conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Vazam imagens do novo BMW Série 7, antes do Salão de Detroit 2019

Publicado


Assim está a nova geração do novo BMW Série 7, que poderá receber explicações da marca no Salão de Detroit 2019
Divulgação

Assim está a nova geração do novo BMW Série 7, que poderá receber explicações da marca no Salão de Detroit 2019

O novo BMW Série 7 2020 acaba de ter as suas imagens vazadas, antes mesmo da fabricante falar sobre ele no Salão de Detroit 2019. O sedã de luxo é esperado para aparecer oficialmente apenas no início do ano que vem, com sua chegada às lojas prevista em setembro para os EUA, e nada especulado sobre o Brasil, segundo a própria BMW.

LEIA MAIS: BMW renova o 750 Li, seu carro mais luxuoso

Pelas fotos, divulgadas pelo BMW Blog, dá para notar que este será apenas um facelift da geração atual do sedã de luxo , com pequenos retoques visuais. A grade dianteira ficou ligeiramente maior e os para-choques foram redesenhados. As lanternas traseiras também foram levemente modificadas, e agora estão conectadas por uma barra de luz fina. Veremos se a marca falará mais sobre no Salão de Detroit 2019 . As imagens vazadas já são do configurador do site da BMW, já que mostram o modelo com diferentes tipos de acabamento — repare nas diferentes rodas, saídas de ar e escape duplo.

LEIA MAIS: Como na Autolatina, Salão de Detroit deve testemunhar aliança entre Ford e VW

Expectativas sobre o BMW no Salão de Detroit 2019


Série 7 em outra configuração, sem as rodas e visual da série M. O Salão de Detroit 2019 promete nos dar mais detalhes
Divulgação

Série 7 em outra configuração, sem as rodas e visual da série M. O Salão de Detroit 2019 promete nos dar mais detalhes

Mas vale lembrar que os detalhes mais interessante estão no seu interior, todo luxuoso e cheio de tecnologia. Para se ter uma ideia, o sedã vendido por aqui tem acabamento extremamente refinado, central multimídia de 12,3 polegadas, sistema de som de 1.400 watts com 16 alto-falantes iluminados, bancos com ajustes elétricos, ar-condicionado digital de três zonas, iluminação indireta com diferentes cores, seletor de modos de condução e um sistema de condução capaz de assumir sozinho a direção, o acelerador e o freio. Não por acaso, o carro é vendido no Brasil por mais de R$ 700 mil.

Veja Mais:  Honda mostra nova CB 650R no Salão de Milão

LEIA MAIS: Salão de Detroit 2019 revela nova geração do SUV Ford Explorer

Para quem vai atrás, há telas individuais, geladeira, tablet (capaz de controlar desde o ar-condicionado de quatro zonas até os assentos dos demais passageiros), programa de massagem nos bancos, mesa de trabalho retrátil e cortinas elétricas. O lado direito reclina e até permite esticar as pernas. Entretanto, infelizmente informações como itens de série e motorização só devem ser divulgadas na data do lançamento. Ou teremos que esperar por mais um vazamento inesperado.

LEIA MAIS: Salão de Detroit 2019 apresenta novo Lamborghini Huracán EVO, com 640 cv

A atual geração do BMW Série 7 conta com um total de seis airbags e, apesar dos 5,238 metros de comprimento (é o maior carro da BMW), o Série 7 é equipado com um V8 4.4 biturbo de 450 cv e 66,2 kgfm, combinado ao câmbio automático de oito marchas. Com isso, garante o seu tempo de aceleração de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e a velocidade máxima atinja os 250 km/h, limitados eletronicamente pela fábrica. O motorista conta, também, com controle de tração e estabilidade, pneus run-flat (que podem rodar mesmo em caso de furos) e quatro câmeras, que fornecem uma visão de 360°. Devemos acompanhar se algo mais será dito sobre o carro no Salão de Detroit 2019 .

Veja Mais:  Hyundai Creta volta a vender mais que HR-V em setembro

Comentários Facebook

Carros e Motos

Manobrista automático e carros que “conversam” entre são apostas no CES 2019

Publicado


Em 2022 a Ford diz no CES 2019 que vai concluir a tecnologia C-V2X com comunicação entre veículos e pedestres
Divulgação

Em 2022 a Ford diz no CES 2019 que vai concluir a tecnologia C-V2X com comunicação entre veículos e pedestres

A indústria automobilística está passando por mudanças mais radicais do que qualquer outra coisa que tenha enfrentado desde a criação da primeira linha de montagem por Henry Ford há mais de um século. Ford, General Motors, Toyota, Volkswagen e outras agora se referem a si mesmas como empresas de “serviços de mobilidade”, em vez de apenas fabricantes de automóveis na CES 2019.

LEIA MAIS: Mobilidade e zero emissões estão na rota da indústria automotiva

Hoje, de telefones e geladeiras a termômetros e TVs, as telas sensíveis ao toque, a comunicação inteligente e os assistentes virtuais tornaram-se partes da tecnologia cotidiana, tal como serão as novidades apresentadas em feiras como a CES 2019 . É hora dos carros recuperarem o atraso (atualmente apenas veículos de altíssimo custo contam com algumas facilidades tecnológicas).


Mercedes criou para o CES 2019 o conceito Vision URBANETIC, um van autônoma que transporta pessoas e mercadorias
Divulgação

Mercedes criou para o CES 2019 o conceito Vision URBANETIC, um van autônoma que transporta pessoas e mercadorias

As fabricantes de automóveis estiveram na CES (Consumer Electronics Show), maior feira mundial de tecnologia em Las Vegas, nos Estados Unidos, entre 6 e 11 de janeiro, para mostrar o próximo nível de seus veículos. Sabia que a centenária Ford, detém um número de patentes tecnológicas muito próximo ao da Apple?

Veja Mais:  Hyundai Creta volta a vender mais que HR-V em setembro

Pois é, na CES, a Ford anunciou que vai oferecer a tecnologia de comunicação do veículo-com-tudo pelo celular – a chamada C-V2X – em todos os modelos novos fabricados nos Estados Unidos a partir de 2022.


Hyundai Elevate do CES 2019 é um conceito autônomo off-road novo, que tem pernas articuladas e rodas
Divulgação

Hyundai Elevate do CES 2019 é um conceito autônomo off-road novo, que tem pernas articuladas e rodas

A C-V2X é uma tecnologia de comunicação sem fio que permite aos veículos “ouvir” e “conversar” uns com os outros, com os pedestres e com a infraestrutura de trânsito para transmitir informações de segurança e ajudar a criar um sistema de transporte inteligente e conectado. Trânsito com os dias contados? Quem sabe…

Tecnologia autônoma no CES 2019


Hyundai mostrou um sistema automatizado de manobrista em estacionamento no CES 2019
Divulgação

Hyundai mostrou um sistema automatizado de manobrista em estacionamento no CES 2019

Para um futuro breve, a Mercedes-Benz apresentou seu Vision URBANETIC, um revolucionário conceito de van autônoma. Segundo a montadora alemã, o Visão URBANETIC elimina a separação entre pessoas em movimento e o transporte de mercadorias. Esse conceito permitirá a movimentação sob demanda e visa reduzir os fluxos de tráfico dos centros urbanos. Um passo enorme para o serviço de transporte e entrega rápida.

LEIA MAIS: SUVS e picapes que fazem sucesso no exterior e esperamos que cheguem ao Brasil

A Hyundai anunciou na CES 2019 um veículo “totalmente novo”, chamado de Veículo de Mobilidade Definitivo (UMV) – ou simplesmente Hyundai Elevate. Esse conceito de veículo autônomo é incrivelmente versátil e diferente porque tem pernas articuladas e rodas. Segundo a empresa, por isso, pode “dirigir, caminhar ou até mesmo escalar terreno íngremes”. Um off-road no melhor sentido dessa expressão.

Veja Mais:  Land Rover Discovery Sport e Evoque, feitos no Brasil, ganham motor 2.0 flex

A chinesa Byton no CES 2019 avança no lançamento de seu SUV elétrico com tela interativa por toque ou por voz, de 49
Divulgação

A chinesa Byton no CES 2019 avança no lançamento de seu SUV elétrico com tela interativa por toque ou por voz, de 49″

O grupo Hyundai-Kia apresentou também o que chama de Sistema Automatizado de Estacionamento de Manobrista (AVPS) que visa evitar sobrelotação dos parques de estacionamento e das estações de carregamento de veículos elétricos. De acordo com a montadora coreana, o AVPS permite que um carro totalmente elétrico possa se dirigir de forma autônoma a um ponto de recarga sem fio. Assim que estiver totalmente carregado, procura sozinho um lugar de estacionamento nas proximidades e fica lá até ser entregue a um usuário. O sistema estará disponível a partir de 2030, nos carros das coreanas Hyundai e Kia. Quem sabe no próximo I40 elétrico.


Nissan quer usar a realidade virtual aumentada no CES 2019  para facilitar ã condução do veículo
Divulgação

Nissan quer usar a realidade virtual aumentada no CES 2019 para facilitar ã condução do veículo

Também na feira, a start-up chinesa Byton apresentou um SUV elétrico e revelou a maior tela de exibição já vista em um carro de produção. O motorista pode integrar várias funções numa tela de 49 polegadas de várias formas, dividindo a interface entre duas touchscreen (uma no volante; a outra em console central). A tela também reage ao reconhecimento de voz e gestos. Um verdadeiro cinema ao volante, ideal para carros de luxo .

LEIA MAIS: Mustang X Camaro: rivais chegam em novas versões ao mercado brasileiro em 2019

Veja Mais:  Volkswagen responde ao Ford EcoSport 16 anos depois

A segurança dos carros autônomos é a preocupação da Toyota com o software Guardian no CES 2019
Divulgação

A segurança dos carros autônomos é a preocupação da Toyota com o software Guardian no CES 2019

A japonesa Nissan pretende usar a realidade virtual com o dispositivo Invisible-to-Visible (I2V). Como o nome sugere, o I2V permite que o motorista “veja o invisível”, sobrepondo um mapa em tempo real da área próxima usando sensores no carro e dados da nuvem. Ao tornar a navegação mais fácil, a Nissan afirma que o I2V pode “aumentar a sua confiança e tornar a condução mais segura e agradável”. A ver.

E tem mais tecnologia! A Toyota trouxe detalhes do sistema “Guardian” de assistência automatizada, um software que assume o controle total do carro amplificando ou corrigindo a condução, antecipando e identificando um incidente iminente. Maior segurança para os autônomos.


A Samsung anunciou no CES 2019 o Digital Cokpit, um interior futurista que faz tudo dentro do carro
Divulgação

A Samsung anunciou no CES 2019 o Digital Cokpit, um interior futurista que faz tudo dentro do carro

Mesmo empresas não automotivas mostraram na CES 2019 tecnologia interativa para carros. A Samsung anunciou o Digital Cockpit, um interior futurista que pode fazer tudo, desde ligar o carro para ajustar o ar condicionado até iniciar ou monitorar à distância funções da casa do motorista. O painel possui vários aplicativos e há câmeras monitorando o comportamento do motorista para evitar que ele se distraia ou adormeça ao volante. Um faz-tudo no automóvel. Impressionante, não? Os carros elétricos estão ganhando vida – para proteger e facilitar a vida de quem realmente importa: Nós.

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Desafio dos 10 anos: como eram os carros populares em 2009?

Publicado

Entrou no Facebook ou Instagram hoje? Então você foi bombardeado com uma infinidade de fotos com a hashtag “Ten Years Challenge” (desafio dos dez anos), mostrando como seus amigos eram há uma década anos em comparação com a atualidade. Só no Instagram, já são mais de dois milhões de postagens, definindo como a brincadeira caiu no gosto de seus usuários. A tag, claro, foi impulsionada por diversas personalidades da mídia, com participações de Eliana, Viviane Araújo e até Madonna.

LEIA MAIS: Saiba quais são os 5 compactos mais econômicos do Brasil até R$ 45 mil

Com muito tempo livre, nossa reportagem ficou imaginando como a indústria automotiva também mudou nos últimos dez anos. O VW Gol era o carro mais vendido, motores de três cilindros não existiam e também não havia qualquer chance remota de modelos híbridos e elétricos chegarem ao mercado. Na mesma pegada da hashtag do desafio dos dez anos , nossa redação mostra como eram os carros mais vendidos do Brasil em 2009, comparado aos dias de hoje. 

1 – VW Gol


Desafio dos 10 anos: o VW Gol era pelado, e contava com a versão City para aumentar as vendas
Divulgação

Desafio dos 10 anos: o VW Gol era pelado, e contava com a versão City para aumentar as vendas

O VW Gol era mais feliz em 2009. Ele mantinha o posto de líder absoluto de mercado, com 303 mil emplacamentos. Em comparação, o atual modelo mais vendido do Brasil é o Onix, com pouco mais de 210 mil unidades. Vale lembrar que a Volkswagen tinha duas gerações do Gol no mercado ao mesmo tempo, sendo que uma delas mantém sua estrutura até os dias de hoje. Sua versão de maior sucesso tinha motor 1.0, de 76 cv e 10,6 kgfm de torque,mas também havia um modelo 1.6, de 104 cv.

Veja Mais:  Aluguel de carros elétricos e híbridos já é realidade, apesar dos poucos à venda

Mesmo depois do Desafio dos 10 anos, o VW Gol continua sendo o carro mais vendido da marca alemã
Divulgação

Mesmo depois do Desafio dos 10 anos, o VW Gol continua sendo o carro mais vendido da marca alemã

Dez anos depois, o Gol ainda não perdeu seu status de estrela. Foi o quarto modelo mais vendido do Brasil no ano passado, ganhando até mesmo uma nova versão automática. Com um pouco mais de potência e um cilindro a menos no motor, entrega 82 cv de potência e 10,4 kgfm de torque na versão 1.0, bem como 120 cv na versão 1.6 automática.

Também chama atenção o fato dos carros serem praticamente pelados em meados de 2009. O Gol Trend básico não tinha ar-condicionado, travas elétricas, desembaçador, ABS e computador de bordo, itens que o modelo 2019 integra desde as versões mais simples.

2 – GM Prisma


Desafio dos 10 anos: o Chevrolet Prisma é um dos únicos modelos do passado que preservam o nome
Divulgação

Desafio dos 10 anos: o Chevrolet Prisma é um dos únicos modelos do passado que preservam o nome

Refresque sua memória com os modelos que a Chevrolet vendeu no Brasil há dez anos: Celta, Astra, Corsa, Vectra, Meriva e Zarifa. Todos feitos pela Opel, descontinuados ou substituídos por carros totalmente novos. O único que mantém o nome desde então é o Prisma , que era a versão sedã do Celta em 2009. Em sua versão Maxx, vinha equipado com motor 1.4, de 97 cv da Família I. Curiosamente, dez anos depois, o modelo 2019 preserva o mesmo motor na família Onix.


Após o Desafio dos 10 anos, o Chevrolet Prisma deverá ser repaginado em breve, junto do Onix
Divulgação

Após o Desafio dos 10 anos, o Chevrolet Prisma deverá ser repaginado em breve, junto do Onix

A GM fez alguns acertos para extrair mais potência e melhorar o consumo. Atualmente, os números divulgados ficam na casa dos 106 cv de potência e 13,9 kgfm de torque. O porta-malas também cresceu, indo de 439 litros para 500 litros na troca de geração que aconteceu em meados de 2012. Conforme as movimentações da Chevrolet, o novo Prisma deverá ser renovado junto do Onix ainda este ano.

Veja Mais:  Land Rover Discovery Sport e Evoque, feitos no Brasil, ganham motor 2.0 flex

LEIA MAIS: Chevrolet Onix Joy: versão de entrada é modesta, mas agrada no consumo

3 – Ford Ka


Desafio dos 10 anos: o Ford Ka mudou de categoria, passando de um subcompacto para o terceiro hatch mais vendido
Divulgação

Desafio dos 10 anos: o Ford Ka mudou de categoria, passando de um subcompacto para o terceiro hatch mais vendido

Eis um caso de carro que mudou de categoria. O Ford Ka era um subcompacto em 2009, onde duas pessoas teriam que se apertar muito para encaixarem no banco traseiro. O espaço para os joelhos também era escasso, fazendo com que os ocupantes mais altos tivessem seus meniscos esmagados. O motor, à época, era o popular Rocam 1.0, de 72 cv de potência e 9,3 kgfm de torque.


Com o Desafio dos 10 anos, destacamos o surgimento da versão aventureira do Ford Ka, a FreeStyle
Divulgação

Com o Desafio dos 10 anos, destacamos o surgimento da versão aventureira do Ford Ka, a FreeStyle

Dez anos se passaram e o Ka deu um verdadeiro salto. O segundo modelo mais vendido do País conta até com versão sedã e aventureira, elevando o seu patamar e reduzindo o Fiesta a pó. Hoje, sua versão 1.0 tem 85 cv de potência e 10,7 kgfm de torque. Há também uma versão 1.5 de três cilindros, com 136 cv de potência e 16,1 kgfm de torque. Apesar da evolução, seu porta-malas diminuiu em relação ao modelo anterior. São atuais 257 litros, ante 263 l de 2009.

4 – Fiat Uno


Desafio dos 10 anos: nosso carismático Mille ainda estava no mercado, fazendo muito sucesso nas frotas
Divulgação

Desafio dos 10 anos: nosso carismático Mille ainda estava no mercado, fazendo muito sucesso nas frotas

Talvez este seja um dos carros mais queridos dos brasileiros. Afinal, quem nunca andou no compacto quadradinho que preservou o mesmo design por 30 longos anos? Quando foi lançado em 1984, o Uno foi considerado um dos carros mais tecnológicos de seu tempo, ganhando muito destaque entre a classe média. Curiosamente, o modelo quase foi descontinuado nos anos 90, com a chegada do lançamento do Palio. Os bons números, por outro lado, garantiram sua permanência no mercado por mais duas décadas.

Veja Mais:  Honda mostra nova CB 650R no Salão de Milão

LEIA MAIS: Veja 5 carros que deveriam voltar ao Brasil


O substituto do Mille começou sua vida bem entre os modelos do desafio dos 10 anos. Perdeu expressão para o Mobi
Divulgação

O substituto do Mille começou sua vida bem entre os modelos do desafio dos 10 anos. Perdeu expressão para o Mobi

O modelo finalizou seu ciclo na versão 1.0 Economy, que tinha 66 cv de potência e 9,2 kgfm de torque. Sem qualquer vaidade, tornou-se um dos carros favoritos das frotas de empresas como as de telefonia, caindo nas graças dos internautas pelo meme “Uno de escada no teto”. Anos depois, a Fiat investiu no Novo Uno, sem o mesmo prestígio de nosso querido Mille. Atualmente, é vendido com motor 1.0 de três cilindros e 77 cv de potência, agonizando com o lançamento de novos modelos como Mobi e Argo.

5 – Renault Sandero


Desafio dos 10 anos: o Renault Sandero começava a elevar o status das vendas da Renault
Divulgação

Desafio dos 10 anos: o Renault Sandero começava a elevar o status das vendas da Renault

Com três anos de mercado, o Renault Sandero já buscava posições de destaque no ranking de vendas de 2009. Foi o décimo quinto mais vendido do Brasil, atrás de nomes como Fiesta, Corolla e Fox. A versão de maior sucesso era a Expression com motor 1.0 da família D4D, desenvolvendo 77 cv de potência. Havia também um modelo 1.6, de 95 cv e 14,1 kgfm de torque.


Após o desafio dos 10 anos, também podemos colocar o Sandero que ganhou outras versões além da Stepway no Brasil
Divulgação

Após o desafio dos 10 anos, também podemos colocar o Sandero que ganhou outras versões além da Stepway no Brasil

Quando o assunto é espaço interno, o Sandero atual é imbatível. São 2,59 metros de entre-eixos (contra 2,52 m do Onix) que garantem o tamanho generoso, ainda mais por conta da largura dos bancos dianteiros. Sobra espaço para as pernas, podendo levar até um adulto no meio do banco traseiro com conforto razoável. Outro ponto de destaque é o porta-malas de 320 litros. São 20 litros a mais que Argo, Polo e Yaris, e gritantes 40 litros a mais que o Onix. Com motor 1.0, de 82 cv e 10,5 kgfm de torque a 5.000 rpm, o Sandero não faz feio ante os outros participantes do desafio dos dez anos .

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Hyundai HB20 Comfort Plus 1.0 passa a ter multimídia com TV de série

Publicado


Os 6 anos de mercado do Hyundai HB20 foram de sucesso. E as mudanças na linha 2019 darão mais fôlego ao modelo
Divulgação

Os 6 anos de mercado do Hyundai HB20 foram de sucesso. E as mudanças na linha 2019 darão mais fôlego ao modelo

A Hyundai prepara o lançamento da nova geração do HB20 para o segundo semestre do ano. Mas, antes disso, resolve deixar o atual um pouco mais equipado. Então, a partir da versão Comfort Plus 1.0, o carro passa a ter multimídia com TV digital e na Premium os bancos do sedã e do hatch agora vêm de fábrica revestidos de couro.

LEIA MAIS: Hyundai HB20S ganha nova versão Unique, apenas com motor 1.0, por R$ 48.190

 A linha 2019 do Hyundai HB20 começa a chegar às lojas por preços que partem de R$ 44.490 e chegam a R$ 72.990. A central multimídia blueMedia com TV digital tem tela de 7 polegadas sensível ao toque e oferece, entre outros recursos, conectividade com Apple CarPlay e Google Android Auto, ambos capazes de reproduzir o aplicativo de trânsito e navegação Waze.

Ainda de acordo com a Hyundai, entre os recursos da central multimídia há também streaming de áudio, acesso à agenda e histórico de chamadas, MP3 player, reprodutor de fotos e vídeos, conexões USB, auxiliar, comandos de áudio e Bluetooth no volante e botão de reconhecimento de voz. A versão de entrada Unique, para HB20 e HB20S , segue sendo vendida com sistema blueAudio, que conta com comandos de áudio e Bluetooth no volante.

Veja Mais:  Land Rover Discovery Sport e Evoque, feitos no Brasil, ganham motor 2.0 flex

LEIA MAIS: Toyota Yaris XLS enfrenta o rivai Hyundai HB20 Premium 2019. Qual vence?

Detalhes do novo Hyundai HB20


Hyundai Saga no Salão do Automóvel 2018: protótipo antecipa detalhes da nova geração do Hyundai HB20
Cauê Lira

Hyundai Saga no Salão do Automóvel 2018: protótipo antecipa detalhes da nova geração do Hyundai HB20

 Apesar do carro flagrado em testes esteja camuflado, é possível notar que as mudanças serão mais significativas do que as adotadas até agora no compacto Hyundai HB20 . As novidades já deverão começar pela frente com faróis de linhas mais angulosas, seguindo o estilo do sedã Elantra que acaba de ser renovado na linha 2019. Os vincos nas laterais, bem como as lanternas traseiras e outros detalhes também deverão mudar.

Ainda entre as novidades que deverão ser adotadas, estima-se que o para-choque traseiro irá ter uma luz de ré incorporada, assim como já aconteceu em modelos, como a primeira geração do Ford Focus. Além disso, haverá novos conjuntos de rodas e calotas e novos traços na linha de cintura, o que ajudará a deixar o novo HB20 hatch com desenho mais arrojado.

LEIA MAIS: Hyundai HB20 2019 chega com novidades visuais e nos equipamentos

Como não poderia deixar de ser, além do Hyundai HB20 hatch também passarão por mudanças a versão sedã e o HB20X, com apelo aventureiro e que deverá ficar mais próximo de um SUV do que é atualmente, seguindo os passos do Honda WR-V. Ainda não há boas imagens do interior, mas sabe-se que também terá umas série de novidades no painel, bancos, quadro de instrumentos, entre outros itens. Veja abaixo os preços da linha HB20 2019.

Veja Mais:  VW lança versões de Polo e Virtus para público PCD, a partir de R$ 69.990

Hatch ( Hyundai HB20 ) 

♦ 1.0 Unique – R$ 44.490

♦ 1.0 Comfort Plus – R$ 48.990

♦ 1.0 Turbo – R$ 53.190

♦ 1.6 Comfort Plus – R$ 55.590

♦ 1.6 R-Spec automático – R$ 64.990

♦ 1.6 Premium automático – R$ 68.990

♦ 1.6 Premium automático – R$ 72.590
Aventureiro ( Hyundai HB20 X )

Sedã ( Hyundai HB20 S ) 

♦ 1.0 Unique – R$ 48.990

♦ 1.0 Comfort Plus – R$ 52.990

♦ 1.0 Turbo – R$ 58.190

♦ 1.6 Comfort Plus – R$ 60.990

♦ 1.0 Comfort Plus automático – R$ 64.990

♦ 1.6 Style automático – R$ 66.990

♦ 1.6 Premium automático – R$ 72.990

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana