conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Tecnologia

5 bons celulares da Motorola por menos de R$ 1000

Publicado


source

É possível dizer que marcas de celulares hoje têm torcidas organizadas e não mais usuários? Pode ser um exagero, mas há quem só use iPhone, aqueles que não abrem mão de um Galaxy e os recém-convertidos ao Xiaomi. Nesse balaio também está a Motorola que se reinventou e abocanhou uma considerável fatia do mercado brasileiro.

Motorola arrow-options
Dimítria Coutinho

Testamos os três smartphones

Aos fãs da Motorola , uma boa notícia. É possível comprar ótimos smartphones por menos de R$ 1000 na loja virtual da Amazon. A reportagem fez uma curadoria que inclui os modelos Moto E5 Play, Moto G7 Play , entre outros.

Assinantes do Prime, clube de vantagens da Amazon, têm frete grátis garantido. A mensalidade corresponde a R$ 9,90 e dá direito a usufruir da plataforma de streaming de filmes e séries, do Kindle e do Amazon Music. Clique aqui para assinar !

Moto E5 Play

Motorola arrow-options
Reprodução/Amazon

Motorola, Moto E5 Play de 16G custa R$ 593 na Amazon

Lançado em 2018, é um celular bastante completo e indicado especialmente para quem tem o hábito de trocar de aparelho em curto espaço de tempo e armazenar bastante coisa na nuvem. O armazenamento total é de 16GB, com expansão de memória de até 256GB. Ao preço de R$ 593 está na lista dos mais vendidos da Amazon.

Veja Mais:  Review do Google Stadia: o que esperar da plataforma de games por streaming

Clique aqui para comprar!

Moto G7 Play  

Moto G7 Plus arrow-options
Reprodução/Amazon

Moto G7 Plus está custando R$ 999 na Amazon

Com processador Octa-Core 1.8 Ghz 4G, a performance do aparelho é das mais elevadas da faixa de preço. Na Amazon, ele custa R$ 999. A Tela Max Vision de 5.7″ e design compacto é outro diferencial. O desbloqueio da tela é rápido pois se dá por meio de sensor de impressão digital. São 32Gb de armazenamento e 2G de memória Ram. 

Clique aqui para comprar!

Moto G8 Play

Moto G8 arrow-options
Reprodução/Amazon

Moto G8 Play custa R$ 909 na Amazon

O grande destaque deste aparelho é ter câmera tripla traseira. Uma ulra-wide, uma para profundidade e outra para aprimorar as fotos deixando-as mais nítidas e iluminadas. As resoluções são de 13mp, 8mp e 2mp respectivamente. A bateria de 4000 mAh permite assistir 14 horas de filme ou ouvir 63 horas de música ineterruptamente. 

A tela Max Vision é de 6,7″ e é HD+. São 32GB de armazenamento e memória Ram de 2GB. O preço corresponde a R$ 909.

Clique aqui para comprar!

Moto X4

Moto x4 arrow-options
Reprodução/Amazon

O Moto X4 custa R$ 799 na Amazon

A memória Ram é mais potente. São 3GB e a capacidade de armazenamento corresponde a 32GB. O Moto X4 tem tela de 5,2″, dual sim e duas câmeras com 12mp e 8mp. O preço é de R$ 799.

Veja Mais:  Netflix não oferece mais período de teste grátis no Brasil

Clique aqui para comprar!

Moto G7 Play Edição especial

Moto G7 arrow-options
Reprodução/Amazon

Moto G7 Play especial é mais barato do que os outros da série G7

O aparelho usa o processador Snapdragon e se diferencia dos outros da linha, mas esse não é o único atrativo desse G7, mais barato do que os outros da linha e com credenciais quase idênticas. São 32GB de armazenamento, 2Gb de Ram e 5,7″ de tela. São duas câmeras com 13mp e 8mp. O preço é de R$ 799,88.

Clique aqui para comprar!

Há uma oferta na loja virtual da Amazon que dá 10% de desconto nos aparelhos da Motorola da linha G7 Power. Confira !

*O iG pode ganhar comissão sobre as vendas originadas a partir deste artigo

Comentários Facebook

Tecnologia

Isolamento social: HBO Go libera parte do catálogo de graça

Publicado


source

Olhar Digital

HBO Go arrow-options
Unsplash/Glenn Carstens-Peters

Conteúdo do HBO Go é disponibilizado gratuitamente


Com o surto do novo coronavírus (Sars-Cov-2) afetando o mundo todo, algumas empresas ligadas ao entretenimento e até plataformas de streaming tem liberado o seu acervo ou parte deles de forma gratuita. Aqui no Brasil, por exemplo, o Telecine liberou o acesso a mais de dois mil filmes por 30 dias sem a necessidade de ter uma assinatura ativa.

Por sua vez, após ter liberado o acesso ao seu acervo nos Estados Unidos, a HBO Brasil liberou uma pequena parte de seu catálogo para ser assistida sem ter que assinar o serviço ou ter um cartão de crédito cadastrado. Os títulos disponíveis de graça por tempo limitado são estes:

  • A primeira temporada completa de O negócio;
  • O primeiro episódio de Avenue 5;
  • O primeiro episódio de Euphoria;
  • O primeiro episódio de His Dark Materials;
  • O primeiro episódio de Outsider;
  • O primeiro episódio de WatchMen.

Leia também: Veja quais serviços de streaming e canais de TV estão de graça na quarentena

A HBO não informou até quando o acesso a esses seriados durará. Entretanto, assim que eles expirarem, é claro, será necessário realizar uma assinatura do serviço para continuar a assisti-los.

Como acessar a plataforma HBO Go

Apesar de ter liberado essa pequena parte de seu acervo de graça, ainda é necessário criar uma conta no HBO Go para utilizá-lo. Veja como o processo é feito usando um celular:

  1. Acesse a Google Play ou a App Store e realize o download do aplicativo HBO Go;
  2. Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, ele pode solicitar a permissão para ser executado em segundo plano. Apenas conceda-a caso você vá realizar outras tarefas enquanto está assistindo um de seus conteúdos;
  3. Já na próxima tela, leia os seus termos de privacidade e de uso. Estando de acordo, toque em “Aceitar” para continuar;
  4. Agora, toque em “Aproveite seu teste grátis” e preencha os campos para criar sua conta;
  5. Já na tela em que ele solicita escolher um tipo de assinatura mostrando os seus valores, basta clicar em “Cancelar” e em “Aceitar” para não concluir o processo, que pedirá um método de pagamento.
Veja Mais:  Patinetes elétricos da Uber chegam a São Paulo

Leia também: Serviços de streaming diminuem qualidade para não sobrecarregar rede de internet

A partir desse momento você já verá todo o catálogo da HBO Go , sendo que o conteúdo grátis não está separado do pago. Então, você precisará usar a busca do serviço para encontrar um dos títulos listados acima. Caso selecione um conteúdo que não está na lista acima, o serviço pedirá para completar a sua “assinatura”.

Pronto! Agora, você já sabe como aproveitar o conteúdo que está de graça durante tempo limitado na plataforma do HBO Go. Apesar de o processo mostrado ter sido feito em um celular, vale lembrar, o HBO Go também pode ser acessado pelo computador através deste link.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Inteligência artificial ajudaria a diagnosticar Covid-19, diz estudo brasileiro

Publicado


source
Teste para o Covid-19 arrow-options
Agência Brasil

Teste para o Covid-19

Estudo Brasileiro realizado pelo Hospital Israelita Albert Einstein e o Labdaps (Laboratório de Big Data e Análise Preditiva em Saúde) da USP apontou que a Inteligência Artificial pode atingir 78% de precisão no diagnóstico do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Os pesquisadores agora esperam ampliar os estudos para que os testes de covid-19, que estão escassos, sejam direcionados para pacientes que tenham maior chance de estarem infectados.

Leia mais: Robô da OMS sobre coronavírus no Whatsapp ganha versão em português; saiba usar

Como método, os pesquisadores alimentaram algoritmos de inteligência artificial com dados de cerca de 164 pacientes com suspeita de Covid-19 e que já tinham realizado exames RT-PCR para detectar o vírus.

Informações dos pacientes, como exames de sangue, foram utilizadas para treinar o algoritmo a identificar padrões que pudessem apontar a infecção pelo Covid-19.

Veja também: Golpe! Mais de 100 sites falsos prometem auxílio emergencial; saiba se proteger

Em seguida, o algorítimo foi testado em 235 pacientes do Hospital Albert Einstein e o diagnóstico foi eficaz em 78% das vezes, resultado melhor do que o dos testes rápidos que o governo recebeu por doação.

Segundo os pesquisadores, a ideia não é que a inteligência artificial substitua os testes usuais, mas funcione como ferramenta de apoio, principalmente enquanto os resultados dos testes não ficam prontos. O modelo ajudaria, inclusive, a diferenciar o novo coronavírus da gripe.

Veja Mais:  Sextou: confira os lançamentos da Netflix desta semana

O próximo passo é conseguir que outros hospitais abram e enviem seus dados para que o algoritmo continue a ser treinado e validado para um possível uso cotidiano.

Os pesquisadores afirmam que já há estudos para que os algoritmos possam ajudar em outras áreas como, por exemplo, a indicar o prognóstico dos casos de Covid-19, uma possível necessidade e respirador e a chance de mortalidade.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

China ultrapassa EUA em número de pedidos de patentes pela primeira vez

Publicado


source
Escritório da Huawei na China arrow-options
Divulgação

Huawei foi empresa que mais depositou pedidos de patentes

A China ultrapassou pela primeira vez os Estados Unidos e se tornou a campeã mundial em pedidos de patentes , de acordo com dados de 2019 divulgados esta semana pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) da ONU.

Leia também: Golpe! Mais de 100 sites falsos prometem auxílio emergencial; saiba se proteger

O diretor-geral da organização, Francis Gurry, informou por meio de comunicado que “em 1999, o OMPI recebeu 276 solicitações da China , contra 58.990 em 2019, 200 vezes mais hoje do que há 20 anos”. 

Ele explicou que o crescimento chinês se deu por uma vontade do governo de transformar a economia em “uma economia de maior valor agregado”. Ele destacou ainda o investimento público em inovação.

Esta é a primeira vez que os Estados Unidos ficam em segundo lugar. O país norte-americano liderava o ranking desde a criação do Tratado de Cooperação em Patentes do OMPI , em 1978. 

Depois de China e Estados Unidos, vêm Japão, Alemanha, Coreia do Sul e França. A Turquia ficou entre os 15 primeiros e foi destacada por Gurry pelo crescimento no número de pedidos. Atualmente, mais da metade dos pedidos de patentes são feitos por países asiáticos.

Leia também: Google proíbe aplicativo Zoom entre seus funcionários

Veja Mais:  Lego anuncia parceria com Nintendo para novo Super Mario Bros

O papel da Huawei

A empresa que mais depositou pedidos de patentes em 2019 foi a chinesa Huawei . Segundo relatório da OMPI, foram 4.411 pedidos no último ano, forte contribuição para a nova posição da China.

Em seguida no ranking das empresas que mais pediram patentes estão Mitsubishi, do Japão, Samsung, da Coreia do Sul, Qualcomm, dos Estados Unidos e Guang Dong Oppo, também da China.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana