conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Tecnologia

TIM é multada em R$ 1,5 milhão por propaganda enganosa

Publicado

source

Olhar Digital

TIM arrow-options
Divulgação/TIM
TIM terá que pagar multa por propaganda enganosa.


A TIM deverá pagar uma multa por publicidade enganosa relacionada a um caso aberto desde 2012. A empresa teve um recurso negado pelo Supremo Tribunal Federal , e agora deverá arcar com os custos da condenação em caráter final. A empresa foi julgada culpada de prometer internet 3G ilimitada em planos que, tinham, sim, uma franquia limitada.

A ação reclamava especificamente das peças publicitárias que mencionavam os planos “ TIM Ilimitado ” e “ TIM Liberty ”. O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) havia definido em segunda instância que o uso dos termos “ilimitado” e “liberty” reforçavam a ideia de navegação sem restrições, quando, na verdade, a velocidade da internet móvel era severamente reduzida ao atingir uma determinada franquia.

Leia também: Anatel aplica multas de R$ 30 milhões à A. Telecom e de R$ 18 milhões à Oi

Com o recurso rejeitado no STF, a TIM deverá pagar uma multa por dano moral coletivo de R$ 1 milhão, definida em 2016. Os ministros do STF também definiram uma multa de 5% do valor da causa, de R$ 500 mil. O total de R$ 1,5 milhão será revertido para o Fundo de Defesa do Consumidor do Distrito Federal.

A Justiça também determinou que os consumidores que precisaram pagar valores extras pela redução de velocidade de internet ou que tiveram que pagar multas por questão de rescisão contratual devido à qualidade do serviço terão direito ao ressarcimento.

Veja Mais:  Boatos sobre o novo iPhone: aparelho pode ter dupla conexão Bluetooth para áudio

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook

Tecnologia

Produto de US$3 promete ‘transformar’ um iPhone antigo em iPhone 11 Pro

Publicado

source

Olhar Digital

adesivo arrow-options
Divulgação
Adesivo faz qualquer iPhone parecer novo


Para quem não deseja desembolsar um bom dinheiro na compra de um iPhone 11 Pro , mas quer impressionar naquelas selfies em frente ao espelho, os vendedores do AliExpress têm a solução perfeita. Um produto oferecido por uma loja chinesa promete transformar qualquer iPhone X, XS e XS Max em um iPhone 11 Pro  – ou quase isso.

Leia também: Linha iPhone 11 chega ao Brasil com preços menores que no ano passado; confira

A ideia pode parecer estranha, mas o produto não oferece qualquer modificação na carcaça (pelo menos não permanente), e nem no hardware . O que está sendo vendido nada mais é do que um adesivo , para ser colado na câmera dos aparelhos, e que o deixa com a aparência idêntica a do novo dispositivo da Apple .

Pelas imagens de divulgação, o item ainda simula a elevação da câmera dos novos iPhone  para dar mais veracidade à ideia. Obviamente, não há nenhum impacto no desempenho das câmeras dos aparelhos.

Leia também: O iPhone 11 vale a pena? Confira os detalhes dos lançamentos da Apple

É difícil dizer a durabilidade do adesivo , e nem se ele pode sobreviver a respingos e outras intempéries, mas é bem curioso saber de que ele existe e, até o momento, já conta com mais de 330 unidades vendidas.

Veja Mais:  Quais problemas o uso de cada acessório de celular falso pode causar?

Infelizmente, o adesivo, que custa pouco mais de US$ 3 (aproximadamente R$ 12), não é enviado para o Brasil, por esse motivo, os brasileiros não podem ter um iPhone 11 Pro gastando pouco. Que pena.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Huawei promete smartwatch para quem nadar no Rio Tâmisa

Publicado

source

Olhar Digital

smartwatch arrow-options
Reprodução
Modelo do smartwatch da Huawei que está no promoção da fabricante

A Huawei criou uma forma interessante de promover seu novo smartwatch, o Huawei Watch GT2, em Londres: neste sábado (19), das 12h às 16h (horário local), pessoas poderão entrar em uma fila para receber o relógio grátis . Isso se estiverem dispostas a dar umas braçadas no Rio Tâmisa. As informações são do site Android Authority .

A empresa irá montar um quiosque ‘dive-thru’ localizado a alguns metros da margem do rio. Tudo o que os interessados terão de fazer é nadar até lá para pegar o relógio que, claro, é à prova d’água. A ação estará disponível para um número limitado , e não divulgado, de pessoas.

O Tâmisa é o maior rio na Inglaterra, e corta a cidade de Londres. Em 1858 ele era tão poluído que causou um episódio conhecido como o grande fedor”, quando uma seca combinada a temperaturas anormais fez a água baixar, expondo um grande quantidade de matéria orgânica (como esgoto) nas margens e espalhando pela cidade um mal-odor que se estendia por quilômetros.

Desde então esforços pra tratamento de esgoto e despoluição recuperaram muito do rio, e hoje é possível remar ou pescar nele. Mas ainda assim 55 mil toneladas de esgoto não tratado são despejadas nele anualmente. E aí, ainda quer dar umas braçadas?

Veja Mais:  Quais problemas o uso de cada acessório de celular falso pode causar?

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Mais que a tela: celular com toda a superfície sensível ao toque é desenvolvido

Publicado

source

Olhar Digital

celular arrow-options
shutterstock
Startup desenvolve celular todo sensível ao toque


Celulares que utilizam a tecnologia Touchscreen já não são novidade. Mas em vez de disponibilizar o recurso em uma parte determinada do dispositivo, a startup Sentons planeja construir um telefone com toda a superfície sensível ao toque humano

A empresa na verdade já possui um telefone com a tecnologia: o Asus ROG Phone II , específico para jogos. Ele possui “gatilhos de ar” na parte superior, que são zonas de toque sensíveis à pressão. Os hápticos vibrantes dão feedback quando pressionados. Assim, em um jogo de tiro, por exemplo, as zonas de gatilho são tão úteis quanto os botões analógicos. 

Leia também: Touch Screen: conheça diferentes métodos para deixar sua tela brilhando

No entanto, a Sentons pretende expandir a tecnologia para além dos games , pois, de acordo com a startup , ela pode funcionar em qualquer superfície ou forma e utilizando uma variedade ampla de materiais, como metal, couro e até madeira. A sensibilidade à pressão pode variar de 5 gramas para 5 quilos. 

A tecnologia utiliza transdutores que funcionam sob o corpo de um telefone ou outro dispositivo . Os pings ultrassônicos formam um mapa da superfície do dispositivo e podem detectar pressão, toque e começar a entender contextos de uso, como por exemplo se a pessoa está segurando o telefone ou não. Existe a possibilidade dela ser integrada em roupas inteligentes , semelhante ao que o Jacquard do Google faz.

Veja Mais:  Seguindo os passos do Instagram, Facebook pode parar de exibir likes na rede

Leia também: Você olha o seu celular mais de 200 vezes por dia, entenda porquê isso acontece

A novidade está prevista para ser implantada em alguns celulares até o final do ano. Ela também é à prova d’água , por isso pode ser fundamental para substituir botões em câmeras subaquáticas ou relógios de mergulho. Até mesmo o contato com luvas parece não ser um problema. No entanto, Jess Lee, CEO da Sentons, afirmou que uma das maiores dificuldades vai ser trabalhar com gel.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana