conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Suspeito é preso por tráfico em oficina mecânica, próxima a escola no CPA 3

Publicado


Assessoria/PJC-MT

Equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) prenderam em flagrante nesta sexta-feira (14.02) um suspeito por tráfico de drogas na região da Grande Morada da Serra, na Capital.

Em cumprimento a um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Especializada de Delitos de Tóxico de Cuiabá, equipes da DRE foram até uma casa no bairro CPA 3, onde nos fundos da residência funciona uma oficina mecânica que serve de ponto de venda de entorpecentes, local já investigado anteriormente pela delegacia.

No local, os policiais apreenderam rolos de filme plástico, utilizado para embalar entorpecentes e uma porção de substância análoga à maconha. O suspeito que estava na oficina foi detido em flagrante.

Em ocasião anterior, na mesma residência, os policiais prenderam, por força de mandado judicial, duas pessoas suspeitas por tráfico de drogas qu posteriormente, foram libertadas e voltaram a praticar o mesmo delito. Uma delas é a mesma detida mais uma vez, nesta sexta-feira.

O ponto de venda de drogas está próximo a uma escola estadual do bairro. O suspeito detido foi autuado em flagrante na DRE, por tráfico e associação para o tráfico. De acordo com o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a pena nesta situação pode ter aumento em função do tráfico ocorrer perto de unidade escolar.

 

Veja Mais:  Foragido de Mato Grosso tem prisão cumprida após ser localizado em Santa Catarina

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil prende autor de feminicídio com ocultação de cadáver

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Um crime de feminicídio ocorrido em General Carneiro (442 km a leste de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil e o autor preso nesta terça-feira (18.02), em ação para cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça.

O crime ocorreu no Distrito de Paredão Grande, zona rural de General Carneiro, no final do mês de janeiro deste ano. Além da ordem judicial de prisão preventiva cumprida, o suspeito também foi autuado em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver.

As diligências iniciaram após comunicação do desaparecimento de Simone Ferreira, 40 anos, no dia 31 de janeiro deste ano. A partir dessa data, a vítima não foi mais vista pelos familiares e conhecidos.

Indagado sobre a esposa, o homem de 38 anos informou que teve um desentendimento entre os dois e a mulher havia resolvido ir embora de casa. Ele dizia ainda que não saberia para onde a companheira foi, ou com quem poderia estar.

Durante as investigações foram colhidas provas e evidências indicando o marido como principal suspeito do suposto desaparecimento. Em um dos depoimentos prestados à Polícia Civil, o companheiro da mulher acabou assumindo o crime.

O suspeito contou que ocorreu uma discussão conjugal no dia 31 de janeiro e a vítima bateu com a cabeça contra a parede. Quando percebeu que ela estava sem pulso, o autor enterrou o corpo de Simone no quintal da casa onde moravam.

Veja Mais:  PRF realiza o último leilão de veículos de 2019

Conforme o delegado de General Carneiro, Nelder Pereira Martins, o suspeito confessou o crime na terça-feira (18) e teve a prisão preventiva cumprida pelo feminicídio cometido por motivo fútil e emprego de meio cruel. “O preso foi autuado em flagrante pela ocultação de cadáver, delito tratado como permanente”, destacou o delegado. 

Após interrogatório, a equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada e o corpo da vítima localizado em estado de putrefação no local indicado pelo suspeito.

O material foi encaminhado a exame de necrópsia para constatação da causa da morte.

O autor foi conduzido para audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.
 

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Sociedade se mobiliza para angariar recursos e construir nova delegacia

Publicado


Assessoria/PJC-MT

A sociedade de Campo Verde está mobilizada junto com a Polícia Judiciária Civil do município em busca de recursos para a construção da nova delegacia da cidade. Nesta semana, o 2º Grito de Carnaval promovido na cidade terá a renda revertida para erguer o novo prédio.

O assessor institucional da PJC, delegado Joaquim Leitão, representando a diretoria, participou nesta semana no município junto com os membros da comissão responsável pela construção da nova delegacia de mobilização para convidar a sociedade ao evento.

“É muito satisfatório ver o envolvimento da sociedade, das instituições do município em colaborar com o Estado para que a nova unidade policial seja uma realidade, a exemplo do que já vem sendo realizado no município de São José do Rio Claro”, destaca o assessor jurídico.

Em dezembro, a Secretaria de Segurança Pública recebeu da Prefeitura de Campo Verde o documento com a titularidade do terreno onde será construída a delegacia. Em localização central, a área tem cerca de 3.000 m². O projeto de engenharia da unidade policial, que terá 719 metros quadrados foi desenvolvido pela Gerência de Obras, da Diretoria de Execução Estratégica da Polícia Civil. O imóvel terá seis salas para cartórios, três gabinetes para delegados, duas salas da mulher, duas salas para os investigadores, quatro celas e demais dependências administrativas. O recurso destinado à construção será coordenado pelo Conselho Municipal de Segurança Pública.

Veja Mais:  Ação voluntária realiza reforma em Delegacia de Terra Nova do Norte

O delegado-geral, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, lembrou que a Polícia Civil passa a migrar para tecnologia, e desta forma a cidade terá um espaço adequado para atender as necessidades tanto dos servidores, quanto da população. “A  sociedade campo verdense está de parabéns, uma vez que está trabalhando de forma coerente promovendo condições para que a Instituição tenha mas qualidade em seu trabalho e oferte um  produto muito melhor ao Judiciário e Ministério Público”, destacou.

O delegado-geral destaca ainda que o engajamento da sociedade vai ao encontro do que a gestão tem buscado, ou seja, parcerias com outros órgãos, instituições e população visando solução conjunta a como a modernização da delegacia de Campo Verde.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Celulares roubados são recuperados pela Polícia Civil

Publicado


Assessoria/PJC-MT

Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos Municipal de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá) conseguiram recuperar cinco celulares roubados e furtados de moradores da cidade. As ocorrências foram registradas em duas ocasiões diferentes.

Em uma das ocorrências, a vítima estava em sua residência quando foi abordada por dois suspeitos armados, que renderam as pessoas na casa e fugiram levando quatro aparelhos celulares e a moto de uma das vítimas. Na saída da residência, os criminosos ainda efetuaram um disparo de arma de fogo para intimidar os moradores.

Com as informações coletadas, investigadores realizaram diligências e conseguiram recuperar em uma residência, no bairro Jardim Planalto, os celulares roubados. Após procedimentos na delegacia, os aparelhos foram devolvidos às vítimas.

As investigações continuam para identificar e localizar os suspeitos.

Em outra ocorrência registrada pela Polícia Civil, uma vítima teve seu aparelho de celular furtado por uma mulher, no setor Vila Nova, em Confresa, no dia seis de fevereiro. Durante as investigações, os policiais civis conseguiram apurar que o aparelho foi deixado pela suspeita como pagamento de dívida em um bar, nas proximidades do local onde ocorreu o furto. O aparelho foi restituído à vítima.

A mulher suspeita do furto foi detida e encaminhada à delegacia.

Fonte: PJC MT

Veja Mais:  Três pessoas são presas tentando entrar com celulares escondidos em TV e sanduicheira na 'Mata Grande'

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana