Carros e Motos

Como foi o primeiro trimestre da Ford após fim da produção nacional?

Publicado


source

Em janeiro de 2021, a Ford fechou suas três fábricas no Brasil e anunciou redução na rede de concessionárias. A medida, vale lembrar, faz parte da estratégia global de abandonar segmentos pouco lucrativos. Antes de encerrar a produção no Brasil, a marca também encerrou o funcionamento de linhas de produção na Alemanha e na França.

Com o fim do mês de março, é possível fazer o balanço do primeiro trimestre da Ford em 2021 . Atualmente, a marca conta com quatro modelos em linha no Brasil: a picape Ranger , os SUVs Territory e Edge ST e o esportivo Mustang . Veja qual foi o resultado, segundo a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores).

Ranger

Após começo difícil, Ford Ranger Black 2022 foi destaque entre as picapes médias em março
Divulgação

Após começo difícil, Ford Ranger Black 2022 foi destaque entre as picapes médias em março

Com o fim de Ka , Ka Sedan e EcoSport , a Ford Ranger se tornou o principal produto da fabricante no Brasil. Em janeiro, ainda durante o anúncio do fechamento das fábricas em Taubaté (SP), Camaçari (BA) e Horizonte (CE), o modelo feito na Argentina emplacou 1.926 unidades.

As vendas caíram em fevereiro, quando a Ranger emplacou 1.307 unidades e continuou atrás de Chevrolet S10 e Toyota Hilux . O resultado voltou a surpreender no mês seguinte, pois em março a picape média emplacou 2.386 unidades, tornando-se a vice-líder e respondendo por 25% do segmento.

Veja Mais:  Jeep Gladiator se prepara para a estreia na Argentina

A Ranger é oferecida em cinco versões (Storm, XLS, XLT, Limited e Black), com preços entre R$ 165.990 e R$ 215.590. A Ford já prepara a próxima geração, que será produzida na Argentina e tem previsão de estrear no segundo semestre de 2022.

Territory

Importado da China, Ford Territory viu suas vendas caírem no primeiro trimestre de 2021
Divulgação

Importado da China, Ford Territory viu suas vendas caírem no primeiro trimestre de 2021

Após o encerramento da produção do EcoSport , o Territory se tornou o SUV mais barato na linha da Ford . Em janeiro de 2021, o modelo emplacou 168 unidades, número que caiu para 105 unidades em fevereiro, segundo o levantamento mais recente publicado pela Fenabrave.

Você viu?

O mês de março foi ainda pior, com o Territory emplacando apenas 90 unidades. O SUV da Ford está disponível em duas versões, SEL (R$ 179.990) e Titanium (R$ 197.990), sem oferecer perigo aos principais rivais.

Em maio, a Ford terá um novo produto na categoria dos SUVs médios: o Bronco Sport . O modelo chega do México com a importante missão de abocanhar parte da fatia do mercado dominada pelo Jeep Compass.

Edge ST

Ford Edge ST é alternativa esportiva entre os SUVs premium; desempenho não agrada em 2021
Divulgação

Ford Edge ST é alternativa esportiva entre os SUVs premium; desempenho não agrada em 2021

O Ford Edge ST é um SUV de nicho que parte de R$ 351.950. O modelo não consta no levantamento divulgado pela Fenabrave pelo baixíssimo volume de vendas em uma categoria muito impulsionada.

Veja Mais:  Tiggo 3X Plus será o novo SUV da Caoa Chery para o Brasil

Só é possível apontar que o Edge ST não chega nem a ser um dos 40 SUVs mais vendidos do Brasil, ficando atrás até mesmo do Peugeot 3008 que teve apenas 183 emplacamentos nos três primeiros meses de 2021.

Mustang

Ford Mustang Black Shadow foi bem em janeiro, mas viu suas vendas caírem em fevereiro e março
Cauê Lira/iG Carros

Ford Mustang Black Shadow foi bem em janeiro, mas viu suas vendas caírem em fevereiro e março

A situação também não foi positiva para o Mustang . Segundo os dados da Fenabrave, o muscle car da Ford emplacou 85 unidades em janeiro, obtendo um dos melhores resultados entre os esportivos.

Em fevereiro, o esportivo teve apenas 28 emplacamentos. A situação piorou em março, quando a Fenabrave listou apenas 11 unidades vendidas. O Mustang é oferecido apenas na versão Black Shadow , por R$ 396.900. Ainda em 2021, a marca vai iniciar a importação do modelo de alta performance Mach 1 .

Resultado geral

Apesar do desempenho de Territory , Edge ST e Mustang , o produto mais lucrativo da Ford no Brasil está fortalecido. Além de Bronco e Mach 1 , que prometem ser veículos de sucesso, a marca também iniciará as importações da nova geração da van Transit em 2021, com produção no Uruguai.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook

Carros e Motos

Fiat 500 elétrico está a caminho e deve chegar em meados do ano

Publicado


source
Fiat 500e deverá chegar ao Brasil apenas na versão topo de linha Icon, por mais de R$ 250 mil, com a alta do dólar
Divulgação

Fiat 500e deverá chegar ao Brasil apenas na versão topo de linha Icon, por mais de R$ 250 mil, com a alta do dólar

Mesmo com a cotação do dólar nas alturas, a Stellantis segue com o plano de trazer ao Brasil seus modelos elétricos de híbridos, apesar de manter certa cautela. A novidade agora é que o Fiat 500 elétrico está prestes a estrear no Brasil, o que deve acontecer em meados do ano, comforme apurou a reportagem de iG Carros.

Portanto, o Fiat 500 elétrico vai chegar às lojas do Brasil antes do Peugeot 208 e-GT , outro elétrico da Stellantis (PSA + FCA), que chegou a ser apresentado à imprensa no ano passado, mas que segue em previsão de chegar às lojas do País, em função das conjunturas atuais. 

Para trazer híbridos e elétricos ao Brasil (a previsão é de três modelos até 2022), a Stellantis já anunciou parceria com a Enel X, empresa de soluções energéticas. Além disso, a marca planeja fazer investimentos na infraestrutura necessária para a recarga de híbridos plug-in (como o Compass 4Xe ) e elétricos. A ideia é trabalhar em soluções para carregamento fácil, conectividade e segurança para simplificar a vida dos clientes que optam por dirigir um veículo eletrificado.

O novo Fiat 500 elétrico deverá ser trazido apenas na versão topo de linha Icon, com preço acima dos R$ 250 mil, portanto, abaixo dos R$ 283.950 do BMW i3, ou dos R$ 274 mil do Chevrolet Bolt.  O carro é equipado com um motor elétrico de 87 kW (118 cv), vai de 0 a 100 km/h em apenas 9 segundos, atinge 150 km/h e tem 320 km de autonomia.

As baterias de íon-lítio do Fiat 500 elétrico têm capacidade de 42 kWh e foram projetadas para a recarga rápida nos postos de energia. Ele é capaz de recuperar 80% de sua carga total em apenas 35 minutos, ou garantir 50 km de autonomia com apenas 5 minutos na tomada.

É possível utilizar wallbox de 7,4 kW, com capacidade para completar a energia das baterias por completo em pouco mais de seis horas. Em uma tomada comum, o tempo necessário sobe para 14 horas, conforme a FCA .

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Renault comemora crescimento de serviço de carros por assinatura

Publicado


source
Serviço tem quatro planos de assinatura customizáveis de longa duração; confira todos os detalhes
Divulgação

Serviço tem quatro planos de assinatura customizáveis de longa duração; confira todos os detalhes

A Renault comemora o crescimento do On Demand , novo serviço de carros por assinatura  que já conta com 1,5 mil contratos e mais de 400 veículos entregues desde janeiro. Segundo a Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis), essa modalidade que já foi incorporada por várias fabricantes deve dobrar até 2023.

O serviço tem quatro planos de assinatura customizáveis de longa duração para os veículos Kwid Zen 1.0 , Kwid Outsider 1.0 , Stepway Iconic 1.6 CVT e Duster Iconic 1.6 CVT . Os planos são de 12, 18, 20 ou 24 meses, com valores que partem de R$ 1.059 mensais. 

Planos incluem incluem manutenção preventiva, seguro contra roubo, furto e incêndios e assistência 24 horas
Divulgação

Planos incluem incluem manutenção preventiva, seguro contra roubo, furto e incêndios e assistência 24 horas

O Renault On Demand pode ser contratado de forma 100% online pelo site oficial do serviço. Para a contratação e determinação do valor, o cliente também terá que escolher um plano de quilometragem mensal que pode ser de 500, 1.000, 1.500 e 2.000 quilômetros mensais.

Veja Mais:  Kawasaki estuda lançar Ninja 700R em 2022, baseada na ZX-10R

Todos os planos do Renault On Demand incluem manutenção preventiva, troca de peças, substituição dos pneus, seguro contra roubo, furto e incêndios e assistência 24 horas com reboque, chaveiro, retorno ao domicílio e carro reserva. 

“Estamos atingindo um público mais jovem do que o que temos na base de financiamentos, o que significa que estamos trazendo novos clientes para a Renault”, diz Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil. “Também estamos atraindo o interesse do segmento de pequenas empresas”.

Um novo mercado

Além da Renault , as marcas Audi , Caoa , Fiat , Jeep , Nissan e Volkswagen também aderiram aos carros por assinatura como alternativa. Segundo a UCorp, startup de soluções de mobilidade com foco em veículos sustentáveis, este novo padrão de negócios deverá impulsionar a eletrificação no Brasil.

Um bom exemplo é a Tesla , que chegou ao Brasil com o novo serviço de carros por assinatura da Osten Fleet. Com planos a partir de R$ 15.960, o cliente poderá levar um dos modelos elétricos da marca premium para a casa com limite anual de até 36 mil quilômetros. Apesar de contar com o Zoe em sua gama de produtos no Brasil, a Renault ainda não incluiu o modelo 100% elétrico nos serviços do On Demand . A  nova geração do modelo vai ser lançada no País no fim do mês. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

SUV elétrico para 7 pessoas, Volkswagen ID.6 aparece em teasers

Publicado


source
Volkswagen ID.6: série um dos primeiros SUVs totalmente elétricos com capacidade para até 7 ocupantes
Reprodução/Weibo

Volkswagen ID.6: série um dos primeiros SUVs totalmente elétricos com capacidade para até 7 ocupantes


A Volkswagen se prepara para lançar o ID.6, um SUV elétrico com espaço para sete ocupantes que será apresentado durante o Salão de Xangai (China), que acontece entre os dias 21 e 28 deste mês. Se antecipando ao lançamento, a marca alemã divulgou em sua página na rede social chinesa Weibo teasers que revelam as linhas laterais do modelo.


Projetado para utilizar a mesma base MEB do hatch ID.3 e do SUV médio ID.4, o novo ID.6 será lançado inicialmente apenas no mercado chinês e segue as linhas básicas do conceito ID. Roomzz, de 2019. Seguindo um padrão da marca no país asiático, o modelo terá variações produzidas pelas joint ventures SAIC-VW (ID.6 X) e FAW-VW (ID.6 Crozz), que vão se diferenciar basicamente por detalhes estéticos.

De acordo com informações vazadas, o ID.6 irá compartilhar vários itens do ID.4, incluindo a motorização de lançamento, composta pelo motor traseiro de 204 cv. Mas existe a possibilidade de futuramente o SUV de sete lugares ganhar um conjunto de dois motores e tração integral, que deve chegar ao “4” ainda este ano.


Previsto para estrear na China até o fim do ano, o ID.6 se junta a uma lista de futuros modelos da linha Volkswagen ID, que irá incluir também o SUV-cupê ID.5 e ainda a aguardada versão de produção do conceito ID. Buzz, que será uma recriação da Kombi de primeira geração.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

ALMT – Campanha Fake News II

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana