Mato Grosso

Crimes de homicídio, roubo e furto reduzem em Cuiabá e Várzea Grande

Publicado


.

Os municípios de Cuiabá e Várzea Grande apresentaram reduções nos principais índices criminais, entre janeiro e agosto deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019. Os dados são da Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Nos primeiros oito meses de 2020, 48 pessoas foram vítimas de homicídio em Cuiabá. Entretanto, no mesmo período do ano passado, 60 pessoas morreram pela mesma prática criminosa, o que representa uma redução de 20%. O município de Várzea Grande também apresentou queda de quase 21%. Em 2020, 27 pessoas morreram contra 34 no mesmo período do ano anterior.

O levantamento tem como base os registros de Boletins de Ocorrências (BOs) nas duas cidades. Já em relação os crimes de roubo seguido de morte, Cuiabá registrou redução de 75%, totalizando uma pessoa morta em 2020, enquanto em 2019 foram quatro. O município vizinho a capital, Várzea Grande, apresentou uma queda ainda maior: -83%. Nos primeiros oito meses deste ano uma pessoa morreu, já no mesmo período do ano passado foram seis.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, Coronel PM Victor Fortes, ressalta que mesmo com um ano atípico por conta da pandemia, as forças de segurança continuaram atuando firmemente no combate à criminalidade e não diminuíram o ritmo das operações, reforçando o policiamento, as ações integradas e investigações criminais.

Veja Mais:  Mato Grosso realiza transplante de rim com medidas preventivas à Covid-19

“O empenho das forças de segurança e o comprometimento dos profissionais foram primordiais para alcançar os resultados. A Sesp fortaleceu a integração tanto na atividade de inteligência quando na atuação operacional entre as instituições, com ações preventivas e repressivas no enfrentamento aos principais índices criminais, principalmente no enfrentamento aos crimes contra a vida e o tráfico de drogas. Nosso objetivo é continuar ampliando as ações”, enfatiza.

Crimes contra o patrimônio

Nos primeiros oito meses do ano, os crimes de roubo (quando há violência) reduziu 25% em Cuiabá e 37% em Várzea Grande. Na capital, foram 2.202 em 2020 registros contra 2.948 em 2019. Já em Várzea Grande foram 986 roubos registrados neste ano, enquanto que no ano passado foram 1.576 ocorrências.

Os furtos em Cuiabá reduziram 31% em 2020. Foram 5.992 registros em 2020 contra 8.798 em 2019. Em Várzea Grande, a queda ultrapassou 27%. Neste ano ocorreram 1.864 furtos, enquanto no ano passado foram 2.586 ocorrências.

Compõem as forças de segurança a Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Sistema Socioeducativo.

Fonte: GOV MT

Mato Grosso

Gefron apreende mais de 70 quilos de drogas, recupera veículo e prende suspeito de estupro

Publicado


Mais de 70 quilos de drogas foram apreendidos na noite desta segunda-feira (26.10), no município de Porto Esperidião (328 km ao Oeste de Cuiabá). O entorpecente estava escondido no encosto traseiro de um veículo que estava abandonado. Ao realizar a busca veicular, os policiais encontraram a droga que estava separada em tabletes. Ninguém foi preso.

O veículo e a carga apreendida foram encaminhados para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron), em Cáceres. 

Também na segunda-feira, por volta das 8 horas, durante patrulhamento na MT-265, em Porto Esperidião, os policiais abordaram dois homens que estavam em um Ecoesport. Ao realizar a checagem via sistema operacional foi identificado que o veículo continha queixa por furto no estado de Goiás. Diante dos fatos, a dupla foi presa e encaminhada para a Defron. Os homens já tinham passagens por roubo e receptação.

Já no período da tarde, por volta das 15h40, ainda em patrulhamento pela MT-265, os policiais do Gefron abordaram um homem que caminhava pela rodovia. Durante busca pessoal nada foi encontrado, porém, ao checar a identificação via sistema constou um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela 3º Vara Criminal de Pontes e Lacerda, por suspeita de estupro das filhas de 10 e 12 anos. O suspeito, que já tem antecedentes criminais por ameaça e receptação, foi encaminhado para a Delegacia.

Veja Mais:  Programação de Férias
Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Procurador do Estado afirma que processo seletivo para escolha de diretor escolar garante democracia

Publicado


O procurador-geral adjunto do Estado, Luis Otávio Trovo, afirmou que a realização de processo seletivo para a definição dos diretores das escolas estaduais garante a democracia no ensino público de Mato Grosso.

“O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional o inciso que previa a eleição para o cargo de diretor, então, como forma de manter a gestão democrática nas escolas, o Governo definiu pela realização de processo seletivo entre os servidores da Educação. No que tange aos mecanismos de participação direta dos gestores e sociedade, previstos para as escolas estaduais, todos permanecem válidos, garantindo a democracia na gestão escolar e o princípio da impessoalidade”, afirmou Trovo.

O edital e a portaria, regulamentando critérios e requisitos para o processo seletivo, foram lançados pela Secretaria de Educação (Seduc), na sexta-feira (23.10), em edição extra do Diário Oficial do Estado.

Conforme o edital, o processo será realizado em quatro etapas, com prova objetiva, análise de títulos e currículo, atribuição da unidade escolar e elaboração, apresentação e entrega do plano de trabalho.

As inscrições poderão ser feitas no período de 29 de outubro a 3 de novembro, pelo formulário eletrônico https://forms.gle/HaeDHzxXU7UGUoYA7. O interessado deverá se cadastrar apenas para o município pretendido.

Mais informações devem ser obtidas no Diário Oficial.

Fonte: GOV MT

Veja Mais:  Painel de vagas do Sine MT oferta mais 1,7 mil oportunidades nesta semana
Continue lendo

Mato Grosso

Mato Grosso realiza transplante de rim com medidas preventivas à Covid-19

Publicado


A Central Estadual de Transplantes (CET) da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) mediou um transplante de rim no último sábado (23). A cirurgia foi realizada no Hospital o Santa Rosa, em Cuiabá, que é a unidade credenciada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para esse tipo de procedimento em Mato Grosso.

O órgão foi ofertado via Central Nacional de Transplantes (CNT), sendo que o rim foi disponibilizado de outro estado. Por meio do procedimento, um paciente de Barra do Garças recebeu a doação do órgão após um ano e meio na fila nacional de transplante.

“Em janeiro, o Governo teve a felicidade de anunciar a retomada do transplante de rim pelo SUS em Mato Grosso, após cerca de dez anos paralisado. Agora, este procedimento marca a retomada do serviço, que foi prejudicado pela alta nos casos da Covid-19 no Brasil. As equipes do Estado não mediram esforços para que esse procedimento fosse realizado”, disse o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O paciente transplantado, Gerson Roberto da Silva, conviveu por oito anos com os sintomas, que o obrigaram a parar de trabalhar para tratar da saúde. “Eu pesava 90 kg antes da doença nos rins. Quando os sintomas surgiram, cheguei a pesar 35 kg e passei a fazer hemodiálise. Recebi um milagre muito grande com o tratamento e agora com o transplante”.

Veja Mais:  Governo aguarda apoio para interdição da trincheira do Tijucal

De acordo com a equipe médica, o procedimento de transplante durou cerca de cinco horas e o paciente segue em recuperação e adaptação. “Que Deus dê um lugar bom no céu para a pessoa que fez a doação do rim, que sei que uma parte dessa pessoa vai continuar vivendo aqui dentro de mim. Eu agradeço por esse momento, que é gratificante para mim e para toda a equipe de profissionais que me atendeu”, declarou Gerson.

O receptor do rim passou por uma série de exames, dentre eles o PCR, para a possível detecção da Covid-19. A medida é necessária como forma de monitorar a saúde do paciente que será transplantado.

A secretária adjunta de Regulação da SES, Fabiana Bardi, reforçou que o transplante marca a retomada do serviço no Estado após o pico da pandemia. “Em ocasiões anteriores foram iniciadas algumas tentativas, que não se concretizaram por razões de ordem clínica seja do receptor ou do próprio doador. Neste fim de semana se concretizou na íntegra um procedimento, um grande anseio de toda a equipe para efetivar o fluxo. Inclusive já estamos sinalizando novos transplantes”, avaliou a gestora.  

Segundo Bardi, outro fator que contribuiu para a efetivação do fluxo de transplantes foi a otimização da resposta do trabalho do Laboratório Central do Estado (Lacen-MT), que passou a realizar o exame de detecção em apenas duas horas, o que é uma condição para a realização do transplante. Essa medida contribuiu para dar mais segurança para toda a equipe, para o paciente, seus familiares e para os familiares do doador.

Veja Mais:  Procurador do Estado afirma que processo seletivo para escolha de diretor escolar garante democracia

A equipe que realizou o transplante foi composta pelo cirurgião Carlos Eduardo Bouret, pelos médicos auxiliares Pedro Ernesto Pulcherio e Valter Torezan, pelo instrumentador Luiz Carlos da Silva, pelos circulantes da sala Eulinete Sena e Márcio Benedito Moraes, pela enfermeira Melissa Cristina Lopes e pela anestesista Alexandra do Nascimento Gonzaga.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

CAMPANHA COVID-19 ALMT

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana