Política MT

Assembleia Social oferece 29 opções de oficinas para contribuir com a renda familiar

Publicado


Abertura de Oficina de Sabonete Artesanal na Ação na Escola Pascoal Ramos

Foto: Karen Malagoli

Oficina de Pintura em Tecido, na Ação da Conseg Distrito da Guia, com a presença do deputado Eduardo Botelho

Foto: Karen Malagoli

Com o avanço da vacinação da população mato-grossense, a Assembleia Social retomou, já no fim de maio deste ano, a oferta de oficinas que havia sido suspensa desde o ano anterior, em razão da condição presencial da atividade.

Respeitando os protocolos de biossegurança de prevenção à covid-19 e com turmas controladas, entre maio e julho deste ano, foram oferecidas quatro oficinas e outras três edições do projeto Ação Assembleia Social, também com oferta de capacitações.

As oficinas são ministradas pela Assembleia Social a comunidades carentes ou em municípios do interior, com a finalidade de oferecer um novo saber, de forma a contribuir com a renda familiar (a partir da venda dos produtos), dar mais independência financeira às mulheres e ocupar o tempo das pessoas de forma produtiva, acessando das técnicas de arteterapia.

Entre os dias 29 de maio e 12 de junho, foram oferecidas quatro edições da Oficina de Sabão Líquido Artesanal, pela professora parceira Elizabeth Ferreira, atendendo a 92 alunos, distribuídos nas instituições parceiras Obras Sociais Eurípides Barsanulfo, na periferia de Várzea Grande (em 29/05 e 12/06), no Centro Terapêutico Paraíso, na estrada do Manso (09/06) e na Paróquia São José Operário, no bairro Cristo Rei, também em Várzea Grande.

Veja Mais:  Claudinei luta pela valorização salarial dos servidores do Sistema Penitenciário

Em 18 de junho, o braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso deu início a um novo projeto: a Ação Assembleia Social, que buscou adaptar os tradicionais mutirões aos cuidados de saúde atuais.

A iniciativa foi desenhada em dois formatos: o de acolhimento e o de oficinas. A primeira Ação, no dia 18, foi de acolhimento – ofereceu atendimento em saúde da família, atendimento com psicoterapeuta e orientações jurídicas a 30 pessoas da Comunidade de Pescadores Z5, em Barão de Melgaço, por agendamento prévio. Leia mais aqui.

Com foco na oferta de oficinas, foram realizadas três edições da Ação Assembleia Social: na Escola Estadual Pascoal Ramos, em Cuiabá, no dia 23/06; no Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg) do Distrito de Nossa Senhora da Guia, em Cuiabá, no dia 29 último; e participando da iniciativa do Grupo VG+Ação, no bairro Água Vermelha, em Várzea Grande, no dia 06 deste mês.

Na Escola Pascoal Ramos, foram formadas seis turmas de professores ou membros da comunidade escolar, sendo três de manhã e três à tarde: uma turma de Sabão Líquido Artesanal, duas de Tranças e Penteados, uma de Sabonete Artesanal e duas de Coaching Sistêmico Humanizado, atendendo, ao todo, 59 pessoas.

A edição no Distrito da Guia ocorreu em três dias, com seis oficinas diferentes – Tranças e Penteados, Boneca de Pano, Peso de Porta, Chaveiros Artesanais, Produção de Tiaras e Pintura em Tecido, distribuídas em dez turmas, conduzidas por três professoras parceiras da Assembleia Social. Como sempre, todas as oficinas foram gratuitas e com certificado. Participaram desta Ação, 80 pessoas.

Veja Mais:  Deputado Thiago Silva defende criação de Hospital Ortopédico em Rondonópolis

E, encerrando a programação de oficinas do primeiro semestre de 2021, 17 pessoas do bairro Água Vermelha e região, em Várzea Grande, participaram da Oficina de Tranças e Penteados.

“O que estas pessoas precisam é de uma oportunidade de melhorar de vida, seja na venda de produtos artesanais ou na prestação de serviços, seja ocupando a mente com arte. E nós nos sentimos muito honrados pro contribuir com as famílias, por estarmos na comunidade, que é o nosso lugar”, sintetiza a diretora da Assembleia Social, Daniella Paula Oliveira.

Além das oficinas já listadas, a Assembleia Social oferta outras 21 oficinas ou palestras, como opção de parceria para comunidades em vulnerabilidade social.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política MT

Lúdio Cabral propõe PEC para obrigar entidades do agronegócio a prestarem contas do recurso público

Publicado

Foto: Assessoria

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) apresentou, na quarta-feira (15), o projeto de emenda constitucional (PEC) nº 15/21, para obrigar as entidades privadas que recebem dinheiro público em Mato Grosso a prestarem contas da aplicação desses recursos. Entre as entidades que atualmente não prestam contas do recurso público que recebem está a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Instituto Mato-grossense do Agronegócio (Iagro), Instituto da Madeira de Mato Grosso (Imad), entre outros.

“Diversas entidades do agronegócio recebem recursos de tributos como o Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). As entidades privadas têm que ter transparência e mostrar como aplicam o recurso público que recebem. A prestação de contas é uma exigência que já existe na Constituição Federal, mas não existe na Constituição Estadual. Nossa PEC é para corrigir o texto da Constituição Estadual e adequá-lo ao texto da Constituição Federal”, explicou Lúdio.

Lúdio criticou a existência de fundos privados alimentados com recursos públicos. “Mato Grosso tem uma aberração que é a existência desses fundos, que são contrapartida para renúncias fiscais e são administrados por entidades privadas, são extra-orçamentários, não estão no orçamento do Estado e não seguem qualquer regra de contabilidade pública. Isso é absolutamente inconstitucional”, afirmou.

O deputado apresentou também um requerimento de informações ao governador Mauro Mendes (DEM), ao secretário de Fazenda, Rogério Gallo, e ao controlador-geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, sobre as providências adotadas pelo Estado para cumprir as recomendações feitas pela Controladoria Geral do Estado (CGE) em dezembro de 2018 sobre as irregularidades e ilegalidades na transferência de recursos públicos a entidades privadas e a penalização dos responsáveis.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Barra do Garças recebe emendas parlamentares do deputado Nininho
Continue lendo

Política MT

Deputado Claudinei busca soluções para a saúde pública de Rondonópolis na SES

Publicado

O parlamentar reuniu com representantes da SES para tratar de assuntos relacionados à Santa Casa e Hospital Regional do município

Deputado trata da saúde pública de Rondonópolis na SES

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) reuniu com a secretária de Saúde de Mato Grosso (SES), em exercício, Kelluby de Oliveira, nesta quinta-feira (16), para obter esclarecimentos sobre a situação da saúde na Santa Casa de Misericórdia e Hospital Regional de Rondonópolis. Vários assuntos foram discutidos, como a retomada das cirurgias eletivas e ortopédicas, desativação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19, liberação dos recursos do antigo Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (Feef) e adesão ao programa do Estado por parte do município para fortalecer a prestação de serviço à população.

Feef

Kelluby realizou chamada telefônica ao secretário adjunto da SES, Juliano Silva Melo, para verificar os trâmites dos repasses do antigo Feef que acumula cerca de R$ 77 milhões a serem distribuídos aos hospitais filantrópicos de Mato Grosso. “Está em processo para fazer o pagamento. O que a gente tinha combinado é que regularizaríamos até o final do mês. Vamos publicar a portaria, depois é o processo de efetuar o pagamento”, posicionou.
Claudinei recebeu com satisfação a informação, já que havia apresentado, no início de setembro, requerimento de n.° 485/2021, em caráter de urgência, às Secretarias de Estado de Saúde (SES) e de Fazenda (Sefaz) de Mato Grosso para ter informações do repasse da verba para atender as instituições filantrópicas.

Veja Mais:  Deputado Thiago Silva cobra do Procon a fiscalização da publicidade de leis que beneficiam o consumidor

“Tive uma reunião com informações positivas. Uma boa notícia é que até o dia 30 de setembro, a Santa Casa de Rondonópolis vai receber aproximadamente R$ 9,2 milhões do antigo Feef. Com a nova lei de n.º 11.487/2021, esses valores serão repassados ao Fundo Estadual da Saúde (FES) para depois serem remanejados para esses hospitais”, disse o parlamentar.

UTI

Com a redução de casos de pacientes com a Covid-19, a secretária informou que os 30 leitos de UTIs do Hospital Regional de Rondonópolis serão desativados para iniciar o atendimento de cirurgias eletivas e ortopédicas, sendo que a Santa Casa manterá o atendimento de pessoas infectadas na unidade já que disponibiliza 20 leitos já contratualizados junto à gestão estadual.

“Ontem nós tivemos uma reunião com o governador. O Regional vai retomar as cirurgias ortopédicas que realizava anteriormente, com a mesma capacidade. Com esse retorno vai dar uma melhorada. Hoje, formalizei com a Central de Regulação Interna o bloqueio desses leitos, passo os pacientes da Covid-19 para a Santa Casa. Temos um período de desinfecção, acredito que no período de cinco dias, para retomar as cirurgias da forma que era antes”, declarou Kelluby.

Programa

A secretária informou sobre a importância da adesão da Prefeitura de Rondonópolis ao Programa Mais MT Cirurgias, lançado pelo governo de Mato Grosso, em julho deste ano, com investimentos previstos de R$ 105 milhões, cuja finalidade é o de fortalecer a saúde pública do município. “O Estado vai pagar 100% dos procedimentos, só que precisa que o município faça a adesão. Rondonópolis ainda não fez”, expôs.

Veja Mais:  Deputado Claudinei destina recursos para aquisição de placas solares à Obra Kolping de Rondonópolis

O programa vai contribuir para a redução de filas de espera por procedimentos eletivos no Estado, sendo que é previsto a realização de 22,5 mil cirurgias, aproximadamente 70 mil exames de alta complexidade e 90 mil consultas ambulatoriais.

Estrutura

De acordo com a superintendente de Regulação, Dúbia Campos, desde o ano passado, a SES busca estruturar os Hospitais Regionais com equipamentos e mobiliários para fortalecer as macrorregiões de Mato Grosso. Ela frisa que Rondonópolis ainda não havia implantado, sendo que já é tratado com os 19 municípios atendidos pelo Hospital Regional, por meio do decreto de n.° 670/2020 que dispõe sobre a transparência na Política Estadual de Regulação do Sistema Único de Saúde (SUS).

“Estamos nesse trabalho junto com o Regional, implantamos, no dia 1° de setembro, a regulação da região macro de Rondonópolis. A gente estruturou a regulação macro e estamos em um acompanhamento com todos os municípios. Ambulatoriamente, temos isso desde 2012, incialmente. Porém, o hospitalar, estamos fazendo agora, a partir do dia 1° de setembro”, salientou Campos.

Também, marcaram presença na reunião a superintendente de Regulação, Controle e Avaliação, Simone Ramos, e a secretária adjunta do Complexo Regulador, em substituição, Norma Fernandes.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Deputado Thiago Silva realiza Gabinete Itinerante no Conjunto São José

Publicado

Foto: Assessoria

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) atenderá com o seu Gabinete Itinerante neste sábado (18) das 8h às 12h no Conjunto São José, Avenida Irmã Bernarda em frente ao Restaurante Talismã em Rondonópolis.

Na oportunidade, o deputado e sua equipe receberão as demandas da população, que poderão se tornar indicações e projetos de lei no parlamento de Mato Grosso.

“Será uma oportunidade da população apresentar sugestões para que possamos atender as necessidades debatidas durante o atendimento. Estamos realizando o Gabinete Itinerante também em outros bairros, distritos e cidades do Estado”, disse Thiago Silva.

Desde o mandato de vereador, o parlamentar já realiza essa ação de aproximar o mandato da população e o objetivo é levantar as principais reivindicações das lideranças comunitárias e resolver as situações que estão na competência do deputado.

De acordo com Thiago Silva, seu mandato é participativo e transparente, e tem o compromisso de aproximar a Assembleia da população. “O nosso objetivo é dar voz ao cidadão que muitas vezes não tem tempo ou condições de ir até na Assembleia fazer a sua indicação de melhoria para o seu bairro. Estamos levando o nosso gabinete para próximo do cidadão para dialogar e debater melhorias para a região do Conjunto São José”, disse Thiago Silva.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Deputado Thiago Silva cobra do Procon a fiscalização da publicidade de leis que beneficiam o consumidor
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana