conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Smart inicia nova era, com novos carros e apenas motores elétricos

Publicado

Smart arrow-options
Divulgação

A nova linha Smart EQ Pure electric estreia elementos de design e interior inteligente

Carro pioneiro da mobilidade urbana, o Smart, da Daimler, marca da Mercedes-Benz, entra numa nova etapa ao ter toda sua gama de veículos convertida para elétrica. Identificada pela sigla EQ e abandonando definitivamente o motor à combustão, essa nova geração introduz um conceito inovador de compartilhamento de serviços digitais e surge também com visual atualizado.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz apresenta a EQV, sua primeira minivan totalmente elétrica

A mudança dá início a um novo capítulo na história do veículo. “Somos o primeiro fabricante a mudar completa e sistematicamente de motores de combustão para os exclusivamente elétricos”, diz Daniel Lescow, executivo-chefe da Smart .

Os modelos EQ Fortwo (duas portas), EQ Forfour (quatro portas) e EQ Fortwo Cabrio (conversível) serão os primeiros da nova linha. “Para transitar na dia-a-dia ou dar uma escapada no fim-de-semana, os três apresentam um interior de alta tecnologia, estilo personalizável e um impressionante desempenho elétrico”, afirma o executivo.

Smart arrow-options
Divulgação

O Smart EQ fortwo recebeu nova grade de malha, faróis de LED e novo para-choque com aberturas verticais

Eles são alimentados por uma bateria de 17,6 kWh, que garante uma potência de 82 cv e uma autonomia de 140 a 159 km com uma carga conforme o modelo. Faz de 0 a 100 km em 12,7 segundos. Os carros têm carregador inteligente opcional de 22 kW com função rápida que permite a carga de 80 por cento da bateria em 40 minutos.

Veja Mais:  Sandero, Logan e Stepway. Como são estes Renault, com câmbio automático CVT

Design e tecnologias

Smart arrow-options
Divulgação

O novo interior é conectado com um sistema de mídia inteligente e compatível com smartphones de novas gerações

Externamente, a linha de cupês é equipada com uma roda de liga leve de 15 polegadas e 5 raios duplos, pintada de preto com um acabamento de alto brilho e novas cores chamativas. Começando pela frente, os carros apresentam uma nova grade de malha, ladeada por novos faróis de LED. O para-choque foi modificado e contam com aberturas verticais. Na traseira, a mudança fica por conta das novas lanternas com filetes de LED.

LEIA MAIS: Clássicos que viram carros elétricos é a nova tendência

A cabine é ampla de acordo com a proposta do Smart mas há mudanças notáveis. Apresenta três acabamento distintos — laranja e preto, branco e preto e apenas preto.

Existe um sistema de informação e entretenimento com tela de 8 polegadas sensível ao toque que promete uma “integração perfeita” com smartphones. O sistema é interativo e fácil de usar. A navegação aparece em 3D e há compartilhamento de vários serviços ao vivo (por enquanto, disponível somente na Europa).

Smart arrow-options
Divulgação

Em fase de testes, o Smart autônomo está nos planos da Mercedes-Benz no projeto-case da montadora alemã

Fator importante para um carro de pequena dimensão e totalmente elétrico, a segurança é padrão Mercedes-Benz. A bateria elétrica tem uma estrutura robusta que oferece proteção contra deformações e, em caso de colisão, seus elementos de alta tensão são desativados.

Veja Mais:  Tiggo7 mostra que Caoa Chery está pronta para crescer

Nos planos da empresa há ainda um veículo mais avançado, o Smart Vision EQ Fortwo. Trata-se do projeto-case da Mercedes-Benz, que “promete ultrapassar os limites da mobilidade conectada, autônoma, compartilhada e serviços e elétrica”. Um veículo conceitual totalmente autônomo já está em teste na Alemanha.

Uma curiosidade é que, desde 2017, a Prefeitura de São Paulo utiliza dois Smart elétrico no serviço de patrulhamento do Parque do Ibirapuera, principal área de lazer da cidade. Cedido em comodato pela Mercedes-Benz à Guarda Civil Metropolitana, visa ser uma demonstração prévia — a primeira da América Latina — da possibilidade urbana de um modelo totalmente elétrico.

LEIA MAIS: Conheça a Polestar, marca de híbridos e elétricos com o DNA da Volvo

Depois de uma primeira etapa sem grande sucesso no Brasil, a Smart promete agora retornar ao mercado nacional com os modelos elétricos Smart EQ Fortwo e Forfour. Com apenas 3,5 metros, pode ajudar no transporte individual, no trânsito congestionado e no estacionamento em áreas urbanas. A questão é o preço: a partir de 20 mil dólares no exterior.

Comentários Facebook

Carros e Motos

Guardiola já danificou seus carros em R$ 2,5 mi na Inglaterra

Publicado


source

Motor Show

Guardiola arrow-options
Reprodução/Twitter

O treinador espanhol do Manchester City Pep Guardiola que já teria gasto R$ 2,5 mi para reparar sua imperícia ao dirigir

Um dos mais vitoriosos técnicos de futebol da atualidade, o espanhol Pep Guardiola é ruim de volante. E não estamos falando da posição em campo que o consagrou também como jogador. Segundo o jornal britânico The Sun , o atual treinador do Manchester City já gastou o equivalente a R$ 2,5 milhões por ser um péssimo motorista.

+ Bentley oferece livro de R$ 1 milhão para clientes
+ Novo Range Rover Evoque ganha versão flex e mais acessível
+ Fernando Alonso capota na 10ª etapa do Rally Dakar

Gardiola já teria arruinado pelo menos quatro veículos desde que assumiu o comando do time inglês em 2016. As vítimas foram uma Mercedes GLE, uma Range Rover, um Bentley GTX700 e, mais recentemente, um Mini Cooper.

LEIA MAIS: Mini Cooper S Cabrio:  tudo azu. Confira avaliação

Lu Martin e Pol Ballus, autores do livro Pep’s City: The Making Of A Superteam , que conta os primeiros três anos do Manchester City sob o comando de Guardiola, afirmam que a fama de mau motorista vem desde o tempo em que ele comandava o Barcelona.

LEIA MAIS: Será que o novo Range Rover Evoque é capaz de manter o “hype”?

“Ele tem fama de ser ‘braço duro’ desde a época do Barcelona e este é o quarto carro que ele compra desde que chegou a Manchester. Seus retrovisores não duram muito e ele ainda foi capaz de encher de gasolina o tanque de uma Range Rover movida a diesel e dar perda total em um Bentley”.

Veja Mais:  Tiggo7 mostra que Caoa Chery está pronta para crescer
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Novo Peugeot 208 Mercosul roda na Argentina sem disfarce

Publicado


source

Motor Show

Peugeot 208 arrow-options
Reproducão/Argentina Autoblog

Peugeot 208

O protótipo do novo Peugeot 208 Mecosul já pode ser visto rodando pelas ruas argentinas sem quase nenhum disfarce. Novas fotos do hatch, que deve estrear no mercado no segundo semestre, foram publicadas pelo site argentino especializado AutoBlog;

LEIA MAIS: Kia Rio chega ao Brasil em duas versões; veja preços e equipamentos

As imagens foram feitas pelo leitor identificado apenas como AndyLo, que enviou para o site as fotos que mostram detalhes do design externo e interno. O veículo fotografado é muito parecido com a versão 208 Allure que é vendida na Europa.

No inteiror é possível ver algumas diferenças entre o Allure europeu e sul-americano. A versão que foi fotografada na Argentina, a posição do console do câmbio é um pouco diferente. A mudança provavelmente se deve à alavanca do freio de mão, já que naversão europeia, esse controle é eletrônico.

LEIA MAIS: Veja 5 lançamentos inéditos que chegam em 2020

Outra semelhança porém é o conceito do i-Cockpit que já equipa os 208 e os 2008 brasileiros. O novo Peugeot 208 Mecosul será fabricado na linha de montagem instalada em El Palomar, na Argentina.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Veja Mais:  Será o último VW Golf?
Continue lendo

Carros e Motos

Ford Ranger XLT empolga com bom nível de força em baixa rotação

Publicado


source


Fords Ranger XLT arrow-options
Divulgação

Ford Ranger 2020 tem novas cores, grade frontal redesenhada, mudanças no acabamento interno, entre outros itens



Durante a avaliação, em que percorremos mais de 300 km, a característica do desempenho mais marcante da picape foi a força de saída. Faz sentido, se considerarmos o motor parrudo Duratorq 3.2 litros turbo a diesel, de 200 cv e 47,9 kgfm de torque ( na sua faixa de preço, só perde para a Chevrolet S10 em torque).

LEIA MAIS: Mitsubishi L200 Triton HPE-S: mata adentro com a nova versão da picape

O desempenho da Ford Ranger XLT é facilitado pelo câmbio automático de seis velocidades. O sistema é ágil na maioria das trocas, não deixando as acelerações morosas. Mas nem tudo é perfeito. Em algumas situações, o câmbio segura a segunda marcha, forçando um giro elevado do motor. Empurrar a manopla do câmbio para o lado e efetuar a troca manual resolve esse problema. A relação do conjunto garantiu a boa média de consumo de 9,3 km/l.

Atualizado na linha 2020, com novas molas, coxins, ajuste de carga dos amortecedores, reforços estruturais e barra estabilizadora, o sistema de suspensão da da Ranger ficou bem mais manso no rodar da cidade. Em alguns momentos, é claro, por se tratar de um modelo sobre chassi, ela ainda balança um pouco.

Ford Ranger arrow-options
Divulgação

Traseira segue a ideia de robustez que é ponto de partida comum às picapes

Nada fora do esperado para um modelo desse segmento. Também percebemos algumas destracionadas da roda traseira rodando na opção de tração 4×2. Nada longe do esperado para uma picape média . No 4×4, o modelo tem tecnologia de bloqueio do diferencial traseiro.

interior da Ranger arrow-options
Divulgação

Ford Ranger XLT mostra bom isolamento acústico e bom nível de conforto ao dirigir

Vale considerar que em quase todo período de avaliação rodamos sem peso na caçamba, que comporta mais de uma tonelada de carga (1.186 kg) ? só perde para a Volkswagen Amarok nesse quesito. O lado positivo é que a eletrônica sempre está ao nosso favor, atuando com os controles de estabilidade e tração.

Veja Mais:  Assim como a GM, outras fabricantes têm grandes desafios no mercadoautomotivo

A direção elétrica tem boa progressividade e chama atenção pela leveza no giro para as manobras de estacionamento. Tão fácil quanto guiar um subcompacto. Embora o motor grandalhão ressoe alto para quem está do lado de fora, no interior, o silêncio impera. Trabalho louvável da engenharia com o isolamento acústico.

LEIA MAIS: Chevrolet S10 ou Toyota Hilux: Qual das picapes desvaloriza mais?

Na ponta do lápis, a Ford Ranger XLT entrega a melhor lista de equipamentos na sua faixa de preço, desempenho animador, que só fica atrás da Chevrolet S10, e capacidade de carga acima da média. Se considerarmos isso, os R$ 178 mil estão bem pagos.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana