conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Veja 5 esportivos que foram descontinuados, mas mereciam retornar

Publicado

Você já deve ter percebido que nossa redação tem duas paixões: carros e cinema. No início da semana, nos inspiramos no trailer medonho de “Sonic: the Hedgehog” para enumerar cinco carros tão feios quanto o ouriço do longa. Dessa vez, o diretor Chad Stahelski, do filme John Wick 3, contou ao Yahoo Movies que as irmãs Wachowskis estão trabalhando em um quarto filme da franquia “Matrix”.

LEIA MAIS: Veja os 5 melhores carros para motoristas de aplicativo

Para refrescar a sua memória, a trilogia fez muito sucesso com os filmes lançados entre 1999 e 2003. Será que é um bom momento para trazê-la de volta? Bem, não sabemos… Mas podemos enumerar alguns carros esportivos que nós traríamos de volta.

1 – Mitsubishi Lancer Evo


Mitsubishi Lancer Evo
Divulgação

O Mitsubishi Lancer Evo faz muita falta entre os esportivos. Sua rivalidade com o Impreza STI é quase um “Fla x Flu”

Ainda é difícil de compreender que nós, amantes da velocidade, vivemos no mundo em que o Mitsubishi Lancer Evo não existe mais. Quem cresceu vendo o modelo em filmes e séries como Velozes e Furiosos e Initial D criou uma verdadeira simpatia pelo emblemático esportivo que durou dez gerações no mercado global, sendo que quatro vieram ao Brasil.

O “Evo X” ficou quase dez anos no mercado. Foi lançado em outubro de 2017 e deixou de ser produzido em maio de 2016. No Brasil, foi vendido com motor 2.0 turbo de absurdos 295 cv e 37,3 kgfm de torque. O câmbio automatizado, de seis marchas, transfere toda a potência para as quatro rodas, proporcionando uma estabilidade absurda para a categoria. De acordo com a marca, acelera de 0 a 100 km/h em 6,3 segundos.

Veja Mais:  Veja os 5 menores carros já vendidos no Brasil

Até hoje, a Mitsubishi não perde a oportunidade de falar do Evo em seus lançamentos. O Pajero Sport, por exemplo, tem aletas para troca de marcha no mesmo formato do lendário sedã.

2 – VW Fusca TSI


VW Fusca
Divulgação

Há dois anos, perdíamos um dos melhores esportivos na faixa dos R$ 120 mil: o besouro com motor 2.0 TSI

O Fusca é, talvez, o único carro que saiu de linha quatro vezes no Brasil. Sua última geração foi um verdadeiro show da Volkswagen, que apostou em um cupê esportivo com o mesmo motor 2.0 do Jetta TSI. Seus principais rivais eram Hyundai Veloster e Mini Cooper S.

Eram bons 211 cv de potência e 28,5 kgfm de torque. Com o câmbio DSG, de seis marchas, o cupê é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos, atingindo velocidade máxima de 224 km/h. O sistema de som era assinado pela Fender, mas nem isso fez suas vendas aumentarem. É uma pena, pois em 2017 acabamos perdendo um dos carros mais divertidos do Brasil.

3 – Nissan 300ZX


Nissan 300ZX
Divulgação

Entre os superesportivos, o Nissan 300ZX sempre foi uma pedra no sapato do emblemático Mitsubishi 3000GT

Se a Nissan utiliza a letra “Z” para classificar seus novos esportivos, como 350Z e 360Z, tudo começou em 1969, quando a Nissan lançou o Fairlady Z (que viria a ser o 240Z, 350Z, 370Z em alguns mercados anos depois). O 300 ZX batia de frente com o Mitsubishi 3000GT VR-4, e fez muito sucesso no Japão, Estados Unidos e Europa.

Veja Mais:  Flagra! Novo Ford EcoSport é visto camuflado antes da estreia

LEIA MAIS: Lamborghini localiza Miura clássico de filme dos anos 60

No Brasil, era vendido por importação independente, e pouquíssimas unidades encostaram suas superfícies emborrachadas em nossas ruas. No classificado de carros clássicos GT40, há uma unidade 1990 pela bagatela de R$ 150 mil. Nessa época, o motor 3.0 V6 biturbo desenvolve 300 cv e 63,2 kgfm de torque, força suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos com tração traseira.

4 – Suzuki Swift Sport R


Suzuki Swift
Divulgação

O Suzuki Swift faz parte de uma categoria de esportivos em extinção: os “pocket rockets”, ou compactos de bolso

Entre 2010 e 2015, tivemos alguns carrinhos bem divertidos no mercado brasileiro. Poderíamos falar do Citroën DS3, mas gostamos mais do Suzuki Swift Sport R. Ele tem todos os atributos que buscávamos na categoria dos “pocket rockets”, mas parou de ser importado pela baixas vendas.

Com motor 1.6, de 142 cv e 17 kgfm de torque, era muito estável e dinâmico em curvas. Apesar de acelerar de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos, o grande destaque do Swift é sua estabilidade. Um ótimo brinquedo.

5 – Mazda RX-7


Mazda RX-7
Divulgação

O Mazda RX-7 é um dos esportivos orientais mais emblemáticos de todos os tempos. Seu legado continuou no RX-8

Neste último tópico, você deve estar pensando: “Tirando o Fusca, só carros japoneses?”. Bem, sim. Por algum motivo, a maior parte dos modelos americanos e europeus que realmente poderiam deixar alguma saudade continuam sendo produzidos. Com exceção de um ou outro, como Dodge Viper e BMW 1M.

Veja Mais:  Suzuki S-Cross: SUV compacto, mas com fôlego de gente grande

LEIA MAIS: Relembre 5 carros que já foram vendidos no Brasil e não agradavam no visual

No caso, estamos nos referindo ao último RX-7, de meados de 2002. Durante seu ciclo de vida, o Series 8 (código interno de sua geração final) teve mais de cinco possibilidades de conjunto mecânico, inclusive com câmbio automático de quatro velocidades. Destaque para a versão Type-R, com motor de 260 cv e câmbio manual de cinco marchas. Qual dos modelos esportivos você gostaria mais de ter em sua garagem?

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook

Carros e Motos

SUV-cupê do VW Polo projetado no Brasil será global, confirma executivo

Publicado

source

Motor Show

Projeção:João Kleber do Amaral

Motor Show já havia publicado com exclusividade a chegada de um novíssimo SUV cupê derivado do Volkswagen Polo ( CONFIRA AQUI TODOS OS DETALHES ), que foi chamado internamente — e mostrado em uma apresentção á imprensa sem imagem, apenas com o código “CUV”. Agora, a fabricante acabar de confirmar que a novidade será global.

LEIA MAIS: Ford prepara novo EcoSport para 2021 com a marca chinesa Changan, diz site

“Achamos o carro muito bonito e bacana”, declarou, nesta quinta-feira (15), Ralf Brandstätter, chefe global de Operações.

Projeção:João Kleber do Amaral

O lançamento está previsto para o próximo ano, que estuda a possibilidade de fabricá-lo também na Alemanha. Assim como o Polo/Virtus, o SUV cupê será feito sobre uma variação da plataforma modular A0. Sob o capô, o responsável por impulsioná-lo será o motor 1.0 TSI associado ao câmbio automático de seis marchas para entregar 128 cv de potência. Variantes 1.4 TSI não estão descartadas.

LEIA MAIS: Segredo! VW prepara versão do VW T-Cross com jeito de cupê

Projeção:João Kleber do Amaral

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Veja Mais:  Salão de Genebra 2019 exibe o carro mais caro do mundo: Bugatti La Voiture Noire
Continue lendo

Carros e Motos

Kia prepara nova picape média na categoria de Hilux, Ranger e S10

Publicado

source
Kia Telluride arrow-options
Newspress

Picape média da Kia poderá ter linhas baseadas no SUV Telluride mostrado em janeiro durante o Salão de Detroit (EUA)

A Kia já iniciou a etapa de projetos para uma nova picape média na mesma categoria de Chevrolet S10, Ford Ranger e Toyota Hilux ao mercado australiano, informa o site americano Cars Guide. O chefe de operações da marca no país, Damien Meredith, confirmou à publicação que o projeto incluirá versões de cabine simples e dupla, e provavelmente será um carro global.

LEIA MAIS: Jeep não terá SUV menor que o Renegade no Brasil, diz executivo

Outra fonte ligada ao grupo coreano que também inclui a Hyundai contou ao Cars Guide que o novo produto “precisa ser de interesse internacional para receber aprovação”. Dessa forma, podemos imaginar que a nova picape da Kia poderá aparecer em outros continentes, mas ainda é cedo para cravar se viria ao Brasil. Ela também não terá sua estrutura compartilhada com a compacta Santa Cruz .

LEIA MAIS: VW Tarok: nova picape deverá ser fabricada na Argentina em breve

Meredith antecipou à publicação que a Kia pretende assegurar 10% do mercado de picapes médias na Austrália com opções a gasolina e turbodiesel. Um conceito também deverá ser apresentado no segundo semestre de 2020, com mais informações sobre o que está por vir.

Veja Mais:  Honda começa a produzir o monovolume Fit 2019 em Itirapina (SP)

Hyundai também se move

Hyundai Santa Cruz arrow-options
Divulgação

Hyundai Santa Cruz será a nova picape intermediária da marca coreana. Ainda não é certa para o Brasil

No início do ano, foi confirmada a fabricação da nova picape intermediária da Hyundai nos Estados Unidos. Baseada no conceito Santa Cruz de 2015, será vendida na mesma categoria de Fiat Toro e Renault Duster Oroch, abaixo dos modelos médios.

LEIA MAIS: Hyundai Santa Cruz tem produção confirmada nos Estados Unidos

Executivos americanos confirmam que o modelo da Hyundai será vendido exclusivamente no arranjo cabine dupla, com capacidade para levar até 5 passageiro, e caçamba que poderá ser equipada com extensores, trilhos, ganchos de amarração e outros. Quanto à sua mecânica, se as decisões não mudarem para quando virar modelo de produção, seguirá com o 2.0 turbodiesel de 190 cv (que não deverá ser oferecido fora da América do Norte), além de 1.6 turbo com 204 cv ou a 2.4 aspirado de 185 cv, ambos a gasolina.

Fonte: Cars Guide

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Veja vídeo do VW Golf GTE, o híbrido esportivo que chega em novembro

Publicado

source

O Golf GTE será o primeiro carro hibrido que a Volkswagen vai vender no Brasil e deve chegar já no mês de novembro. É um modelo esportivo que tem dois motores. Um a gasolina, 1.4, TSI turbo e um elétrico acoplado. E o motorista pode optar em usar apenas o elétrico ou somente o a combustão, lembrando que a autonomia só na bateria é de 50 quilômetros, ao custo de cerca de R$ 5.

LEIA MAIS: Quem precisa de um Golf GTE híbrido que vai custar R$ 200 mil?

A diferença do híbrido da Volkswagen com outros que são vendidos no Brasil é que a bateria pode ser carregada na tomada. Ele é um modelo plug-in. Mas o motor a combustão também carrega a bateria bem como a regeneração dos freios. Juntando os dois motores a autonomia do Golf GTE chega a 900 quilômetros, com um tanque de apenas 40 litros de gasolina.

 Trata-se de um carro esportivo e esta designação está alinhada com as siglas GTI e GTD, dois ícones da linha Golf. O motor a combustão do GTE é 1.4 com 150 cavalos de potência e o elétrico gera mais 102 cavalos, totalizando 204 cavalos. Por isso é um carro esportivo . Só com o motor elétrico o Golf GTE chega a uma velocidade de 130 quilômetros por hora, com zero de poluição.

 Quando toda a potência combinada do sistema é utilizada, o GTE vai de 0 a 100 km/h em 7.6 segundos, atingindo 222 km/h. Ainda mais significativo é o potencial de propulsão. Com a combinação dos dois motores produz um torque de 35,7 kgfm, resultando em um grande prazer de dirigir.

Veja Mais:  Suzuki S-Cross: SUV compacto, mas com fôlego de gente grande

LEIA MAIS: Testamos o VW Golf GTE, versão híbrida com autonomia de até 900 km

 Tudo isso é transferido para as rodas através de um câmbio automático DSG de seis marchas com aletas atrás do volante. Apesar da potência e torque, o Golf GTE é um dos carros mais eficientes do mundo em termos energéticos. A bateria precisa de 2h45 para carregar totalmente em uma tomada convencional de 220V ou em uma estação de recarga.

 O Golf GTE tem vários modos de condução. Para rodar apenas com o motor elétrico, basta acionar um botão ao lado do câmbio para entrar no e-mode. Também tem o híbrido. Ao selecionar esse modo, a tecnologia do GTE escolhe qual sistema é o mais eficiente para cada situação de uso.

LEIA MAIS: VW terá 99 unidades do Golf híbrido no Brasil, a partir do segundo semestre

O motorista não precisa fazer nada. Também tem o modo recarga, quando apenas o motor 1.4 TSI de 150 cavalos movimentará o veículo, que também mandará carga para a bateria. E o modo esportivo GTE. Nele o motor a gasolina e o motor elétrico trabalham juntos para transformar o Golf GTE em um esportivo de verdade. As potências dos dois motores são combinadas e o motorista tem 204 cavalos à disposição.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana