conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Yamaha revela criação elétrica que mistura de scooter, triciclo e patinete

Publicado

A Yamaha acaba de revelar um veículo que mistura moto, patinete e tricíclo. Com a filosofia da tecnologia Leaning Multi-Wheeled (LMW), o Tritown se baseia nas motos de três rodas apresentadas pela fabricante — como a Niken — por diversas vezes. Basta cutucar o guidão em uma direção ou outra para que a criação comece a se mover. Ou seja, praticidade e facilidade de dirigir são os seus maiores atributos. Os preços ainda não foram revelados e será voltado principalmente aos mercados da Europa e Japão.

LEIA MAIS: Comparamos os novos patinetes elétricos da Lime com os da pioneira Yellow

Yamaha Tritown arrow-options
Divulgação

Yamaha Tritown une as tecnologias desenvolvidas para as suas motos de três rodas com a micromobilidade

O triciclo da Yamaha possui um motor elétrico de 500 watts que recebe energia de uma bateria de íons de lítio de 380wh. Segundo a fabricante, o Tritown tem uma autonomia de até 32 km, com capacidade de ser recarregado por completo em menos de três horas. A velocidade máxima é de cerca de 25 km/h e pesa cerca de 40 kg. Mesmo que seja compacto, pode ser que não seja — apesar da proposta — tão fácil de ser levado no colo por aí.

LEIA MAIS: Novas soluções de mobilidade geram debate sobre a necessidade do automóvel

Divisão de motos da BMW também investe na micromobilidade

Entre outras marcas de motos, a BMW lançou, no início do ano, a nova geração do X2City, patinete elétrico , que pode chegar a 20 km/h e ser utilizado nas ciclovias europeias. A novidade já atende à nova legislação da Europa para esse tipo de veículo, por isso exige um impulso inicial de até 6 km/h para o motor elétrico entrar em funcionamento. Há, também, um pedal na que precisa ser pressionado algumas vezes para que a velocidade aumente. A autonomia é de 30 km.

LEIA MAIS: Conheça 5 apps de mobilidade no Brasil que valem a pena hoje em dia

De acordo com a BMW, uma carga completa no patinete leva cerca de duas horas e meia. E o veículo ainda oferece uma tomada USB para carregar o celular e conexão Bluetooth para futuros aplicativos. Já à venda na Alemanha, exige, tal como para as bicicletas elétricas , seguro e pode ser conduzido por quem tenha habilitação para pilotar ciclomotores. O preço é de 2.399 euros (cerca de R$ 10 mil), o que é certamente menos do que custará o crossoverzinho da Yamaha .

Comentários Facebook

Carros e Motos

Novo BMW Série 2 Gran Coupé chega ao Brasil em duas versões

Publicado


source
BMW Série 2 Gran Coupé arrow-options
Divulgação

BMW Série 2 Gran Coupé: Esportivo com proposta de ser um modelo de uso cotidiano

Com linhas arrojadas e novas tecnologias, o novo BMW Série 2 Gran Coupé desembarca em duas versões. A versão de entrada, 218i Gran Coupé Sport GP, chega as concessonárias na primeira semana de março, por R$ 186.950. Já a versão de topo, M235i xDrive Gran Coupé, chegará em maio custando R$ 279.950.

LEIA MAIS: BMW  330i: sedã  esportivo de verdade

Com destaque na parte tecnológica, o BMW Série 2 Gran Coupé dispõe de atualizações de software online, assistentes de condução e formas de comunicação com o veículo com inteligência artificial. Outra grande novidade é o motor quatro cilindros mais potente da história da BMW na versão de topo, e chegada da última geração do três cilindros na de entrada. O modelo pode ser equipado com tração dianteira ou integral.

LEIA MAIS: BMW começa a vender a nova versão esportiva M135i xDrive no Brasil

Versões

BMW arrow-options
Divulgação

Interior traz as últimas tecnologias de conectividade, além de acabamento com materiais premium

A versão 218i Gran Coupé Sport GP traz nova calibração para o motor 1.5 turbo a gasolina de três cilindros. Com ela, são gerados 140 cv e 22,4 kgfm, entregues às rodas dianteiras. Por dentro, vem equipado com bancos esportivos, volante revestido em couro, ar-condicionado automático, leitura automática de placas de velocidade e carpete de veludo. A velocidade máxima do carro é de 213 km/h, enquanto a aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 8,7 segundos.

Veja Mais:  Confira a lista dos 10 carros mais vendidos do mundo em 2018

LEIA MAIS: Audi e-tron chega em abril na categoria dos SUVs elétricos

Já a versão M235i xDrive Gran Coupé traz o motor 2.0 turbo, de quatro cilindros, com 306 cv e 45,9 kgfm. Sua grade bipartida apresenta detalhes em aço escovado na parte interna da peça. A versão conta com transmissão automática de oito marchas e tração integral. Em seu interior, há revestimento de couro nos bancos, teto solar panorâmico, faróis de LED e rodas de 18 polegadas com pneus Run Flat. Além disso, ainda traz retrovisor interno eletrocrômico, espelhos com rebatimento elétrico e bancos dianteiros elétricos e com memória. O automóvel chega de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e sua velocidade máxima é de 250 km/h.

“O BMW Série 2 Gran Coupé traz mais emoção, esportividade, design e tecnologias para nosso cliente brasileiro. Para nós, este é majoritariamente jovem, conectado e busca por novas opções que tragam prazer em dirigir, beleza e muita tecnologia”, afirma Roberto Carvalho, Diretor Comercial da BMW do Brasil.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

GM convoca LeBron James, da NBA, para ser o embaixador do Hummer elétrico

Publicado


source
Hummer arrow-options
Divulgação

LeBron Janes, estreia da NBA, faz a propaganda prévia do futuro Hummer elétrico, mostrando apenas a grade da novidade

A General Motors entra na corrida dos veículos elétricos prometendo novos 20 modelos, entre os quais os mais caros da marca: Cadillac e o Hummer. Aliás, este último modelo, um lendário off-road, será um lançamento tão desafiador que a montadora já fez um anúncio prévio, exibido durante o famoso torneio de basquete Super Bowl, com a estrela da NBA LeBron James, que será o embaixador do modelo.

LEIA MAIS: Ford terá novos veículos eletrificados no Brasil. Novo Kuga pode ser o primeiro

Com o slogan “Quiet Revolution” (Revolução Silenciosa), a propaganda-teaser revela apenas a grade do Hummer-EV e mostra cenas de LeBron James como um arremessador completo numa clara alusão a performance do futuro modelo. Numa seqüência brilhante de luzes verticais busca induzir a um detalhe do design renovado, mas com o forte apelo habitual ao Hummer. As especificações técnicas conhecidas até são impressionantes: 1.000 cavalos de potência; 11.500 lb-ft de torque; e 0 a 100 km/h em 3 segundos.

O GMC Hummer EV será totalmente revelado em 20 de maio de 2020, na fábrica da General Motors em Detroit, onde o veículo será construído. Neste evento, a montadora realiza o “EV Day”, quando será apresentado o plano da empresa para os carros eletrificados.

Veja Mais:  Nissan Frontier 2020 chega às lojas com novas cores e acessórios

LEIA MAIS: Veja como será o futuro das picapes para a Tesla

No entanto, antes disso, em abril, no Salão do Automóvel de Nova York, a empresa apresenta o novo Cadillac EVG, primeiro da série a usar uma nova arquitetura elétrica flexível, aplicada a uma ampla variedade de segmentos de carros e picapes. “Ninguém que conhecemos possui uma combinação desses níveis de flexibilidade, velocidade e escala”, disse Mark Reuss, presidente da GM.

Campanha de LeBron se dirige aos clientes de luxo 

LeBron arrow-options
undefined

Estrela do basquete não divulga apenas o Hummer, uma vez que serve de marketing para as novas tecnologias da GM como um todo

A montadora colocou a Cadillac como líder de seu avanço elétrico, porque os clientes de luxo estão mais confortáveis ​​com os preços mais altos e são vistos como mais abertos à tecnologia e à eletrificação. Mas deve incluir também a próxima geração do Chevrolet Bolt, pioneiro na gama dos elétricos no mundo.

LEIA MAIS: Volkswagen quer superar a Tesla no mundo dos carros elétricos

O modelo atual do Bolt, já vendido no Bradil, percorre 238 milhas, e seu preço nos EUA começa em US$ 36.620. Com a tecnologia da nova bateria projeta-se atingir 400 milhas por carga e ter um preço inicial na faixa de US$ 20.000. A empresa está se preparando também em termos de bateria para sua meta de emissões zero. Ela está construindo em Ohio, nos EUA (o país de LeBron James ), sua própria fábrica de células de bateria. em parceria com a LG.

Veja Mais:  Kawasaki revela a nova W800, café racer com estilo retrô
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Audi Q3 retorna totalmente renovado para enfrentar os rivais

Publicado


source
Audi Q3 arrow-options
Cauê Lira/iG Carros

Audi Q3 chega importado em três versões: Prestige (R$ 179.990), Prestige Plus (R$ 189.990) e Black (R$ 209.990)

Poucos modelos evoluíram tanto de uma geração para outra quanto o Audi Q3 . Isso nem chega a ser um ato louvável por parte do novo modelo, uma vez que o anterior se mostrava um tanto quanto defasado e simples para a categoria. Quem tem bala para gastar em SUV premium sempre está antenado com o que há de mais moderno, e o antigo Q3 nacional passava longe disso.

LEIA MAIS: Chevrolet Equinox 1.5 Premier: mais afiado contra os rivais

Agora fabricado na Hungria, temos um SUV montado sobre a plataforma global MQB do Grupo Volkswagen. Isso significa que todos os atributos – que já conhecemos em Tiguan, Jetta e A3 – se repetem no modelo. A posição de dirigir é levemente mais baixa, priorizando uma ergonomia mais esportiva. Da mesma forma, há um grande cluster 100% digital à frente do motorista, além da central multimídia completamente nova.

O volante tem base achatada, mas precisa ter tamanho suficiente para que o motorista veja o painel de instrumentos. Ele é revestido em couro e traz hastes para trocas de marcha mais esportivas. O bom acabamento continua pelo painel, onde o Q3 abusa de materiais de boa qualidade e texturas diferenciadas. Este mesmo revestimento se alastra pelas portas (com design bem diferenciado na maçaneta).

Veja Mais:  A nova Harley-Davidson Low Rider S em grande estilo

Preços e versões

Para o nosso primeiro contato no dia a dia, a Audi optou pela versão Black de R$ 209.990, a mais cara. Em relação aos outros modelos mais baratos, ela traz bancos esportivos com ajustes elétricos, rodas aro 19, teto solar panorâmico, assistente de estacionamento e alguns detalhes pintados em preto espalhados pela carroceria. Isso explica o fato do modelo compacto ser tão parecido com o SUV Q8.

Abaixo do Q3 Black, estão as versões Prestige (R$ 179.990) e Prestige Plus (R$ 189.990). A primeira ainda traz painel analógico com tela digital ao centro, enquanto a versão Plus integra chave presencial, porta-malas com abertura e fechamento por botão, faróis de LED, ar-condicionado de duas zonas. Todos esses equipamentos extras também marcam presença no pacote Black.

Para as três versões, a Audi disponibiliza apenas um motor: o famigerado 1.4 turbo de 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, sempre aliado ao câmbio automático de seis velocidades. Essa configuração não é vendida na Europa, sendo montada na Hungria para abastecer exclusivamente o mercado latino-americano.

Como anda?

O motor 1.4 TSI da Volkswagen já é o velho conhecido do mercado brasileiro. É o mesmo propulsor que já equipou o Golf, e hoje marca presença em Jetta, T-Cross, A3 e Tiguan – com duplo comando de válvulas no cabeçote e injeção direta. Sendo este um veículo importado da Europa, a Audi deixou de oferecer opções flex para o Q3.

Veja Mais:  Chevrolet Trailblazer 2019 chega às lojas a partir de R$ 181.990

LEIA MAIS: Audi A4 Avant S-Line: para poucos e bons

É interessante observar como este conjunto mecânico se adapta em veículos de diferentes tamanhos. O T-Cross Highline é um verdadeiro “canhãozinho”, acelerando de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos. O Jetta, que sempre teve um histórico de esportividade, ficou um pouco mais recatado pela mudança na curva de torque.

Audi Q3 arrow-options
Cauê Lira/iG Carros

O Audi Q3 mostra um arranjo misto, que funciona bem tanto na cidade quando nas estradas de terra para o interior

O Q3 2020 segue um arranjo parecido com o do Tiguan Allspace, mas ainda parece extrair mais do motor 1.4 TSI. Ambos pesam em torno de 1.580 kg, mas o Audi húngaro se mostra mais desenvolto e ágil que o irmão mexicano da Volkswagen. De acordo com a fabricante, o Q3 pode acelerar de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos, com velocidade máxima de 207 km/h.

Mesmo com o carro cheio, o Q3 não se deixa levar pelas adversidades. Ele traz todos os atributos que um eventual cliente que tenha chácara no interior procura. Em um curto trecho de estrada de terra batida na Zona Norte de São Paulo, a suspensão se mostrou rígida na medida certa, amortecendo os impactos das imperfeições menos acidentadas. Em buracos maiores, a leitura do solo é maior. 

Há ânimo suficiente para enfrentar o caminho e ainda aferir números honestos de consumo; que conforme o Inmetro, são de 10,2 km/l na cidade e 12 km/l na estrada.

Veja Mais:  Confira a lista dos 10 carros mais vendidos do mundo em 2018

Conclusão

O novo Audi Q3 chegou atrasado em uma categoria que sempre esteve alinhada com o que há de mais moderno. Contra o Volvo XC40 , ele traz o espaço interno e o bom porta-malas de 530 litros (ante 460 litros do rival sueco). Contra o BMW X1 , ele aposta no preço, já que o rival da marca bávara parte de salgados R$ 199.950. 

LEIA MAIS: Jeep Compass Limited 2020: poucas mudanças, à espera da renovação em 2021

Resta saber se o modelo terá fôlego suficiente para superar os rivais nas vendas. Ainda no segundo semestre, o novo Mercedes-Benz GLA estará entre nós com muita disposição para continuar na briga. Quando o concorrente de Stuttgart for lançado, traremos o Q3 de volta para um comparativo que promete ser acirrado. 

Ficha técnica

Audi Q3 Black Edition

Preço: a partir de R$ 209.990

Motor: 1.4, turbo, gasolina

Potência: 150 cv

Torque: 25,5 kgfm

Transmissão: automatizada, seis velocidades

Suspensão: Independente (dianteira), multibraço (traseira)

Freios: discos ventilados (dianteira), discos sólidos (traseira)

Pneus: 235/55 R16

Porta-malas: 530 litros

Consumo: 10,2 km/l (cidade) e 12 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 9,3 segundos

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana