conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Veja galeria de fotos das principais novidades do Salão do Automóvel 2018

Publicado


Salão do Automóvel 2018 deverá bater recorde de público de acordo com a organização do evento em São Paulo
Divulgação

Salão do Automóvel 2018 deverá bater recorde de público de acordo com a organização do evento em São Paulo

O Salão do Automóvel 2018 simboliza o início do fim da crise no setor automotivo. Uma série de novidades foram mostradas, além de protótipos que antecipam os modelos que vão ser lançados a partir de 2020. Também houve lançamentos de carros elétricos, ainda com preços bem acima do ideal e sem a infraestrutura adequada para terem suas baterias recarregadas.

LEIA MAIS:  Confira a página especial com a cobertura do Salão do Automóvel 2018

Uma das campeãs de lançamentos no Salão do Automóvel 2018 é a Volkswagen, que apresenta o SUV T-Cross , modelo compacto que começa a ser vendido em abril. A marca alemã também apresentou a versão conceiutual GTS de Virtus e Polo, que vão ser lançadas em breve com poucas mudanças em relação à versão conceitual.  

Mais novidades do Salão do Automóvel 2018

Além disso, a fabricante mostrou a picape Tarok, ainda na fase de protótipo, mas que está com o início de produção marcada para 2020. Chegará para rivalizar com Fiat Toro e Renault Oroch. E mais: trouxeram o híbrido Golf GTE, que começa a ser vendido em 2019, antes do e-Golf, versão apenas elétrica que também será vendido no Brasil, mas sem data definida.

LEIA MAIS: Confira detalhes e os preços dos ingressos do Salão do Automóvel 2018

Veja Mais:  Chevrolet Captiva de nova geração é revelado e tem chances de vir ao Brasil

Entre as quatro principais fabricantes do Brasil, a GM tem o novo Camaro e o elétrico Bolt como principais destaques. O primeiro chegará com mais apelo para enfrentar o rival Mustang, o que inclui retoques no desenho, novas cores e o câmbio automático de dez marchas. E o Bolt chega em 2019, por R$ 175 mil, para rivalizar com Nissan Leaf (R$ 178.400) e Renault Zoe (R$ 149 mil), outros dois elétricos.

A Ford já tinha antecipado suas novidades no Salão do Automóvel, mas os destaques ficam por conta do SUV Territory, que virá da China para concorrer com Jeep Compass e companhia. Outro modelo importante da marca é o EcoSport sem estepe na traseira e motor 1.5, de três cilindros e câmbio automático de seis marchas.

LEIA MAIS: Hyundai revela protótipo Saga EV, que antecipa linhas do novo HB20

Na Fiat, o grande destaque fica com o protótipo Fastback , SUV-cupê que será vendido a partir do final de 2020 e antecipa a reestilização da picape Toro, mas ainda está na fase de protótipo. Aliás, as versões conceituais povoam o estande da marca, que também mostra protótipos de Toro, Argo e Cronos. Veja mais novidades do Salão do Automóvel 2018 na galeria acima.

Comentários Facebook

Carros e Motos

Conheça as 5 melhores centrais multimídia do Brasil

Publicado

As centrais multimídia surgiram em 1987 no inovador Buick Riviera, nos Estados Unidos. No vídeo acima, o proprietário de uma conservadíssima unidade mostra todas as funcionalidades disponíveis naquela época. Vários detalhes chamam atenção, como o design primitivo que remete aos filmes de ficção científica da década, a interface bem confusa e a infinidade de recursos. Tinha até computador de bordo com consumo e autonomia!

LEIA MAIS: Conheça 5 micos de mercado que não compraríamos

Os anos passaram, as fabricantes se aprimoraram e as centrais multimídia passaram de um mero detalhe tecnológico para critério de compra. Não é difícil encontrar uma pessoa que tenha abandonando uma aquisição em potencial por não ter curtido o sistema multimídia de um determinado modelo. Quanto mais recursos, melhor!

Partindo disso, a reportagem do IG Carros elege as cinco centrais multimídia mais legais disponíveis do Brasil em diversas categorias. Acompanhe a lista!

1 – App-Connect

App Connect arrow-options
Divulgação

O App Connect se destaca pelo processamento e rapidez dos comandos, que podem ser controlados pelo volante

A Volkswagen deu um verdadeiro show ao lançar o sistema App-Connect. É realmente uma pena que seja tão caro e apenas apareça em carros acima de R$ 80 mil. Bonita, sofisticada e intuitiva, destacamos a facilidade para utilizar os recursos nativos e de pareamento. Em modelos como Jetta e T-Cross, por exemplo, é possível até escolher o modo de condução, além dos espelhamentos Apple CarPlay, Android Auto e Mirror Link.

Veja Mais:  Ranking da Fenabrave é confuso e precisa se atualizar

Disponível nos modelos: Polo, Virtus, Jetta, Golf GTI, Tiguan, Amarok e Passat

2 – Media NAV

Media Nav arrow-options
Divulgação

Sem vaidades, mas usual. O Media Nav aposta na simplicidade para conquistar o cliente

O Media NAV não tem uma interface bonita, mas também não se propõe a ser muito sofisticada. As animações são simples ou inexistentes, mas o processamento é rápido. Além de câmera de ré e GPS nativo para o Captur, destacamos um mini-game que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica. Todas as funcionalidades são facilitadas pelo menu de fácil acesso.

LEIA MAIS: Conheça os 5 carros mais procurados para compra na internet

Disponível nos modelos: Kwid, Sandero, Logan, Duster, Oroch, Captur e Zoe

3 – Sync 3

Sync 3 arrow-options
Divulgação

Antes disponível nas linhas Freestyle de EcoSport e Ka, a Ford passou a optar pelo sistema Sync 2.5

O Sync 3 é um daqueles sistemas de multimídia que adoram conversar. Apesar de irritante, a voz robótica desnecessária pode ser desativada nas configurações, revelando uma central multimídia muito interessante. Ela também conta com espelhamento de smartphones por Android Auto e Apple CarPlay, além de GPS nativo e sistema de som da Sony no EcoSport. É uma pena que o sistema tenha sido removido da linha 2020 de Ka e EcoSport Freestyle

Disponível nos modelos: EcoSport, Fusion, Ranger, Edge, Mustang

4 – MyLink 2

O primeiro entre todos os sistemas de conectividade do Brasil. O MyLink também tenta ser básico, mas oferece uma interface intuitiva e comandos interessantes. Também é possível utilizar o espelhamento de smartphones com Android e iOS. A partir do Onix LTZ, a Chevrolet também oferece o assistente pessoal OnStar, que pode marcar um horário no barbeiro ou informar o resultado do jogo do seu time. 

LEIA MAIS: Conheça 5 SUVs seminovos que valem a pena por até R$ 60 mil

Disponível nos modelos: Onix, Prisma, Cobalt, Cruze, Tracker, Equinox, Trailblazer, Bolt e S10

5 – BlueMedia

Blue Media arrow-options
Divulgação

Além de pareamento com o Apple CarPlay e Android Auto, o Blue Media ainda conta com TV Digital

Eis o primeiro sistema multimídia a contar com TV Digital (nas versões mais caras, claro). A imagem na central multimídia some com o carro em movimento, voltando a aparecer apenas em paradas no semáforo ou com o freio de estacionamento acionado. Um bom sistema para quem curte assistir TV, além de conectar o Smartphone pelo Android Auto e Apple CarPlay.

Disponível nos modelos: HB20, HB20S, Creta, Elantra, Santa Fe

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Conheça as 5 melhores centrais multimídia do Brasil

Publicado

As centrais multimídia surgiram em 1987 no inovador Buick Riviera, nos Estados Unidos. No vídeo acima, o proprietário de uma conservadíssima unidade mostra todas as funcionalidades disponíveis naquela época. Vários detalhes chamam atenção, como o design primitivo que remete aos filmes de ficção científica da década, a interface bem confusa e a infinidade de recursos. Tinha até computador de bordo com consumo e autonomia!

LEIA MAIS: Conheça 5 micos de mercado que não compraríamos

Os anos passaram, as fabricantes se aprimoraram e as centrais multimídia passaram de um mero detalhe tecnológico para critério de compra. Não é difícil encontrar uma pessoa que tenha abandonando uma aquisição em potencial por não ter curtido o sistema multimídia de um determinado modelo. Quanto mais recursos, melhor!

Partindo disso, a reportagem do IG Carros elege as cinco centrais multimídia mais legais disponíveis do Brasil em diversas categorias. Acompanhe a lista!

1 – App-Connect

App Connect arrow-options
Divulgação

O App Connect se destaca pelo processamento e rapidez dos comandos, que podem ser controlados pelo volante

A Volkswagen deu um verdadeiro show ao lançar o sistema App-Connect. É realmente uma pena que seja tão caro e apenas apareça em carros acima de R$ 80 mil. Bonita, sofisticada e intuitiva, destacamos a facilidade para utilizar os recursos nativos e de pareamento. Em modelos como Jetta e T-Cross, por exemplo, é possível até escolher o modo de condução, além dos espelhamentos Apple CarPlay, Android Auto e Mirror Link.

Veja Mais:  Ranking da Fenabrave é confuso e precisa se atualizar

Disponível nos modelos: Polo, Virtus, Jetta, Golf GTI, Tiguan, Amarok e Passat

2 – Media NAV

Media Nav arrow-options
Divulgação

Sem vaidades, mas usual. O Media Nav aposta na simplicidade para conquistar o cliente

O Media NAV não tem uma interface bonita, mas também não se propõe a ser muito sofisticada. As animações são simples ou inexistentes, mas o processamento é rápido. Além de câmera de ré e GPS nativo para o Captur, destacamos um mini-game que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica. Todas as funcionalidades são facilitadas pelo menu de fácil acesso.

LEIA MAIS: Conheça os 5 carros mais procurados para compra na internet

Disponível nos modelos: Kwid, Sandero, Logan, Duster, Oroch, Captur e Zoe

3 – Sync 3

Sync 3 arrow-options
Divulgação

Antes disponível nas linhas Freestyle de EcoSport e Ka, a Ford passou a optar pelo sistema Sync 2.5

O Sync 3 é um daqueles sistemas de multimídia que adoram conversar. Apesar de irritante, a voz robótica desnecessária pode ser desativada nas configurações, revelando uma central multimídia muito interessante. Ela também conta com espelhamento de smartphones por Android Auto e Apple CarPlay, além de GPS nativo e sistema de som da Sony no EcoSport. É uma pena que o sistema tenha sido removido da linha 2020 de Ka e EcoSport Freestyle

Disponível nos modelos: EcoSport, Fusion, Ranger, Edge, Mustang

4 – MyLink 2

O primeiro entre todos os sistemas de conectividade do Brasil. O MyLink também tenta ser básico, mas oferece uma interface intuitiva e comandos interessantes. Também é possível utilizar o espelhamento de smartphones com Android e iOS. A partir do Onix LTZ, a Chevrolet também oferece o assistente pessoal OnStar, que pode marcar um horário no barbeiro ou informar o resultado do jogo do seu time. 

LEIA MAIS: Conheça 5 SUVs seminovos que valem a pena por até R$ 60 mil

Disponível nos modelos: Onix, Prisma, Cobalt, Cruze, Tracker, Equinox, Trailblazer, Bolt e S10

5 – BlueMedia

Blue Media arrow-options
Divulgação

Além de pareamento com o Apple CarPlay e Android Auto, o Blue Media ainda conta com TV Digital

Eis o primeiro sistema multimídia a contar com TV Digital (nas versões mais caras, claro). A imagem na central multimídia some com o carro em movimento, voltando a aparecer apenas em paradas no semáforo ou com o freio de estacionamento acionado. Um bom sistema para quem curte assistir TV, além de conectar o Smartphone pelo Android Auto e Apple CarPlay.

Disponível nos modelos: HB20, HB20S, Creta, Elantra, Santa Fe

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

O primeiro e único “DKW” de luxo

Publicado

Motor Show

DKW arrow-options
Divulgação

O Horch 830 BL de 1953 foi produzido pelos técnicos da DKW para o presidente da Auto Union

O museu da Audi em Ingolstadt (Alemanha) tem em seu acervo um curioso sedã que não leva a marca da empresa, mas que tem uma curiosa história que serve de ponte entre o passado e o presente da marca, hoje conhecida por seus modelos esportivos e de luxo. Conheça a história do luxuoso Horch 830 BL, que foi construído na mesma fábrica dos DKW e seus motores de dois tempos.

LEIA MAIS: Aceleramos o Toyota Supra da segunda geração. Confira o vídeo

Hoje parte do Grupo VW, a Audi era até a Segunda Guerra Mundial parte da Auto Union, grupo que reunia também as marcas DKW (carros populares), Wanderer (médios) e Horch (alto luxo). Cada uma era representada no famoso logotipo das quatro argolas entrelaçadas. Mas a derrota alemã e a perda das fábricas (que ficaram no lado que se tornaria a Alemanha comunista) representaram um duro golpe para a empresa, que voltou a produzir apenas em 1949.

Reinstalada na cidade de Ingolstadt, a Auto Union se tornou o grupo de uma marca só: a DKW. Não havia espaço no país destruído pela guerra para o relançamento dos Audi, Wanderer e Horch. E com isso surgiu um problema: a empresa não tinha um modelo luxuoso para o uso do seu presidente.

Veja Mais:  Nova picape da Ford chega em breve para concorrer com Toro, Oroch e Tarok

LEIA MAIS: VW Brasília Dacon traz motor 1.800 e ar-condicionado

Em 1953, o departamento de protótipos da DKW aceitou o desafio construir algo que relembrasse a glória passada da empresa. Os técnicos construíram artesanalmente uma carroceria com linhas que lembravam as do contemporâneo Mercedes-Benz 300 “Adenauer” e a colocaram sobre o chassi de um Horch 830 BL de 1938, do qual foi aproveitado também o motor 3.8 V8 de 92 cv. Já no interior luxuoso, uma divisória de vidro separava motorista e passageiros do banco traseiro.

Oferecido como um presente de aniversário para Richard Bruhn, o presidente da Auto Union, o Horch 830 BL de 1953 foi o seu carro de uso até 1956. A partir daí, o automóvel foi vendido para um soldado americano em serviço na Alemanha e os alemães perderam o rastro do modelo único. Só voltaram a encontrá-lo mais de 50 anos depois, em 2008, abandonado há quase quatro décadas em uma fazenda nos Estados Unidos. Até hoje, o Horch é preservado no estado em que foi localizado.

LEIA MAIS: Opala recebe veneno atual para chegar aos 250 cv de potência

Esta foi a única aventura da DKW no mundo dos carros de luxo. Em 1958, a empresa foi comprada pela Daimler-Benz, que manteve o foco nos populares e nos motores de dois tempos. Em 1964, a dona da Mercedes-Benz vendeu a Auto Union para a Volkswagen, que então abandonou a DKW e retomou o uso do nome Audi. Que até hoje é a única viva das quatro marcas representadas no logotipo das argolas.

Veja Mais:  Yamaha Fazer 150, um pouco mais de sofisticação

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana