conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Um ano após cirurgia, Fernando Reis confia em medalha inédita

Publicado

source

Fernando Reis chega ao Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo, para mais um dia de treinos. No aquecimento dá uma atenção especial à perna esquerda. Em dezembro do ano passado, o melhor atleta do Brasil no levantamento de peso precisou operar o joelho antes que o rompimento de um tendão evoluísse de parcial para total, o que poderia comprometer o maior objetivo da carreira, subir ao pódio na Olimpíada de Tóquio.

“Foi um pouco atípico. A primeira cirurgia da minha carreira. Tive seis meses de reabilitação, três de fisioterapia e três muito fortes para chegar nos Jogos Pan-Americanos”, conta Fernando em entrevista à Agência Brasil

O empenho rendeu a Fernando o tricampeonato no Pan de Lima, mesmo em fase de recuperação física e 10 quilos atrás das melhores marcas. A prova da modalidade consiste em dois exercícios: arranco (quando o atleta ergue o halter de uma vez) e arremesso (quando há duas etapas no levantamento). No Peru ele atingiu 190 kg no arranco e 230 kg no arremesso.

Quatro semanas depois o paulistano de 29 anos evoluiu dois quilos em cada série e ficou em oitavo no Campeonato Mundial, disputado na Tailândia. Em 2018, no Turcomenistão, ele alcançou o quarto lugar, melhor posição de um brasileiro na competição. Apesar disso, considera que o desempenho na edição deste ano foi positivo.

“Eu não tive tempo hábil, uma janela grande para fazer uma outra preparação e chegar bem ao Mundial. Então, para mim, foi mais uma reabilitação. Consegui pegar a vaga para os Jogos Olímpicos. E para o ano que vem, vamos melhorar o resultado”, garante.

A vaga olímpica está encaminhada. Com a conquista do Pan e a manutenção entre os 10 melhores do mundo na Tailândia, basta participar de mais duas competições pré-determinadas (um torneio na Argentina, em 8 de dezembro, e o Campeonato Pan-Americano, no ano que vem) para assegurar de vez a classificação.

A medalha de ouro em Lima e o top 10 no Mundial também renderam ao paulista o Prêmio Brasil Olímpico de 2019 no levantamento de peso. É a décima vez (sétima consecutiva) que ele é o escolhido como o melhor do país na modalidade.

Ouça na Rádio Nacional

“Venho desempenhando sempre da maneira mais profissional possível, ganhando os campeonatos mais importantes. Procuro trabalhar mais que todo mundo”, diz Fernando, reconhecendo que a condição para a prática da modalidade no país, de forma geral, precisa evoluir.

“Eu sou muito afortunado. Sou nascido e criado no Pinheiros, então, em termos de logística e respaldo, sempre tive o melhor possível. Mas em termos de Brasil tem de melhorar muito para que outros atletas tenham a mesma estrutura. Quando comecei, poucas pessoas tinham conhecimento e domínio necessários para aplicar a modalidade. Hoje em dia há um número maior, mas muito pequeno ainda se você fala de um país continental. Se não tiver uma estrutura profissional, esquece, não tem a menor possibilidade de medalha”, afirma.

Medalha que passou perto em 2016. O quinto lugar de Fernando nos Jogos do Rio de Janeiro foi o melhor desempenho de um halterofilista do país na história olímpica da modalidade. Para ir além em Tóquio, o brasileiro (que caminha para a terceira Olimpíada da carreira) se divide entre São Paulo e os Estados Unidos, onde passa a maior parte do ano.

“Estou muito confiante. No próximo dia 20 de dezembro vai completar um ano da cirurgia no joelho. Agora estou 100% para brigar por essa medalha”, encerra.

Edição: Fábio Lisboa

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Mundial de Clubes: Monterrey bate Al Sadd e terá Liverpool como rival

Publicado

source

Os mexicanos do Monterrey foram os últimos a se classificaram na tarde de hoje (14) para as semifinais do Mundial de Clubes da FIFA. Eles venceram os anfitriões do Al Sadd, por 3 a 2, no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha (Catar). O adversário na próxima fase será o Liverpool, da Inglaterra, atual detentor do título da Liga dos Campeões da Europa. O duelo acontece na próxima quarta-feira (18), às 14h30 (horário de Brasília).

O lateral-esquerdo Vangioni abriu o placar para o Monterrey aos 22 minutos, quando recebeu a bola pela esquerda e disparou um belo chute de canhota no ângulo esquerdo do goleiro Al Sheeb. Após o gol, o All Sadd passou a controlar mais a bola e até teve chances de igualar o marcador, mas quem voltou a marcar foram os mexicanos: aos 45 minutos, o atacante Funes Mori não perdoou o vacilo da zaga no recuo de bola e aproveitou para fazer o segundo do Monterrey.

Na volta do intervalo, o Al Sadd botou pressão e conseguiu diminuir a diferença aos 20 minutos, com o atacante Bounedjah, de cabeça. Mas onze minutos depois, Vangioni fez bela jogada pela esquerda e deu de presente para o volante Rodríguez fazer o terceiro da equipe mexicana. O time do Catar, comandado pelo espanhol Xávi Hernández, não se entregou e, de tanto insistir, fez o segundo gol na partida aos 43 minutos da etapa final. E que golaço: o lateral Abdelkarim recebeu pela esquerda e soltou uma bomba no canto esquerdo do goleiro Barovero. Apesar de o time da casa incendiar o finzinho do jogo, o Monterrey conseguiu administrar a vantagem no placar, até o apito final, aos 50 minutos. Vitória do time mexicano por 3 a 2, que sacramentou a classificação para a semifinal. Esta é a segunda vez que o Monterrey avança à semifinal do Mundial de Clubes: em 2012 os mexicanos também se classificaram, mas na fase seguinte perderam por 3 x 1 para os ingleses do Chelsea.

Veja Mais:  “Pipocar jamais”, diz Reinaldo em vídeo de bastidores do Majestoso

Já o Al Sadd disputa a quinta colocação no Mundial contra o Espérance, da Tunísia, na próxima terça-feira (17), às 11h30 (horário de Brasília), no estádio Khalifa International, na capital do Catar. 

 

FICHA TÉCNICA:

Sábado, 14 de dezembro de 2019

MONTERREY 3 x 1 AL SAAD

Competição: Mundial de Clubes da FIFA

Local: Estádio Jassim Bin Hamad, Doha (Catar)

Monterrey: Barovero; Medina, Montes (Basanta), Sánchez, Vangioni; C.Rodriguez, J.González, Gallardo e Pizarro (Layún); Pabón (Meza) e Funes Mori. T: Antonio Mohamed.

Al Saad: Al-Sheeb (Barsham); Pedro, Salman, Abdelkarim, Khoukhi; Gabi, Al Hajri (Jung Woo-Young), Nam Tae-Hee, Al-Haydos; Bounedjah e Akran Afif. T: Xavi Hernández.

Gols: No 1º tempo: Vangioni (22) e Funes Mori (45).No 2º tempo: Bounedjah (20), C.Rodrígues (31) e Abdelkarim (43).

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Grand Finals: Calderano perde nas quartas e se despede do torneio

Publicado

source

Sexto melhor do mundo, o mesatenista brasileiro Hugo Calderano deu adeus ao ITTF Word Tour Grand Finals na madrugada de hoje (14), ao ser derrotado por 4 sets a 1 pelo chinês Fan Zhendong, atual número dois no ranking. A partida, válida pelas quartas de final, foi disputada na cidade de Zhengzhou (China). Com o resultado, Calderano encerrou sua participação no torneio entre os oito primeiros colocados. Somente chineses avançaram às semifinais do individual masculino: Zhendong vai duelar com Lin Gaoyuan (4º no ranking mundial), e o número um Xu Xin terá pela frente Ma Long (3º).

Partida

Calderano começou o duelo impondo seu ritmo de jogo: chegou a abrir vantagem de 9 a 4 no primeiro set, mas se desconcentrou e permitiu a recuperação de Zhendong. O chinês conseguiu empatar e ainda virou o placar, vencendo por 12/10.  Animado, o chinês não deu chances para Calderano na parcial seguinte, e voltou a ganhar, desta vez por 11/5. No início do terceiro set o brasileiro emplacou 2 a 0 de vantagem, mas logo permitiu a virada do chinês, que seguiu liderando o placar até fechar em 11/7.  A reação de Calderano veio no quarto set: com ataque precisos, o brasileiro neutralizou o chinês, fechando na frente, por 11/5, pela primeira vez na partida.  No entanto, no quinto set, Zhendong reassumiu o controle do jogo, fechou a parcial em 11/9, selando a vitória por 4 sets a 1.

Veja Mais:  Exclusivo: Muricy visita memórias, fala de nova vida e saudade do pai e de Telê

O Grand Finals foi o último compromisso internacional de Calderno, já classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. No final de janeiro de 2020, ele já tem agendada participação no Aberto Platinum da Alemanha, na cidade de Magdeburg.  

 

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Al Hilal vence e avança à semifinal contra o Fla no Mundial de Clubes

Publicado

source

O time Al Hilal, da Arábia Saudia, venceu por 1 a 0 o Esperance, da Tunísia, em partida pelas quartas de final do Mundial de Clubes da FIFA e será o rival do Flamengo na semifinal, na próxima terça-feira (17). O jogo disputado hoje (14), no estádio Jassim Bin Hamad, em Doha (Catar), contou com a presença do treinador Jorge Jesus, junto a todos os jogadores rubro-negros, recém-chegados esta manhã na capital do Catar.

Após dominar todo o primeiro tempo, com 60 por cento da posse de bola, o Al Hilal persistiu e finalmente chegou ao gol da classificação na segunda etapa. Foram nove finalizações do time da Arábia Saudita antes que o centroavante francês Gomis deixasse o banco, para substituir volante Cuéllar, ex-Flamengo. Oito minutos em campo foram suficientes para o atacante, que já defendeu a seleção francesa, marcar um golaço, com direito a um belo chapéu no zagueiro Yaakoubi, antes de chutar de primeira e fuzilar as redes aos 27 minutos. Festa nas arquibancadas da pequena torcida do Al Hilal presente no estádio Jassim Bin Hamad.

O time da Arábia Saudita será o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes na próxima terça-feira, às 14h30 (horário de Brasília). Já o Espérance aguarda o resultado do confronto entre Monterrey e All Saad, que começa daqui a pouco, às 14h30. O perdedor disputa com o Espérance o quinto lugar no torneio.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Veja Mais:  Exclusivo: Muricy visita memórias, fala de nova vida e saudade do pai e de Telê
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana