Famosos

Cabelo novo, shape repaginado… Luan Santana sonha em fazer o maior DVD do País

Publicado


Luan Santana no palco
Cadu Fernandes

Luan Santana grava seu DVD em Salvador

Luan Santana está neste momento sorrindo de orelha a orelha com a realização de mais um sonho: o maior DVD já produzido no Brasil. A coluna, que viajou a Salvador a convite da produção do artista para a gravação do DVD
‘Viva’, no último fim de semana, conversou com exclusividade com o cantor sobre o projeto inovador que contou com um palco de 100 metros quadrados, cuja estrutura somava 22 toneladas e tinha como cenário um fóssil que lembrava um peixe meio dinossauro, mas que o artista deixou livre para interpretações.

Leia também: Juntos e Shallow now? Versão brasileira de hit de “Nasce Uma Estrela” vira piada

Chamou a atenção a parte frontal do palco de Luan Santana
, que deslizava aproximadamente 50 metros com auxílio de trilhos laterais, dando a impressão de que o cantor flutuava para chegar bem mais perto das mais de 20 mil pessoas que estavam presentes, entre elas, famosos como Maisa e Padre Fábio de Melo.

Além do novo DVD, Luan falou sobre casamento e deu a tão esperada opinião dele sobre o lançamento de ‘Shallow Now’. Confira!

Como foi tua preparação pra esse projeto? Chegou a ficar sem dormir de ansiedade?

Noites… dias em claro. Eu não desligo. Fico preocupado, pensando em tudo. Passei uns 3 dias sobrecarregado, pensando em desistir desse projeto. Era muita coisa surgindo, composições a aprovar, negociação com compositor, criação e realização do cenário… Mas respirei fundo, tive apoio dos meus amigos, família, equipe… e tudo foi voltando ao lugar. Deus esteve à frente. Foi grandioso, exatamente como imaginei, além do que imaginei para ser bem sincero. Queria o maior DVD já visto no Brasil, porque o meu público merece, porque a arte pede criação e não economia. Foram 300 empregos diretos e indiretos.

Por que escolher Salvador?

Porque a Bahia é a terra de todos os santos e sons. E eu queria essa energia e tudo o que o estado representa para definir o conceito da mensagem que quero passar com ‘Viva’. A escolha pela cidade tem tudo a ver com a proposta de resgatar nossas raízes e a humanidade hoje sufocada por tanta tecnologia. E foi tudo tão mágico que começamos a gravação às 18h em ponto, sendo que seria meia hora antes. Foi sagrado: horário da Ave Maria, na terra que nasceu a primeira Santa Brasileira, Irmã Dulce.

Veja Mais:  Gracyanne Barbosa surge vestida de Mulher-Maravilha e web aprova: “É a sua cara”

Luan Santana com microfone na mão
Reprodução

Luan Santana grava seu DVD em Salvador

Por que abordar a influência da tecnologia nas relações humanas?

‘Viva’ fala sobre viver em todos os sentidos. Eu, como artista, nasci da tecnologia e sou grato. Minha música viralizou do Youtube. Sei o quanto ela (a tecnologia) é necessária para unir as pessoas. Uma vez vi uma entrevista com a Maísa para o Pedro Bial e uma resposta inteligentíssima sobre a lua. Maísa comentou que somente a observando com os olhos, era possível vê-la em todos detalhes, que isso era impossível de ser visto em uma foto com um smartphone. É disso que falamos nesse projeto. Do VIVER no olho a olho. Do abraço, das relações… é muito bom compartilhar nas redes sociais os melhores momentos para os amigos, mas é preciso vive-los primeiro. Estamos vivendo um avanço desenfreado da tecnologia, as pessoas estão frias, mais distantes umas das outras, o amor em queda e a tecnologia em alta.

Como espera que seja o retorno desse investimento tão alto?

Posso dizer que não fico ligado ao retorno que vou ter sobre o investimento. Sou preocupado com o meu legado, com minha história e carreira, com o que o meu público quer ver, na qualidade que eles merecem. Sempre trabalhei para levar o melhor para eles. Tivemos total apoio da gravadora Som Livre e de alguns patrocinadores.

Em cada detalhe desse DVD teve pitaco seu?

Eu tenho uma equipe de primeira trabalhando comigo. Mas procuro participar de tudo. No meu escritório e em tudo na minha carreira, sempre trabalhei de forma horizontal… eu e eles, diretamente. Opino em tudo e eles têm liberdade de falar comigo o que acham ou compartilhar ideias, e assim vamos construindo nossas ideias e nascem os projetos há anos. Eles embarcam nos meus sonhos e fazemos acontecer.

Veja Mais:  Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Você acha que ‘Shallow Now’ deixou a desejar em algo?

Para nós dois (sim, eu me incluo), a versão, dita tupiniquim, como alguns críticos gostam de classificar- rendeu um Hype. E Hype, como vocês sabem, é uma abreviação da palavra ‘hyperbole’ em inglês, que significa o exagero de algo. É um assunto que está dando o que falar, que está na moda e que é comentado por todo mundo. Hype é o ápice de tudo, o que há de mais intenso. Em suma, não é nada raso. Não é ‘Shallow’, mas é Now! Mas por que estou me apegando tanto a esse lance do Hype? Porque isso é o máximo. Ao contrário do que muitos pensam, a Paulinha não fez marketing com o seu spoiler do dia 17 de maio, quando falou sobre a versão da música da Lady Gaga.

Leia também: “Juntos e shallow now” é a principal pesquisa de brasileiros no Google

E dia 19, domingo, enquanto eu gravava o meu DVD em Salvador, ela lançava a nossa parceria em todas as plataformas. Rapidamente, os internautas dominaram as redes sociais para transformar nossa versão em sucesso. Digo sucesso, sim. Viralizou, galera! E o universo conspirou por isso! Curiosamente, quando a Paula enviou a versão da música, eu questionei: “Você vai mesmo fazer essa mistura de idiomas?” Achei meio estranho na hora. É fato que ela seguiu a sua intuição. E eu, o meu respeito à criação do colega. O Universo continuou ajudando… eu creio, sim, que as ideias são vírus mental. Foi justamente isso o que aconteceu com ‘Juntos e Shallow Now’. Ideias, portanto, são memes, transmitidos por contágio. Nós, eu e a Paulinha, contagiamos a todos.

E a Jade? Esse casamento sai ou não sai? Agora que o DVD acabou não tem mais nada que atrapalhe esse planejamento né?

Jade faz parte dos meus planos para a vida. Quero filhos, quero uma família, ela também… mas tudo no seu tempo.

Quem cobra mais esse casamento? Os fãs ou a Jade?

Todos (risos). Eu e Jade somos mais tranquilos.

Veja Mais:  Bailarina do ‘Domingão do Faustão’ exibe corpo sarado em ensaio

Jade não te cobra pra ser mais presente?

Estamos juntos há mais de 10 anos e ela sabe da minha rotina. Aprendemos a lidar com isso. Passamos a semana juntos quando podemos ou ela viaja comigo em alguns shows. Jade tem os compromissos dela, está focada na carreira e me apoia na minha. Somos alicerces um do outro.


Luan Santana
Twitter/Reprodução

Luan Santana

Você já ficou com algumas famosas como Bruna Marquezine, Camila Queiroz, Anitta, e no fim das contas ficou de vez com a Jade. O que te fez desistir de se relacionar com famosas?

Camila é e sempre foi minha amiga. Nunca passou disso. Houve apenas um ‘selinho’ no DVD 1977. Fez parte da cena de uma música em que ela participou do meu DVD. Sou padrinho de casamento dela e do Klebber Toledo (marido), são grandes amigos. Foram momentos que vivi. Mulheres lindas, inteligentes, talentosas e que passaram por minha vida quando eu não estava com a Jade. Hoje somos amigos. Conheci Jade em uma cidadezinha no interior do Mato Grosso e ela me conquistou. O amor não se explica, acontece.

Você conseguiria encarar um relacionamento com uma famosa?

Acredito que sim. Por viver essa rotina maluca acho que entenderia também. Mas já tenho a minha escolhida para uma vida.

Você recebe muita cantada masculina? Como costuma lidar com isso?

Na maioria das vezes a galera respeita, uma vez ou outra ouço aqui ou ali, mas sempre com um tom de brincadeira.

Leia também: Luan Santana será apresentador de reality show sertanejo no YouTube

Você chegou nesse DVD repaginado, né? Além de eliminar 8kg, o que você fez de diferente no cabelo?

Eu cortei. Rapaz do céu, dá para reparar? Foi o Toninho Siqueira que cortou. Tá mais baixo agora. Esse cabelo dá um pouco de trabalho, nunca sei o que vou aprontar com ele.

Com o fim da gravação do DVD, pensa em voltar à TV? Tem proposta?

Agora é sentar com a minha equipe e planejar esse lançamento para todo o Brasil. Estou mais focado nisso agora, no meu DVD e na minha carreira como cantor.

Comentários Facebook

Famosos

Estudo revela que falta de acesso a esporte e lazer é fator de risco para atos infracionais

Publicado

.

A falta de acesso ao esporte e ao lazer é um dos fatores de risco para início dos atos infracionais cometidos por adolescentes. Conclusão da dissertação de mestrado do servidor público Ueliton Peres de Oliveira, apresentada na quinta-feira (28.05) na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O estudo abordou as condições em que um adolescente adentra a uma unidade socioeducativa.

Concursado desde 2010 no cargo de Analista do Sistema Socioeducativo, o profissional com graduação em educação física, buscou na vivência com os adolescentes em conflito com a lei basear sua pesquisa.

Outro resultado obtido por meio do estudo foi que a medida socioeducativa de internação conseguiu propiciar maior acesso às práticas de esporte e lazer aos adolescentes, se comparado com suas vivências anteriores à aplicação dessa medida. A pesquisa foi realizada a partir do Plano Individual de Atendimento dos adolescentes que passaram pelas unidades socioeducativas em 2017 e 2018.

O pesquisador ainda fez trabalho de campo em oito bairros de Cuiabá, cidade do Estado onde há maior incidência de jovens infratores, para detectar outros fatores que somam aos riscos de cometimentos de infrações às leis brasileiras. O objetivo foi identificar os espaços, equipamentos e conteúdo de esporte e lazer disponíveis a essas comunidades.

“O perfil desses adolescentes, em sua maioria, evidencia histórico de uso de drogas, significativa defasagem escolar e evasão, reincidência, falta de acesso aos meios culturais públicos, falta de cursos profissionalizantes e baixa inserção no mercado de trabalho. Além de observar que são advindos de famílias monoparentais (convívio com apenas um genitor), de baixa renda, não assistidos por Programas assistenciais do governo e histórico de envolvimento com a criminalidade”, argumenta.

Veja Mais:  João Guilherme responde acusações de gordofobia: “Sou moleque”

Ainda segundo o servidor, a pesquisa mostrou que há opções de esporte nas unidades de ensino públicas, mas muitos dos jovens deixam de frequentar a escola e ficam sem acesso à oportunidade recreativa e de inserção.

A pesquisa

A dissertação do servidor público com o título “Medidas Socioeducativas de Internação e suas Interfaces com o Esporte e Lazer”, foi apresentado na tarde de quinta-feira (28.05), na UFMT, por videoconferência, e foi aprovado por unanimidade pele banca composta por três professores doutores. O orientador do trabalho foi o professor doutor Riller Silva Reverdito.

Ueliton começou a atividade funcional no Centro de Atendimento Socioeducativo de Cáceres (214 km a Oeste de Cuiabá). Posteriormente, compôs o quadro de profissionais da Superintendência Socioeducativa, em Cuiabá e, atualmente, trabalha no setor de Gestão de Pessoas da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

“Esta pesquisa demonstrou que cada vez mais a inserção de políticas públicas nos vários níveis econômicos da sociedade traz bons resultados”, frisa.

Mato Grosso dispõe de sete unidades socioeducativas, masculinas e femininas, sendo duas em Cuiabá, Barra do Garças, Rondonópolis, Sinop, Cáceres e Lucas do Rio Verde.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

João Guilherme responde acusações de gordofobia: “Sou moleque”

Publicado

O ator João Guilherme, do SBT , se envolveu em uma polêmica nesta sexta-feira (27) ao se referir a uma mulher como “peixe-boi” em um de seus stories no Instagram.

Leia também: Thammy Miranda diz que preconceito o impede de conseguir trabalhos

João Guilherme arrow-options
Divugação

João Guilherme


No vídeo gravado por ele, João Guilherme aparece dizendo: “Olha que bonitinho, tem um monte de peixe aqui. Tem peixe-boi aqui também”, disparou e apontou a câmera na direção de uma mulher. Os internautas não gostaram do que viram e acusaram o ator de gordofobia .

Leia também: Blogueira é acusada de racismo ao falar que estava suja por encostar em preto

Poucas horas depois o filho do cantor Leonardo usou sua conta no Twitter para se desculpar sobre o ocorrido. “Venho aqui pedir desculpas sinceras pelo o que disse. Falei besteira e não sou a favor de brincadeiras e colocações como essa, mesmo. Não fico feliz com a repercussão disso e quem me acompanha sabe que eu não tenho maldade na fala e nem no pensar, minhas sinceras desculpas. Sei que muitos temos problemas com corpo e isso não é coisa para se brincar. Minha família me educou bem, sim, maldade não é da minha índole. Mais uma vez, desculpa, a noção passou longe. E sou moleque”, afirmou.

Leia também: Thais Carla processa nutricionista por gordofobia: “Justiça sendo feita”

Veja Mais:  João Guilherme responde acusações de gordofobia: “Sou moleque”

“Sei que pela internet não é fácil de se sensibilizar com um pedido de desculpas. Um pedido on-line fica superficial, mas é o que está ao meu alcance. O que falei foi errado, me sinto mal por ter falado o que disse, no tom que disse. Peço desculpas sinceras a todos que se ofenderam, prestando atenção no que disse… Sou novo, tô aprendendo a lidar com erros e com outros. Parte do aprendizado é pedir desculpas e não cometer o mesmo erro duas vezes. Como uma pessoa do bem vocês não verão mais maldade na minha fala”, finalizou João Guilherme .


Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Atrizes da Globo negam acusação de assédio moral contra Marcius Melhem

Publicado

As humoristas da Globo , Maria Clara Gueiros e Renata Castro Barbosa usaram suas redes para negar que tenham sido vítimas de assédio moral pelo coordenador do departamento de humor, Marcius Melhem, como informou o colunista Leo Dias.

Leia também:Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Marcius Melhem arrow-options
Divulgação

Marcius Melhem


A primeira a se manifesta foi Maria Clara Gueiros que escreveu em seu Instagram: “Eu não fui vítima de assédio moral e não fiz denúncia”, garantiu a atriz da Globo .

Leia também: Vacas magras! Globo fica no prejuízo com Especial de Roberto Carlos

Já a assessoria de imprensa de Renata Castro Barbosa informou: “Comunicamos que a atriz não fez qualquer denúncia contra Marcius Melhem nem sofreu assédio moral, segundo anteriormente ublicado pelo colunista Leo Dias. O nome da atriz, inclusive, já foi retirado da matéria por ele”.

Enquanto isso, Dani Calabresa , que seria uma das denunciantes, não se posicionou sobre o assunto.

Leia também: MC Carol denuncia romantização do machismo em novela da Globo

Em nota, a Globo disse que “todo relato de assédio, moral ou sexual, na Globo é apurado criteriosamente assim que tomamos conhecimento. A Globo reafirma que não aceita qualquer tipo de assédio e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo “.

Veja Mais:  Viúva de Gugu vai à Justiça para ser inventariante de seus bens

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana