Carros e Motos

Audi A4 2021 é alternativa sofisticada no meio de um mar de SUVs

Publicado


source
Audi A4 Performance Black 2021: entre os retoques no desenho, destacam-se dos novos faróis e as rodas de aro 18
Divulgação

Audi A4 Performance Black 2021: entre os retoques no desenho, destacam-se dos novos faróis e as rodas de aro 18

Quem pode escolher por um modelo sofisticado que passa dos R$ 300 mil e precisa de espaço tem algumas opções hoje em dia no Brasil. Além de uma porção de SUVs, existem alguns sedãs, entre os quais o Audi A4 da linha 2021, que acaba de receber uma reforma visual e mais equipamentos para continuar na briga com os fortes concorrentes, como BMW Série 3, Mercedes Classe C e Volvo S60.

Na nova era da mobilidade e em tempos de preços dos combustível nas alturas, um sistema híbrido é muito bem-vindo não apenas para economizar na hora de abastecer, mas aumentar a autonomia, poluir menos o meio ambiente e até contribuir com o desempenho.

Mas, o contrário dos principais rivais, o Audi A4 2021 Performance Black (R$ 304.990) só consegue entregar apenas o chamado sistema híbrido leve, que ajuda somente vencer a inércia do motor, sem tracionar as rodas, como nos rivais BMW 330e M Sport (R$ 319.950) e Volvo S60 R-Design T8 (R$ 309.950).

Entre os três, o Audi é o único a ter câmbio automatizado, de dupla embreagem, no lugar do conversor de torque, o que contribui com trocas um pouco mais rápidas, mas também não ajuda muito na economia de combustível, bem como a tração integral. Aliás, se a ideia é ir mais para o lado do desempenho, sem ligar muito para eficiência energética, o sedã A4 vai bem pelo comportamento mais viceral.

Com motor 2.0 turbo, o Audi A4 Performance Black tem 249 cv e bons 37,7 kgfm de torque a meros 1.700 rpm, o que é suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,8 segundos, praticamente o mesmo tempo do BMW 330e M Sport (5,9 s), mas sem alcançar os míseros 4,4 segundos do Volvo S60 R-Design T8, um híbrido plug-in que se destaca entre os sedãs de luxo hoje em dia no Brasil, entre outros itens, por aliar bom desempenho com autonomia média (1332 km), bem melhor que a dos concorrentes da BMW (968 km) e da Audi (638 km).

Dois pontos que impressionam ao volante do A4 é o isolamento acústico e a solidez da carroceria. Pode acelerar ou passar por irregularidades no piso que o interior do carro se mantém sempre em silêncio e confortável, mesmo calçado com rodas de aro 18 e pneus de perfil baixo 245/40R 18. Também merecem destaque os três modos de condução : Efficiency, Comfort, Auto, Dynamic e Individual. O primeiro procura economizar combustível e o último torna mais ágeis as reações do carro (acelerador, câmbio e direção)

Veja Mais:  Palhetas do limpador de para-brisa exige manutenção e trocas periódicas

Também faltam sistemas autônomos ao Audi A4 2021, outro item que os principais rivais oferecem. E com toda a lista de opcionais, o carro pode chegar nos R$ 342.690. Entre os equipamentos extras está o o pacote Assistance City (mais R$ 8.000), composto pelo Audi pre sense traseiro e o assistente de mudanças de faixas, e os faróis Full LED Matrix HD (R$ 12.000). Outros dois itens cobrados à parte são a pintura (R$ 2.200) e o som de alta-fidelidade Bang&Olufsen 3D (R$ 8.000).

Principal mudança no interior fica por conta da nova central multimídia com tela sensível ao toque de 10,1 polegadas
Divulgação

Principal mudança no interior fica por conta da nova central multimídia com tela sensível ao toque de 10,1 polegadas

Ainda na comparação com rivais, quando o assunto é espaço, o Audi A4 2021 tem apenas o porta-malas um pouco maior, de 460 litros, ante 455 litros  do Mercedes Classe C , 442 litros do Volvo S60 e 365 litros do BMW Série 3 . A distância entre-eixos do sedã da marca das quatro argolas, porém, é a menor (2,82 m, ante 2,84 m do Mercedes, 2,85 m do BMW e 2,87 m do Volvo). E, no Audi, quem for ficar no centro do banco traseiro vai ficar mais desconfortável, com menos espaço para acomodar as pernas.

Entre as mudanças da linha 2021, a central multimídia com tela sensível ao toque, com tela de 10,1 polegadas com Apple Car Play e Android Auto sem fio e carregamento do celular por indução. Mas se você não conectar o seu aparelho e quiser apenas ouvir rádio, por exemplo, tudo ficou mais difícil do que na versão anterior, que tinha controles mais ao alcance das mãos, no console central, proximos do botão de freio de estacionamento.

Conclusão

O Audi A4 2021 ficou meio deslocado no segmento de sedãs de luxo, com fortes rivais, principalmente o híbrido plug-in Volvo S60 R-Design T8 . E com todos os opcionais, o carro fica com preço até superior aos principais concorrentes. Se for fugir dos SUVs, vale a pena pensar bem, a menos que seja fã da marca sediada em Ingolstadt (Alemanha).

Ficha Técnica

Audi A4 Performance Black 2021

Preço: a partir de R$ 304.990

Motor: 2.0. quatro cilindros, turbo, gasolina Potência: 249 a 5.000 rpm  Torque: 37,1 kgfm a 1.600 rpm   Transmissão: Automatizado, dupla embreagem, de 7 marchas Suspensão: independente (dianteira), multibraço o (traseira)   Freios: discos ventilados (dianteira e traseira)   Dimensões: 4,76 m (comprimento), 1,85 m (largura), 1,43 m (altura), 2,82 m (entre-eixos)   Porta-malas: 460 litros   Tanque: 58 litros   Consumo: 9,7 km/l (cidade) km/l e 12,3 km/l (estrada) com gasolina 

 0 a 100 km/l: 5,8 s

Vel. Max: 250 km/h 


Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros e Motos

Rodízio noturno é flexibilizado na cidade de São Paulo; veja os horários

Publicado


source
Medida tem validade até o próximo dia 23, quando poderá ser postergada ou flexbilizada
Divulgação

Medida tem validade até o próximo dia 23, quando poderá ser postergada ou flexbilizada

A cidade de São Paulo terá horários mais permissivos no rodízio noturno a partir desta segunda-feira (10). Nos dias úteis da semana, o rodízio passa a vigorar de 21h às 5h do dia seguinte, conforme o último número da placa, substituindo o antigo horário que tinha validade entre 20h e 5h.

A medida que tem validade até o próximo dia 23 faz parte do Plano São Paulo de contenção ao avanço do novo coronavírus e tem o objetivo de desestimular o tráfego noturno. O arranjo poderá ser postergado se a doença avançar, ou flexibilizado se os indicadores mostrarem descenso. Confira a tabela abaixo:

Final da placa: 1 e 2 – das 21h de segunda-feira até 5h da terça-feira 3 e 4 – das 21h de terça-feira até 5h da quarta-feira 5 e 6 – das 21h de quarta-feira até 5h da quinta-feira 7 e 8 – das 21h de quinta-feira até 5h da sexta-feira 9 e 0 – das 21h de sexta-feira até 5h do sábado

As restrições valem para a região do Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’ Escragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

Veja Mais:  Rodízio noturno é flexibilizado na cidade de São Paulo; veja os horários

Para caminhões, continuam valendo as regras convencionais, com rodízio das 7 às 10h e das 17h às 20h, conforme a placa. O descumprimento acarreta em multa de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Palhetas do limpador de para-brisa exige manutenção e trocas periódicas

Publicado


source

Apesar de muitos não atentarem, as palhetas do limpador de para-brisa merecem os devidos cuidados e atenção, mesmo em épocas de isolamento social por conta da pandemia. Por isso, é bom ficar atento e verificar o acessório antes de sair. Imagine, por exemplo, ao trafegar por uma estrada chuvosa à noite e mal sinalizada, você perceber que suas palhetas não estão funcionando como deveria. A sua segurança estará em risco!

Para isso, especialistas no assunto dão algumas dicas de como manter e prolongar a vida útil deste importante item. Apesar de a substituição da palheta ser necessária uma vez por ano, existem casos em que é necessário trocá-la antes, como em climas mais gelados, típicos de inverno. O tempo frio pode ressecar o acessório diminuindo drasticamente a sua eficiência.

Palhetas de para-brisa precisam de cuidados simples para mantê-las sempre em ordem
Divulgação

Palhetas de para-brisa precisam de cuidados simples para mantê-las sempre em ordem


No atual cenário de pandemia, essa situação pode ocorrer com mais frequência. Isso é explicado devido ao fato de os veículos ficam mais tempo sem uso, expostos à variação climática e o limpador na mesma posição por um longo tempo. Por isso, esguichar água no para-brisa e ativar os limpadores uma vez por semana, assim hidratando a borracha e movimentando a palheta, são alguns dos cuidados simples que podem minimizar a situação.

“A palheta é um dos componentes mais simples de se identificar o momento da troca. Quando começarem a aparecer listras residuais de água no para-brisa, áreas intocadas pela palheta, camadas finas de sujeira ou vibração, é o momento da substituição”, orienta Marcelo José Lopes, coordenador de Vendas da Dyna, empresa parceira do e-commerce AutoZ.

Veja Mais:  Bolsonaro comete duas infrações gravíssimas em passeio de motocicleta

Além desses, existem outros passos para manter a qualidade da palheta. São eles: evitar estacionar o veículo diretamente exposto ao sol, utilizar um limpa para-brisa de qualidade, garantir que a reinstalação dos braços do limpador seja feita corretamente e, caso seja possível, mantê-los erguidos, sem contato com o para-brisa.  

Você viu?

Quando tiverem na hora de trocá-las, é necessário cuidar da limpeza do vidro antes de se fazer o primeiro acionamento. Para promover a limpeza do para-brisa e eliminar as impurezas ali acumuladas, o ideal é usar uma solução de água com um pouco de álcool e aplicá-la com um pano limpo no vidro.

No caso das palhetas , produtos como detergentes , querosene e quaisquer tipos de sabão danificam a peça , comprometendo o seu funcionamento e reduzindo sua durabilidade. Para a limpeza das borrachas , basta apenas passar um pano umedecido com água limpa para retirar possíveis impurezas, sempre com cuidado para não danificar os braços do limpador durante o processo.

Fonte: GMA – Grupo de Manutenção Automotiva – Programa Carro 100%, Auto Z

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Bolsonaro comete duas infrações gravíssimas em passeio de motocicleta

Publicado


source
Jair Bolsonaro e o empresário Luciano Hang
Divulgação

Jair Bolsonaro e o empresário Luciano Hang

Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a chamar atenção durante um passeio de motocicleta na inauguração de uma passagem que liga os estados de Acre e Rondônia, nesta sexta-feira (8). Duas infrações gravíssimas foram cometidas pelo presidente da República, podendo causar a suspensão da CNH (Carteira Nacional de Trânsito).

Durante o percurso que estava fechado para circulação pública, Bolsonaro pilotou uma motocicleta sem capacete. Na garupa, levou outras duas pessoas: o empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, e o ministro Tarcísio Gomes de Freitas. Este último também é presidente do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

Como tanto o presidente da República quanto os garupas estavam sem o aparato de proteção obrigatório, Bolsonaro cometeu duas infrações gravíssimas ao mesmo tempo. O ato irregular é penalizado com a suspensão imediata da CNH , multa de R$ 293,47 e a apreensão da motocicleta .

Confira abaixo o que diz o CTB (Código de Trânsito Brasileiro):

Artigo 244. Inciso I –  “Conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem usar capacete de segurança ou vestuário de acordo com as normas e as especificações aprovadas pelo Contran”.

Veja Mais:  Descubra os mais diferentes tipos de faróis escamoteáveis já inventados

Artigo 244. Inciso II – “Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando passageiro sem o capacete de segurança, na forma estabelecida no inciso anterior, ou fora do assento suplementar colocado atrás do condutor ou em carro lateral”. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana