Economia

CEO britânico faz confissão na web e viraliza: “não tenho amigos”

Publicado

Mark Gaisford arrow-options
Reprodução

Executivo britânico confessa não ter amigos mesmo com vida profissional bem sucedida

“Coloco meu coração e minha alma nos negócios e amo isso. Mas tenho certeza que não estou sozinho quando digo que  adoraria conhecer pessoas novas fora do ambiente de trabalho” (tradução livre). Essa é uma das frases que a apresenta o vídeo “Não tenho amigos”, publicado no mês passado pelo executivo britânico Mark Gaisford.

O vídeo publicado no Youtube e no LinkedIn, rede social corporativa, viralizou no Reino Unido e em outros países alcançando mais de um milhão de vizualizações.

Confira: Vida nova? 6 dicas para mudar (ou entrar) em uma carreira diferente em 2020

 Nele, Gaisford, que é CEO de uma empresa de recrutamento  no sudeste da Inglaterra, afirma que mesmo tendo “colegas de trabalho sensacionais”, lhe faltava um amigo para jantar e fazer “longas caminhadas no campo”.

“Não tenho amigos. É uma coisa assustadora admitir isso, especialmente aqui no LinkedIn, mas é verdade”, admite na gravação. 

Quando produziu o vídeo, Gaisford sabia que não estava sozinho. No relato, ele apresenta alguns dados, entre eles que 18% dos homens admitem não ter amigos próximos e 32% que não contam com um melhor amigo. 

Seu chefe é legal? Aprenda a reconhecer e lidar com 5 tipos diferentes

Ele defende que homens precisam gastar mais tempo com socialização e iniciando um hobby.

Veja Mais:  Banco Central não prevê nova onda de covid-19 no país, afirma diretor

O vídeo também do  não fica na autopiedade. O executivo toma uma atitude e se cadastra em um grupo com pessoas que não se conhecem mas querem se encontrar. No fim da gravação, ele diz animado que se aquelas pessoas “brilhantes” ainda não eram suas amigas, poderiam ser no futuro.

Final feliz

Além de entrevistas na rede de TV britância “BBC” e no jornal “The Mail on Sunday”, o vídeo de  Gaisford lhe rendeu o que ele queria: um amigo . O executivo produziu um outro vídeo saindo com o amigo Joe, que conheceu nos comentários das redes sociais de primeiro relato. 

Confira os dois:







Economia

Brasileiro usa o auxílio emergencial para comprar comida, revela Datafolha

Publicado


source
auxílio emergencial
Fenae

Auxílio emergencial ajuda brasileiros a comprarem comida


A maior parte dos beneficiários do auxílio emergencial  o utiliza para comprar comida, revela a Pesquisa Datafolha, divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo nesta quinta-feira (13). 

A compra de alimentos foi citada como o destino dos R$600 por 53% dos entrevistados. Os outros principais destinos para o benefício são:

  • Pagamento de contas: 25%
  • Pagamento de despesas da casa: 16%
  • Outras despesas: 4%
  • Compra de remédio/máscara/álcool em gel: 1%

O estudo também revela que 44% dos beneficiários tem o auxílio emergencial como única fonte de renda durante a pandemia de Covid-19 .

A porcentagem de pessoas que utilizam o auxílio para comprar comida é ainda maior em alguns grupos específicos. Entre os nordestinos, 65% utilizam o benefício para tal fim, assim como 61% dos mais pobres e 59% dos menos instruídos.

As pessoas com menor renda familiar mensal e as do centro-oeste e norte foram as que mais solicitaram o segundo pedido de auxílio emergencial .

Veja Mais:  Banco Central não prevê nova onda de covid-19 no país, afirma diretor
Continue lendo

Economia

Conta de luz contará na hora de pedir empréstimo; veja novo horário da Enel

Publicado


source
Conta de luz contará na hora de pedir empréstimo; veja novo horário da Enel
Reprodução

Conta de luz contará na hora de pedir empréstimo; veja novo horário da Enel

A associação de distribuidores de energia elétrica ( Abradee ) afirmou, nesta quinta-feira (13), que irá assinar na terça (18) um acordo com as companhias para que o histórico de pagamento das faturas comece a ser usado na análise de concessão de empréstimos e produtos financeiros.

O cadastro positivo começou a funcionar em janeiro, mas coletando apenas informações do sistema bancário. A estratégia é um dos esforços para tentar reduzir as taxas de juros pagas pelos brasileiros.

Novo horário de funcionamento da Enel

A distribuidora de energia elétrica Enel irá funcionar com horário de atendimento ampliado em 24 postos na cidade de SP e na Grande SP.

A companhia disponibilizará, a partir desta quinta (13), o atendimento com hora marcada nas lojas, sendo feito pelo site da própria empresa ( www.eneldistribuicaosp.com.br ).

O novo horário de funcionamento, de segunda a sexta, é das 7h às 16h30. Anteriormente, era das 9h às 15h. A Enel também afirmou que 12 de suas lojas passaram a abrir aos sábados, das 9h às 15h.

Confira as lojas que funcionam das 7h às 16h30 de segunda a sexta:

Zona Leste

  • São Miguel – av. São Miguel, 9.419
  • Tatuapé – rua Padre Estevão Pernet, 314
Veja Mais:  Privatização da Caixa? Entenda a Medida Provisória 995

Zona Oeste

  • Freguesia do Ó – av. Santa Marina, 2.523 / 2.525

Zona Sul

  • Jabaquara – av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 394
  • Santo Amaro – rua Barão do Rio Branco, 425

Zona Norte

  • Santana – rua Voluntários da Pátria , 1.068

Grande SP

  • Barueri – av. Henriqueta Mendes Guerra, 604
  • Cajamar – av. Tenente Marques, 1667
  • Cotia – av. Prof. Joaquim Barreto, 322
  • Diadema – av. Nossa Senhora das Vitórias, 275
  • Embu-Guaçu – av. Elias Yazbek, 984
  • Itapevi – rua Manoel Alves Mendes, 204
  • Juquitiba – rua ver. João Aquino Soares, 180
  • Mauá – rua dr. Getúlio Vargas, 172
  • Osasco – rua Euclides da Cunha, 150
  • Pirapora do Bom Jesus – rua José Bonifácio, 64
  • Ribeirão Pires – rua João Domingues de Oliveira, 337
  • Rio Grande da Serra – rua José Maria de Figueiredo, 130 A
  • Santana de Paranaíba – av. Copacabana, 55 C
  • Santo André – rua Onze de Junho, 461
  • São Bernardo do Campo – av. Brigadeiro Faria Lima, 1.280
  • São Caetano do Sul – av. Goiás, 215
  • São Lourenço da Serra – rua Honório Augusto de Camargo, 320
  • Taboão da Serra – praça Nicola Vivelechio , 287
  • Vargem Grande – José Manuel de Oliveira, 248

Confira as unidades que abrem aos sábados, das 9h às 15h:

Zona Leste

  • São Miguel – av. São Miguel, 9.419
  • Tatuapé – rua Padre Estevão Pernet, 314
Veja Mais:  Como gastar o FGTS? Mais da metade dos beneficiários vai quitar dívidas

Zona Oeste

  • Freguesia do Ó – av. Santa Marina, 2.523 / 2.525

Zona Sul

  • Jabaquara – av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 394
  • Santo Amaro – rua Barão do Rio Branco, 425

Zona Norte

  • Santana – rua Voluntários da Pátria , 1.068

Grande SP

  • Diadema – Av. Nossa Senhora das Vitórias, 275
  • Mauá – rua dr. Getúlio Vargas, 172
  • Osasco – rua Euclides da Cunha, 150
  • Santo André – rua Onze de Junho, 461
  • São Bernardo do Campo – av. Brigadeiro Faria Lima, 1.280
  • São Caetano do Sul – av. Goiás, 215

Continue lendo

Economia

Mudança: haverá redução da mistura de biodiesel a partir de setembro

Publicado


source

Agência Brasil

biodiesel
Geraldo Kosinski/Petrobras

Diesel e biodiesel sofrerão mudança a partir do próximo mês; entenda

A diretoria colegiada da Agência Nacional do Petróleo,  Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com a concordância do Ministério de Minas e Energia (MME), aprovou hoje (13) a redução excepcional e temporária do percentual de mistura obrigatória do biodiesel ao óleo diesel dos atuais 12% para 10% no bimestre de setembro e outubro de 2020.

Segundo a ANP, a medida é necessária para dar continuidade ao abastecimento nacional, uma vez que a oferta de biodiesel para o período poderia não ser suficiente para atender à mistura de 12% ao diesel B, que vem sendo bastante consumido, apesar da atual situação de pandemia de Covid-19.

Reação de empresários do setor

Segundo a coluna Vaivém das Commodities, da Folha de S.Paulo, a reação dos empresários do setor do biodiesel foi ruim.

“Insanidade, retrocesso, decisão surreal, vergonha, lamentável, pior do que nos tempos do PT, absurdo, insegurança jurídica. Essa é a reação da cadeia de biodiesel sobre a decisão da ANP e do Ministério de Minas e Energia de reduzir a mistura de biodiesel de 12% para 10% no bimestre setembro-outubro. Não faltaram também palavrões pouco comuns na boca de empresários”, publicou o colunista do jornal, Mauro Zafalon.

Veja Mais:  Venezuela coletará impostos em criptomoedas em algumas cidades do País

De acordo com o jornalista, os empresários se espantaram e disseram que esta foi a primeira interferência governamental na política de mistura do biodiesel. O problema para os empresários é que as indústrias adquiriram matéria-prima e há um cronograma de produção, que serão afetados com a mudança.

Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana