Saúde

Brasil tem 1.254 mortes em 24h causadas pela Covid-19

Publicado


source
presidente jair bolsonaro fala com repórteres e usa máscara
Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro é um dos 20.229 novos casos da Covid-19 no País


De acordo com levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (7), 1.254 novos óbitos causados pela  Covid-19 foram registrados nas últimas 24 horas. Agora, o total de mortes no Brasil é de 66.741, o que corresponde ao crescimento de 1,8%. A taxa de letalide é 4%.


Entre 45.305 novos casos de novo coronavírus (Sars-CoV-2) está o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que confirmou hoje diagnóstico positivo para Covid-19 . O total foi para 1.668.589 casos, com crescimento de 2,7%. 

A contagem de casos realizada pelas Secretarias Estaduais de Saúde inclui pessoas sintomáticas ou assintomáticas; ou seja, neste último caso são pessoas que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.


Na última segunda-feira (7), o  país ultrapassou a marca dos 65 mil óbitos causados pela Covid-19. O total era de 65.487, com 620 registros em 24 horas. Os casos do novo coronavírus fecharam em 1.623.284, sendo que 20.229 considerados novos casos.

Veja Mais:  Brasil soma mais de 1,2 mil mortos e chega a 105 mil nesta quinta (13)

O ranking de número de mortes segue liderado pelo estado de São Paulo, que tem 16.475 óbitos causados pela Covid-19. O Rio de Janeiro continua em segundo lugar, com 10.881 mortes.

Os estados que registram maior número de casos são: São Paulo (332.708), Ceará (124.952), Rio de Janeiro (124.086), Pará (116.152) e Maranhão (92.088).


Fonte: IG SAÚDE

Saúde

Brasil soma mais de 1,2 mil mortos e chega a 105 mil nesta quinta (13)

Publicado


source
Sepultamentos no Cemitério Nossa Senhora Aparecida
Alex Pazuello/Semcom

Veja os dados da Covid-19 divulgados pelo Ministério da Saúde



Nesta quinta-feira (13), o Brasil alcançou 105 mil mortos devido à pandemia do novo coronavírus. Número foi registrado apenas cinco dias após a chegada da marca de 100 mil vitimas fatais . Agora, o total de mortes no País é de 105.463, sendo que 1.262 foram registrados nas últimas 24 horas. 


A pasta confirmou também que 60.091 novas pessoas contraíram a Covid-19 , doença transmitida pelo vírus. O total chega a 3.224.876.

A contagem de casos realizada pelas Secretarias Estaduais de Saúde inclui pessoas sintomáticas ou assintomáticas; ou seja, neste último caso são pessoas que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.


No último levantamento, divulgado ontem (12), a pasta registrou 1.175 óbitos e 55.155 casos em 24 horas . Até então, o Brasil tinha 104.201 mortes e 3.164.785 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

O ranking de número de mortos segue liderado pelo estado de São Paulo, que tem 26.324 óbitos causados pela Covid-19. O Rio de Janeiro continua em segundo lugar, com 14.412 mortes, seguido por Ceará (8.088), Pernambuco (7.084) e Pará (5.917).

Veja Mais:  Spray nasal pode proteger contra o novo coronavírus, dizem cientistas

Os estados que registram maior número de casos são: São Paulo (674.455), Bahia (206.955), Ceará (194.081), Rio de Janeiro (188.085) e Pará (173.625).


Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Capacete especial auxilia pacientes graves da Covid-19 em viagens

Publicado


source
capacete
Divulgação

Capacete funciona como ventilação não-invasiva

A transferência de pacientes da Covid-19 de cidades menores para grandes centros hospitalares requer estratégias pela segurança de profissionais de saúde e do próprio paciente. No caso de viagens de longa distância, por exemplo, um capacete descartável tornou-se comum como forma de ventilação não-invasiva.

Chamado de Bric – Bolha de Respiração Individual Controlada – o dispositivo auxilia pacientes com dificuldade respiratória. Por enquanto, apenas um modelo é fabricado no Brasil, pela Roboris – que fornece engenharia industrial para diferentes empresas.

Além de auxiliar pacientes com sintomas respiratórios graves, o equipamento funciona como uma bolha de ar chama atenção das empresas de táxi aéreo e aeromédico, pois promove a proteção contra contaminação de médicos e tripulantes no vôo.

Fonte: IG SAÚDE

Veja Mais:  Brasil soma mais de 1,2 mil mortos e chega a 105 mil nesta quinta (13)
Continue lendo

Saúde

China anuncia cura de segundo paciente reinfectado pela Covid-19

Publicado


source
China
Pixabay

Pesquisadores tentam entender como paciente curado pode ser reinfectado

China anunciou que um homem que contraiu o novo coronavírus (Sars-CoV-2) por duas vezes foi curado, informou a agência de notícias estatal Xinhua nesta quinta-feira (13). O caso raríssimo está sendo estudado por cientistas do país.

A nota divulgada pela Comissão Sanitária de Xangai diz que o paciente chegou na cidade no dia 9 de agosto vindo da província de Jilin, no nordeste chinês. No dia seguinte, ele foi para o hospital Zhongshan e testou positivo para a Covid-19 , sem apresentar sintomas.

Como o caso era leve, ele foi internado para observação em um centro especializado em pacientes com o novo coronavírus , onde ficou isolado. As autoridades ainda fizeram uma desinfecção nos locais por onde ele tinha passado e exames em familiares e amigos, mas ninguém foi contaminado.

Ainda conforme a Xinhua, o homem havia contraído o Sars-CoV-2 pela primeira vez em abril deste ano, após uma viagem.

O anúncio do paciente ocorre um dia depois de outro caso, dessa vez na província de Hubei, onde uma mulher contraiu a doença novamente após ter a Covid-19 em janeiro.

Veja Mais:  Covid-19: soros produzidos por cavalos têm anticorpos 100 vezes mais potentes

Os casos de “reativação do vírus” são ainda um mistério para pesquisadores e cientistas em todo o mundo.

Há pesquisas que apontam que a imunidade do corpo de quem foi infectado pelo vírus diminui rapidamente com o passar do tempo, expondo a pessoa ao risco de uma nova contaminação. Já outras afirmam que o novo coronavírus continua ativo no corpo de alguns pacientes, deixando vestígios de partículas virais que não provocam mais infecção em outras pessoas.

No entanto, os especialistas não sabem dizer porque isso ocorre em apenas uma mínima parcela dos contaminados ao mundo.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana