conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Após troca de tiro com a PM, três suspeitos morrem no distrito de Jarudore

Publicado

Gabriel de Jesus Falcão, 19,anos, Vitor Hugo de Moura Silva, 19 anos e Jeremias da Silva Freitas, 18 anos, morreram no inicio da noite desta quarta-feira (5) após confronto com a Policia Militar no distrito de Jarudore. Os suspeitos receberam os policiais  com tiros, ao revidar, os policiais  alvejou os três suspeitos e socorreram os mesmo até o Hospital Regional de Rondonópolis, mas não resistiram aos ferimentos e foram a óbitos.

Armas que estavam em posse dos suspeitos- Foto: PMMT

Consta no Boletim de Ocorrência (BO)  que a através da 14ª Companhia Independente Policia Militar de Força Tática (CIPM/FT) em diligências continuadas após registro de tentativa de latrocínio na noite da terça-feira (4) no bairro Monte Líbano em Rondonópolis (B.O. n°2019.167888), a Força Tática recebeu informações anônimas de que haviam criminosos armados escondidos em uma casa no distrito de Jarudore, e que  possivelmente teriam envolvimento no crime supracitado.

As equipes policiais deslocaram-se até a casa indicada, sendo que três indivíduos, ao perceberem a aproximação da polícia, saíram correndo de dentro da casa e embrenharam-se em uma mata. Os policiais iniciaram então varredura do local, usando técnicas de progressão em área rural vasculhando os pastos da região. Ao iniciar a patrulha no segundo pasto em direção aonde os suspeitos haviam fugido, os policiais foram surpreendidos pelos suspeitos, que estavam deitados no mato, que se levantaram quando os policiais estavam bem próximos de encontrá-los. Ao se levantarem, sacaram armas de fogo que estavam em suas cinturas, momento no qual foi necessário efetuar disparos contra os criminosos para defesa da injusta agressão aos policiais.

Veja Mais:  Polícia Civil cumpre cinco mandados em operação de combate ao tráfico de drogas em Água Boa

Os suspeitos foram alvejados e interromperam a ação. Os policiais prestaram o socorro aos feridos até o Hospital Regional de Rondonópolis, mas não resistiram aos ferimentos, onde foi atestado o óbito dos suspeitos.

No local do confronto foi realizada a perícia e os armamentos dos policiais e dos suspeitos foram devidamente recolhidos.

De acordo com o B.O, a casa onde os suspeitos estavam era residência do suspeito vulgo “geovaninho”, que não foi localizado, mas tem extensa ficha criminal por crimes de furto, roubo e tráfico de drogas.

Os suspeitos mortos têm diversas passagens criminais, Jeremias da Silva Freitas: roubo a residência, homicídio doloso, sequestro e cárcere privado, tráfico ilícito de drogas, violação de domicílio. Gabriel de Jesus Falcão: Roubo. Vitor Hugo de Moura Silva: tentativa de homicídio, estupro, roubo, lesão corporal, direção perigosa, associação para o tráfico de drogas, tentativa de fuga de pessoa presa, ameaça, receptação.

 

Comentários Facebook

Policial

Governo vai investir quase R$ 4,9 milhões em compra de farda para Polícia Militar

Publicado


.

Por meio do programa Tolerância Zero, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) vai investir R$ 4,88 milhões para a aquisição de fardamento operacional para quase 7,5 mil policiais militares de Mato Grosso, de soldado a coronel. Os recursos são oriundos do Tesouro Estadual.

Além da compra do uniforme operacional, os policiais lotados nas tropas especializadas como Força Tática, Bope, Rotam, Batalhão de Trânsito, Cavalaria, Batalhão Ambiental, dentre outros, também serão contemplados com as aquisições.

“Os recursos para aquisição já estão em caixa e a Polícia Militar precisa deste importante investimento que o Governo do Estado está fazendo. A segurança pública é uma prioridade do governador Mauro Mendes”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

O processo de compra se dará pelo Comando Geral da Polícia Militar. De acordo com as informações do comandante-geral da corporação, coronel PM Jonildo José de Assis, será realizado um pregão para a compra do fardamento das tropas especializadas e para a farda operacional.

Assis destaca que a PM já fez a adesão a uma ata de registros de preços, passo fundamental, e está adotando outras medidas no sentido de agilizar a aquisição do fardamento.

O comandante diz que é prioridade e compromisso atender todos os policiais militares com fardas, armamentos e outros equipamentos de uso pessoal, assim como a infraestrutura necessária ao bom desenvolvimento das atividades policiais e prestação de serviços de qualidade à sociedade.

Veja Mais:  PRF apreende tabaco para narguilé em Rondonópolis/MT

“O Governo do Estado e a Secretaria de Segurança Pública entenderam que mesmo em momento de crise, o investimento no fardamento é necessário e disponibilizaram verbas para a aquisição”.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende homem que tentava aplicar golpe com cheque fraudado em Sorriso

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante um homem, na manhã desta quinta-feira (04.06), que tentava aplicar um golpe em uma casa comercial na cidade. O suspeito, de 26 anos, foi autuado em flagrante por estelionato.

O preso também é investigado pela Polícia Civil de Sorriso por envolvimento em um crime de homicídio.

As diligências iniciaram logo que os policiais civis receberam informações que um homem estaria em um estabelecimento comercial no bairro Jardim Europa, tentando aplicar um golpe usando o um modo de ação já conhecido pela polícia. 

Para praticar o crime, o suspeito se mostrava interessado em efetuar uma compra de um valor expressivo pagando com um cheque falso. Na sequência a vítima volta troco com um cheque bom de sua empresa e o criminoso rapidamente repassa o cheque angariando lucro em dinheiro concretizando assim o golpe.

Com o suspeito foi apreendido um cheque no valor de R$ 5,3 mil, o qual ele disse ter adquirido pelo valor de R$ 300 de um terceiro. Diante dos fatos, o suspeito que é investigado em outro inquérito policial foi conduzido para Delegacia de Sorriso, onde foi interrogado e autuado em flagrante por estelionato.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Governo vai investir quase R$ 4,9 milhões em compra de farda para Polícia Militar
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de autor de violência doméstica que continuava ameaçar vítima

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado por crimes de violência doméstica e familiar foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, nesta quinta-feira (04.06). A ação foi realizada para cumprimento de mandado de prisão preventiva, decretada pela Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. 

As investigações iniciaram no dia 18 de maio, após a vítima procurar a Polícia Civil e relatar as graves ameaças de morte que vinha sofrendo por parte do ex-companheiro. Segundo a comunicante, o suspeito não respeitava as restrições das medidas protetiva impostas pela Justiça e sempre perturbava sua tranquilidade.

O agressor foi preso em flagrante no dia 24 de abril, porém depois de ser solto passou novamente a transgredir contra a vítima, encaminhando constantes mensagens com teores de ameaça, contra a ex-companheira, dizendo que a vítima estava no corredor da morte e ainda sofreria um “salve” que seria aplicado por uma organização criminosa.

Como prova foram apresentados áudios e mensagens que comprovaram as informações. Para garantir efetividade às medidas protetivas, e com intuito de evitar um possível feminicídio, a a delegada Mariell Antonini representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

Diante da ordem judicial, os policiais da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande conseguiram localizar e prender o suspeito nesta quinta-feira (04), o qual foi encaminhado para uma unidade prisional à disposição do Poder Judiciário.  

Veja Mais:  PM tira armas de circulação e prende quatro no Estado

De acordo com a delegada que coordenou as investigações, Mariell Antonini Dias Viana, mesmo em período de pandemia a Polícia Judiciária Civil continua trabalhando firmemente com intuito de prevenir e apurar delitos.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana