúde Pública, em Cuiabá.

Conforme a coordenadora de Atenção Primária da SES/MT, Regina Paula Oliveira Amorim, a oficina tem como objetivo debater com a sociedade e com profissionais da área da saúde a urgência em mudar o modelo de atenção para atender as necessidades da população, bem como integrar as ações da Atenção Primária à Saúde e Atenção Ambulatorial Especializada e, assim, melhorar os resultados do sistema de atenção à saúde.

Na realização da oficina são utilizadas algumas estratégias pedagógicas para estimular a participação ativa de todos no processo de construção coletiva do conhecimento, tais como trabalhos em grupo, seguidos de compartilhamento das discussões e exposições dialogadas para sistematização das questões em estudo.

De acordo com a organização do evento, o público-alvo é composto de dirigentes e técnicos estaduais e regionais de saúde; gestores municipais que integram o COSEMS; Instituições de ensino e pesquisa/UFMT, representantes do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde/MT; Conselho Estadual de Saúde e representantes sociais.

Esse processo de construção conjunta entre Estado de municípios terá o acompanhamento e apoio do Conass e da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi – SUS).

Veja Mais:  Presidente da Ager palestra em evento de defesa do consumidor

Segundo Regina Amorim, a proposta da Planificação da Atenção à Saúde (PAS) tem o compromisso de apoiar o corpo técnico-gerencial da Secretaria Estadual e Municipais de Saúde na organização dos macroprocessos da atenção primária à saúde (APS) e da Atenção Ambulatorial Especializada (AAE).

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Problemas mecânicos representam 88% dos atendimentos realizados durante feriado na BR-163 pela Rota do Oeste

Publicado

Ao todo, 671 atendimentos foram realizados de 14 a 18 de novembro

Dos 671 atendimentos realizados no trecho sob concessão da BR-163 durante o feriado de Proclamação da República, 591 foram relacionados a problemas mecânicos e 80 casos envolveram atendimentos clínicos ou médicos. Nenhum óbito foi registrado na rodovia. Os dados da Concessionária Rota do Oeste consideram o período de 14 a 18 de novembro e demonstram que 88% dos acionamentos tiveram relação com as panes veiculares.

O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, explica que em 281 situações, os motoristas receberam o auxílio da Concessionária para remoção dos veículos e em outras 310 situações os problemas foram resolvidos ainda na rodovia. “Reforçamos que temos equipes disponíveis 24 horas por dia ao longo de todo o trecho sob concessão para atendimento imediato aos motoristas no que for preciso, mas isso não dispensa os cuidados com a revisão dos veículos antes de seguir viagem. Trata-se de uma medida de segurança”.

Além dos atendimentos por panes mecânicas, as equipes médicas prestaram 59 socorros médicos a viajantes que apresentaram algum tipo de mal-estar na BR-163. Do total, 37 usuários tiveram que ser encaminhados a uma unidade de saúde e o restante se restabeleceu após o atendimento médico, seguindo viagem. Outras 21 pessoas tiveram que ser socorridas por se envolverem em acidentes.

Veja Mais:  Seap ficará indisponível entre 26 de outubro e 5 de novembro

A estrutura operacional da Rota do Oeste conta com 18 bases de atendimento, 18 ambulâncias, sendo cinco delas com UTI móvel, 19 veículos de inspeção de tráfego e 5 caminhões-pipa para combate a incêndios. O Centro de Controle Operacional (CCO) manteve-se em funcionamento 24 horas pelo 0800 065 0163

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo fortalece as ações de combate à corrupção no Estado nos últimos quatro anos

Publicado

Mato Grosso saiu na frente no combate à corrupção e também em ferramentas que fortaleceram a transparência nas ações do Poder Executivo nos últimos quatro anos. Para isso, o Governo do Estado reformulou o Portal Transparência, ampliando as funcionalidades e qualidade das informações, possibilitando ao cidadão um maior controle social dos gastos públicos.

A medida foi realizada pelo Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC), criado na gestão Pero Taques em 2015, para promover ações no combate aos atos ilícitos na administração pública e criar políticas de prevenção à corrupção no Estado.

O portal disponibiliza em tempo real as informações sobre receitas, despesas, pessoal, compras, convênio e transferências, orçamentos e dados dos órgãos e autarquias governamentais.

Também abriga as relações dos Conselhos de Políticas Públicas e do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Prodeic). Desde a implantação da nova plataforma, realizada em 2016, quase 300 mil pessoas acessaram o site.

Ainda no mesmo ano, Mato Grosso foi considerado o terceiro Estado mais transparente da federação, em relação a outros 27 Estados, conforme o Ranking Nacional da Transparência, realizado pelo Ministério Público Federal (MPF).

Para o secretário do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção, Christian Pizzato, a transparência e a promoção da integridade são ações que não apresentam um resultado rápido, mas se continuamente aplicadas permitem um resultado duradouro.

“Um ambiente ético, com pessoas engajadas no combate a pequenos desvios, não permitirá que terceiros, com vocação para corrupção, se sintam estimulados a realizá-la. No caso da transparência, quando demonstrada como são tomadas as decisões, executadas as políticas de aquisição, contratação e definição de prioridades, permite ao cidadão acompanhar a entrada e a saída de recursos, coibindo muitos desvios, tanto de finalidade, como a corrupção propriamente dita”.

Veja Mais:  Aeroporto de Rondonópolis é certificado pela Anac e terá voos de grande porte

Combate à Corrupção

O canal de comunicação digital “Denúncia Agora” foi outra ferramenta criada pelo GTCC para prevenir e combater a corrupção no âmbito do Poder Executivo. De janeiro a outubro deste ano, o canal recebeu 530 denúncias relacionadas a improbidade administrativa ou atos que configurem corrupção. A quantia supera os anos anteriores, quando foram registradas 64 denúncias em 2016 e 157 em 2017.

Algumas denúncias apuradas resultaram na prisão de um lobbysta na Secretaria de Estado de Infraestrutura, na deflagração da operação Zaqueus da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública e na investigação pelo Ministério Público Estado, de indícios de superfaturamento em procedimentos licitatórios da Secretaria de Estado de Saúde.

Pelo canal qualquer pessoa pode enviar denúncias pelo site www.denunciaagora.com.br, ou ainda por ofício, pelo telefone (65) 3613-4558 e pessoalmente no GTCC, localizado na Avenida 1 – Complexo Palácio Paiaguás (Centro Político Administrativo), das 13h às 19h. O denunciante pode manter o anonimato.

Mais avanços

Para evitar a prática de desvios ou irregularidades em contratos de serviços prestados por empresas à administração pública, o Governo do Estado criou a “Cláusula Anticorrupção” assegurando a qualidade dos serviços públicos no Estado.

Pela cláusula empresas, cuja participação em atos de corrupção for devidamente comprovada, terão seus contratos rescindidos. A medida foi publicada no decreto n° 572, alterando o decreto n° 7.217, que regulamenta o processo licitatório em Mato Grosso.

Veja Mais:  Governo vistoria pavimentação no Distrito do Coxipó do Ouro

Outro avanço foi a criação do “Programa Integridade”, que ampliou as ações para criar um ambiente íntegro no Estado, garantindo aos servidores e fornecedores, bem como, ao cidadão a atuação correta dos órgãos públicos.

Além disso, o GTCC ofereceu capacitações com profissionais que trabalham para promover a ética e combater à corrupção no país, como o juiz Sérgio Moro, que participou do Seminário de Ética Pública, realizado em setembro de 2016.

Ao todo, 2.574 servidores participaram de capacitações, promovidas pelo Conselho de Ética Pública do Estado de Mato Grosso (Consep).

O GTCC realizou ainda a Semana de Combate à Corrupção, Programa “Ser Empresa”,  Programa Gasto Público: “É da Minha Conta, Sim”, Programa Jovem Multiplicador: A Nova Geração do Controle Social, além de participou da Caravana da Transformação, ministrando palestras aos estudantes sobre a cidadania, honestidade, ética, moral e respeito às leis a ao próximo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Colunista

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana