conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Teatro para bebês é atração do Sesc neste final de semana em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Sucesso junto ao público infantil, o espetáculo Achadouros – Teatro para bebês, concebido especialmente para crianças de 6 meses a 3 anos de idade, circulará nas cidades de Primavera do Leste, Alta Floresta e Rondonópolis no estado do Mato Grosso. Serão doze apresentações gratuitas entre os meses de maio e junho de 2019, com patrocínio da Petrobrás Distribuidora S.A.

Sob a direção de José Regino, o espetáculo traz para a cena as atrizes Caísa Tibúrcio e Nara Faria, que convidam o público a se aventurar com elas em seu “quintal imaginário”. Num pequeno cercado de madeira, envoltas em mais de 4 mil sacolas plásticas que compõem o cenário, as atrizes conduzem os espectadores a uma arqueologia das memórias da infância e apresentam a cada um a possibilidade de escrever sua própria história. Por meio de encenação poético-teatral e da exploração da linguagem não verbal, a peça propõe uma reflexão sobre a chegada do ser humano ao mundo e sobre sua capacidade transformadora e criativa.

Livremente inspirado no livro Memórias inventadas – para crianças, do renomado poeta Manoel de Barros, Achadouros – Teatro para bebês é resultado de um trabalho autoral desenvolvido em Brasília, em agosto de 2015, num processo de criação colaborativa entre Regino, Caísa e Nara. Em cena, as descobertas acontecem dentro de um universo que é a própria metáfora da vida, com o nascimento, encontros e frustrações. Ao mesmo tempo, a dramaturgia traz à tona o mundo invisível e mágico, que extrapola a consciência cotidiana e ingressa no campo das sensações e emoções comuns à humanidade.

Veja Mais:  Projeto do executivo sobre edificações irregulares é aprovado

Durante o processo de criação, os idealizadores estudaram e mergulharam no universo infantil em visitas a uma creche. O resultado desse aprendizado foi essencial para a montagem. “A primeira infância é um lugar onde o jogo poético surge de brincadeira. Nela, encontramos fecundo material para o ‘fazer artístico’, pois, nessa fase, o espanto com as coisas ‘óbvias’ da vida é evidente. As crianças estão em ‘estado de poesia’, a linguagem e o corpo estão ainda brincando na sua formação”, afirma José Regino. O diretor traz, em sua bagagem, a experiência de outros projetos teatrais para crianças da primeira infância e bebês, como Panapanã e Alma de Peixe.

Desde a sua estreia em Brasília, em agosto de 2015, a peça integrou a programação de diversos festivais brasileiros e encenou em teatros e creches do Distrito Federal e outros estados, como São Paulo, Paraná, Goiás, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso e Pernambuco. Foi contemplado com o Prêmio SESC do Teatro Candango 2015 como Melhor Espetáculo Infantil, além de ter recebido Menção Honrosa do 4º Prêmio CBTIJ de Teatro para Infância 2017.

Em cada sessão do espetáculo haverá uma ação de formação de plateia com o público presente, desde a entrada, apreciação do espetáculo e bate-papo com a equipe no final. Além das apresentações o projeto oferecerá, em cada cidade, a oficina Desmontagem artística ministrada pelo diretor José Regino, com o objetivo de abordar os princípios e condutas utilizados para a construção teatral dirigida à primeira infância, tendo como referência básica o processo de montagem do espetáculo. O projeto ainda prevê um intercâmbio cultural com um grupo local de cada cidade: Teatro Faces de Primavera do Leste, Teatro Experimental de Alta Floresta e Cia Art’Arteiros de Rondonópolis. Todas as atividades serão gratuitas graças ao Programa Petrobras Distribuidora de Cultura.

Veja Mais:  TRE aprova contas do deputado eleito Thiago Silva

O Programa Petrobras Distribuidora de Cultura é uma seleção pública que  tem como  objetivo  contemplar  projetos  de  circulação  de  espetáculos  teatrais  não  inéditos, em  parceria do Ministério da Cultura. No último edital foram investidos 15 milhões de reais. Ao todo, foram escolhidos 57 espetáculos, representantes de todas as regiões do país, com apresentações em todos os estados.

Toda apresentação disponibilizará equipamentos e profissional de tradução simultânea em audiodescrição para 10 deficientes visuais. O trabalho de audiodescrição transforma imagens em palavras, possibilitando que cenários, figurinos, personagens e ações sejam conhecidos pelas pessoas com deficiência visual.

Ficha técnica:

Elenco: Caísa Tibúrcio e Nara Faria

Direção e Figurino: José Regino

Dramaturgia: Criação coletiva

Criação musical: Caísa Tibúrcio e Nara Faria

Cenografia: Chico Sassi

Iluminação: Marcelo Augusto

Produção Executiva: Pedro Caroca

Produção local: Ana Dorst, Ronaldo Adriano e Marcos Leque

Audiodescrição: Clarissa Barros

Designer gráfico: Jana Ferreira

Fotografia: Diego Bresani e Débora Amorim

Registro Videográfico e Edição: Fabiano Morari – Cachecol Filmes

Patrocínio: Petrobrás Distribuidora S.A.

Rondonópolis

Espetáculo Achadouros – Teatro para bebês

21, 22 e 23 de junho de 2019

Sexta às 19h, sábado às 15h e 19h e domingo às 15h

Oficina Desmontagem artística

22 de junho de 2019

Sábado das 08h às 12h

Sesc Rondonópolis

Entrada franca

Comentários Facebook

Rondonópolis

Vilmar Pimentel é cotado para assumir a Coder

Publicado

Foto: Assessoria

O vereador Vilmar Pimentel (SD), é cotado para assumir a presidência da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (CODER).

Pimentel tem sido mencionado como possível substituto da ex-presidente Nivea Calzolari que deixou a companhia na ultima sexta-feira (11).

Segundas informações dos bastidores políticos, cogitaram o nome de Pimentel para assumir a Coder, pois é bem visto e tem bom relacionamento com os servidores da companhia, pois no legislativo municipal é um ferrenho defensor das causas trabalhista dos colaboradores da pasta.

De acordo com a assessoria do vereador, até o momento Pimentel não recebeu nenhum convite oficial, mas se surgir, Vilmar deverá avaliar com sua assessoria.

O convite por parte do executivo deve ser feito ao edil na próxima segunda-feira (14).

Comentários Facebook
Veja Mais:  Projeto do executivo sobre edificações irregulares é aprovado
Continue lendo

Rondonópolis

Câmara é intimida a exonerar cargos comissionados

Publicado

O Juiz da 2ª Vara de Fazenda Pública de Rondonópolis, Márcio Rogério Martins, intimou o município na pessoa do Prefeito José Carlos do Pátio, no prazo de 30 dias, a proceder com o levantamento dos cargos comissionados da Câmara de Vereadores, cujo as funções não preencham os requisitos constitucionais, exonerando todos os servidores ocupantes destes e, sendo o cargo indispensável ao funcionamento do órgão legislativo, passe a provê-lo por meio de concurso público, ficando proibidas novas nomeações para tais cargos por meio comissionado.

Também definiu que adotando as providências e medidas necessárias, ao final do prazo de 180 dias, haja proporcionalidade entre o número geral de servidores comissionados e efetivos em atividade ficando a critério do Presidente da Casa de Leis escolher a melhor forma de equalizar os números conforme posto na fundamentação da decisão em questão. O documento trás que o descumprimento das determinações acarretará em multa processual de R$ 5 mil/dia chegando a R$ 50 mil em desfavor do município e do Presidente da Câmara.

O juiz alega no documento que poderá ser adotada medida mais drástica ao cumprimento da decisão em caso de ineficácia da multa aplicada, sem prejuízo ainda de responderem os responsáveis pelo descumprimento desta por ações cíveis e criminais em razão de sua inércia. Quanto às gestantes e mulheres em período de estabilidade gestacional, a exoneração só será instituída após este prazo.

Veja Mais:  Prefeito participa de solenidade em homenagem ao Dia Nacional dos Surdos

Tanto o município de Rondonópolis, ora representado pelo prefeito José Carlos do Pátio, quanto o presidente da Câmara, Claudio Antônio de Carvalho, o Claudio da Farmácia, terão o prazo de 30 dias para recorrer da decisão. Veja na integra processo Câmara

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Projetos da Unemat e Feciti são apresentados para alunos da Escola Daniel Martins Moura

Publicado

Foto: Assessoria

Esta quinta-feira (10) foi dia dos alunos do ensino médio da Escola Estadual Daniel Martins Moura conhecerem o projeto arquitetônico da sede da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) elaborado pela Prefeitura de Rondonópolis. O prefeito Zé Carlos do Pátio acompanhado de alguns secretários municipais falou também sobre a Feira de Ciência Tecnologia e Inovação de Rondonópolis (Feciti).

Às vésperas de decidirem qual curso superior vão fazer os estudantes conheceram o projeto desenvolvido pelo município para a construção da sede da Unemat em Rondonópolis. Projetada para atender cerca de 1.800 alunos, a universidade pública oferece atualmente três cursos de graduação e tem capacidade e área livre para expansão.

A Prefeitura tem feito ações para fortalecer o setor da educação e a tendência é que a cidade se transforme em polo educacional. Convênios com o Senai, investimentos de melhoria na estrutura da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR) e o custeio da Unemat em Rondonópolis abrem novas possibilidades para os futuros profissionais.

Os alunos da Escola Estadual Daniel Martins Moura conheceram também a Feira de Ciência Tecnologia e Inovação de Rondonópolis (Feciti). Com inscrições abertas para apresentar projetos e ideias inovadoras, a Feciti incentiva e premia os melhores trabalhos desenvolvidos por estudantes de todas as fases e níveis de graduação, profissionais e inventores autônomos.

Esse ano a Feciti chega na sua quarta edição e acontece entre os dias 21 e 22 de outubro na feira da Vila Aurora. As inscrições dos projetos se encerram no próximo sábado (12). Interessados podem participar acessando o site feciti.rondonopolis.mt.gov.br.

Veja Mais:  Projeto do executivo sobre edificações irregulares é aprovado

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana