conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Veja 5 maneiras de gastar menos com a manutenção e o seguro do seu carro

Publicado

source

O dinheiro continua curto neste País em crise. Num cenário em que o emprego informal está cada vez mais em alta, muitas pessoas acabam recorrendo aos aplicativos de corrida para complementar a renda do mês. Gastar pouco se torna uma estratégia, tanto para profissionais quanto quem usa o carro apenas para passear ou ir ao trabalho. A reportagem do iG carros sugere como gastar menos com seguro e serviços de manutenção do seu carro.  

LEIA MAIS: Veja 5 surpresas que vão te dar prejuízo na manutenção do seu veículo

1 – Funilaria e pintura express

Reparos arrow-options
Divulgação

Algumas empresas já oferecem os novos “reparos express”, que podem ser acionados em qualquer lugar

Batidas e arranhões podem acontecer até mesmo com os motoristas mais experientes. Mas ficar sem o carro por um dia apenas para arrumar esses detalhes está fora de cogitação, principalmente se você dirige para aplicativos de corrida. Deixar o veículo na oficina requer tempo, por isso, muitas empresas se especializam no reparo rápido .

A DiskReparo tem um “box móvel” e faz serviços rápidos em domicílio. Basta contratar por telefone ou site, receber o orçamento na hora e aguardar a chegada do especialista. O serviço conta com ajuste de cores (são mais de 50 mil tonalidades), e fica pronto em poucos instantes.

2 – Pneus de marcas secundárias

Pneus remoldados e sem procedência representam perigo para o motorista, passageiros e pedestres. Por isso, recomendamos que você fique longe dos modelos mais baratos e de menor qualidade. Em uma busca rápida, foi possível encontrar unidades remoldadas (185/55R 15) de até R$ 178,56, mas o barato pode sair – muito – caro.

Se quer economizar, aposte na “segunda linha” das grandes marcas de pneus. Fabricantes como Firestone, Goodyear, Pirelli, Michelin e Continental já contam com linhas secundárias que podem caber no orçamento de qualquer um. Recomendamos marcas como Tigar (da Michelin), Formula (da Pirelli), Seiberling (da Bridgestone) e Kelly (Goodyear), que são confiáveis e mais em conta.  No caso da medida 175/64R 14, um modelo da Pirelli sai por R$ 250 e o Formula por R$ 190, ou seja, 25% mais em conta.

3 – Seguro mais em conta

Seguro de carro arrow-options
Divulgação

Seguradoras oferecem condições para quem pretende economizar. Busque pelo melhor pacote

Se a grana estiver muito curta, recomendamos os planos de seguro de baixo custo. A Ituran oferece cobertura de roubo, furto e assistência 24 horas. O cliente também poderá adicionar outros serviços, como prevenção de alagamento, colisão e vidros. 

LEIA MAIS: Conheça os 5 compactos mais baratos e fáceis de consertar, conforme o CESVI

A Suhai trabalha com os veículos mais roubados, oferecendo plano de proteção contra sinistralidade mais em conta. Enfim, basta pesquisar e contratar o serviço que corresponda ao seu perfil. A diferença entre as seguradoras mais em conta fica por conta da retirada de algumas coberturas extras e serviços, como carro reserva. 

Veja Mais:  Sai de linha a Honda CG 125, o veículo mais vendido do Brasil

Para citar um exemplo, o seguro de um VW Gol 1.0 2017, de acordo com a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), pela Azul Seguros, sai por R$ 1.266 enquanto que pela Porto Seguros, o mesmo carro fica por R$ 1.816, ou cerca de 30% a menos. Vale lembrar que o perfil utilizado é de um homem de 30 anos, casado, sem filhos. 

4 – Peças paralelas

Carro batido arrow-options
Divulgação

Bateu? Saiba que peças paralelas são mais baratas que as originais vendidas nas concessionárias

Encomendar peças na concessionária exige tempo e dinheiro. Se a sua cidade conta com um grande distribuidor como o MercadoCar, vale apostar em componentes paralelos que são praticamente idênticos aos que são oferecidos nas lojas oficiais. As coisas ficam ainda mais fáceis se o seu carro teve um bom volume de vendas ao longo dos anos. 

Um farol de Chevrolet Prisma/Onix original sai por volta de R$ 300 e um do mercado paralelo em torno de R$ 180, segundo pesquisamos, ou seja uma diferença de aproximadamente 40%. A diferença é que a peça original tem aval da fabricante do veículo, o que implica em todas as condições para manter a garantia do carro. 

5 – Manutenção preventiva

Pode parecer obviedade, mas fazer a manutenção preventiva do seu veículo reduz as chances de abrir a carteira no futuro. Trocar o óleo, conferir se o reservatório de água está cheio e se atentar ao estado das pastilhas de freio são gastos pequenos quando comparados a danos maiores que podem ocorrer com a má conservação.

LEIA MAIS: Veja os sedãs médios com o valor de seguro mais em conta do Brasil

Neste tópico, vale lembrar que a manutenção em oficina secundária é muito mais barata que na concessionária, mas você corre o risco de perder a garantia. Mas se o prazo já tiver esgotado e você conhecer um mecânico de confiança, não há motivos para retornar à loja.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook

Carros e Motos

Hyundai HB20 renovado parte de R$ 46.490. Confira equipamentos, preços e versões

Publicado

source
Hyundai HB20 arrow-options
Cauê Lira/iG Carros

O novo Hyundai HB20 aposta em visual arrojado para se destacar na nova briga de compactos

A família Hyundai HB20 é apresentada oficialmente em sua nova geração, iniciando o segundo ciclo de sua vida pouco depois do lançamento do principal rival, o Chevrolet Onix . A relação entre equipamentos e versões ainda não foi revelada, mas a marca coreana antecipa que o modelo parte de R$ 46.490. 

LEIA MAIS: Confira as primeiras impressões ao volante do Chevrolet Onix Plus Premier

Em sua nova geração, o Hyundai HB20 estreia motor 1.0 turbo de injeção direta com 120 cv de potência e 17,5 kgfm de torque nas versões mais caras. O propulsor acompanha piloto automático e aletas para trocas de marcha atrás do volante, conforme antecipado nas primeiras imagens divulgadas pela Hyundai. 

O motor 1.6 da família Gamma continua vivo na nova geração do HB20, porém um pouco mais potente: de 128 cv para 130 cv, além dos 16,5 kgfm de torque. As versões equipadas com este propulsor continuam integrando câmbio automático de seis velocidades. 

LEIA MAIS: Fiat Grand Siena resiste ao tempo em sua nova linha 2020

Durante a primeira noite do lançamento, a Hyundai revelou apenas o pacote de equipamentos das versões mais caras, a Diamond Plus (ainda sem preço). Destaque para itens de segurança, como controle de estabilidade e tração, quatro airbags, assistente de partida em rampa, acendimento automático dos faróis, sensor de estacionamento, câmera de ré e assistente de frenagem eletrônica. 

Veja Mais:  Honda HR-V volta a ser o SUV mais vendido do Brasil em outubro. Veja ranking

LEIA MAIS: Fiat lança a versão HGT do Cronos, com apelo esportivo e motor 1.8

No pacote de conveniência, a família HB20 contará com rebatimento elétrico dos retrovisores, direção elétrica progressiva e isofix. Novos detalhes sobre o Hyundai HB20 serão revelados no decorrer do evento de lançamento. 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Toyota terá novo modelo no Brasil, diz governador de SP

Publicado

source
Daihatsu DN Trec arrow-options
Divulgação

Daihatsu DN Trec: protótipo de 2017 antecipa o futuro SUV da Toyota que deverá ser fabricado em São Paulo

A Toyota quer avançar mesmo no ranking das marcas da mais vendidas do Brasil. Atualmente em 6° lugar no acumulado dos oito primeiros meses do ano,  com 8,21% do mercado, de acordo com os números da Fenabrave, a fabricante vai anunciar o início da produção de um novo carro em São Paulo, de acordo com o governador João Dória.

 LEIA MAIS:  Novo SUV da Toyota chegará abaixo do RAV4, com tração integral

Em sua conta no Instagram , Dória diz que a Toyota vai produzir um novo modelo em território paulista e que o anúncio oficial será feito no próximo dia 19, em Nagoya (Japão), para onde ele irá para se reunir com executivos da marca japonesa.

Entretanto, Dória não deu mais detalhes sobre qual modelo será feito nem o valor do investimento da fabricante , ou tampouco a data do início da fabricação. Somente que novos empregos serão gerados em uma das unidades de produção da Toyota, que tem fábricas em São Bernardo do Campo, Sorocaba, Indaiatuba e em Porto Feliz, todas em São Paulo.

 Vale lembrar que o valor mínimo para conseguir abatimento da cobrança de ICMS de 2,5%, pelo programa IncentivAuto, é de R$ 1 bilhão. E que a Toyota ainda não tem nenhum modelo no disputado segmento de SUVs compactos. Portanto, o mais provável é que a marca irá produzir a versão definitiva do protótipo Daihatsu DN Trec , mostrado pela primeira vez no Salão de Tóquio (Japão), em novembro de 2017.

LEIA MAIS: Novos híbridos japoneses conseguem unir versatilidade e economia

O SUV compacto terá a mesma base da nova geração do Toyota Yaris, a TNGA-B. Mede apenas 3,98 metros de comprimento por 1,70 m de largura e 1,60 m de altura. Deverá começar a ser vendido no Brasil apenas em 2021, quando irá enfrentar rivais como Jeep Renegade, Hyundai Creta, Honda HR-V, Nissan Kicks, Ford EcoSport e outros. É bem possível que tenha pela menos uma versão híbrida.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

JAC Motors lança nova linha de carros elétricos no Brasil

Publicado

source
JAC iEV20 arrow-options
Divulgação

JAC iEV20 é o menor dos novos modelos da marca no Brasil. Mas tem sistema elétrico com até 400 km de autonomia

A JAC Motors apresenta para a imprensa sua linha de modelos elétricos no Brasil que começa a chegar às lojas. Começa pelo iEV40, que está disponível pelo preço sugerido de R$ 153.500, valor que não inclui o carregador que vai instalado na casa do cliente por mais R$ 3,9 mil. Baseado no T40, tem autonomia de 300 km, que pode chegar a 350 no modo Eco.

 LEIA MAIS: JAC Motors terá cinco veículos elétricos no Brasil até meados de 2020

De acordo com a JAC Motors , com o carregador doméstico, instalado em uma rede  de 220V, o carro pode ter 80% de carga em 4 horas saindo de 15%. Além disso, a marca diz que o carro pode atingir 130 km/h e faz de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos. Em breve, a reportagem de iG Carro irá avaliar o modelo, quando teremos mais detalhes sobre a novidade.

Em seguida, vem o subcompacto com ares aventureiros iEV20 , que está previsto para chegar às lojas em janeiro de 2020, por R$ 119.900. Conta com motor elétrico, de 68 cv e bons 21,9 kgfm, força disponível logo ao pisar no acelerador. 

A JAC declara uma autonomia que varia entre 320 e 400 km, dependendo do modo de condução. No que faz maior regeneração de energia o carro fica mais econômico. Faz de 0 a 50 km/h em menos de 3 segundos a atunge 113 km/h, diz a fabricante. 

O próximo modelo elétrico da JAC que chega ao Brasil é o SUV médio iEV60, baseado no T60. Vai estrear no País apenas em julho de 2020. Então, ainda não há muitos detalhes sobre o carro, apenas que tem 380 km de autonomia. Tem o mesmo porte do Jeep Compass. E pela cotação atual, tem estimativa de preço de R$ 198.900.

Veja Mais:  Honda HR-V volta a ser o SUV mais vendido do Brasil em outubro. Veja ranking

 Até caminhão elétrico a JAC Motors terá no Brasil

caminhão elétrico da JAC Motors arrow-options
Divulgação

Caminhão elétrico da JAC Motors tem capacidade de até 6 toneladas e custo de manutenção menor que modelos a diesel


No segmento de comerciais, a JAC começa a vender a picape elétrica iEVP330 a partir de abril de 2020, com 320 km de autonomia. Nas primeiras impresões ao dirigir notamos que é um modelo mais voltado para o trabalho e menos para o conforto. Mais adiante também será vendida com motor a gasolina, provavelmente o 1.5, turbo, de 120 cv. E o preço estimado fica entre R$ 115 mil e 120 mil, no caso da versão apenas elétrica.

 LEIA MAIS:  Volkswagen e JAC fecham acordo para produzir novo elétrico na China

Haverá também o caminhão iEV 1200T, com capacidade de 6 toneladas e 200 km de autonomia Chega em novembro próximo, por R$ 259.900. A marca ressalta que o custo de manujtenção é bem menor que um modelo a diesel, resumindo-se à troca de palhetas do limpador de para-brisa, verificação dos freios e lavagem, aos 20 mil km e, aos 40mil, os mesmos itens com acréscimo da limpeza do ar-condicionado.

Com todos os cinco modelos elétricos no Brasil , o Grupo SHC espera vender em torno de 300 unidades por mês. Mas as vendas deverão deslanchar apenas a partir de 2021. Quanto à produção  no Brasil, essa hipótese está totalmente descartada por uma série de fatores, como a importação com alíquota de 0% e os baixos volumes de vendas

Veja Mais:  Quando as big trail se divertem em um autódromo

 LEIA MAIS: JAC mostra SUV T80, o mais sofisticado da marca no Brasil

A JAC Motors também informou que acaba de inaugurar uma concessionária na Avenida Europa, em São Paulo, com além de um estacionamento para a recarga de modelos da marca e outras bases elétricas no mesmo local. 

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana