conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Sem categoria

Vídeo; Chuva causa alagamento em Cuiabá na tarde deste sábado (19)

Publicado

Sem categoria

Taxistas, mototaxistas e motoboys podem se tornar microempreendedores individuais

Publicado

Enquadrados no setor de serviços, as profissões de taxista, mototaxista e motoboy proporcionam aos trabalhadores autônomos que nelas atuam a possibilidade de se tornarem microempreendedores individuais (MEIs). Em Rondonópolis, os profissionais de transporte de passageiros e de entrega de mercadorias que desejarem abrir uma MEI a partir dessa atividade têm à sua disposição o Centro de Atendimento Empresarial (CAE) da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

“Cada categoria tem suas peculiaridades, atua de forma diferente uma da outra, mas as vantagens ofertadas àqueles que se transformam em MEI são as mesmas, quais sejam os benefícios da Previdência Social, que são, inclusive, estendidos a filhos e cônjuge, e todo o suporte que o CAE proporciona ao microempreendedor para encaminhar bem o seu negócio, com treinamentos e apoio para sanar suas dúvidas”, destaca o gerente do CAE, Jarmes de Sousa.

Auxílio-doença, aposentadoria por idade ou invalidez, salário maternidade e pensão por morte são alguns dos direitos que a cobertura previdenciária garante aos microempreendedores. Além dos benefícios da Previdência, ao se formalizar e possuir um CNPJ, o trabalhador pode emitir nota fiscal e abrir conta jurídica nas instituições financeiras.

Como taxistas, mototaxistas e motoboys têm suas especificidades na prática da profissão, Jarmes explica que, ao solicitarem a abertura de uma microempresa, esses profissionais devem apresentar documentos específicos. “Eles são condutores remunerados e, para exercerem essa atividade, devem passar por uma prova no Detran. Então, precisam levar ao CAE a Carteira de Habilitação que traz o registro EAR, indicando que eles exercem atividade remunerada”, esclarece o gerente.

Veja Mais:  Polícia Civil e PRF apreendem 450 kg de drogas na BR 364

Outros documentos necessários para esses trabalhadores solicitarem a mudança para MEI são original e duas cópias do RG e CPF, original do título de eleitor, cópia do comprovante de endereço e IPTU da residência. O profissional ainda deve fornecer e.mail e telefone para contato.

O CAE fica no Paço Municipal e funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, para atendimento presencial. Por via telefone, a instituição presta informações pelo número 3411-3516, das 12h às 17 horas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Sem categoria

Curso de Libras começa hoje

Publicado

O curso de comunicação, Língua Brasileira de Sinais – Nível Básico para servidores públicos municipais e população em geral que se inscreveram para participar, começa hoje. O curso é oferecido pela Câmara Municipal de Rondonópolis, por meio da Escola do Legislativo “Antônio Nestor de Araújo”.

O curso de Libras tem a duração de três meses, e será ministrado pelo pós-graduado em Letras e Educação Especial e Libras Josimar da Silva Cezar, na sede da Secretaria Municipal de Esportes, que fica na Rua Otávio Pitaluga nº 2007, bairro La Salle das 18h30 as 21h30, todas terças e quintas-feiras.

“Hoje nós nos deparamos no dia a dia com o surdo, e nós precisamos nos comunicar com eles, saber a real necessidade, qual a dificuldade, e o fato da libras ser propagada da maneira que está sendo no nosso município através da Escola do Legislativo, ela vem provocar essa inclusão social do surdo no nosso meio” disse o diretor da Escola do Legislativo César Augusto.

Comentários Facebook
Veja Mais:  TV PORTAL-MT: Veja assalto em comércio no Jardim Europa em Rondonópolis
Continue lendo

Sem categoria

Reunião na Prefeitura discute organização da 7ª Edição do “O Rio é Nosso”

Publicado

Foto: Assessoria

No próximo dia 8 de junto (sábado) acontece a sétima edição do projeto “O Rio É Nosso, que consiste no recolhimento de lixo nas margens e no leito do Ribeirão Arareau. Para preparar a ação deste ano, uma reunião foi realizada na tarde desta terça-feira (21), no auditório do Palácio da Cidadania, com os organizadores e entidades parceiras (públicas e privadas) do projeto. Iniciado em 2015, “O Rio é Nosso é realizado pela Prefeitura de Rondonópolis – por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente -, Ministério Público Estadual (MPE) e Juizado Volante Ambiental (Juvam).

O mutirão este ano terá início às 6h da manhã do dia 9 de junho, no Parque Arareau, na Vila Cardozo, onde será servido um café da manhã aos participantes voluntários. Em seguida, cada equipe sairá para limpeza dos 19 trechos do ribeirão dentro do perímetro urbano de Rondonópolis, que compreendem 7,1 Km, indo Anel Viário até a foz no Rio Vermelho.

Iniciado em 2015 com o objetivo de fazer a limpeza e, ao mesmo tempo, conscientizar a população sobre a necessidade de preservar o Ribeirão Arareau, evitando jogar lixo nas imediações, o projeto se consolidou em Rondonópolis, apresentando resultados positivos, com a quantidade de resíduos retirada diminuindo a cada ano.

Para se ter uma ideia dos resultados do projeto, a primeira edição do mutirão do “O Rio é Nosso”, por exemplo, foram retiradas mais de 300 toneladas de lixo do leito e da margem do Ribeirão Arareau. Já no ano passado, na 6ª edição, foram 22 toneladas.

Veja Mais:  Veja vídeo, após chuva, Hospital Regional de Rondonópolis fica alagado

“Para este ano, a nossa expectativa é muito boa, no sentido de encontrar menos lixo ainda”, disse o Secretário Municipal de Meio Ambiente, João Copetti, que espera, ainda, que o número de voluntários participantes de outros anos se repita, que tem sido em média de 500 pessoas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana