conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

UEFA avança na investigação e City pode ser excluído da Champions

Publicado


Guardiola ajoelhado
Reprodução

UEFA avança na investigação sobre fair play financeiro e Manchester City pode ficar de fora da próxima edição da Champions.

A UEFA comunicou nesta quinta-feira (16) que o Comitê de Controle Financeiro encaminhou a investigação sobre possível violação do fair play financeiro  cometida pelo Manchester City para a Câmara de Resolução. Caso a infração seja confirmada, o clube inglês será punido e pode ser excluído da próxima edição da Champions. 

Leia também: Manchester City pode perder Champions por irregularidades financeiras

Em nota, a UEFA não deu grandes detalhes, mas confirmou o motivo da investigação. Segundo a publicação, o  City teria fraudado declarações de valores dos contratos de patrocínio. Documentos que estão sendo utilizados seriam os mesmos vazados pelo Football Leaks no final de 2018. 

Em nota, oclube disse estar desapontado, mas não surpreso. Os Citizens também afirmam que o processo é “insatisfatório, reduzido e hóstil”. Confira a nota abaixo: 

“O Manchester City está inteiramente confiante em um resultado positivo quando o assunto é considerado por um órgão judicial independente. A acusação de irregularidades financeiras continua a ser totalmente falsa e a CFCB IC ignora um conjunto abrangente de provas irrefutáveis fornecidas pelo Manchester City FC à câmara. A decisão contém erros, interpretações erradas e confusões resultantes fundamentalmente de uma falta básica do devido processo”

A regra do  fair play financeiro foi criada pela UEFA com o intuito de melhorar a saúde financeira dos clubes, proibindo as equipes de gastarem mais do que arrecadam. Com a falsificação dos documentos, o City estaria violando a regra. Isso pode levar a equipe a ser excluída da próxima edição da Champions .

Veja Mais:  Modric fala da relação com Cristiano Ronaldo e afirma: “Nunca jogarei com Messi”

Visualizar esta foto no Instagram.

Still feels just as good 😍🏆 #mancity

Uma publicação compartilhada por Manchester City (@mancity) em 14 de Mai, 2019 às 3:11 PDT

Leia também: Manchester City nega acusações que poderiam tirar time da Champions League

Porém, caso seja punido, o  City só deverá cumprir a punição na próxima Champions, na temporada 2020-21. Isso porque, caso o clube seja condenado, ele tem direito de recorrer à Corte Arbitral do Esporte. Logo, uma punição para a edição 2019-20 deve ser improvável. 

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

Pedrinho marca no começo e Corinthians impõe primeira derrota ao São Paulo

Publicado

Lance


Pedrinho marcou o gol da vitória do Corinthians no clássico contra o São Paulo
Marcelo Machado de Melo/Fotoarena/Agência O Globo

Pedrinho marcou o gol da vitória do Corinthians no clássico contra o São Paulo

Rotina mantida. Assim pode ser definida mais uma vitória do Corinthians sobre o São Paulo na Arena, em Itaquera. Neste domingo, com gol de Pedrinho, o Timão fez 1 a 0 no Tricolor, que segue sem vencer na casa do rival. Assim, o Corinthians chegou a três vitórias seguidas – duas pelo Brasileiro e uma pela Sul-Americana. Já o Tricolor completou o terceiro jogo seguido sem vitórias – um empate e duas derrotas. Primeira derrota no Brasileirão .

Na próxima rodada do Brasileiro, no domingo, o São Paulo recebe o Cruzeiro no Pacaembu. Antes disso, na quarta, visita o Bahia precisando de uma vitória para se manter na Copa do Brasil. O Corinthians volta a campo na quinta, pela Sul-Americana, contra o Deportivo Lara, na Venezuela. A partida do Timão pela sétima rodada do Brasileirão, contra o Goiás, ainda não tem data definida. 

Pedrinho confirma boa fase 

O começo do jogo deixou a impressão de que seria fácil para o Corinthians. Logo aos 6 minutos do primeiro tempo, o Timão abriu o placar na Arena. Fagner tentou um cruzamento para Vagner Love, mas a zaga afastou. No rebote, a bola voltou para o lateral-direito, que passou para Pedrinho, na entrada da área. O meia-atacante finalizou, a bola desviou em Arboleda e enganou Volpi. Foi o segundo gol de Pedrinho nos últimos três jogos – ele também marcou contra o Athletico Paranaense, pelo Brasileiro. 

Veja Mais:  Qual o segredo do sucesso de Cristiano Ronaldo? Allegri responde

Muita disputa, pouco futebol 

Com o placar aberto, o Corinthians deixou a posse de bola com o São Paulo. Mas a equipe tricolor teve muita dificuldade em criar jogadas ofensivas – tanto pela boa marcação do Timão como pela falta de criatividade da própria equipe. O time do técnico Cuca até conseguia chegar perto da área trocando passes, mas não levava perigo ao goleiro Cássio. Enquanto isso, o Timão também não conseguia ser efetivo ao recuperar as bolas. 

Aos 23 minutos, o São Paulo chegou a marcar um gol, mas foi acertadamente anulado por impedimento de Arboleda, que finalizou para o gol após rebote de Cássio em uma cobrança de falta bem batida por Reinaldo. Depois, o Tricolor só voltou a assustar aos 38, numa cabeçada de Bruno Alves que passou perto da meta corintiana. 

Já o Timão só voltou a ter uma chance clara de gol aos 43, após boa troca de passes entre Pedrinho e Fagner. O lateral-direito recebeu na frente e cruzou para a entrada da área. Júnior Urso pegou forte, de primeira, mas no meio do gol, e Volpi fez a defesa. 

Pato vaiado 

Sem muitas boas lembranças da passagem de Pato pelo Corinthians, os torcedores do Timão vaiavam o atacante do São Paulo sempre que ele pegava na bola. Numa dividida de bola na segunda etapa, entre Pedrinho e Pato, o jogador do time da casa levou a melhor, com direito a drible sobre o Pato depois, e a torcida comemorou quase como se fosse um gol. 

Veja Mais:  Cristiano Ronaldo será reserva em alguns jogos, afirma treinador da Juventus

Nada mudou 

O panorama do segundo tempo foi muito parecido com o primeiro. Mesmo com as mexidas de Cuca, o São Paulo não conseguiu ser mais objetivo. Trocava passes perto da área do Corinthians, mas não conseguia infiltrar. A melhor chance do Tricolor só aconteceu aos 40, num chute forte de fora da área de Helinho, que passou perto do gol de Cássio. Enquanto isso, o time de Carille seguia apostando nos contra-ataques, principalmente com Love, Pedrinho e Fagner. Num desses lances, nos acréscimos, Gustagol perdeu um gol cara a cara com Volpi. 

Confusão no final 

No fim da partida, Sornoza segurou Hernanes no meio e o juíz marcou a falta. Com o jogo já parado, o braço do são-paulino atingiu peito do equatoriano, que caiu no chão. O juiz Flávio Rodrigues de Souza mostrou o cartão vermelho para Hernanes, o que gerou muita reclamação dos jogadores do Tricolor. Mas, após consulta ao VAR, o árbitro retirou o cartão vermelho e mostrou apenas o amarelo. 

FICHA TÉCNICA 
CORINTHIANS 1 x 0 SÃO PAULO 

Data/Hora : 26/05/2019, às 19h. 
Local : Arena Corinthians, em São Paulo (SP) 
Árbitro : Flávio Rodrigues de Souza (SP) 
Assistentes : Marcelo Van Gasse e Daniel Luis Marques (ambos de SP) 
Quarto Árbitro : Ilbert Estevam da Silva (SP) 
VAR : Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP) 
Assistentes do VAR : Vinicius Furlan e Alex Ang Ribeiro (ambos de SP) 
Público/Renda : 39.378 pagantes e 39.670 presentes/R$ 1.916.228,30 
Gramado : Bom 
Cartões amarelos : Júnior Urso, Danilo Avelar e Sornoza (COR), Antony, Igor Vinícius, Igor Gomes e Hernanes (SAO) 
Cartão vermelho : – 

Veja Mais:  Corinthians joga bem, vence o Colo-Colo, mas é eliminado da Copa Libertadores

GOLS : Pedrinho, 6’/1ºT (1-0) 

CORINTHIANS 
​Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso e Sornoza; Pedrinho (Mateus Vital, 27’/2ºT), Vagner Love (Gustagol, 36’/2ºT) e Clayson (Ramiro, 41’/2º). Técnico : Fábio Carille 

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Igor Vinícius (Igor Gomes, 24’/2ºT), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê e Vitor Bueno (Helinho, 34’/2ºT); Antony, Everton (Hernanes, 13’/2ºT) e Pato. Técnico : Cuca

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

No duelo Ceni x Luxa, tudo igual! Fortaleza busca empate com o Vasco no fim

Publicado


Rogério Ceni e Vanderlei Luxemburgo no duelo entre Fortaleza e Vasco
Ronaldo Oliveira/Photo Premium/Agencia O Globo

Rogério Ceni e Vanderlei Luxemburgo no duelo entre Fortaleza e Vasco

O Vasco segue a sua Via Crucis particular neste começo de Campeonato Brasileiro . Na noite deste domingo, na Arena Castelão, o time até saiu na frente do Fortaleza , mas, assim como aconteceu contra o Avaí na rodada passada, levou o empate com um gol já no fim do jogo: 1 a 1. Yago Pikachu, de pênalti, e Romarinho, ambos no segundo tempo, marcaram.

O jogo marcou o encontro do experiente Vanderlei Luxenburgo, do Vasco , contra o ainda iniciante Rogério Ceni, do Fortaleza.

Agora com três pontos em seis rodadas, a equipe cruzmaltina segue ‘segurando’ a lanterna. O próximo compromisso será diante do Botafogo, no domingo, às 11h, no Estádio Nilton Santos.

Muito concentrado e cheio de disposição, o Vasco mudou de postura com relação às apresentações anteriores. Adiantou a sua marcação no meio e abusou da velocidade de Rossi pelos dois lados do campo. Sem um atacante de referência — Maxi López pediu para deixar o clube na sexta passada —, o time sentiu falta do centroavante.

O volante Lucas Mineiro, duas vezes seguidas, perdeu oportunidades para abrir o marcador, numa delas depois de arrancar sozinho do meio-campo.


Fortaleza x Vasco no Castelão%2C pela sexta rodada do Brasileirão
LC Moreira / FramePhoto / Agência O Globo

Fortaleza x Vasco no Castelão, pela sexta rodada do Brasileirão

Na etapa complementar, os donos da casa saíram mais para o jogo, o que causou problemas para o setor defensivo do Vasco. O travessão e o zagueiro Ricardo Graça evitaram o pior no começo do segundo tempo. Só que aos 23 minutos veio o lance determinante: Rossi foi lançado em velocidade, tirou do goleiro Felipe Alves e acabou derrubado. Pênalti, que, aos 25, Yago Pikachu não vacilou: 1 a 0.

Veja Mais:  Lutadora sofre descarga elétrica com seu iPhone no banho e acaba morrendo

Mas, como a vida do  Vasco não anda nada fácil, aos 43 Romarinho recebeu de Osvaldo na meia-lua, ajeitou e acertou o canto direito do gol de Sidão.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Chapecoense surpreende o Cruzeiro em Minas e vence a primeira no Brasileirão

Publicado

Lance


Cruzeiro e Chapecoense duelaram pela sexta rodada do Brasileirão%2C em Belo Horizonte
Rodrigo Coelho/DiaEsportivo/Agência O Globo

Cruzeiro e Chapecoense duelaram pela sexta rodada do Brasileirão, em Belo Horizonte

O Cruzeiro perdeu mais uma no Campeonato Brasileiro , desta vez para a Chapecoense, por 2 a 1, gols de Rildo e Diego Torres, com Thiago Neves marcando para a Raposa. Foi a quarta derrota da equipe mineira. O resultado, levou o time mineiro para a 16ª posição, uma apenas acima da zona de rebaixamento. 

A Chapecoense venceu seu primeiro jogo fora de casa na competição e demonstrou muita competência para explorar os erros cruzeirenses, que se iniciaram bem antes da partida começar com a escalação de uma equipe desequilibrada entre defesa e ataque. O time catarinense subiu para a 12ª posição na tabela de classificação. 

Ousadia que não deu certo.Chape leva perigo

Mano Menezes surpreendeu a todos, saindo totalmente de suas características ao escalar um Cruzeiro muito ofensivo com apenas com Henrique como homem de proteção à zaga. Começaram jogando Marquinhos Gabriel, Robinho, Rodriguinho e Thiago Neves, além de Lucas Romero na lateral-direita após Edílson sentir um problema na panturrilha minutos antes do início do jogo. 

A ousadia do treinador não teve o efeito esperado, deixando o Cruzeiro muito exposto, o que gerou vários ataques perigosos no primeiro tempo, incluindo uma bola na trave de Rildo. Faltava melhor saída de bola e Henrique tinha um espaço muito grande para cobrir, quando havia subida de todos os homens de frente. 

Veja Mais:  Modric fala da relação com Cristiano Ronaldo e afirma: “Nunca jogarei com Messi”

Fábio falha no gol e Mano corrige formação

Logo no início do segundo tempo, o técnico da Raposa viu que sua formação ultra ofensiva não deu certo e tirou Rodriguinho para a entrada de Pedro Rocha, mudando o posicionamento de Thiago Neves, que ficou mais na armação de jogadas. 

O time melhorou o toque de bola, mas teve sua estratégia colocada à perigo, pois em um chute de Elicarlos, Fábio rebateu mal, com a bola sobrando para Rildo abrir o placar no Independência. Com o gol sofrido, Mano Menezes concluiu o acerto do time ao colocar Lucas Silva em campo no lugar de Marquinhos Gabriel. 

A equipe ficou mais organizada, segura na defesa e com melhor saída de bola. O resultado das mudanças veio pouco tempo depois. 

TN10 marca golaço

Com a mudança de posicionamento de Thiago Neves, ficando mais perto do gol, com Robinho vindo de trás, melhorando a saída de bola, o Cruzeiro conseguiu ficar com a bola, trabalhar melhor e num passe de Robinho, TN10 recebeu, girou e marcou um golaço, o empate da Raposa no jogo. 

O time comandado por Ney Franco não teve receio do Cruzeiro em nenhum momento. Mesmo se defendendo na maior parte do jogo, a equipe catarinense conseguia contra-atacar o time mineiro e aos 39 minutos do segundo tempo selou a vitória sobre um dos elencos mais badalados do Brasil, mas que não vence a cinco jogos. Foi o primeiro triunfo da Chape fora de casa no Brasileiro, aumentando a crise cruzeirense. 

Veja Mais:  Lutadora sofre descarga elétrica com seu iPhone no banho e acaba morrendo

Pior defesa do Brasileiro

Os gols anotados pela Chape aumentaram o péssimo indicador do Cruzeiro defensivamente nesta edição do Brasileiro. Já são 13 gols tomados em seis jogos, média superior a dois gols, se tornando a pior defesa da competição até aqui. Um contra senso, em se tratando da fama de montador de defesas sólidas que Mano Menezes possui. 

A defesa celeste falhou nos dois tentos marcados pela Chape, demonstrando que a fase não está boa tecnicamente, 

Próximos jogos

Na próxima rodada, o Cruzeiro encara o São Paulo no domingo, 2 de junho, às 16h, no Morumbi. Já a Chape recebe o Palmeiras, no mesmo dia e horário da Raposa, só que na Arena Condá, em Chapecó. 

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 2 CHAPECOENSE

Data/Hora : 26/05/2019, às 19h (de Brasília)
Local : Independência, Belo Horizonte (MG)
Árbitro : Dewson Fernando Freitas da Silva (PA/Fifa) 
Auxiliares : Alessandro Alvaro Rocha de Matos(BA) e Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Árbitro de Vídeo : Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartões Amarelos : Dedé(CRU), Rildo, Bruno Pacheco (CHA)
Público e Renda : não divulgados

Gols : Rildo, aos 6’-2ºT(0-1), Thiago Neves, aos 11’-2ºT), Diego Torres,aos 39’-2ºT(1-2)

CRUZEIRO (Técnico: Mano Menezes)

Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo, Egídio; Henrique, Robinho, Rodriguinho(Pedro Rocha-intervalo), Marquinhos Gabriel(Lucas Silva, aos 9’-2ºT), Thiago Neves(David, aos 36’-2ºT) e Fred.

CHAPECOENSE (Técnico: Ney Franco)

Tiepo; Caíque Sá(Bryan, aos 9’-2ºT), Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos e Campanharo(Diego Torres, aos 18’-2ºT); Arthur Gomes, Rildo(Aylon, aos 37’-2ºT) e Everaldo.

Veja Mais:  Qual o segredo do sucesso de Cristiano Ronaldo? Allegri responde

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana